Sementes

1.730 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sementes

  1. 1. Automatico com o  Com som  Sugerimos não utilizar o rato e disfrutar
  2. 2. Era uma vez um homem... que apanhava diariamente o autocarro para o trabalho...
  3. 3. Após a primeira paragem, subia uma senhora que se sentava ao lado da janela...
  4. 4. A senhora abria a carteira e durante todo o trajecto atirava algo pela janela,
  5. 5. Fazia sempre a mesma coisa e um dia, o homem intrigado, perguntou-lhe o que estava a atirar pela janela. - São sementes, respondeu-lhe a velhinha. .
  6. 6. - Sementes? Sementes de quê? - De flores. É que olho lá para fora e está tudo tão vazio... Gostaria de poder viajar vendo flores durante todo o caminho. Não acha que era bonito? .
  7. 7. <ul><li>Mas as sementes caem na estrada, </li></ul><ul><li>Os carros destroem-nas, os pássaros comem-nas... </li></ul><ul><li>Acha que as suas sementes irão germinar em todo o caminho? </li></ul><ul><li>Claro que sim. Mesmo que algumas se percam, </li></ul><ul><li>outras irão para a terra e, com o tempo, crescerão. </li></ul>
  8. 8. - Mas... Demorarão a crescer, precisam de água! - Eu faço aquilo que posso, os dias de chuva hão-de vir!
  9. 9. A velhinha seguiu com o seu trabalho ... E o homem saíu do autocarro para ir trabalhar, pensando que a senhora tinha perdido um pouco do seu juízo . .
  10. 10. Uns meses depois... Quando ia para o trabalho, o homem, ao olhar pela janela viu todo o caminho cheio de flores... Era uma verdadeira paisagem colorida de flores!
  11. 11. Lembrou-se da idosa, mas já há alguns dias que não a via. Perguntou ao motorista: <ul><li>A senhora das sementes? </li></ul><ul><li>Coitada, morreu o mês passado. </li></ul>.
  12. 12. O homem sentou-se novamente e continuou a olhar para a paisagem, pensando: «As flores nasceram, mas para que serviu todo esse trabalho, se não pôde ver o resultado?».
  13. 13. De repente, ouviu o riso de uma criança. Uma menina apontava entusiasmada para as flores... - Olha pai! Olha tantas flores bonitas! .
  14. 14. Não é preciso explicar a moral desta estória, pois não? A velhinha desta fez o seu trabalho, e deixou a sua herança a todos quantos a puderam receber, a todos os que puderam contemplá-la e ser mais felizes.
  15. 15. Dizem que o homem, desde aquele dia, faz a viagem de casa para o trabalho com um saco de sementes que... .
  16. 16. Esta apresentação, é dedicada a todos os professores e educadores, que, hoje, mais do que nunca, não podem ver como crescem as flores plantadas, as esperanças transmitidas aos corações de milhões de crianças e jovens das suas classes. E como os pais são, ou deveriam ser, os grandes educadores, tambem é dedicada a eles. Porque... Educar é ajudar a descobrir caminhos

×