O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Discurso dos 40 anos do 25 de Abril - Freguesia de Seda (Alter do Chão)

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
O Alterense 3
O Alterense 3
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 1 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (17)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Mais de Cdu Alter Do Chão (20)

Anúncio

Discurso dos 40 anos do 25 de Abril - Freguesia de Seda (Alter do Chão)

  1. 1. 25 ABRIL | 40 ANOS 1974-2014 Comemorações na Freguesia de Seda Discurso proferido pelo Presidente da Junta de Freguesia de Seda - Mário Mendes Abril Sempre! Não podemos perder de vista que a liberdade não está adquirida definitivamente, especialmente quando o Governo de Portugal se preocupa principalmente em proteger os grupos mais fortes e maltrata constantemen- te a maioria da população do nosso país. Felizmente, com o 25 de Abril, foi instituído o poder local democrático. Os responsáveis são eleitos periodi- camente pelos eleitores de cada concelho. Mas, também esta conquista está ameaçada, porque reduzem cada vez mais a autonomia local e consequen- temente a margem de liberdade na ação dos órgãos autárquicos, eleitos pelo povo. É essencial ter especial atenção a estes perigos e que, na medida das nossas competências, persistamos numa luta constante e conjunta para a preservação do poder local e democrático. O concelho de Alter do Chão e particularmente a fre- guesia de Seda, mudaram muito desde o dia 25 de Abril de 1974. A mudança sentida a todos os níveis foi fruto, em pri- meiro lugar, do trabalho e sacrifício de todos os que cá nasceram e também de todos os que fizeram de Seda a sua terra. A alteração substancial ocorrida neste período – 40 anos – não foi obra exclusiva de uma pessoa ou organização. Todos contribuíram, na medida das suas responsabilida- des, para que Seda de 2014 seja muito diferente – para melhor – de Seda de 1974. Centremos os nossos esforços no futuro da nossa terra. Estou certo que todos saberemos honrar a liberdade e a democracia que a revolução de 25 de Abril de 1974 nos trouxe. Viva o 25 de Abril Viva a liberdade Sr. Presidente da Camara Municipal de Alter do Chão Sr. Presidente da Banda Municipal de Alter do Chão Sr. Maestro da Banda Municipal de Alter do Chão Elementos da Banda Municipal de Alter do Chão Minhas Senhoras e meus Senhores O 25 de Abril de 1974 está gravado na memória, não só daqueles que o viveram, como também daqueles que sentiram o renascer de uma nova esperança, depois de um período de escuridão que apagou Portugal e sacrifi- cou o seu povo durante 48 anos. A liberdade, a democracia e o desenvolvimento, consti- tuem o vitorioso resultado da revolução de Abril. A liberdade é tão essencial como o ar que respiramos povoa o nosso dia-a-dia. Não podemos, no entanto, ignorar que pairam hoje for- tes ameaças à liberdade que é de todos e não apenas de alguns. É a liberdade que está em causa quando os nossos con- cidadãos passam por inúmeras dificuldades e não conse- guem-inclusive-obter os rendimentos indispensáveis à alimentação da sua família. É a liberdade que está em causa quando se assiste a uma degradação dos cuidados de saúde prestados à popula- ção, em consequência de uma política irresponsável de cortes cegos no Serviço Nacional de Saúde. É a liberdade que está em causa quando grupos cada vez maiores se deparam com situações de desemprego de longa duração. E é também a liberdade que está em causa quando os nossos jovens, que são dos mais preparados de sempre, não encontram qualquer alternativa de emprego em Por- tugal e são obrigados a emigrar.

×