Carta aos participantes do 5º Fórum das Sedes da Copa 2014
O Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo ag...
CARTA DE SÃO PAULO
A cidade de São Paulo (SP) abrigou nesta data o 5º Fórum das Sedes da Copa do
Mundo. Com a participação...
6) Solicitar à FIFA a revisão dos critérios de credenciamento de representantes das
Sedes, em especial para as equipes das...
5º Fórum das Sedes da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

130805 carta sedes participantes do 5º fórum

476 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
476
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
301
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

130805 carta sedes participantes do 5º fórum

  1. 1. Carta aos participantes do 5º Fórum das Sedes da Copa 2014 O Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo agradecem aos participantes do 5º Fórum das Sedes da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, realizado em 01 de agosto passado, nesta cidade. As contribuições ao debate permitiram um encaminhamento profícuo e o fortalecimento da articulação entre as Sedes para o bom andamento na preparação da Copa do Mundo de 2014, bem como a construção de um forte legado aos cidadãos e ao País. Enviamos em anexo as resoluções aprovadas no Fórum. Como encaminhamento da reunião, ficamos com a responsabilidade de enviar ao Governo Federal, ao Comitê Organizador Local (COL) e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), as questões apontadas pelas Sedes. Cordialmente, JULIO FRANCISCO SEMEGHINI NETO Secretário de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Regional de São Paulo Coordenador do Comitê Paulista da Copa 2014 NÁDIA CAMPEÃO Vice-Prefeita de São Paulo Coordenadora do SPCOPA
  2. 2. CARTA DE SÃO PAULO A cidade de São Paulo (SP) abrigou nesta data o 5º Fórum das Sedes da Copa do Mundo. Com a participação de representantes municipais e estaduais, o encontro avaliou a realização da Copa das Confederações 2013, que ocorreu em junho passado, em seis das 12 Sedes do Mundial-2014. Temas como planos operacionais, estruturas complementares, campos oficiais de treinamento, eventos de exibição pública e programas de voluntariado foram debatidos, a partir dos relatos apresentados por Salvador, Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Fortaleza. As experiências compartilhadas no 5º Fórum apontam para um balanço positivo da Copa das Confederações. É importante frisar que, à complexidade natural de um evento dessa envergadura, somou-se um fato imprevisto – as manifestações populares que tomaram as ruas em pleno período de jogos, afetando o planejamento dos organizadores. Em contrapartida, sobressaiu, em cada Sede, a bem-sucedida integração entre os governos estadual e municipal – o que se revelou fundamental para o êxito da maioria das operações. Com base nas lições extraídas da realização da Copa das Confederações 2013 e na preparação das 12 Sedes da Copa do Mundo 2014, os participantes deste 5º Fórum deliberam as seguintes medidas: 1) Solicitar à CBF que confirme a compatibilização do calendário do futebol brasileiro em 2014 com as demandas da FIFA para a Copa do Mundo, especialmente com o objetivo de viabilizar o uso do Campos Oficiais de Treinamento, sem prejuízo aos clubes “cedentes” de equipamentos; 2) Solicitar ao Ministério do Esporte a revisão do programa Brasil Voluntário, em conjunto com as Sedes, com ajustes em áreas como capacitação dos inscritos e responsabilidades por custos; 3) Propor ao Ministério do Esporte a utilização, pelas Sedes, da contratação de geradores de energia elétrica nas condições previstas na Ata de Registro de Preços, tendo em vista o êxito do programa na Copa das Confederações; 4) Solicitar à FIFA a rediscussão dos projetos de Fan Fest, levando em conta a experiência da Copa das Confederações e as particularidades de cada Sede (local, capacidade de público, duração, etc.); 5) Solicitar à FIFA a disponibilização dos projetos executivos de Estruturas Complementares, em até 60 dias (contados a partir da reunião do COL com as Sedes em 9 de agosto), de modo a fixar os custos finais e o cronograma de contratação das Sedes. Propor, ainda, a formação de um Grupo de Trabalho sobre Estruturas Complementares, que reúna representantes da FIFA, do COL e das Sedes, para debater os Projetos Executivos e acompanhar suas execuções;
  3. 3. 6) Solicitar à FIFA a revisão dos critérios de credenciamento de representantes das Sedes, em especial para as equipes das SECOPAs e área de segurança, garantindo, ainda, o estabelecimento de canal único entre a FIFA e as Sedes para questões relacionadas com este tema, em especial indicação dos nomes, credenciamento e retirada de credenciais; 7) Propor à FIFA a ampliação dos Centros de Distribuição de Ingressos e uma melhor comunicação das exigências para sua retirada para que sejam evitados os problemas ocorridos na Copa das Confederações, oferecendo maior conforto aos espectadores; 8) Propor à FIFA a elaboração em até 60 dias de um processo com critérios pré- definidos para venda de ingressos para os representantes das Sedes; 9) Propor à FIFA que integre seu programa de voluntariado com o programa Brasil Voluntário do Governo Federal e que a FIFA se responsabilize integralmente pelos custos de seu próprio programa; 10) Solicitar à FIFA que subsidie o custo em transporte dos portadores de ingressos em dias de jogos, tendo em vista que cabe à Sedes a operacionalização da gratuidade; 11) Solicitar à FIFA a ampliação do horário de funcionamento das áreas de exibição comercial nos estádios, a fim de amenizar o impacto da saída simultânea dos torcedores nos estádios; 12) Solicitar à FIFA a apresentação do projeto de decoração das Sedes para a Copa do Mundo em até 90 dias, para que possa ser implantado de acordo com as demandas de cada Sede; 13) Solicitar à FIFA a definição de um porta-voz oficial para interlocução com a imprensa em cada Sede; 14) Solicitar à FIFA o estabelecimento de uma política de comunicação comum a todas as Sedes; 15) Envolver secretarias de Comunicação municipais e estaduais de cada Sede nas Políticas de Comunicação relacionadas à Copa do Mundo. São Paulo, 1º de agosto de 2013
  4. 4. 5º Fórum das Sedes da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

×