Glocal edp tua_2012_04_jornadas

565 visualizações

Publicada em

Programa Premio EDP Empreendedor Sustentável TUA 2012. As inscrições terminam a 31/5/2012. On-line em https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dC1QeGx1X2FWU1ZXdi1oc3c2Y3h6dVE6MQ#gid=0 ou nos gabinetes de apoio ao empreendedor dos Municipios de Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Artigo 3º - Candidatos e elegibilidadeO Prémio EDP Empreendedor Sustentável SABOR destina-se a novos empreendedores residentes nos concelhos abrangidos pelas barragens do Baixo Sabor, Picote e Bemposta (Alfandega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mogadouro e Torre de Moncorvo) bem como a iniciativas empresariais promovidas por não residentes mas cuja localização da empresa/negócio seja num destes concelhos. Podem concorrer pessoas singulares, maiores de 18 anos na data limite de entrega da candidatura, individualmente ou em grupo.Destina-se a novos empreendedores admitindo-se o acesso de empreendedores já estabelecidos desde que implique a criação de um novo negócio/empresa com criação líquida de emprego e que o empreendedor beneficie claramente dos serviços de capacitação empresarialDestina-se a novos negócios/empresas admitindo-se o acesso a empresas já criadas em fase de arranque (há menos de 6 meses) e que beneficiem claramente dos serviços de capacitação empresarial, formatação do modelo de negócio, planeamento estratégico e operacional e montagem de operação de financiamento. Em casos particulares, poderão ser admitidas empresas constituídas há mais tempo mas cujo inicio de laboração seja inferior a 6 meses.Podem concorrer negócios de qualquer área de actividade cujo investimento elegível previsto seja inferior a 300.000 euros
  • Glocal edp tua_2012_04_jornadas

    1. 1. ApresentaçãoInsere-se no programa de dinamização económica e social nas novas áreasde aproveitamento hidroeléctrico da EDP.Trata-se de uma intervenção comum, global e integrada de promoção e apoioao empreendedorismo local e simultaneamente um programa de preparaçãodo/a empreendedor/a e do seu negócio conciliado com a atribuição deprémios e galardões de forma a reconhecer o trabalho e dar visibilidade aopapel do empreendedor no desenvolvimento local.É implementada por incorporação das metodologias GLOCAL (concebidaspela SPA Consultoria) e expansão das suas actividades.A 1ª edição do Prémio EDP Empreendedor Sustentável no SABOR decorreuentre Abril de 2010 a Fevereiro de 2011, sendo que a 2º edição já está noterreno desde Setembro de 2011. Em Fevereiro de 2012 foi expandido aoVale do TUA.
    2. 2. Objectivos Dinamizar uma cultura de empreendedorismo e/ou “auto-emprego”; Fomentar a participação e criatividade individual e colectiva das populações; Identificar e explanar oportunidades de mercado/negócio utilizando recursos endógenos; Apoiar o empreendedorismo tomador dessas oportunidades através de formação e consultoria especializada, facilitação institucional e facilitação do acesso ao financiamento adequado; Contribuir para a sustentabilidade da taxa de empregabilidade criada com os projectos dos AHE
    3. 3. 1ªedição TUA Area de intervenção directa • AHE Foz Tua: Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor Periodo de implementação • Fevereiro de 2012 a Janeiro de 2013 Modelo de Intervenção Complementar + Parceria + Trabalho em rede • Autarquias -> Dinamização de Gabinetes municipais de apoio ao empreendedor • Rede de Apoio Local: Associações de Desenvolvimento Local, Associações empresariais/ comerciais/industriais -> Divulgação/sensibilização e articulação com os seus próprios serviços de apoio ao empreendedor
    4. 4. Actividades/Apoio ao empreendedor Informação e orientação Ateliers de Ideias Apoio ao plano de negócios e estudo de viabilidade Formação e pré-incubação Apoio à procura de Financiamento Mentoria e Apadrinhamento Redes de cooperação Formalidades Tutoria e Consultoria Facilitação institucional Galeria de Negócios/Gala de entrega de prémios Premio EDP Empreendedor sustentável
    5. 5. Fases do Ficha Pré- INFORMAÇÃO E ORIENTAÇÃO ProcessoJornadas Municipais de empreendedorismo Inscrição e dinamismo empresarial ATELIER DE IDEIAS Mini-plano Banca Negócios Interna FORMAÇÃO/Capacitação Montagem Plano de negócios e Operação estudo de viabilidade Financiamento Gala de Elevator Consultoria de Arranque Entrega de Pitch Prémios Consultoria de Consolidação
    6. 6. Inscrição Inscrições até 31 de Maio de 2012No Gabinete de Apoio ao Empreendedor ou em www.iniciativaglocal.eu Informação e orientaçãoApós a pré-incrição o empreendedor é chamado a um atendimentopresencial no GAE de informação e orientação para:  Apresentação do processo empreendedor e das actividades; Esclarecimento de eventuais duvidas sobre o processo de criação de empresa; Avaliação das condições de entrada no programa; Pré-selecção
    7. 7. Beneficiários / Elegibilidades• Iniciativas empresariais promovidas por: – residentes nos concelhos abrangidos pela barragem da Foz Tua: Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor – não residentes mas cuja localização da empresa/negócio seja num destes concelhos.• Novos empreendedores, admitindo-se empreendedores estabelecidos desde que implique a criação de uma nova empresa com criação liquida de emprego e que o empreendedor beneficie claramente dos serviços de capacitação• Novos negócios, admitindo-se empresas já criadas em fase de arranque (< 6 meses) e que beneficiem claramente dos serviços disponibilizados• Podem concorrer negócios de qualquer área de atividade cujo investimento elegível previsto seja inferior a 300.000 euros
    8. 8. Atelier de ideias As ideias de negócio… De onde surgem? Onde posso encontrar boas ideias de negócio? Como posso testar se uma ideia é efectivamente uma oportunidade de negócio?Módulo de formação de 2 dias (12 horas)  Aplicação de técnicas de criatividade para empreendedores na geração de ideias de negócios  Definição da ideia de Negócio e estimulo da criatividade.Calendarização: 28 e 29/05/2012-> Alijó 04 e 05/06/2012-> Vila Flor 11 e 12/06/2012-> Murça 18 e 19/06/2012-> Carrazeda de Ansiães 20 e 21/06/2012-> Mirandela
    9. 9. Mini-plano de Negócios e Banca InternaMini-Plano: Instrumento na esquematização do negócio. Documentosimples que permite ao empreendedor passar a sua ideia para papel deforma simples. Calendarização: 06/06/2012 -> AlijóBanca Interna : Apresentação da ideia a uma banca, constituida porelementos dos parceiros locais e da Rede de Apoio Local; Calendarização: 15/06/2012 -> Alijó Momento de Avaliação
    10. 10. Formação/Capacitação empresarialEm grupo: 5 temáticas diferentes onde os empreendedores podemadquirir conhecimentos e aplicá-los no desenvolvimento do seu negócio.Módulo 1- Maturação da Ideia e análise SWOTMódulo 2 - 3Fs – Formalidades, Financiamento e FiscalidadeMódulo 3 - Proposta de Valor e Plano de NegóciosMódulo 4 - Capital Humano e Legislação LaboralMódulo 5 - Plano económico-financeiroFormação-Acção: formação individual e à medida das necessidadesespecificas do empreendedor e do seu negócio.Auto-estudo: Manual “Criar e Consolidar Empresas (G)Locais - passo apassoOn-line: www.gotobusiness.net virtual training center paraempreendedores
    11. 11. Montagem Operação FinanciamentoConsultoria na procura das melhores alternativas de financiamentodo negócio  PAECPE (Micro-invest e Invest+) e Microcrédito  Finicia – Micro-capital de Risco e Fundos Municipais  Sistema de Apadrinhamento / Business Angels  Capital de Risco  Soluções tradicionais de crédito  Sistemas de incentivos (PRODER , QREN, …)* * candidaturas gratuitas a projectos até 100.000€
    12. 12. Consultoria de ArranqueAcompanhamento dos empreendedores no Arranque do negócio  Validação do Plano de Negócios,  Licenciamentos e facilitação institucional,  Preparação do negócio para arranque  Elevator-Pitch novidade  Candidatura ao Prémio ( defesa nos critérios de avaliação)  Preparação para Gala de entrega de Prémios
    13. 13. Gala de entrega de prémiosApresentação à comunidade dos novos negócios e reconhecimento dacapacidade empreendedora.
    14. 14. Processo de avaliação de candidaturas1ª fase -> Banca Interna -> selecção dos empreendedores a passar à fase de projecto2ª fase -> Júri Prémio -> análise do PN e candidatura ao premio elaborada pelos empreendedores -> critérios:  Inovação  Sustentabilidade/Viabilidade  Rentabilidade  Orientação global  Qualidade  Responsabilidade social e ambiental  Contribuição para a eficiência colectiva do território
    15. 15. Entidade Executora: Iniciativa promovida por:

    ×