Construindo Nossa Identidade 
Jandira Piccinini Dalprai 
Marivânia Bento Canei 
Pábola Dalprai 
Resumo 
Busca-se constante...
a família, passam a trabalhar em conjunto, para um bom desempenho das atividades. Assim sendo, o educando por sua vez, ira...
pensamento abstrato [...] desta forma os gestos, os brinquedos simbólicos o desenho e principalmente a linguagem falada se...
e Vygotsky: A relevância social. 3.ed. São Paulo:Summus, 2001. 
FARIA, Maria Alice. Como usar a literatura infantil na sal...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Construindo nossa identidade

729 visualizações

Publicada em

escola 13 de maio

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
310
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Construindo nossa identidade

  1. 1. Construindo Nossa Identidade Jandira Piccinini Dalprai Marivânia Bento Canei Pábola Dalprai Resumo Busca-se constantemente no âmbito educacional a interação da família no cotidiano escolar. Procura-se então, que os pais tenham convicção da importância de sua interação com a instituição de ensino. Também, a necessidade do empenho de ambos com as atividades lúdicas direcionadas á pratica diária, sendo esta de suma importância para a o desenvolvimento integral do educando. Palavras chave: Família. Escola. Lúdico. Abstract Search is constantly in the educational context of family interaction in everyday school life. Then looking, that parents have conviction of the importance of their interaction with the educational institution. Also, the need for the commitment of both with play activities directed daily practice, which is of paramount importance for the integral development of the student. Keywords: Family. School. Playful. Justificativa No contexto escolar atual, percebe-se o distanciar da família no cotidiano. Também o desaso desta, com as atividades destinadas para casa. Assim, é primordial a necessidade da buscar a família e mostra-la a importância de sua participação em todos os avanços do educando. Valorizando assim as produções das crianças, sendo estas as mais significativas possíveis. Demostra-se então para a família da criança, que a participação dela é essencial para o educando, sentir-se seguro, perante seu desenvolvimento. Visa então, o exercício da formação integral do educando. Portanto, a escola e
  2. 2. a família, passam a trabalhar em conjunto, para um bom desempenho das atividades. Assim sendo, o educando por sua vez, ira sentir-se importante, tendo seu trabalho valorizado. Desenvolvimento Nos dias atuais, percebe-se que a família passa a distanciar-se cada vez mais do âmbito educacional. Tendo assim, a instituição de ensino papel primordial na formação integral do educando, formando-os seres pensantes e críticos, frente à sociedade. Desta forma, procura-se integrar a família nas atividades do dia-a-dia da escola, buscando o resultado que tanto se espera: A interação família/ escola. Conforme Freire: A grande tarefa do sujeito que pensa certo não é transferir, depositar, oferecer, doar ao outro, tomando como paciente do seu pensar. A inteligibilidade das coisas, dos fatos, dos conceitos. A tarefa coerente do educador que pensa certo é [...] desafiar o educando com quem se comunica e a quem comunica produzir sua compreensão do que vem sendo comunicado. No que se diz respeito à interação da família com a instituição, Propõem-se a estes, que caminhem em conjunto, assim, ambos terão êxito na formação das crianças, tornando-os cidadãos conscientes, preparados para enfrentarem os avanços de seu desenvolvimento. Na Educação Infantil, procura-se trabalhar de forma lúdica, motivando e direcionando os educandos rumo ao desenvolvimento integral dos alunos. Nesta pratica pedagógica diária, engloba-se a ludicidade, valorizando o conhecimento do educando, sendo o educador o mediador na construção do seu aprendizado. A ludicidade sendo o elo do currículo pedagógico, com as praticas diárias, será de suma importância, para a motivação e entusiasmo dos indivíduos envolvidos no decorrer de seu desenvolvimento. Segundo Vygostky (1988) A criação de uma situação imaginaria, a permitir o deslocamento objeto/significado, abre caminho par o desenvolvimento do
  3. 3. pensamento abstrato [...] desta forma os gestos, os brinquedos simbólicos o desenho e principalmente a linguagem falada se constituem em importantes linguagens que viabilizam cada vez mais complexas do pensamento. O educando passa por etapas de desenvolvimento. Assim, busca-se trabalhar de forma continua o lúdico e o imaginário. Conforme Piaget (1973) Uma vez que os símbolos e os sinais se diferenciem de seus significados vão possibilitar a evocação de objetos e situação não percebidos atualmente, constituído o inicio da representação. Dessa forma, a função simbólica permite a interiorização, passam cada vez mais a ser exercitada em pensamento, ou simbolicamente. Desta forma, os contos infantis propiciam atividades prazerosas e interação entre sujeito e objeto. Conclusão Percebe-se a importância de se trabalhar de forma lúdica, pois desta forma, o educando passa a adquirir conhecimento brincado, sem cobranças. Também é se suma importância para o educando a presença dos pais no cotidiano escolar, dando a ele, suporte e encorajamento, para que este possa, desenvolver-se criticamente, tornando-se um cidadão consciente e pensante em nossa sociedade atual. Referencial Bibliográfico FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. ULBRA, Ludicidade e Psicomotricidade. Curitiba: Ibpex, 2008. PEREZ, Carmem Lucia Vidal. Revisando a pré-escola. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1993. PALANGANA, Islda Campaner. Desenvolvimento e aprendizagem em Piaget
  4. 4. e Vygotsky: A relevância social. 3.ed. São Paulo:Summus, 2001. FARIA, Maria Alice. Como usar a literatura infantil na sala de aula. 3.ed. São Paulo: Contexto, 2006. RODRIGUES, Carolina Araújo. Problemas de aprendizagem: enfoque multidisciplinar. 2.ed. Campinas: Alínea, 2005.

×