SlideShare uma empresa Scribd logo

Projeto Sala de Educador

1 de 20
Baixar para ler offline
A Formação no Projeto Sala de Professor deve ter  como foco a melhoria do ensino e aprendizagem .
ENSINO Melhoria da prática pedagógica APRENDIZAGEM Melhoria do “desempenho” dos alunos AÇÃO-REFLEXÃO-AÇÃO = práxis
[object Object]
[object Object],[object Object]
Professora Formadora: Márcia Vacario  CEFAPRO – MATUPÁ ORGANIZAÇÃO:Profª:Formadora: Sebastiani S. Hirsch Brambilla
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Anúncio

Recomendados

RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERARELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERAUFMA e UEMA
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilJeovany Anjos
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPHebert Arcanjo
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Lindomar Oliveira
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAFabiana Lopes
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolate
Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolateTrabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolate
Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolatelfcc27
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Arivaldom
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorgesluannagorges
 
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...SEEDUC-RJ
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiRosemary Batista
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondParecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Ricardo Silva
 
Pasta de estágio educação infantil
Pasta de estágio educação infantilPasta de estágio educação infantil
Pasta de estágio educação infantilLuccia Roccha
 
Projeto estágio séries iniciais set-2014
Projeto estágio séries iniciais  set-2014Projeto estágio séries iniciais  set-2014
Projeto estágio séries iniciais set-2014Solange Coutinho
 
Como funcionam os métodos de alfabetização
Como funcionam os métodos de alfabetizaçãoComo funcionam os métodos de alfabetização
Como funcionam os métodos de alfabetizaçãoRoxana Alhadas
 
Motivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaMotivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaRoselene Rocha
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliaçãoIsa ...
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPwww.estagiosupervisionadofip.blogspot.com
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 

Mais procurados (20)

Lúdico
LúdicoLúdico
Lúdico
 
Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolate
Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolateTrabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolate
Trabalhando gênero textual: Receita de bolo de chocolate
 
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...
Orientação para Operacionalização de Relatório para Acompanhamento dos Alunos...
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emei
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondParecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Pasta de estágio educação infantil
Pasta de estágio educação infantilPasta de estágio educação infantil
Pasta de estágio educação infantil
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Projeto estágio séries iniciais set-2014
Projeto estágio séries iniciais  set-2014Projeto estágio séries iniciais  set-2014
Projeto estágio séries iniciais set-2014
 
Como funcionam os métodos de alfabetização
Como funcionam os métodos de alfabetizaçãoComo funcionam os métodos de alfabetização
Como funcionam os métodos de alfabetização
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Orientações portfólio
Orientações   portfólioOrientações   portfólio
Orientações portfólio
 
Motivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaMotivação em sala de aula
Motivação em sala de aula
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliação
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 

Destaque

Cefapro orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...
Cefapro   orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...Cefapro   orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...
Cefapro orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...joelson10
 
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...augustafranca7
 
Projeto Sala do Educador.pdf
Projeto Sala do Educador.pdfProjeto Sala do Educador.pdf
Projeto Sala do Educador.pdfeminovacao
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro augustafranca7
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroRoseParre
 
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas.
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas. Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas.
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas. Andréia Matos
 
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)Maike Zaniolo
 
Capacitação de professores aprendendo que se ensina
Capacitação de  professores aprendendo que se ensinaCapacitação de  professores aprendendo que se ensina
Capacitação de professores aprendendo que se ensinaMarcio Pereira
 
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph GomesBase Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph GomesLuciana
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorCristiana Campos
 
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULARDIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULARViviane Calasans
 

Destaque (20)

Sala de Educador
Sala de EducadorSala de Educador
Sala de Educador
 
Sala de educador_02_03_2015 (2)
Sala de educador_02_03_2015 (2)Sala de educador_02_03_2015 (2)
Sala de educador_02_03_2015 (2)
 
Cefapro orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...
Cefapro   orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...Cefapro   orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...
Cefapro orientativo para a elaboração do projeto sala de educador (passo a ...
 
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...
SLIDE APRESENTADO NA SALA DO EDUCADOR SOBRE O REFERENCIAL CURRICULAR DO 2° CI...
 
Projeto Sala do Educador.pdf
Projeto Sala do Educador.pdfProjeto Sala do Educador.pdf
Projeto Sala do Educador.pdf
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
 
Sala de Educador
Sala de EducadorSala de Educador
Sala de Educador
 
Ensinagem
EnsinagemEnsinagem
Ensinagem
 
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas.
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas. Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas.
Projeto,Sala do educador :Estudo e prevenção do uso de drogas.
 
Processo de Ensinagem
Processo de EnsinagemProcesso de Ensinagem
Processo de Ensinagem
 
José Paulo 2014-
José Paulo 2014-José Paulo 2014-
José Paulo 2014-
 
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
Diario oficial 2016-04-14 (PEIP)
 
Base nacional comum curricular cepeja cópia
Base nacional  comum curricular cepeja   cópiaBase nacional  comum curricular cepeja   cópia
Base nacional comum curricular cepeja cópia
 
Capacitação de professores aprendendo que se ensina
Capacitação de  professores aprendendo que se ensinaCapacitação de  professores aprendendo que se ensina
Capacitação de professores aprendendo que se ensina
 
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph GomesBase Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
 
Base Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum CurricularBase Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum Curricular
 
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professorFormação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
Formação continuada em serviço: um estudo sobre o projeto sala de professor
 
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULARDIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
 

Semelhante a Projeto Sala de Educador

Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticossorente
 
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfGESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfHELENO FAVACHO
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticosmarisa liotti
 
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdf
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdfGestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdf
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdfHELENO FAVACHO
 
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfPROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfHELENO FAVACHO
 
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração   pedagogiaProjeto de ensino manual de elaboração   pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogiaHELENO FAVACHO
 
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração   pedagogiaProjeto de ensino manual de elaboração   pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogiaZairaLessa
 
Orientações para o projeto de intervenção
Orientações para o projeto de intervençãoOrientações para o projeto de intervenção
Orientações para o projeto de intervençãoLidiane Lima
 
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]marcilene1311
 
Tcc pedagogia
Tcc pedagogiaTcc pedagogia
Tcc pedagogiaArleno
 
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdf
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdfPROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdf
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdfHELENO FAVACHO
 
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...Goretti Silva
 
Roteiro basico projeto_mariags
Roteiro basico projeto_mariagsRoteiro basico projeto_mariags
Roteiro basico projeto_mariagsGoretti Silva
 
Roteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de IntervençãoRoteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de IntervençãoGoretti Silva
 
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...Ana Araújo
 

Semelhante a Projeto Sala de Educador (20)

Sala de educador
Sala de educadorSala de educador
Sala de educador
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticos
 
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfGESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
GESTÃO DO PROJETO EDUCATIVO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticos
 
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdf
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdfGestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdf
Gestão do Projeto Educativo - Pedagogia.pdf
 
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdfPROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
PROJETO DE ENSINO Manual de Elaboração - Pedagogia.pdf
 
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração   pedagogiaProjeto de ensino manual de elaboração   pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
 
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração   pedagogiaProjeto de ensino manual de elaboração   pedagogia
Projeto de ensino manual de elaboração pedagogia
 
Orientações para o projeto de intervenção
Orientações para o projeto de intervençãoOrientações para o projeto de intervenção
Orientações para o projeto de intervenção
 
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
Prática supervisionada [modo de compatibilidade]
 
Plano de Aula.ppt
Plano de Aula.pptPlano de Aula.ppt
Plano de Aula.ppt
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Tcc pedagogia
Tcc pedagogiaTcc pedagogia
Tcc pedagogia
 
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdf
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdfPROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdf
PROJETO DE ENSINO - Educação Física Licenciatura.pdf
 
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...
Roteiro Projeto de Intervenção - Profuncionário Técnico Multimeios Didáticos ...
 
Roteiro basico projeto_mariags
Roteiro basico projeto_mariagsRoteiro basico projeto_mariags
Roteiro basico projeto_mariags
 
Roteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de IntervençãoRoteiro básico Projeto de Intervenção
Roteiro básico Projeto de Intervenção
 
Aprendizagem Por Projetos
Aprendizagem Por ProjetosAprendizagem Por Projetos
Aprendizagem Por Projetos
 
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...
TextoApoio3_ Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito...
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 

Mais de cefaprodematupa

Mais de cefaprodematupa (20)

Artigo 2f
Artigo 2fArtigo 2f
Artigo 2f
 
Artigo 1
Artigo 1Artigo 1
Artigo 1
 
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOSA IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
 
4
44
4
 
3
33
3
 
1
11
1
 
2
22
2
 
Palavrasmagicas
PalavrasmagicasPalavrasmagicas
Palavrasmagicas
 
Prontp
ProntpProntp
Prontp
 
Jornal (1)
Jornal (1)Jornal (1)
Jornal (1)
 
La vem leitura
La vem leituraLa vem leitura
La vem leitura
 
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
 
O alfabeto em movimento
O alfabeto em movimentoO alfabeto em movimento
O alfabeto em movimento
 
Adaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidadeAdaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidade
 
Reciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzirReciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzir
 
Ensinar e aprender na escola
Ensinar e aprender na escolaEnsinar e aprender na escola
Ensinar e aprender na escola
 
Contagem de história na educação infantil
Contagem de história na educação infantilContagem de história na educação infantil
Contagem de história na educação infantil
 
A avaliação docente
A avaliação docenteA avaliação docente
A avaliação docente
 
4 mortalidade das micro
4   mortalidade das micro4   mortalidade das micro
4 mortalidade das micro
 
1 administrador
1   administrador1   administrador
1 administrador
 

Último

Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 

Último (20)

GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 

Projeto Sala de Educador

  • 1. A Formação no Projeto Sala de Professor deve ter como foco a melhoria do ensino e aprendizagem .
  • 2. ENSINO Melhoria da prática pedagógica APRENDIZAGEM Melhoria do “desempenho” dos alunos AÇÃO-REFLEXÃO-AÇÃO = práxis
  • 3.
  • 4.
  • 5. Professora Formadora: Márcia Vacario CEFAPRO – MATUPÁ ORGANIZAÇÃO:Profª:Formadora: Sebastiani S. Hirsch Brambilla
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17. ELEMENTOS ESSENCIAIS: Autor, título da obra, local, editora, ano de publicação. Como fazer referências? Livros SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Local: Editora, ano da publicação. WEISS, D. Como escrever com facilidade. São Paulo: Círculo do livro, 2002. Teses e Dissertações SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Local: Instituição, ano. Indicação de Tese ou dissertação, Orientador. Nome do curso ou programa . OTT, M. Tendências Ideológicas no Ensino. Porto Alegre: UFRGS, 2003. Orientador: Dr. Hilário Bohn. Tese – Programa de Pós-Graduação em Educação, UFRGS.
  • 18. DOCUMENTOS EM MEIO ELETRÔNICO (SITES) Para a referência de qualquer tipo de documento, deve-se proceder da mesma forma como indicado nas obras convencionais, acrescentando o URL completo do documento na Internet, entre os sinais < >, antecedido da expressão: Disponível em: e seguido da informação: Acesso em: data Assim... GUNCHO, M. R. A educação a distância e a biblioteca universitária. Anais eletrônicos. Recife: UFPe, 2001. Disponível em <http://propesp.ufpe.br/anais.htm> Acesso em: 21 fev, 2008.
  • 19. CD-Rom O mesmo procedimento... AUTOR, Título. Local: Editora, data. Tipo de mídia SILVA, J. Histórias Infantis. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.  CD-ROM . Indicação do tipo de mídia
  • 20.