SlideShare uma empresa Scribd logo

Todos somos um pouco psicopatas

Célia Regina Capeleti
Célia Regina Capeleti
Célia Regina CapeletiTécnica Judiciária em Poder Judiciário de Santa Catarina

Todos somos um pouco psicopatas

1 de 24
Baixar para ler offline
Todos somos um pouco psicopatas
Todos nós temos na cabeça uma
espécie de detector que emite
julgamentos morais o tempo inteiro.
De vez em quando escorregamos e
caímos mais para o lado psicopata, o
egoísta.
Às vezes pendemos para o outro lado,
dos chamados exemplares morais.
 Todos temos um radar.
 Imagine uma linha
onde, em uma
ponta, está o
antissocial, que é o
PSICOPATA. E na outra
ponta está o altruísta, o
PRÓ-SOCIAL.
 A maioria da população
oscila no meio, a cada
momento pendendo para
um lado.
Será que somos altruístas para
beneficiar o outro ou a nós mesmos?
Será que não estamos apenas
querendo nos sentir melhor?
 O cérebro demonstra ativar áreas de bem-
estar quando fazemos coisas boas a alguém.
 Qual a verdadeira motivação de fazer o
bem?
 Não existe psicopata que não
cause danos.
 Existem psicopatas bem
sucedidos, pois sua
personalidade fria e sem medo
favorece a conquista de coisas
difíceis.
 Psicopatas não tem medo,
somente de prisão e punição.
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desenvolvimento mental da psicopatia
Desenvolvimento mental da psicopatiaDesenvolvimento mental da psicopatia
Desenvolvimento mental da psicopatiaJulia Feliciano
 
Transtorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineTranstorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineNilson Dias Castelano
 
Transtornos da personalidade (2)
Transtornos da personalidade (2)Transtornos da personalidade (2)
Transtornos da personalidade (2)Miriam Gorender
 
Salvamento de suicida
Salvamento de suicidaSalvamento de suicida
Salvamento de suicidaKleber Alves
 
Transtorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineTranstorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineCamila
 
Trantorno de personalidade grupo b
Trantorno de personalidade   grupo bTrantorno de personalidade   grupo b
Trantorno de personalidade grupo bArlete Souza
 
Transtornos de personalidade - neuropsicologia
Transtornos de personalidade - neuropsicologia Transtornos de personalidade - neuropsicologia
Transtornos de personalidade - neuropsicologia amamikoi
 
Transtorno de personalidade
Transtorno de personalidadeTranstorno de personalidade
Transtorno de personalidadeLuisa Sena
 
Doenças do foro psicologico(1)
Doenças do foro psicologico(1)Doenças do foro psicologico(1)
Doenças do foro psicologico(1)softgirl1617
 
Transtornos de personalidade
Transtornos de personalidadeTranstornos de personalidade
Transtornos de personalidadegfolive
 
Transtorno de personalidade borderline
Transtorno de personalidade borderlineTranstorno de personalidade borderline
Transtorno de personalidade borderlineedugiannotti
 
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileiro
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico BrasileiroA Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileiro
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileirolerroyt
 
transtornos dissociativos de personalidades multiplas
transtornos dissociativos de personalidades multiplastranstornos dissociativos de personalidades multiplas
transtornos dissociativos de personalidades multiplasNadson Morais
 

Mais procurados (20)

Psicopatias
PsicopatiasPsicopatias
Psicopatias
 
Desenvolvimento mental da psicopatia
Desenvolvimento mental da psicopatiaDesenvolvimento mental da psicopatia
Desenvolvimento mental da psicopatia
 
Transtorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineTranstorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade Borderline
 
Psicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial KillerPsicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial Killer
 
Transtornos da personalidade (2)
Transtornos da personalidade (2)Transtornos da personalidade (2)
Transtornos da personalidade (2)
 
Salvamento de suicida
Salvamento de suicidaSalvamento de suicida
Salvamento de suicida
 
Transtorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade BorderlineTranstorno de Personalidade Borderline
Transtorno de Personalidade Borderline
 
Trantorno de personalidade grupo b
Trantorno de personalidade   grupo bTrantorno de personalidade   grupo b
Trantorno de personalidade grupo b
 
Transtornos de personalidade - neuropsicologia
Transtornos de personalidade - neuropsicologia Transtornos de personalidade - neuropsicologia
Transtornos de personalidade - neuropsicologia
 
Transtorno de personalidade
Transtorno de personalidadeTranstorno de personalidade
Transtorno de personalidade
 
Doenças do foro psicologico(1)
Doenças do foro psicologico(1)Doenças do foro psicologico(1)
Doenças do foro psicologico(1)
 
Como Fazer o Diagnóstico de Transtorno de Personalidade Borderline?
Como Fazer o Diagnóstico de Transtorno de Personalidade Borderline?Como Fazer o Diagnóstico de Transtorno de Personalidade Borderline?
Como Fazer o Diagnóstico de Transtorno de Personalidade Borderline?
 
Transtornos de personalidade
Transtornos de personalidadeTranstornos de personalidade
Transtornos de personalidade
 
Psicopatologia Delirio 2
Psicopatologia   Delirio 2Psicopatologia   Delirio 2
Psicopatologia Delirio 2
 
Doenças do foro psicológico
Doenças do foro psicológicoDoenças do foro psicológico
Doenças do foro psicológico
 
Transtorno de personalidade borderline
Transtorno de personalidade borderlineTranstorno de personalidade borderline
Transtorno de personalidade borderline
 
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileiro
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico BrasileiroA Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileiro
A Psicopatia no Ordenamento Jurídico Brasileiro
 
Transtornos de personalidade DSM 4 e TCC
Transtornos de personalidade DSM 4 e TCCTranstornos de personalidade DSM 4 e TCC
Transtornos de personalidade DSM 4 e TCC
 
transtornos dissociativos de personalidades multiplas
transtornos dissociativos de personalidades multiplastranstornos dissociativos de personalidades multiplas
transtornos dissociativos de personalidades multiplas
 
Transtorno borderline
Transtorno borderlineTranstorno borderline
Transtorno borderline
 

Semelhante a Todos somos um pouco psicopatas

Terceira e-quarta-ferramentas-freemind
Terceira e-quarta-ferramentas-freemindTerceira e-quarta-ferramentas-freemind
Terceira e-quarta-ferramentas-freemindNucleo Nacional
 
Freemind augusto
Freemind augustoFreemind augusto
Freemind augustooficinamkt
 
Ansiedade como enfrentar o ma - augusto cury rev 01
Ansiedade   como enfrentar o ma - augusto cury rev 01Ansiedade   como enfrentar o ma - augusto cury rev 01
Ansiedade como enfrentar o ma - augusto cury rev 01Eduardo Cesar
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaRita Cristiane Pavan
 
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptx
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptxComo controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptx
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptxSulenDeArajoNeves
 
Psicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiaPsicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiajaniramr
 
Superando o cárcere da emoção.pdf
Superando o cárcere da emoção.pdfSuperando o cárcere da emoção.pdf
Superando o cárcere da emoção.pdfKatiaFreire21
 
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)João Marcelo
 
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptx
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptxmentes brilhantes mentes treinadas1.pptx
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptxssuser65936a1
 
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessaocaminhodaluz41
 

Semelhante a Todos somos um pouco psicopatas (20)

Terceira e-quarta-ferramentas-freemind
Terceira e-quarta-ferramentas-freemindTerceira e-quarta-ferramentas-freemind
Terceira e-quarta-ferramentas-freemind
 
Freemind augusto
Freemind augustoFreemind augusto
Freemind augusto
 
Ansiedade como enfrentar o ma - augusto cury rev 01
Ansiedade   como enfrentar o ma - augusto cury rev 01Ansiedade   como enfrentar o ma - augusto cury rev 01
Ansiedade como enfrentar o ma - augusto cury rev 01
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
 
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptx
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptxComo controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptx
Como controlar o estresse e a ansiedade em tempos difíceis.pptx
 
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURYFREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
 
Freemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto CuryFreemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto Cury
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Inteligência Positiva - Resumo do livro
Inteligência Positiva - Resumo do livroInteligência Positiva - Resumo do livro
Inteligência Positiva - Resumo do livro
 
Gente toxica
Gente toxicaGente toxica
Gente toxica
 
Psicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatiaPsicopatia e sociopatia
Psicopatia e sociopatia
 
Superando o cárcere da emoção.pdf
Superando o cárcere da emoção.pdfSuperando o cárcere da emoção.pdf
Superando o cárcere da emoção.pdf
 
VOCÊ É UMA PESSOA IMPULSIVA?
VOCÊ É UMA PESSOA IMPULSIVA?VOCÊ É UMA PESSOA IMPULSIVA?
VOCÊ É UMA PESSOA IMPULSIVA?
 
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
Dificuldades na socialização e ressocialização (Psicopatia)
 
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptx
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptxmentes brilhantes mentes treinadas1.pptx
mentes brilhantes mentes treinadas1.pptx
 
Amor, immbativel amor
Amor, immbativel amorAmor, immbativel amor
Amor, immbativel amor
 
As potencias humanas e os modelos de felicidade
As potencias humanas e os modelos de felicidadeAs potencias humanas e os modelos de felicidade
As potencias humanas e os modelos de felicidade
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
 
Egoismo
EgoismoEgoismo
Egoismo
 

Todos somos um pouco psicopatas

  • 2. Todos nós temos na cabeça uma espécie de detector que emite julgamentos morais o tempo inteiro. De vez em quando escorregamos e caímos mais para o lado psicopata, o egoísta. Às vezes pendemos para o outro lado, dos chamados exemplares morais.
  • 3.  Todos temos um radar.  Imagine uma linha onde, em uma ponta, está o antissocial, que é o PSICOPATA. E na outra ponta está o altruísta, o PRÓ-SOCIAL.  A maioria da população oscila no meio, a cada momento pendendo para um lado.
  • 4. Será que somos altruístas para beneficiar o outro ou a nós mesmos? Será que não estamos apenas querendo nos sentir melhor?
  • 5.  O cérebro demonstra ativar áreas de bem- estar quando fazemos coisas boas a alguém.  Qual a verdadeira motivação de fazer o bem?
  • 6.  Não existe psicopata que não cause danos.  Existem psicopatas bem sucedidos, pois sua personalidade fria e sem medo favorece a conquista de coisas difíceis.  Psicopatas não tem medo, somente de prisão e punição.
  • 7.  No primeiro contato ele é o espelho que completa as nossas fraquezas.  Ele conquista nossa confiança e não sente remorso nem vergonha ao agir de forma imoral.
  • 8.  É capaz de pôr em prática qualquer plano para atingir seus desejos.  A psicopatia é diagnosticada em 1% da população.
  • 9. O psicopata é bem articulado, ótimo marketeiro pessoal. Conquista a vitima com historias magníficas de si.
  • 10. Ele se acha o mais importante do mundo. Cheio de opinião e dominador
  • 11. Mente tanto que as vezes não se da conta que esta mentindo.
  • 12. Dificilmente fica encostado em um trabalho repetitivo ou em um casamento.
  • 13. Reage desproporcionalmente a insulto, frustração e ameaça. Mas o estouro vai tão rápido quanto vem, e logo volta como se nada tivesse acontecido.
  • 14. Embora emocional, não perde tempo pensando nos pros e contras antes de agir.
  • 15. Regras sociais não fazem sentindo para quem somente é movido pelo prazer.
  • 16. Eu sou um cara muito esperto! Para ele a culpa é apenas um mecanismo para controlar as pessoas.
  • 17. Emoção só existe em palavras.
  • 18. Não consegue se colocar no lugar do próximo.
  • 19. Compromisso não lhe diz nada.
  • 20. Seus problemas aparecem cedo. Para sua maldade não poupa coleguinhas, irmãos nem animais
  • 21.  Processo de socialização  Psicopatas não possuem sentimentos  Psicopatas fogem da monotonia
  • 22. Segundo o psicólogo de Harvard, Theodore Millon:  O invejoso  O defensor da reputação  O aventureiro  O nômade  O malévolo
  • 23. Sejam predadores, sejam apenas parasitas, os psicopatas estão entre nós. E não é fácil reconhecê-los a tempo!