Roma pdf

2.253 visualizações

Publicada em

Roma: Monarquia, Império, Republica.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roma pdf

  1. 1. O MUNDO ROMANO ROMA CIDADE ETERNA
  2. 2. 1. Períodos:o Monarquia: 753/509 a.C.o República: 509/27 a.C.o Império: 27 a.C. / 476.
  3. 3. 2. Heranças:o Direito.o Latim.o República.o Senado.o Família.
  4. 4. 3. Geografia:o Europa Ocidental.o Península Itálica.o Norte: Europa e Alpes.o Sul:Mares–Mediterrâneo/Jônico.o Leste: Mar Adriático.o Oeste: Mar Tirreno.
  5. 5. 4. Povoamento:o Norte: Gauleses.o Centro: Etruscos e Italiotas (Latinos, Sabinos, Volscos).o Sul: Gregos.Obs: Latinos e Etruscos com interação cultural.
  6. 6. 5. Origens:A – Histórica:o Lácio: 1.000 a.C.o Pastores fundaram um centro de defesa contra os etruscos.B – Lendária:o Gêmeos Rômulo e Remo na Eneida de Virgílio.
  7. 7. “Enéas, príncipe troiano, casou –se com afilha de um rei Latino. Seus descendentes fundaram Alba Longa, cujo rei era Númi- tor. Amúlio, seu irmão, tomou –lhe o trono, matou – lhe os filhos, exceto Réia Sílvia, e reinava sozinho, quando Réia Sílvia, agora uma vestal, engravidou do Deus Marte, dando à luz aos gêmeos Rômulo e Remo. Para que não morressem, a mãe lançou ambos (num cesto) no Rio Tibre ; foram resgatados por uma loba e por pastores.Mais tarde retomaram o trono e fundaram Roma. A discórdia entre ambos levou Rômulo a assassinar Remo.”
  8. 8. 6– Monarquia:A – Política:o 07 reis: Poderes Executivo, Judiciário e Religioso.Conselho de Anciãos:o Limitava os poderes do Rei.o Poder de veto e sanção.
  9. 9. Assembléia Curiata:o Ratificava os atos do Senado.o Composta por cidadãos.B – Economia:o Planícies férteis.o Agricultura: Cereais e frutas.o Pecuária: bois,porcos,cabras.
  10. 10. C – Sociedade:Base: Posse da terrao Classes.o Patrícios.o Clientes.o Plebeus.o Escravos.
  11. 11. ARISTOCRACIAPATRÍCIOS PROP.TERRA DIREITOS CLIENTES AGREGADOS SEM DIREITOS ARTESÃOS PLEBEUS PEQ. PROPRIT. SEM DIREITOS ESCRAVOS DÍVIDAS GUERRAS
  12. 12. 7 – República:o Rei buscou apoio da Plebe.o Oposição dos Patrícios.o Crise e deposição. REPÚBLICA (RES) (COISA) DO PUBLICA (POVO)
  13. 13. República Oligárquica:o Patrícios no poder.o Novas estruturas políticas.o Monopólio político em poder dos patrícios.o Plebe excluída reivindica seus direitos políticos.
  14. 14. A – Estruturas:Senado:o Monopólio dos Patrícios.Atribuições:o Nomeação de Cônsules e Embaixadores.o Poder de decidir sobre paz, guerras e impostos.
  15. 15. Magistraturas:Cônsules:o Potestas: Poder civil.o Imperium:Poder militar.o Neutralizavam – se para evitar absolutismo.o Ditador: Assumiria em tempos de crise.
  16. 16. Outras Magistraturas:Pretor:o Ministrar justiça.Censor:o Censo e moral pública.Questor:o Administrar o tesouro.
  17. 17. Edil:o Obras públicas e da cidade.Assembléia Curiata:o Assuntos religiosos.Assembléia Centuriata:o Elegia os magistrados.o Votava sobre guerra e paz.
  18. 18. B – Revoltas Plebeias:o Plebeus revoltaram –se com os Patrícios.o Protesto contra a exclusão política e social.o Exigiam o fim do monopólio político dos Patrícios.o Exigiam direitos políticos.
  19. 19. Conquistas Plebeias:Lei das 12 Tábuas(450 a.C)o Leis orais passaram a ser escritas.Tribunos da Plebe(494 a.C)o Plebeus poderiam indicar representantes ao Senado.
  20. 20. Lei Canuleia (445 a.C)o Permissão do casamento de Patrícios e Plebeus.o Plebeus poderiam ocupar cargos de magistratura.Licínia Sextia (367a.C)o Fim escravidão por dívidas.o Direito ao botim e Consulado.
  21. 21. Assembleia da Plebe:“Comitium Plebis” (450 a.C)o Plebe votava em assembleia sobre a escolha dos tribunos e outros temas que eram de interesse público.o A decisão tinha força de lei.o Origem do Plebiscito.
  22. 22. Importante:o Com as conquistas plebéias houve equiparação política entre Patrícios e Plebeus.o Geraram igualdade jurídica.o Ainda foram mantidas as diferenças econômicas e militares.
  23. 23. C – Expansão (Séc.V/III a.C)o Crise de abastecimento.o Ameaças das tribos regionais.o Latinos dominam a Península.o Partem para as conquistas externas.o Embrião do que seria mais tarde o Império Romano.
  24. 24. D – Guerras Púnicas:o Romanos contra Cartagineses disputando a Sicília, Cartago e o controle do Mediterrâneo.o Após 3 Guerras Púnicas os romanos venceram e puseram fim a Cartago.o Mediterrâneo: Mare Nostrum.
  25. 25. E – Transformações:Econômicaso Dinamismo comercial.o Riquezas e escravos.Sociais:o Agricultores foram à ruína.o Escravidão base da produção.
  26. 26. Novas classes/ordens:Senatorialo Aristocracia.Equestre (Homens Novos)o Mercadores e banqueiros.Plebe (Êxodo Rural)o Proletarizou – se na cidade.
  27. 27. F – República em Crise:o Guerra Civil.o Patrícios X Homens novos.o Plebe marginalizada.o Corrupção nas tradições.o Novos interesses, crise nos valores,grupos contra grupos.
  28. 28. Gracos em defesa da PlebeTibério Graco:o Reforma agrária.o Oposição dos Patrícios.Caio Graco:o Trigo subsidiado aos pobres.o Perseguido e assassinado.
  29. 29. G – Crise generalizada:o Aristocratas X Povo.o Patrícios: poder político.o Cavaleiros: concorrentes.o Clientes: rejeição à opressão.o Exército: força profissional não defendia a República.
  30. 30. H – Governo dos GeneraisCaio Mário:o Exército profissional.o Apoio da Plebe.Sila – 1º Ditador:o Deteve conspirações.o Desarticulou oposição.
  31. 31. I – 1º Triunvirato Romano:o Pompeu: Vitorioso.o Crasso:Sufocou a Revolta de Spartacus.o César: Líder popular.Disputas internas e crise:o Crasso: Morto.o Pompeu contra César.
  32. 32. Júlio César, o “Grande”:o Bateu gauleses.o Ampliou domínios romanos.o Destituído por Pompeu.Egito:o Aliança com Cleópatra.o Amor, sexo e política.
  33. 33. J – Ditadura de Césaro Venceu Pompeu.o Ditador Perpétuo.o Obras públicas.o Reforma agrária.o Queria a hereditariedade.o Assassinado em 44 a.C.
  34. 34. L – 2º Triunvirato:o Marco Antônio.o Caio Otávio.o Lépido.o O afastamento de Lépido coloca Marco Antônio aliado a Cleópatra luta contra Otávio.o Otávio vence Marco Antônio na Batalha do Ácio – 31 a.C.
  35. 35. 8 – Império:Alto Império (Séc. I a III)o Otávio assume Salvador da República em 31 a. C.o O Senado lhe confere muitos títulos.o Seus poderes são ampliados e o Império está próspero.
  36. 36. Títulos de Otávio:o Princips Senatus.o Imperator.o Sumus Pontífices.o Augustus (Divino).Dinastia Júlio – Claudiana no poder.
  37. 37. A– Século de AugustoPax Romana, Século de Ouro:o 31 a.C. a 14 a.D.o Obras públicas.o Empregos.o Arte, beleza, Filosofia.o Prosperidade.
  38. 38. Bases PolíticasPoder Proconsular:o Nomeava os governadores.Poder Tribunício:o Representante da Plebe.Medidaso Reforma Tributária.o Dividiu as Províncias.
  39. 39. Sistema CensitárioOrdem Senatorial(Púrpura):o Patrícios .o Mais direitos e poder.Ordem Equestre (Azul):o Homens Novos (Cavaleiros).o Menos direitos e poder.
  40. 40. Política do Pão e Circo:“Panis et Circenses”o Comida e diversão à Plebe.o Objetivo: conter distúrbios.B – Sucessores:o Dinastias: Flávios, Antoninos e Severos.
  41. 41. Baixo Império (Séc. III a V)A – Crises do Séc. III:Crise Escravista:o Cessaram as conquistas.o Menos escravos na produção.o Quebra na produção.o Desabastecimento e inflação.
  42. 42. Crise Econômica:o Crise na produção.o Desabastecimento.o Importação em excesso.o Emissão de moedas.o Saída de riquezas.o Aumento dos impostos.
  43. 43. Crise Social:o Desemprego.o Fome e miséria.o Êxodo urbano.Colonato:o Arrendamento e meação.o Produção por proteção.
  44. 44. Bases do Feudalismo:o Colonato.o Villas: autonomia e proteção.o Economia agrária.o Subsistência.o Clientelismo e proteção.o Interdependência social.
  45. 45. Crise Religiosa:Paganismo X CristianismoPerseguições aos Cristãos:o Negação de culto a Augusto.o Negação do escravismo e da sociedade de classes.o Apelos: sacrifício e salvação.
  46. 46. Edito de Milão (313):o Constantino.o Liberdade de culto.o Fim das perseguições.Edito de Tessalônica (390):o Teodósio: Cristianismo a religião oficial do Império.
  47. 47. B – Soluções à crise:Diocleciano:o Lei do Maximun.o Congelamento de preços.Tetrarquia:o Poder dividido com generais.o 02 Césares e 02 Augustus.
  48. 48. Teodósio (395):o Império Romano OcidentalCapital: Roma.o Império Romano OrientalCapital: Constantinopla. A divisão e as guerras civis fragilizaram as fronteiras do Império. Atraídos pelas riquezas e favorecidos pelo enfraquecimento do Império os bárbaros germânicos invadiram o mundo romano.
  49. 49. Divisão do Império Romano O Império Romano sofria profunda crise. Em 395, Teodósio dividiu o Império: o Honório – Ocidente (Capital: Roma)o Arcádio – Oriente (Capital: Constantinopla)
  50. 50. C – A queda final:Bárbaros Germânicoso Colonos e legionários.o Saquearam e tomaram as riquezas romanas.o Hérulos depuseram Rômulo Augustus do poder.o 476 – Caiu o Império Romano Ocidental.
  51. 51. 9 – Religião:o Imitação da religião grega.o Deuses possuíam virtudes e defeitos.o A religião servia os homens e era considerada pagã pelos cristãos.
  52. 52. Deuses Romanos e GregosRomano Grego FunçãoJÚPITER ZEUS MAIORJUNO HERA ESPOSAMARTE ARES GUERRAVÊNUS AFRODITE AMORMINERVA ATENA SABEDORIANETUNO POSÊIDON MARAPOLO APOLO ARTES
  53. 53. Alguns Imperadores:JÚLIO–CLAUDIANA(14-68)TIBÉRIO: FILHO ADOTIVO DEAUGUSTO. BOM ADMINISTRA-DOR MATOU GERMÂNICUS.CALÍGULA: LOUCO,VESTIA–SEDE APOLO/ JÚPITER.NOMEOU SEU CAVALO COMO CÔNSUL.
  54. 54. CLÁUDIO: TIO DE CALÍGULA, APO-IADO PELA GUARDA PRETORIANAE BOM ADMINISTRADOR.LIBERTA-VA, DAVA RIQUEZAS EM TROCA DEAPOIO POLÍTICO. MATOU MESSA-LINA (SUA MULHER), DEVIDO AOSEU COMPORTAMENTO IMORAL.CASOU –SE COM AGRIPINA, MÃEDE NERO, ENVENENADO POR ELA.
  55. 55. NERO: COMEÇOU BEM, DEPOISVIROU TIRANO. MATOU SEU IR-MÃO BRITANICUS, SUA MÃE A-GRIPINA, SUAS DUAS MULHERESE SEU MESTRE SÊNECA. CULPOUE PERSEGUIU OS CRISTÃOS PELOINCÊNDIO À ROMA. SÓ TEVE INI-MIGOS, ACUADO, SUICIDOU –SE.
  56. 56. ROMA EM IMAGENS

×