SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO HEITOR VILLA-LOBOS

   AULA DE CAMPO DE GEOGRAFIA NO LIXÃO E NO CANTEIRO DE OBRAS DO
                    FUTURO ATERRO SANITÁRIO DE ARIQUEMES



1. APRESENTAÇÃO


   A busca pela sensibilização e conseqüente conscientização ecológica é hoje um grande
desafio para a educação ambiental. Considerando as interfaces sociais e ambientais desta
problemática, acredito ser possível alcançá-los por meio da aula de campo e/ou visitas
orientadas, pois esses recursos metodológicos de ensino aprendizagem vêm sendo
valorizado na geografia escolar para despertar maior interesse dos alunos pela
aprendizagem espacial. É possível através delas a exposição de conteúdo de maneira
rápida, informal, lúdica e eficiente, pois é mais fácil aprender os conhecimentos e reter as
informações que podem ser visualizadas. É uma forma de lazer e entretenimento que
permitem um espaço adequado para a educação e informação.

2. JUSTIFICATIVA

      Em um mundo marcado pelas desigualdades sociais e pela degradação ambiental
desenfreada, praticar Educação Ambiental é, antes de tudo, gostar de si, do seu próximo e
dá natureza a sua volta. . Ter consciência ambiental é reconhecer o papel que cada um de
nós tem na proteção de todos os lugares onde a vida nasce e se organiza. Ter consciência
ambiental é também um dever legal, já que a Constituição Federal, a LDB - Lei de
Diretrizes e Bases da Educação Nacional – e a Lei Federal nº 9.795/1999 determinam que
a Educação Ambiental seja um componente essencial e permanente da educação
nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades
do processo educativo, em caráter formar e não-formal.



3. ROTEIRO DA AULA DE CAMPO


DATA: 08 e 09 de Julho de 2008
LOCAL DE SAÍDA: Escola Heitor Villa-Lobos
HORÁRIO DE SAÍDA DO ÔNIBUS: 15h00min
CHEGADA PRESVISTA: 17h30min


    MATERIAL DE APOIO QUE O ALUNO DEVE LEVAR:


•   Caneta, lápis, caderneta ou gravador e filmadora para anotações e registros;
•   Bebida (água ou suco);
•   Tênis, boné ou chapéu.


    OBJETIVO GERAL


           Estimular o aluno para a construção de valores políticos, sociais, éticos e de
    atitudes necessárias à sua convivência equilibrada e harmoniosa com a natureza,
    abrangendo as dimensões sócio-espacial, educacional, econômicas e culturais.


    OBJETIVOS ESPECÍFICOS


    Reconhecer in loco os principais impactos ambientais causados pela destinação de
    resíduos sólidos em um lixão;


    Identificar os diferentes tipos de resíduos urbanos: (resíduos sólidos, sólidos urbanos,
    hospitalares sépticos e hospitalares assépticos;



    Visualizar a poluição das águas superficiais e subterrâneas pela percolação do chorume;



    Identificar os impactos ambientais decorrentes da produção de biogás (gás metano e gás
    sulfídrico);



    Perceber o impacto visual e a alteração da paisagem promovida por um lixão;



    Perceber a importância do solo e os cuidados que devemos ter com o mesmo;
Identificar o surgimento e proliferação inadequada de agentes patogênicos, macro e
microvetores;



Entender como o lixo é tratado no Aterro Sanitário;



Enfatizar a importância da coleta seletiva do lixo no processo de reaproveitamento de
matérias;



Conhecer novas fontes de produção de energia, a chamada “energia limpa”, através do
biogás;



PÚBLICO ALVO


      Alunos do 8ºA e 9º anos A, B e C do ensino fundamental. Sendo um dia para os
alunos do 8ºA e 9º C e outro dia para os alunos do 9ºA e 9ºB.


CONTEÚDOS EXPLORADOS


Deposição final e tratamento inadequado do lixo hospitalar;


Decomposição do lixo e as substancias tóxicas a ele associado; chorume e gás metano;


Coleta Seletiva, Triagem e reciclagem do lixo doméstico;


Diferenciação entre Lixão, Aterro Sanitário e Aterro Controlado;


Ocupação indevida do espaço rural seguida da exploração indevida dos recursos naturais,
promovendo o desmatamento seguido de erosão e contaminação do solo;




                           PROFESSOR RESPONSÁVEL:
                           *Alan Duarte do Espírito Santo
*Professor da Rede Estadual de Rondônia e da Rede municipal de Ariquemes, graduado
em Geografia pelo Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos - RJ e Pós-Graduado em
Gestão e Manejo Ambiental de Sistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Lavras -
MG.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaSequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaUyaraPortugal
 
Relatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoRelatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoLena_md
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoGrazi Grazi
 
Folder descarte consciente de pilhas e baterias 2021
Folder  descarte consciente de pilhas e baterias 2021Folder  descarte consciente de pilhas e baterias 2021
Folder descarte consciente de pilhas e baterias 2021Mary Alvarenga
 
Atividade de ciências 6º e 7º ano ii bimestre
Atividade de ciências 6º  e  7º  ano  ii bimestreAtividade de ciências 6º  e  7º  ano  ii bimestre
Atividade de ciências 6º e 7º ano ii bimestreMary Alvarenga
 
Projeto feira de ciências pdf correto
Projeto feira de ciências pdf corretoProjeto feira de ciências pdf correto
Projeto feira de ciências pdf corretoMichel Eichelberger
 
Plano de aula urbanização.doc2
Plano de aula urbanização.doc2Plano de aula urbanização.doc2
Plano de aula urbanização.doc2Luciana Souza
 
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoPlano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoSHEILA MONTEIRO
 
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdf
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdfMATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdf
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdfLuis Paulo C Carvalho
 
Plano aula modelo gasparim genero textual
Plano aula modelo gasparim  genero textualPlano aula modelo gasparim  genero textual
Plano aula modelo gasparim genero textualLuis Carlos Santos
 
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano  Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano Mary Alvarenga
 
Plano de aula estagio iv
Plano de aula estagio ivPlano de aula estagio iv
Plano de aula estagio ivGabriel Reis
 
Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.Mary Alvarenga
 
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na Escola
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na EscolaProjeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na Escola
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na EscolaMichel Eichelberger
 

Mais procurados (20)

Sequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaSequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historia
 
Relatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observaçãoRelatorio de estagio observação
Relatorio de estagio observação
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
 
Folder descarte consciente de pilhas e baterias 2021
Folder  descarte consciente de pilhas e baterias 2021Folder  descarte consciente de pilhas e baterias 2021
Folder descarte consciente de pilhas e baterias 2021
 
Atividade de ciências 6º e 7º ano ii bimestre
Atividade de ciências 6º  e  7º  ano  ii bimestreAtividade de ciências 6º  e  7º  ano  ii bimestre
Atividade de ciências 6º e 7º ano ii bimestre
 
Projeto do Meio Ambiente - 9º ano
Projeto do Meio Ambiente - 9º anoProjeto do Meio Ambiente - 9º ano
Projeto do Meio Ambiente - 9º ano
 
Projeto lixo
Projeto lixoProjeto lixo
Projeto lixo
 
Projeto feira de ciências pdf correto
Projeto feira de ciências pdf corretoProjeto feira de ciências pdf correto
Projeto feira de ciências pdf correto
 
Plano de aula urbanização.doc2
Plano de aula urbanização.doc2Plano de aula urbanização.doc2
Plano de aula urbanização.doc2
 
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de marçoPlano de aula 6ª série   7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
Plano de aula 6ª série 7º ano -ensino fundamental 1ª semana de março
 
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdf
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdfMATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdf
MATERIAL-DO-EDUCADOR-AULAS-DE-ESTUDO-ORIENTADO.pdf
 
Plano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º anoPlano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º ano
 
Plano aula modelo gasparim genero textual
Plano aula modelo gasparim  genero textualPlano aula modelo gasparim  genero textual
Plano aula modelo gasparim genero textual
 
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
 
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano  Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
 
Plano de aula estagio iv
Plano de aula estagio ivPlano de aula estagio iv
Plano de aula estagio iv
 
Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.
 
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na Escola
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na EscolaProjeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na Escola
Projeto Geral I Feira de Ciências e Mostra Científica na Escola
 
Caça palavras mudanças climaticas
Caça palavras mudanças climaticasCaça palavras mudanças climaticas
Caça palavras mudanças climaticas
 
Tabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º anoTabela periódica 9º ano
Tabela periódica 9º ano
 

Semelhante a Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental

Plano de ação lauro barreira
Plano de ação   lauro barreiraPlano de ação   lauro barreira
Plano de ação lauro barreiraflaviaescola
 
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdf
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdfPROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdf
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdfsilvana938032
 
Projeto iracema ecotécnicas
Projeto iracema   ecotécnicasProjeto iracema   ecotécnicas
Projeto iracema ecotécnicasFabio Roque
 
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Ceiça Mendes
 
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICA
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICAPROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICA
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICAPaulo David
 
Proj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberesProj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberesEscolaMAAF
 
Eerb recicla_bio_2011
 Eerb recicla_bio_2011 Eerb recicla_bio_2011
Eerb recicla_bio_2011Fabiola-ms
 
Projeto ReciclaBio 2011
 Projeto ReciclaBio 2011 Projeto ReciclaBio 2011
Projeto ReciclaBio 2011Fabiola-ms
 
EERB_ReciclaBio_2011
 EERB_ReciclaBio_2011 EERB_ReciclaBio_2011
EERB_ReciclaBio_2011Fabiola-ms
 
Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Sirlei Neto
 
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIOPortifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIOSirlei Neto
 
Seminário D. E. Ambiental (final).pptx
Seminário D. E. Ambiental  (final).pptxSeminário D. E. Ambiental  (final).pptx
Seminário D. E. Ambiental (final).pptxMrcioHenrique50
 

Semelhante a Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental (20)

Plano de ação lauro barreira
Plano de ação   lauro barreiraPlano de ação   lauro barreira
Plano de ação lauro barreira
 
Projeto 5 rs 2018
Projeto 5 rs 2018Projeto 5 rs 2018
Projeto 5 rs 2018
 
PROJETO_MEIO_AMBIENTE
PROJETO_MEIO_AMBIENTEPROJETO_MEIO_AMBIENTE
PROJETO_MEIO_AMBIENTE
 
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdf
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdfPROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdf
PROJETO-MEIO-AMBIENTE-1-maria-socorro-de-oliveira.pdf
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Projeto iracema ecotécnicas
Projeto iracema   ecotécnicasProjeto iracema   ecotécnicas
Projeto iracema ecotécnicas
 
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
 
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICA
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICAPROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICA
PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL-ECOLÓGICA
 
2014 disciplinas-diversificadas- 1-
2014 disciplinas-diversificadas- 1-2014 disciplinas-diversificadas- 1-
2014 disciplinas-diversificadas- 1-
 
Proj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberesProj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberes
 
Horta e ervas
Horta e ervas Horta e ervas
Horta e ervas
 
12 guia pedagogicodolixo
12 guia pedagogicodolixo12 guia pedagogicodolixo
12 guia pedagogicodolixo
 
Projeto Meio Ambiente
Projeto Meio AmbienteProjeto Meio Ambiente
Projeto Meio Ambiente
 
Eerb recicla_bio_2011
 Eerb recicla_bio_2011 Eerb recicla_bio_2011
Eerb recicla_bio_2011
 
Projeto ReciclaBio 2011
 Projeto ReciclaBio 2011 Projeto ReciclaBio 2011
Projeto ReciclaBio 2011
 
EERB_ReciclaBio_2011
 EERB_ReciclaBio_2011 EERB_ReciclaBio_2011
EERB_ReciclaBio_2011
 
Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014
 
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIOPortifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
 
Seminário D. E. Ambiental (final).pptx
Seminário D. E. Ambiental  (final).pptxSeminário D. E. Ambiental  (final).pptx
Seminário D. E. Ambiental (final).pptx
 

Mais de Cecilia andrade

Mais de Cecilia andrade (10)

VALE A PENA LER ESTE RELATÓRIO
VALE A PENA LER ESTE RELATÓRIOVALE A PENA LER ESTE RELATÓRIO
VALE A PENA LER ESTE RELATÓRIO
 
ApresentaçãO Do Projeto Da Telma
ApresentaçãO Do Projeto Da TelmaApresentaçãO Do Projeto Da Telma
ApresentaçãO Do Projeto Da Telma
 
Resultado.Final.Joer.Ariquemes
Resultado.Final.Joer.AriquemesResultado.Final.Joer.Ariquemes
Resultado.Final.Joer.Ariquemes
 
Receita De Cuscuz Da Helena
Receita De Cuscuz Da HelenaReceita De Cuscuz Da Helena
Receita De Cuscuz Da Helena
 
ExtensõEs De Arquivos
ExtensõEs De ArquivosExtensõEs De Arquivos
ExtensõEs De Arquivos
 
Auto Da Compadecida Resumo E ComentáRios
Auto Da Compadecida Resumo E ComentáRiosAuto Da Compadecida Resumo E ComentáRios
Auto Da Compadecida Resumo E ComentáRios
 
Poesia
PoesiaPoesia
Poesia
 
ExercíCios
ExercíCiosExercíCios
ExercíCios
 
ExtensõEs De Arquivos
ExtensõEs De ArquivosExtensõEs De Arquivos
ExtensõEs De Arquivos
 
Enchente Alan
Enchente AlanEnchente Alan
Enchente Alan
 

Projeto Aulas De Campo E InterpretaçAo Ambiental

  • 1. ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO HEITOR VILLA-LOBOS AULA DE CAMPO DE GEOGRAFIA NO LIXÃO E NO CANTEIRO DE OBRAS DO FUTURO ATERRO SANITÁRIO DE ARIQUEMES 1. APRESENTAÇÃO A busca pela sensibilização e conseqüente conscientização ecológica é hoje um grande desafio para a educação ambiental. Considerando as interfaces sociais e ambientais desta problemática, acredito ser possível alcançá-los por meio da aula de campo e/ou visitas orientadas, pois esses recursos metodológicos de ensino aprendizagem vêm sendo valorizado na geografia escolar para despertar maior interesse dos alunos pela aprendizagem espacial. É possível através delas a exposição de conteúdo de maneira rápida, informal, lúdica e eficiente, pois é mais fácil aprender os conhecimentos e reter as informações que podem ser visualizadas. É uma forma de lazer e entretenimento que permitem um espaço adequado para a educação e informação. 2. JUSTIFICATIVA Em um mundo marcado pelas desigualdades sociais e pela degradação ambiental desenfreada, praticar Educação Ambiental é, antes de tudo, gostar de si, do seu próximo e dá natureza a sua volta. . Ter consciência ambiental é reconhecer o papel que cada um de nós tem na proteção de todos os lugares onde a vida nasce e se organiza. Ter consciência ambiental é também um dever legal, já que a Constituição Federal, a LDB - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – e a Lei Federal nº 9.795/1999 determinam que a Educação Ambiental seja um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formar e não-formal. 3. ROTEIRO DA AULA DE CAMPO DATA: 08 e 09 de Julho de 2008 LOCAL DE SAÍDA: Escola Heitor Villa-Lobos HORÁRIO DE SAÍDA DO ÔNIBUS: 15h00min
  • 2. CHEGADA PRESVISTA: 17h30min MATERIAL DE APOIO QUE O ALUNO DEVE LEVAR: • Caneta, lápis, caderneta ou gravador e filmadora para anotações e registros; • Bebida (água ou suco); • Tênis, boné ou chapéu. OBJETIVO GERAL Estimular o aluno para a construção de valores políticos, sociais, éticos e de atitudes necessárias à sua convivência equilibrada e harmoniosa com a natureza, abrangendo as dimensões sócio-espacial, educacional, econômicas e culturais. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Reconhecer in loco os principais impactos ambientais causados pela destinação de resíduos sólidos em um lixão; Identificar os diferentes tipos de resíduos urbanos: (resíduos sólidos, sólidos urbanos, hospitalares sépticos e hospitalares assépticos; Visualizar a poluição das águas superficiais e subterrâneas pela percolação do chorume; Identificar os impactos ambientais decorrentes da produção de biogás (gás metano e gás sulfídrico); Perceber o impacto visual e a alteração da paisagem promovida por um lixão; Perceber a importância do solo e os cuidados que devemos ter com o mesmo;
  • 3. Identificar o surgimento e proliferação inadequada de agentes patogênicos, macro e microvetores; Entender como o lixo é tratado no Aterro Sanitário; Enfatizar a importância da coleta seletiva do lixo no processo de reaproveitamento de matérias; Conhecer novas fontes de produção de energia, a chamada “energia limpa”, através do biogás; PÚBLICO ALVO Alunos do 8ºA e 9º anos A, B e C do ensino fundamental. Sendo um dia para os alunos do 8ºA e 9º C e outro dia para os alunos do 9ºA e 9ºB. CONTEÚDOS EXPLORADOS Deposição final e tratamento inadequado do lixo hospitalar; Decomposição do lixo e as substancias tóxicas a ele associado; chorume e gás metano; Coleta Seletiva, Triagem e reciclagem do lixo doméstico; Diferenciação entre Lixão, Aterro Sanitário e Aterro Controlado; Ocupação indevida do espaço rural seguida da exploração indevida dos recursos naturais, promovendo o desmatamento seguido de erosão e contaminação do solo; PROFESSOR RESPONSÁVEL: *Alan Duarte do Espírito Santo
  • 4. *Professor da Rede Estadual de Rondônia e da Rede municipal de Ariquemes, graduado em Geografia pelo Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos - RJ e Pós-Graduado em Gestão e Manejo Ambiental de Sistemas Agrícolas pela Universidade Federal de Lavras - MG.