A Entrevista

858 visualizações

Publicada em

A importancia da entrevista na casa espirita,pois o plantão de orientação e encaminhamewnto é a porta de entrada da casa espirita. omo receber,recepcionar,conversar,dialogar ocm o assistido, ajudando e colaborando ante suas dificuldades sem que ele se torne dependente emocional do entrevistador.A entrevista é um dialogo fraterno.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Entrevista

  1. 1. A ENTREVISTA CURSO DE ENTREVISTADOR - 2011 Departamento de Orientação e Encaminhamento CEILE BERNARDO
  2. 6. <ul><li>Necessidade de vida social  faculdades </li></ul><ul><li>Isolamento se embrutece </li></ul><ul><li>Relações se estabelecem  vários níveis troca segundo móvel de seus interesses </li></ul>Imperfeição  interesse pessoal  egoísmo   Virtude  sacrifício do interesse pessoal  ver além nós mesmos  amor
  3. 7. <ul><li>  Individualidade </li></ul>Relação de troca Crescimento Aprendizado conjunto Mutuamente Idênticos Experiências diferenciadas 1 2 3
  4. 8. <ul><li>Social ? Fraterna ?  Relação de Ajuda Fraterna </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Tarefeiro X Assistido  iguais </li></ul><ul><li>seres humanos </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Tarefeiro x Assistido  não idênticos </li></ul><ul><li>individualidade </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Sem mutualidade  um ajudando ao outro </li></ul><ul><li>assistido c/ tarefeiro </li></ul><ul><li>tarefeiro c/ plano espiritual </li></ul>
  5. 9. ENTREVISTA CENTRADA NA PESSOA ATENÇÃO PLENA EXTENSÃO DAS NECESSIDADES DELA
  6. 10. <ul><li>Expectativas: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O que eu gostaria ? </li></ul><ul><li>O que não gostaria ! </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  7. 11. <ul><li>Falar </li></ul><ul><li>Como vou falar? Do que vou falar? </li></ul><ul><li>Achismo X Evangelho de Jesus </li></ul><ul><li>  </li></ul>Ouvir   Atitude  ativa / participativa dinâmica
  8. 12. <ul><li>1ª parte entrevista  empatia </li></ul><ul><li>Atendente disponibiliza-se observando as reações do assistido </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>2ª parte da entrevista  direcionamento </li></ul><ul><li>Atendente pergunta identificando o problema principal, sentimentos, razões do sofrimento </li></ul><ul><li>   </li></ul>Dinâmica da entrevista Atendido Envolve-se Atendido analisa-se, explora-se
  9. 13. <ul><li>3ª parte entrevista  personaliza </li></ul><ul><li>Atendente conscientiza estimula o processo de compreensão, limites encorajando mudanças de atitudes </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>   </li></ul><ul><li>4ª parte da entrevista  orienta  </li></ul><ul><li>Atendente valoriza atitudes e projetos de vida a luz da Doutrina Espírita e do evangelho </li></ul><ul><li>  </li></ul>Dinâmica da entrevista Atendido Compreende-se Atendido decide e age
  10. 14. <ul><li>Mais importante : </li></ul><ul><li>Que compreender a situação </li></ul><ul><li>È compreender COMO o individuo se sente em relação a ela. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Nível do Sentir : (Mensurar) </li></ul><ul><li>necessidade da criatura </li></ul><ul><li>desequilíbrio </li></ul>ORIENTAÇÃO ACONSELHAMENTO
  11. 15. <ul><li>Respeito </li></ul><ul><li>Nivelamento </li></ul><ul><li>Compreensão </li></ul><ul><li>Confiança </li></ul><ul><li>Humildade </li></ul><ul><li>Tempo </li></ul><ul><li>Sigilo </li></ul><ul><li>Palavras de consolo,conforto, esperança </li></ul><ul><li>Experiências da fé </li></ul>
  12. 16. <ul><li>Problemas próprios </li></ul><ul><li>Escandalizar-se </li></ul><ul><li>Promessas </li></ul><ul><li>Outros casos </li></ul><ul><li>Muitas informações </li></ul><ul><li>Receitas,médicos,clinicas </li></ul><ul><li>Dinheiro </li></ul><ul><li>Telefone </li></ul><ul><li>Vidências/percepções </li></ul>
  13. 17. <ul><li>Dizer é importante  </li></ul><ul><li>Como dizer é fundamental </li></ul><ul><li>Pessoa X Problema </li></ul><ul><li>Fraqueza X Capacidades </li></ul><ul><li>Desabafo X Interesse </li></ul><ul><li>Sensação impotência </li></ul>
  14. 18. <ul><li>“ Vinde a mim todos os que andais em sofrimento e vos achais carregados, e eu vos aliviarei.Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim que sou manso e pacifico de coração,e achareis descanso para vossas almas.porque o meu jugo é suave e o meu fardo leve.” </li></ul><ul><li>( Mateus XI ,28,30 ) </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Para o assistido </li></ul><ul><li>Para o entrevistador </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  15. 19. <ul><li>Justiça Divina </li></ul><ul><li>Fé no Futuro </li></ul><ul><li>Conhecimento das leis de Amor </li></ul><ul><li>Espiritismo </li></ul>
  16. 20. Não é o quanto fazemos... mas quanto amor colocamos no que fazemos. Não é o quanto damos... mas quanto amor colocamos no doar. ( Madre Tereza de Calcutá )  
  17. 21. CURSO DE ENTREVISTADOR Departamento de Orientação e Encaminhamento

×