Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro

1.761 visualizações

Publicada em

Apresentação da Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil - Especialização em Estruturas subordinada ao tema "Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro"
Tiago Cerdeira Pinto
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

Presentation of the Master Thesis in Structural Engineering "Structural modification of Arrábida's Bridge for the light rail crossing"

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro

  1. 1. AdaptaçãodaPontedaArrábidaà passagem do metro ligeiro<br />Tiago Cerdeira Lopes Costa Pinto<br />Orientador: Professor Álvaro Azevedo<br />Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil – Estruturas<br />
  2. 2. Introdução<br />Concepção de soluções<br />Descrição da solução adoptada<br />Análise e pré-dimensionamento<br />Processo construtivo<br />Estimativa orçamental<br />Impacto visual<br />Comentário final<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  3. 3. 1. Introdução<br />Propostas – 3ª fase de desenvolvimento do Metro do Porto<br />conclusão em 2022<br />Instituto da Construção FEUP 2007 <br />Metro do Porto S.A. 2008 <br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  4. 4. 1. Introdução<br />Âmbito do trabalho motivação <br />Metro do Porto Nova Travessia do Douro<br />Impacto visual<br />Funcionalidade<br />Nova ponte<br />Critérios<br />Custo<br />Ponte da Arrábida<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  5. 5. 1. Introdução<br /><ul><li>arco de betão armado
  6. 6. autoria Eng.º Edgar Cardoso
  7. 7. processo de classificação como Monumento Nacional</li></ul>Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  8. 8. Configuração actual<br />2. Concepção de soluções<br />Configuração 2 vias de metro + 2x2 vias rodoviárias<br />Configuração 1 via de metro + 3x3 vias rodoviárias<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  9. 9. 2. Concepção de soluções<br />Totalmente em laje vigada <br />Viga caixão + Laje vigada<br />Hipótese eliminada<br />Hipótese eliminada<br />Hipótese eliminada<br />estrutura inferior<br />Totalmente em viga caixão – solução adoptada<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  10. 10. 3. Descrição da solução adoptada<br />Implantação<br />Largura necessária 7,52m<br />Raio mínimo 50m<br />Condicionantes<br />Acessos<br />Impacto visual <br />Altura livre de 5m<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  11. 11. 3. Descrição da solução adoptada<br />Configuração 3x3 vias rodoviárias + 2 vias de metro inferiores<br />Secção transversal em alinhamento recto<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  12. 12. 3. Descrição da solução adoptada<br />Viga caixão<br /><ul><li>Secção exterior – 8,12m x 5,26m
  13. 13. Área transversal de betão armado – 8,5m2
  14. 14. Secção interior – 34,2m2</li></ul>Plano de fecho do arco<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  15. 15. 3. Descrição da solução adoptada<br />Plano de pilares<br />Arco adicional<br />Pilares adicionais<br />Altura variável desde 3m nos apoios até 1,82m<br />Aligeiramentos circulares de secção constante<br />Largura constante – 7m<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  16. 16. 3. Descrição da solução adoptada<br />Alçado da nova estrutura<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  17. 17. 3. Descrição da solução adoptada<br />Alçado final com as duas estruturas<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  18. 18. 3. Descrição da solução adoptada<br />Zona das pilastras<br />Reforço das pilastras aumento da secção transversal<br />Demolição e reconstrução dos pórticos<br />Projectado <br />Actual <br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  19. 19. 4. Análise e pré-dimensionamento<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  20. 20. 4. Análise e pré-dimensionamento<br /><ul><li>Elementos finitos de casca
  21. 21. Modelo reduzido de um tramo com 21,2m de extensão</li></ul>Mapas de momentos flectores<br />Deslocamentos<br />Elevada rigidez da viga caixão <br />cumpre EC2<br />Banzo inferior – direcção transversal (direita) e longitudinal (esquerda)<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  22. 22. 4. Análise e pré-dimensionamento<br />Alçado<br /><ul><li>Modelo tridimensional
  23. 23. Elementos finitos de barra</li></ul>Perspectiva<br /><ul><li>Modelação dos elementos estruturais da nova estrutura</li></ul>Secções da biblioteca do Robot<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  24. 24. 4. Análise e pré-dimensionamento<br />Diagrama de esforços axiais<br />Diagrama de momentos flectores segundo y<br />Deslocamentos<br />Esforços máximos - ELU<br />Limite do EC0 para pontes ferroviárias: L/540 <br />Vão de 21,20m 3,9cm<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  25. 25. 4. Análise e pré-dimensionamento<br />Armaduras longitudinais (secções de armadura máxima)<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  26. 26. 5. Processo construtivo<br /><ul><li>Arco existente como cimbre para o novo arco</li></ul> Controlo de tensões no arco existente<br /> Betonagem faseada<br /><ul><li>Estrutura de suporte transversal
  27. 27. Estrutura metálica
  28. 28. Espaçamento 5,5m</li></ul>Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  29. 29. 5. Processo construtivo<br /><ul><li>Faseamento construtivo – 3 zonas
  30. 30. Tramo a tramo
  31. 31. Cavalete metálico
  32. 32. Cofragem viajante para a viga caixão com a extensão de um tramo</li></ul>Zona das pilastrasZona em viadutoZona sobre o arco<br />Arco existente como cimbre<br />para o novo arco<br />Cavalete metálico apoiado no novo arco<br />Cavalete metálico apoiado no solo<br />Cavalete metálico apoiado no solo<br /><ul><li>Reforço das pilastras
  33. 33. Reconstrução dos pórticos
  34. 34. Viga caixão
  35. 35. Pilares adicionais
  36. 36. Viga caixão
  37. 37. Pilares adicionais
  38. 38. Viga caixão</li></ul>Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  39. 39. 6. Estimativa orçamental<br />Custo estimado para a intervenção<br />6.750.000,00€<br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  40. 40. 7. Impacto visual<br />Actual <br />Projectado <br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  41. 41. 7. Impacto visual<br />Actual <br />Projectado <br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  42. 42. 7. Impacto visual<br />Projectado <br />Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />
  43. 43. 8. Comentário final<br />Aspectos positivos<br /><ul><li>Configuração actual rodoviária e pedonal mantida
  44. 44. Tráfego de metro ligeiro em via dupla respeitando os Critérios de Traçado
  45. 45. Custo muito inferior ao da construção de uma nova ponte
  46. 46. Requalificação urbana inerente à introdução do metro</li></ul>Aspectos a reconsiderar<br /><ul><li>Integração estética com a estrutura existente particularmente nos viadutos de acesso
  47. 47. Necessidade de modificar uma obra em vias de classificação como Monumento Nacional </li></ul>Adaptação da Ponte da Arrábida à passagem do metro ligeiro<br />Tiago Pinto – Dissertação em Estruturas - MIEC 2011<br />

×