“Experiência de cooperativismo naProdução Agroextrativista no Território daCidadania do Médio Mearim - MA)”      Raimundo ...
Localização              2
BASE ECONOMICA DO                                                                 MÉDIO MEARIM/MA                         ...
Histórico da COPPALJAs necessidades da época para a fundação da COPPALJO produto principal como moeda de troca da COPPALJ
OBJETIVOS“Promover o incentivo, o desenvolvimento e a defesade suas atividades economicas, especialmente aprodução agropec...
ESTRUTURA POLITICA DA COPPALJ                   ASSEMBLÉIAS GERAIS                      166 SOCIOS(AS)                    ...
INSTÂNCIAS DE DECISÕES 2 ASSEMBLÉIAS ANUAIS COM TODOS OS SOCIOS (as) PARA  PROPOR E DELIBERAREM; CONSELHO ADMINISTRATIVO...
CANAIS DECOMERCIALIZAÇÃO         INTERNO:       07    Cantinas           Comunitárias            nos           Municípios ...
CANTINAS                                                 116 COMUNIDADES                 8500 hectares certificados       ...
Óleo Orgânico de Coco Babaçu          Qualidade – Valor Ambiental Agregado – Valor Social Agregado                        ...
CANAIS DE COMERCIALIZAÇÃOINTERNO: Comercialização de Óleo de Babaçu e Torta de babaçu;Nos Estados: MA, PA, BA, SP, RJ e ...
Organização e Logística de               DistribuiçãoMERCADORIA: Distribuída pelo Caminhão da Cooperativa nas Cantinas.A...
Formas de CooperaçãoCOOPERATIVISMO.Troca de produtos agroextrativistas por mercadoriasA cooperativa centraliza as amênd...
Auto-consumoA cooperativa prega um consumo saudável e consciente.A Prioridade da produção agrícola da cooperativa é o au...
Relação com os            consumidoresGarantia de qualidade de produtos aos consumidores;Responsabilidade em cumprimento...
Desafios:      A capacidade dos       equipamentos (prensas)       instalados é de 350 ton       de óleo ano e a       co...
Obrigado.....Raimundo Ermino Neto – Diretor presidenteContatosEndereço: Rua da Brasília Nº 200, Lago do JuncoFone: (99) 36...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dia 2 - Cooperativismo para a sustentabilidade econômica e social dos sistemas agroflorestais - Cooperativismo e agroextrativismo do babaçu - Raimundo Ermino Neto

473 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dia 2 - Cooperativismo para a sustentabilidade econômica e social dos sistemas agroflorestais - Cooperativismo e agroextrativismo do babaçu - Raimundo Ermino Neto

  1. 1. “Experiência de cooperativismo naProdução Agroextrativista no Território daCidadania do Médio Mearim - MA)” Raimundo Ermino Neto BELÉM - PA NOVEMBRO - 2011
  2. 2. Localização 2
  3. 3. BASE ECONOMICA DO MÉDIO MEARIM/MA - Predomina como base de segurança alimentar, o sistema de produção agrícola itinerante, voltado para as culturas de arroz, Agricultura Familiar Extrativista feijão, milho e mandioca; - Criação extensiva de bovinos para corte e leite; - Extrativismo do coco babaçu.Agricultura Familiar Médios e Grandes Proprietários
  4. 4. Histórico da COPPALJAs necessidades da época para a fundação da COPPALJO produto principal como moeda de troca da COPPALJ
  5. 5. OBJETIVOS“Promover o incentivo, o desenvolvimento e a defesade suas atividades economicas, especialmente aprodução agropecuária e o extrativismo do cocobabaçu e das atividades a ela relacionadas direta ouindiretamente;A comercialização em comum de sua produção, nosmercados locais, nacionais ou internacionais, assimcomo a comercialização em comum dos gêneros denecessidade familiar; 5
  6. 6. ESTRUTURA POLITICA DA COPPALJ ASSEMBLÉIAS GERAIS 166 SOCIOS(AS) DIRETORIA 12 SOCIOS(AS)CONS. ADMINISTRATIVO CONS. FISCAL 06 SOCIOS(AS) 06 SOCIOS(AS) CENTR AGUIAR S. NOVO LUDOV S. MAN S. ZITA 3 POÇOS 6
  7. 7. INSTÂNCIAS DE DECISÕES 2 ASSEMBLÉIAS ANUAIS COM TODOS OS SOCIOS (as) PARA PROPOR E DELIBERAREM; CONSELHO ADMINISTRATIVO (reune-se uma vez por mês ou extraordinariamente quando necessário em caráter propositivo e deliberativo); 2 GERENTES (Comercial e de Produção); 07 CANTINEIROS (nas comunidades os sócios (as) reunem- se a cada dois meses, prestação de contas e deliberações internas). 7
  8. 8. CANAIS DECOMERCIALIZAÇÃO INTERNO: 07 Cantinas Comunitárias nos Municípios de Lago do Junco e Lago dos Rodrigues – MA; Comercialização dos produtos básicos do dia a dia, amêndoas de babaçu, e produtos da agricultura familiar (arroz, feijão, farinha ...) 8
  9. 9. CANTINAS 116 COMUNIDADES 8500 hectares certificados MERCADO 2 EXTERNO (60%) 3 4 PRENSA DE BABAÇU MERCADO 5 INTERNO (40%) 6 7 Beneficios: Ambientais; Economicos e Sociais 9
  10. 10. Óleo Orgânico de Coco Babaçu Qualidade – Valor Ambiental Agregado – Valor Social Agregado COMPRADORESCOPPALJ Sustentabilidade Preço Justo – Divisão de Ganhos – Valorização do Babaçu 10
  11. 11. CANAIS DE COMERCIALIZAÇÃOINTERNO: Comercialização de Óleo de Babaçu e Torta de babaçu;Nos Estados: MA, PA, BA, SP, RJ e MG;Exportamos para Itália e Inglaterra. 11
  12. 12. Organização e Logística de DistribuiçãoMERCADORIA: Distribuída pelo Caminhão da Cooperativa nas Cantinas.A Coleta de Amêndoas de babaçu também é feita pelo caminhão da cooperativaA entrega de óleo se dá por fretamento de transporte de terceiros 12
  13. 13. Formas de CooperaçãoCOOPERATIVISMO.Troca de produtos agroextrativistas por mercadoriasA cooperativa centraliza as amêndoas e processa em óleo e torta e depois comercializa no mercado interno e externo 13
  14. 14. Auto-consumoA cooperativa prega um consumo saudável e consciente.A Prioridade da produção agrícola da cooperativa é o auto consumo só disponibilizando para o mercado o excedente.A Produção extrativista é destinada para as industrias de limpeza e cosmética 14
  15. 15. Relação com os consumidoresGarantia de qualidade de produtos aos consumidores;Responsabilidade em cumprimento dos contratos de fornecimento;Abastecimento de mercadorias no mercado local;Utilização de sistema de trocas solidárias nas cantinas;Manutenção de cultivo agroecológico e orgânico. 15
  16. 16. Desafios:  A capacidade dos equipamentos (prensas) instalados é de 350 ton de óleo ano e a cooperativa tem operado apenas com 60% de sua capacidade;  Dificuldade em identificar tecnologias adequadas para a quebra mecanica do coco;  Falta de matéria prima (amêndoa de babaçu).  Falta de transportadora com eficiência na região; 16
  17. 17. Obrigado.....Raimundo Ermino Neto – Diretor presidenteContatosEndereço: Rua da Brasília Nº 200, Lago do JuncoFone: (99) 3642 1463E-mail: coppalj@gmail.com

×