/           74 / INFO Julho 2012IN318_KinectHospital.indd 74          6/27/12 2:57:38 PM
DR.           KINECT           Como um hospital brasileiro transformou o controle de games           da Microso em instrum...
⁄               NA TV O soware criado pelos técnicos do hospital usa o Kinect para Xbox em               um PC. As imagens...
Fulano, pega aquele filme que está           no envelope e coloca na parede era a           frase mais ouvida. É ruim depe...
46    GAME OU ARTE?   ⁄             Indie games apostam em             design caprichado e trilha             sonora de qu...
/          46 / INFO Novembro 2012IN322_Info Games.indd 46                10/25/12 4:58:17 PM
GAME                      OU                 OBRA DE ARTE ?                     COM MECÂNICA SIMPLES, MAS DESIGN E TRILHA ...
O                                                                                                                         ...
DESIGN EM BITS                                     ao ver sua mulher doente precisava acreditar realmente na              ...
LALAI LUNA E ANA LAURA MELLO                                                    Fundadoras da agência Remix,              ...
MILENA ESCABECHE E ALINE MARCOLINO                                        Do Tryoop, serviço para degustação              ...
PARA EXPERIMENTAR                                 Com menos de dois anos e fruto de uma pequena startup de                ...
DO GAME PARA O CELULAR                         Aos 22 anos, Tahiana D´Egmont comandou no Brasil a operação da             ...
“No Brasil, os                                                                              empreendedores                ...
NO CROWDSOURCING                          Dirigida no Brasil por Marina Miranda, a Mutopo é uma empresa                   ...
“O empreendedor                                                                             precisa aprender              ...
/                                                                                                                         ...
PEQUENO, PORÉM PODEROSO                                     SÓ PARA VIDEOCHAMADAS                                         ...
Enfrentar a soberania do iPad não é                                    O objetivo do Google é reforçar bastan-            ...
AMIGÁVEL           MICROSOFT ENTRA NA BRIGA                                          A interface Metro pode               ...
QUEM LEVA A MELHOR? Os pontos fortes do Nexus 7 (Google), do Surface (Microsoft) e do iPad (Apple)                        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cauã Taborda: Matérias para INFO

1.836 visualizações

Publicada em

Exemplos de matérias publicadas na revista INFO.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.836
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cauã Taborda: Matérias para INFO

  1. 1. / 74 / INFO Julho 2012IN318_KinectHospital.indd 74 6/27/12 2:57:38 PM
  2. 2. DR. KINECT Como um hospital brasileiro transformou o controle de games da Microso em instrumento eficiente para ajudar nas cirurgias, diminuindo riscos para o paciente e o estresse dos médicos / POR CAUÃ TABORDA FOTO ARTNET DIGITAL A missão é difícil. Envolve a realização de procedimentos Com investimento baixo e o esforço do time de médicos, o cirúrgicos complexos, que requerem exames detalhados e hospital criou o projeto Intera, que usa o controle da Microsoft muita concentração. É preciso estar bem preparado. Com que reconhece movimentos para inovar. E no hospital não é gestos, imagens são ampliadas, exames são visualizados e apenas a geração Y que se dá bem com a tecnologia. “Tenho 60 os melhores trechos de um vídeo selecionados para ajudar anos, mal uso o computador e me adaptei rapidamente”, diz o nos detalhes da operação. Tudo deve ser feito muito rápido. O neurocirurgião Luiz Soares Koury, um dos responsáveis pelo paciente está sedado. Há cortes, sangue e o risco de infecção. projeto. O Intera não surgiu com pretensões hollywoodianas Cada segundo é precioso para reparar uma coluna vertebral de revolucionar a medicina. Luiz Koury conta que a solução ou uma lesão cerebral. A cena não faz parte de nenhum game foi criada para resolver um problema pontual. O centro ou de séries de TV como Plantão Médico e House. Ela é real e médico paranaense queria acabar com o uso das chapas em já entrou para a rotina do Hospital Evangélico de Londrina, filme e do antigo negatoscópio, um aparelho com iluminação no Paraná, o primeiro centro médico brasileiro a desenvol- especial que permite a observação das radiografias, usado em ver um método que utiliza o Kinect em salas de cirurgia. medicina praticamente desde a descoberta do raio X, em 1895. EDIÇÃO DE IMAGEM ARTNET DIGITAL FOTO GETTYIMAGES Julho 2012 INFO / 75IN318_KinectHospital.indd 75 6/27/12 2:57:41 PM
  3. 3. ⁄ NA TV O soware criado pelos técnicos do hospital usa o Kinect para Xbox em um PC. As imagens são manipuladas por gestos e exibidas em tela de 51 polegadas “O filme radiológico está em extin- por exames específicos. Para atender a gura por 45 centímetros de altura, e ção”, afirma Koury. “Nós tínhamos a esses casos mais sensíveis, a equipe de um painel normalmente comporta necessidade de criar algo para subs- tecnologia do hospital apostou inicial- no máximo três chapas. Em cirurgias tituir as chapas por uma versão di- mente no uso de tablets. As imagens mais complexas, é comum realizar gital, já oferecida pelos aparelhos selecionadas pelo cirurgião poderiam a troca de imagens inúmeras vezes. diagnósticos em CD ou pen drives.” ser carregadas no dispositivo e con- Como a equipe médica não pode to- Em determinadas cirurgias, como sultadas durante o procedimento. car em nada, para evitar contamina- as neurológicas, as de coluna ou as Uma chapa de exame mede apro- ção, a exibição dos exames ficava a cardíacas, a equipe médica orienta-se ximadamente 35 centímetros de lar- cargo de enfermeiros ou assistentes. VIDEOGAME NA MEDICINA COM UM SISTEMA QUE USA A TECNOLOGIA DE RECONHECIMENTO DE GESTOS DO KINECT NA SALA DE CIRURGIA, O HOSPITAL EVANGÉLICO DE LONDRINA REDUZIU EM ATÉ 12% O TEMPO DE UMA OPERAÇÃO. VEJA COMO ELE FUNCIONA COMO ERA ANTES MAIS ÁGIL ZOOM FÁCIL MENOS ESTRESSE O médico requisitava exames Com o novo processo, O monitor evita que o médico O Kinect permite que o médico antes da cirurgia. Eles eram os exames são enviados saia da mesa cirúrgica para selecione, amplie e vire as revelados em um negativo do centro de diagnósticos observar detalhes do exame imagens dos exames mesmo e exibidos no negatoscópio, para o sistema usado na sala na parede. Para ampliar à distância. Ele não precisa painel de luz instalado na de cirurgia. Isso elimina a imagem, basta pedir ajuda aos assistentes, parede da sala cirúrgica o tempo de revelação um movimento das mãos o que diminui o estresse 76 / INFO Julho 2012 ILUSTRAÇÃO EVANDRO BERTOLIN318_KinectHospital.indd 76 6/27/12 2:57:43 PM
  4. 4. Fulano, pega aquele filme que está no envelope e coloca na parede era a frase mais ouvida. É ruim depender de Um ganho do projeto é a riqueza das outra pessoa numa cirurgia”, diz Koury. imagens. Na tela grande, que pode ser Os pequenos tablets mostraram-se viáveis, já que podem ser envoltos em manipulada à distância, os médicos plástico esterilizado, permitindo, as- enxergam todos os detalhes dos exames sim, o manuseio sem risco de infecção. QUE DIABO É ISSO? Foi durante uma conversa com a equipe para a equipe de TI que eles teriam só a tela é bem grande, não preciso me de tecnologia, com a solução dos tablets cinco minutos para convencer os médi- deslocar para observar os detalhes de quase pronta, que o uso do Kinect foi cos a substituir o processo que usavam.” uma vértebra”, afirma Jaccard. “Se qui- sugerido. “Kinéti? Que diabo é isso?”, Os ortopedistas Alexandre Jaccard, ser, posso aplicar o zoom ali mesmo.” disse Koury na reunião. Mas logo 37 anos, e Cesar Daniel Macedo, 30, Outro grande potencial do Intera é a ideia de realizar as trocas das ima- também se interessaram pela solução sua capacidade para exibir diagnósti- gens dos exames sem a necessidade e, depois de um dia de treinamento, pas- cos dinâmicos, como o de cateterismo. de tocar em nada pareceu sedutora. saram a utilizar o Intera nas cirurgias Desde o início do projeto, em abril A equipe de tecnologia do hospital de coluna. Como são procedimentos de- deste ano, os quatro médicos realizaram começou então a trabalhar no desen- morados, que geralmente utilizam mui- 12 cirurgias usando o Kinect. O contro- volvimento do software, que utiliza o tas imagens em cada uma das etapas da le de jogos foi instalado em quatro salas Kinect para Xbox acoplado a um PC. As cirurgia, a ideia parecia promissora. do centro cirúrgico e, para ampliar o imagens são exibidas em TVs de plas- Eles contam que o sistema dimi- uso da solução, outros 12 profissionais ma de 51 polegadas e resolução full HD. nuiu o estresse das trocas de imagens receberam treinamento em junho. Até Durante quatro meses os desenvolve- e eliminou o vaivém entre a mesa de o final de julho, mais 36 pessoas deve- dores trabalharam com Koury e com o cirurgia e a parede onde ficava o nega- rão estar familiarizadas com o contro- neurocirurgião Marcos Antonio Dias, toscópio. Uma cirurgia com duração le. A aposta do Hospital Evangélico de para ajustar a solução às necessidades média de quatro horas foi reduzida Londrina é a de que a solução vai mes- dos doutores. “Pedimos um software fá- em meia hora. “Um grande ganho do mo pegar. “Provamos que é possível cil de usar e prático”, afirma Dias. “Disse sistema é a riqueza da imagem. Como fazer algo inovador”, diz Luiz Koury. Julho 2012 INFO / 77IN318_KinectHospital.indd 77 6/27/12 2:57:44 PM
  5. 5. 46 GAME OU ARTE? ⁄ Indie games apostam em design caprichado e trilha sonora de qualidade para atrair o público Saúde Hackeada / 50 Bem-Estar Móvel / 57 Vigilantes Eletrônicos / 63 Alô, Alô. Quero Pagar / 66 Natureza Recriada / 70 Itu / 76 O Mapa é o Tesouro / 80 Dicas / 86 Novembro 2012 INFO / 45IN322_Inovac a o Menu.indd 45 10/25/12 8:28:43 PM
  6. 6. / 46 / INFO Novembro 2012IN322_Info Games.indd 46 10/25/12 4:58:17 PM
  7. 7. GAME OU OBRA DE ARTE ? COM MECÂNICA SIMPLES, MAS DESIGN E TRILHA SONORA ELABORADOS, OS INDIE GAMES SE INSPIRAM EM FILMES, QUADROS E LIVROS. CONHEÇA OS DE MAIOR SUCESSO / POR CAUÃ TABORDA G omez é uma pequena criatura que vive fundem e é preciso mesclá-los para transpor qualquer obstá- em um mundo 2D, mas tem sua realidade culo. Destaque do documentário Indie Games: The Movie, dos transformada no dia em que ganha um diretores canadenses Lisanne Pajot e James Swirsky, Phil fez, ou tarbush, o chapéu cilíndrico usa- e seu jogo demonstram duas características que parecem do pelos turcos. Com o presente, Gomez ser comuns a todos os projetos independentes de games: a recebe a habilidade de explorar seu uni- satisfação pessoal do criador e a proximidade com a arte. verso em outras dimensões. Essa premissa simples, de olhar Ao contrário da principal premissa que rege os grandes o mundo por uma nova perspectiva, ganhou vida pelas mãos estúdios de games, a de atingir o maior número possível de do canadense Phil Fish, um desenvolvedor independente de jogadores, um desenvolvedor indie busca a criação elaborada games. O projeto do game Fez começou a ser criado em 2007 e e uma forma única de se expressar por meio do jogo. Sem a chamou a atenção de jogadores de todo o mundo ao ganhar o forte pressão imposta pelo tempo e o investimento da grande prêmio de Excelência em Arte Visual no Independent Games indústria, um game indie pode apostar em mecânicas novas e Festival, realizado em 2008. Ao brincar, o jogador parece se desafiadoras, trilhas sonoras originais e em uma simplicidade aventurar em um quadro cubista, em que os planos se con- que parece ter-se perdido nos títulos famosos do mainstream. Novembro 2012 INFO / 47IN322_Info Games.indd 47 10/25/12 4:58:21 PM
  8. 8. O USIV EXCL mo a de air, Baixeut ton Aff e im The Bame do t Got de o g t nov e Cat tha de Th the Milk nPC o / Bu t t AC abr.io/But tonM abr.io ⁄ ELES DÃO VIDA AOS GAMES Phil Fish (na foto de cima), criador do jogo Fez, em cena do documentário Unido e afirma que esse tipo de game tem a dura missão de surpreender os jogadores. Nesse ponto, a arte e a diversida- Indie Games: The Movie. A carioca Helana Santos com integrantes da equipe inglesa que desenvolveu de cultural parecem ser os catalisadores de bons resultados. o game The Cat that Got the Milk, inspirado “A interpretação que damos à arte e às suas mais variadas em obras de Kandinsky, Miró e Rothko formas permite dar asas à imaginação”, afirma Helana. DESIGN ARROJADO E ZERO PADRÃO Com apenas dois comandos, seta para cima e seta para Estudo da consultoria PricewaterhouseCoopers mostra baixo, o game The Cat that Got the Milk, para PC e Mac, trans- que a indústria de games deve faturar 86 bilhões de dólares forma obras dos pintores abstratos Wassily Kandinsky, Joan em 2014. Não há ainda como saber quanto os independen- Miró, Mark Rothko em uma experiência interativa e desafia- tes representam do total, mas a tendência aponta para uma dora. “Decidimos arriscar um novo conceito de jogos. Eles são participação crescente. A Tiga, associação britânica de ga- curtos, mas proporcionam uma divertida e única experiên- mes, aponta a existência de 329 estúdios independentes na cia artística”, afirma Helana Santos, programadora do game. Grã-Bretanha. Nos Estados Unidos, esse número sobe para Nascida no Rio de Janeiro, Helana morou em Moçambique 600. Cinco anos após o início de seu desenvolvimento, o na infância e estudou computação na Inglaterra. Diz ela: jogo Fez chegou à Xbox Live, em abril deste ano, por cerca de “Os jogos indie tendem a atrair pessoas mais rebeldes, au- 20 reais. Em maio, atingiu a marca de 100 mil downloads. daciosas e bastante arrojadas, o que naturalmente conduz Em 2008, o americano Jonathan Blow publicou o game a mais experiências desafiantes e inovadoras”. Helana in- Braid na Xbox Live Arcade. Na primeira semana, cerca tegra um time independente de desenvolvedores do Reino de 28 mil unidades foram vendidas. Inspirado na obra 48 / INFO Novembro 2012IN322_Info Games.indd 48 10/25/12 4:58:25 PM
  9. 9. DESIGN EM BITS ao ver sua mulher doente precisava acreditar realmente na existência dessas lendas, pois só elas tinham a cura para a OS GAMES INDEPENDENTES SE INSPIRAM doença”, afirma Rodrigo Motta, coordenador do curso da EM GRANDES OBRAS DE ARTE Facisa e um dos criadores de Xilo. Para acompanhar a arte THE CAT THAT GOT THE MILK XILO inspirada em xilogravuras, a trilha sonora foi composta Jogo ágil para PC e Mac que Baseado em cordel, o game pela banda Cabruêra, que mistura música eletrônica e baião. se inspira em Kandinsky, Miró brasileiro tem trilha sonora Para Motta, o cuidado com cada elemento do game e e Rothko (abr.io/CatMilk) regional (abr.io/Xilo) sua proximidade com a arte são características marcantes do projeto. “Os jogos indies não seguem nenhum tipo de padrão e o envolvimento dos desenvolvedores é mais pes- soal”, afirma Motta. “São jogos que vão causar emoções diferentes das que estamos acostumados com os títulos da indústria.” Envolvido em vários projetos independentes e defensor de uma forma mais pessoal de produção, Motta BRAID THE BRIDGE não vê no cenário atual uma disputa entre a grande indús- Faz referência à obra Game em 2D inspirado na As Cidades Invisíveis, de Ítalo obra do artista gráfico M.C. tria e os pequenos estúdios. “Gosto de pensar que os indies Calvino (abr.io/Braid) Escher (abr.io/TheBridge) estão obtendo o reconhecimento pelo excelente trabalho que fazem”, afirma. Eleito o melhor jogo para PC no júri po- pular do SBGames 2011, um dos poucos eventos para de- senvolvedores de games do Brasil, Xilo está na reta final e deve ser lançado para várias plataformas até o fim deste ano. A equipe de Rodrigo Motta faz parte de uma nova geração de desenvolvedores. Sem a ambição de imitar a grande indús- tria, os brasileiros do mercado independente começam a rece- ber destaque por inovação e qualidade dos projetos. Veja o caso do game Toren. Idealizado por um time de Porto Alegre (RS), As Cidades Invisíveis, do escritor italiano Ítalo Calvino, o o jogo foi o primeiro projeto brasileiro a receber menção hon- jogo mescla um design peculiar e bem elaborado a técni- rosa, por excelência em artes visuais, no Independent Games cas inovadoras. As aventuras do protagonista Tim, que Festival (IGF), o Oscar dos games independentes. Ainda em precisa resgatar uma princesa, não são diferentes das de desenvolvimento, o jogo surgiu como projeto de conclusão muitos games. Com uma mecânica simples, o jogador do curso de pós-graduação em jogos eletrônicos da PUC-RS. deve eliminar inimigos em cada um dos níveis antes de Com paisagens inspiradas em filmes de Hayao Miyazaki, seguir sua jornada. O diferencial está nos desafios e no de- um dos mais famosos criadores da animação japonesa, com sign de cada uma das fases. Se o jogador comete um enga- obras como A Viagem de Chihiro e O Castelo Animado, Toren no, Tim pode voltar no tempo para refazer sua estratégia. narra a vida de uma princesa enclausurada. “O jogo se passa Premiado como Jogo do Ano na 12ª edição do Academy em um grande cenário único que se transforma do início ao of Interactive Arts Sciences Awards (Aias), em 2009, o fim, com muitas camadas de interpretação e simbologia, diz game Braid serviu de inspiração para ótimos projetos, entre Alessandro Martinello, um dos integrantes da equipe de de- eles o brasileiro Xilo. Desenvolvido por um time do curso senvolvimento. A trama evolui com a passagem das fases da superior de jogos digitais da Facisa, de Campina Grande, vida da princesa. Há uma forte aposta na interação com o am- na Paraíba, o game mescla elementos da cultura local para biente para criar quebra-cabeças e novas formas de transpor dar vida a Biliu, um cangaceiro arretado que deve enfrentar obstáculos. Deve ser lançádo em 2013. Produções como Toren inimigos como a Mula-sem-Cabeça, o Boitatá e a Comadre e Xilo mostram que os brasileiros começam a seguir uma ten- Fulôzinha, em típicos cenários nordestinos. “A ideia surgiu dência que tem se mostrado cada vez mais forte lá fora, por ge- de uma história em quadrinhos que queríamos fazer sobre rar oportunidades para desenvolvedores focados em projetos um senhor que vivia de contar causos de assombrações. Mas que nem sempre interessam à grande indústria de games. Novembro 2012 INFO / 49IN322_Info Games.indd 49 10/25/12 4:58:28 PM
  10. 10. LALAI LUNA E ANA LAURA MELLO Fundadoras da agência Remix, / especializada em mídias sociais TAHIANA D’EGMONT Comandou KARLA LOPEZ a Mentez, de Criou games sociais, a JobConvo, e agora parte serviço de para startup de teleconferência serviços móveis para entrevistas de emprego PRIMEIRO 76 / INFO Maio 2011IN316_Mulheres.indd 76 4/25/12 8:21:35 PM
  11. 11. MILENA ESCABECHE E ALINE MARCOLINO Do Tryoop, serviço para degustação de produtos por meio de assinatura Essas moças fazem parte de uma nova geração de empreendedoras digitais que transformaram boas ideias em negócios inovadores e rentáveis / POR CAUÃ TABORDA FOTO RUI MENDES MARINA MIRANDA Trouxe para o Brasil a americana Mutopo, especializada em crowdsourcing AS DAMAS EDIÇÃO DE IMAGEM ARTNET DIGITAL Maio 2011 INFO / 77IN316_Mulheres.indd 77 4/25/12 8:21:39 PM
  12. 12. PARA EXPERIMENTAR Com menos de dois anos e fruto de uma pequena startup de Campinas (SP), o serviço Tryoop conquistou 15 mil usuários, que recebem em casa produtos novos para experimentar A ideia nasceu em um jantar regado a vinho. As amigas de faculdade Milena Escabeche, 30 anos, e Aline Marcolino, 29, resolveram aproveitar a experiência em marketing de uma e em logística da outra para montar o Tryoop, um ser- viço de assinatura mensal para a degustação de produtos. Funciona assim: os usuários se cadastram no site e rece- bem em casa novidades de marcas como Tommy Hilfiger, Natura, Adidas, Lacoste e Nestlé. Experimentam e postam seus comentários e reviews no site ou nas redes sociais. Lançado em maio de 2010, o Tryoop recebeu investimento do fundo Astella e trabalha hoje com 24 marcas, expostas em oito campanhas ativas de experimentação. Um novo ser- viço, batizado BlueBox, oferece produtos para o bem-estar, saúde e alimentação por 39,90 reais ao mês. “As meninas do Tryoop”, como Milena e Aline são conhecidas nos even- tos de startups, montaram a empresa com investimentos próprios, o que Milena chama brincando de espírito friends, family and fools (amigos, família e tolos). Formada em 2004, Milena trabalhou com moda. Aline, a especialista em logís- tica, atuou na IBM e na Lenovo. O Tryoop começa a gerar volume, com 15 mil usuários ativos. “Nossa principal meta agora é expandir a base de usuários, fazer com que as em- presas percebam os benefícios e consolidar o Tryoop como a principal plataforma de experimentação do país”, diz Milena. “Em uma startup, você deve sempre estar pronto para se adaptar. É preciso pensar hoje no que vai mostrar nos próximos seis meses” /Tahiana Milena 78 / INFO Maio 2011IN316_Mulheres.indd 78 4/25/12 8:21:47 PM
  13. 13. DO GAME PARA O CELULAR Aos 22 anos, Tahiana D´Egmont comandou no Brasil a operação da colombiana Mentez e ajudou a criar games como o Colheita Feliz. Agora, aos 26, vai lançar um novo negócio para dispositivos móveis A carioca Tahiana D’Egmont, 26 anos, pretende concluir neste ano o curso de publicidade, que iniciou em 2005. A ausência das aulas tem uma boa justificativa: Tahiana estava co- mandando empresas. Com interesse por SEO (Search Engine Optimization), Tahiana e um colega de faculdade mon- taram a cRio!, uma agência focada em buscas. “Conseguimos um investimen- to a juros baixos com o pai de um amigo e montamos um escritório no centro do Rio”, diz Tahiana. A agência se firmou, mas em determinado momento o ne- gócio mudou o foco para webdesing e “Quando o Tahiana perdeu o interesse. Decidiu, profissional se propõe a então, trocar o Rio por São Paulo e tra- estar sempre à balhar como estrategista de SEO na frente e inovar, agência MediaContacts. Em quatro é importante não ter medo meses, chegou a diretora de marketing de arriscar” e mídias sociais, atendendo clientes /Tahiana como Wall-Mart e Lancôme. Em um evento de internet conheceu o colom- biano Juan Franco, CEO e cofundador da Mentez, uma empresa especializa- da em games sociais. Tahiana recebeu um convite para dirigir as operações da Mentez no Brasil, com participação nos negócios. “Foram dois anos de muito trabalho em aplicativos e jogos como o Colheita Feliz”, diz. Mas aí ela resolveu vender sua parte na empresa e viajar. Foi fisgada pela argentina Vostu, con- corrente da Mentez, onde trabalhou por cinco meses, até decidir que era a hora de voltar a empreender. Agora, Tahiana se prepara para lançar um novo negó- cio voltado para dispositivos móveis. Maio 2011 INFO / 79IN316_Mulheres.indd 79 4/25/12 8:21:49 PM
  14. 14. “No Brasil, os empreendedores se concentram no investimento, mas esquecem de pensar no fundamental: criar algo para solucionar um problema” /Karla ENTREVISTA A DISTÂNCIA Nascida em um programa para startups do governo chileno, a JobConvo, de Karla Lopez, oferece solução de telepresença que se propõe a simplificar o processo seletivo nas empresas Uma das poucas brasileiras no Start-Up Chile, projeto do governo chileno para incentivar o desenvolvimento de novas empresas e ideias inovadoras, a paulistana Karla Lopez, 29 anos, decidiu largar o emprego formal e apostar no JobConvo, um serviço de recrutamento por tele- presença. Ao contrário do que já existe no mer- cado, o JobConvo é um sistema assíncrono, ou seja, entrevistador e candidato gravam seus ví- deos no momento mais oportuno para cada um. “Identificamos um grande potencial de mercado, principalmente para empresas que contratam muito ou os pequenos negócios, em que o recruta- dor é o dono”, diz Karla. Com experiência em ser- viços para RH e passagens por TAM e Ikwa, Karla desenvolveu a ideia e a transformou em negócio. Durante o evento no Chile, entre junho e dezem- bro de 2011, a nova startup testou a solução com a Aisec, uma organização sem fins lucrativos que recruta estudantes e recém-formados para vagas de trainee e estágio em outros países. “Foi nosso primeiro grande teste, com 200 entrevistas. O retorno dos candidatos e dos entrevistadores foi essencial para moldarmos a solução, lançada co- mercialmente em janeiro”, afirma. Com clientes no Chile, a JobConvo agora se prepara para operar no Brasil. Em paralelo, Karla começou um novo pro- jeto, uma plataforma para a troca de materiais en- tre professores. Pelo programa Call to Innovation, o projeto garantiu a Karla uma bolsa integral na Singularity University, no Vale do Silício. 80 / INFO Maio 2011IN316_Mulheres.indd 80 4/25/12 8:21:54 PM
  15. 15. NO CROWDSOURCING Dirigida no Brasil por Marina Miranda, a Mutopo é uma empresa americana que tem como meta difundir a cultura do crowdsourcing e seus benefícios para empresas de qualquer tamanho Com experiência e formação acadêmica na área de audiovisual, a paulista Marina Miranda, 39 anos, abriu uma produtora, em 2007, para trabalhar com eventos em São Paulo. Começou, então, a direcionar o foco de sua empresa para a realização de eventos nas áreas de inovação e tecnologia. Em 2009, associou-se a Rodrigo Mesquita (ex-CEO da Agência Estado) no Teia-MG, um projeto financia- do pelo governo de Minas Gerais para massificar ferramentas e conceitos da web 2.0, formando uma comunidade de prestadores de serviços para a área de tecnologia do estado. Mas outra vez sua car- reira daria uma guinada quando, em 2010, Marina foi a Nova York conhecer a Mutopo, uma startup especializada em projetos de crowdsourcing. Shaun Abrahamson, o presidente da empresa, procu- rava um profissional para montar a Mutopo no Brasil e convidou Marina para ser cofundadora e di- retora-geral no país. “Meu trabalho é mostrar às empresas os benefícios do crowdsourcing, como ga- nhos de produtividade, captação de recursos e suporte a novas ideias”, afirma Marina, que é também responsável por organizar eventos focados em crowdsourcing e inovação, como o Crowdsoursing Conference CCS12, que acontecerá nos dias 2 e 3 de julho na sede da Fecomercio, em São Paulo. “Ideias são commodities. É necessário transformar a intuição em um produto pronto, pois é isso que trará resultados” /Marina Maio 2011 INFO / 81IN316_Mulheres.indd 81 4/25/12 8:22:05 PM
  16. 16. “O empreendedor precisa aprender a ser chefe, gerir NA MÍDIA SOCIAL pessoas, dosar a liberdade dos A Remix, de Lalai Luna e Ana Laura Mello, funcionários e é uma agência focada em ideias que também contratar e demitir” se tornam conteúdo para mídia social /Ana Laura Criar uma empresa que aprovei- te o timming de uma inovação é meio caminho andado para o sucesso. Foi o que fez a Remix, uma agência que se au- todefine como especializada em ideias que viram campanhas, que se transfor- mam em conteúdo para mídias sociais que, por sua vez, geram relacionamen- tos. A Remix é uma criação de Lalai Luna, 38 anos, nascida Elaine Santos, profissional especializada em social mídia que trabalhou por quatro anos na Agência Click de São Paulo. “Como a chegada da web no Brasil foi gradativa, não havia a figura de um profissional capacitado de comunicação que com- preendesse o que estava acontecendo”, diz Lalai. “Fui chamada para a Click por conta de um blog que montei em 1999.” Mesmo sem grande experiência em gestão, Lalai decidiu apostar e pro- pôs sociedade a Ana Laura Mello, 30 anos, amiga da Click e de noitadas. O começo da Remix foi marcado por pro- jetos para clientes como Oi e o RedBull House of Art. “Nossa aposta foi traba- lhar social media de uma forma dife- rente, com projetos menores que têm toda a nossa dedicação”, diz Ana Laura. Hoje, no comando de um time com 21 pessoas, Lalai aposta na profissiona- lização das campanhas para mídias sociais. “As redes sociais deixaram de ser vistas como algo que pode ser gerido pelo primo antenado do dire- tor”, diz a irreverente empreendedora. 82 / INFO Maio 2011IN316_Mulheres.indd 82 4/25/12 8:22:10 PM
  17. 17. / NOVOS TABLETS ELES VÃO AMEAÇAR O LÍDER IPAD? O NEXUS 7, DO GOOGLE, TEM UMA LOJA DE APLICATIVOS TURBINADA. JÁ O SURFACE, DA MICROSOFT, É COMPATÍVEL COM PROGRAMAS PARA WINDOWS. OS DOIS TABLETS CHEGARÃO AO MERCADO NOS PRÓXIMOS MESES COM O DESAFIO DE TOMAR ESPAÇO DA APPLE. CONSEGUIRÃO? / POR CARLOS MACHADO E CAUÃ TABORDA FOTO RAFAEL EVANGELISTA os últimos dois anos, o iPad reinou absoluto no mercado de tablets. Dono de 63% N das vendas mundiais, o tablet da Apple é a estrela de uma categoria de produ- tos criada a partir de seu próprio lançamento, em 2010. Apesar da liderança, não faltam competidores. Produtos como o Eee Pad Transformer, da Asus, e o Inspiron Duo, da Dell, chegaram com a fama de matadores do iPad, mas não ti- raram sequer uma casquinha do brilho do tablet da Apple. Quem ficou mais per- to disso foi o Galaxy Tab, da Samsung, vice-líder do mercado, mas com apenas 7% de participação. Agora, dois novos produtos se posicionam como bons desafiantes: o Nexus 7, do Google, e o Surface, da Microsoft. Apresentados no meio do ano, eles são peças estratégicas das duas concorrentes que po- dem levar perigo ao império da Apple. Motivos para apostar nesse mercado não faltam. Segundo a consultoria Transparency Market Research, as vendas de tablets cresceram 276% no ano passa- do e atingiram 67 milhões de unidades. Até 2015, esse número deve aumentar quase quatro vezes. 72 / INFO Agosto 2012 EDIÇÃO DE IMAGEM ARTNET DIGITALIN319_Ipadkillers.indd 72 7/26/12 11:25:09 PM
  18. 18. PEQUENO, PORÉM PODEROSO SÓ PARA VIDEOCHAMADAS Como o foco do Nexus 7 é reunir informação, não Nexus 7, do Google: fácil de transportar e navegar na web há câmera de qualidade para fotos e vídeos PROPORÇÃO AGRADÁVEL Mesmo pequena, a tela de 7 polegadas oferece leitura e navegação na internet confortáveis MAIS LEVE O novo Android 4.1 Jelly Bean tem transições mais ágeis e precisas em relação às versões anteriores Android 4.1 / Tela de 7” / Cortex A9 1,3 GHz quad core / 8 GB e 16 GB / Wi-Fi, Bluetooth / 340 g / 9h15min de bateria 120 cm 10,5 cm 198,5 cm COMPACTO E PRÁTICO Como o tablet é pequeno e leve, segurá-lo é uma tarefa mais cômoda do que acontece com modelos de 10 polegadas Agosto 2012 INFO / 73IN319_Ipadkillers.indd 73 7/26/12 11:25:21 PM
  19. 19. Enfrentar a soberania do iPad não é O objetivo do Google é reforçar bastan- fácil. Mais do que em qualquer área do te o conteúdo, calcanhar de aquiles do mundo digital, a competição no cam- Android. Se a intenção é boa, na práti- po dos dispositivos móveis depende ca a empresa ainda tem muito traba- de um conjunto complexo de fatores. lho a fazer. Quem lê revistas no iPad Começa com o próprio gadget e suas já notou que as páginas são exibidas características de hardware. Mas a re- quase em tamanho natural e enrique- ceita para o sucesso inclui um número cidas com multimídia e interatividade. alto de aplicativos disponíveis para a No Nexus 7 não é assim. Os testes plataforma e o interesse dos desenvol- do INFOlab mostraram que as revis- vedores em criar novidades. Outros tas são apresentadas em formato PDF, itens são o design, o conteúdo, o sistema o que impõe uma leitura mais rígida operacional e a experiência de uso, con- junto que explica a liderança do iPad. LIMITADO e sem interatividade. Ou seja, a expe- riência ainda é pobre em comparação A Microsoft investiu no design E EFICAZ com a oferecida pelo tablet da Apple. do Surface. Já o Google trouxe para Lançado em 2011, A grande aposta do Google para o Nexus sua imensa oferta de livros. o Kindle Fire custa o Nexus 7 é o custo/benefício. Nos 199 dólares e roda uma Apresentados em junho, ainda é cedo versão limitada do Android. Estados Unidos ele é vendido por para dizer se os dois tablets vão con- O preço agressivo 199 dólares, ou 2,5 vezes menos do seguir brigar de igual para igual com e o ecossistema renderam que o iPad mais simples. Não há ou- ao gadget da Amazon o iPad. INFO destaca os pontos posi- tro tablet equipado com um proces- um rápido sucesso tivos (e negativos) de cada um deles. sador quad core nessa faixa de preço. NEXUS TEM BOM CONTEÚDO SURFACE EM DUAS VERSÕES O Fire detém 54% O Nexus 7, do Google, já existe e até de- do mercado de tablets O cenário para o Surface, da Microsoft, sembarcou no INFOlab para uma bate- com Android nos Estados é diferente. Ninguém ainda colo- ria de testes. Com um projeto simpático, Unidos. As vendas cou as mãos nele. Tudo o que se sabe alcançaram 6 milhões ele tem tela de 7 polegadas (contra 10 vem das informações fornecidas pela de unidades no último do iPad), pouco espaço de armazena- trimestre de 2011 Microsoft. O tablet terá dois mode- mento e não traz câmera para fotos los: o Surface e o Surface Pro. O pri- e vídeos nem entrada para cartão de meiro é um dispositivo de 10,6 po- memória. Está equipado com o Nvidia legadas, equipado com tela de alta Com 31 mil apps em sua Tegra 3, processador quad core que faz loja, a Amazon não briga definição e processador ARM, o chip com que o Android 4.1 seja bastante diretamente com a Apple encontrado em boa parte dos smart- ágil. Por causa do tamanho e do peso ou o Google. Centrado no phones e tablets. É um hardware con- catálogo de e-books, jornais (340 gramas), é confortável usá-lo e revistas da loja, o Fire cebido para rodar o Windows RT, uma com uma mão para ler, ver filmes em é bem mais simples do versão do sistema específica para esse alta definição ou navegar na web. que seus concorrentes tipo de processador e que tem apenas a O Nexus 7 marca a arrancada do nova interface do sistema operacional, Google Play em direção aos periódicos. o Metro. Ou seja, só é compatível com Mesmo sem o objetivo A empresa integrou a loja de aplicati- aplicativos feitos para essa interface. da competição direta, vos ao Google Books, serviço online a estratégia da Amazon O Surface Pro é mais do que um tab- que oferece mais de 4 milhões de livros mostrou-se muito eficaz let. Tem tela de 10,6 polegadas, oferece em seu catálogo. Além da livraria, a e será ampliada com o vídeo com melhor definição (full HD) e GameCircle, que reúne os loja de apps oferece banca de revistas, pontos obtidos nos games e é equipado com um processador Intel. venda de música, filmes e seriados. cria um ranking entre amigos Roda o Windows 8 Pro, o mesmo siste- 74 / INFO Agosto 2012 ILUSTRAÇÃO 3D ARTNETDIGITALIN319_Ipadkillers.indd 74 7/26/12 11:25:24 PM
  20. 20. AMIGÁVEL MICROSOFT ENTRA NA BRIGA A interface Metro pode quebrar um grande tabu para a Microsoft: ter um O Surface tem duas versões e o novo Windows 8 para tablets sistema funcional para telas sensíveis ao toque DOIS MUNDOS O Surface será lançado em duas versões. Exclusivamente como tablet, rodando Windows RT, ou como tablet e PC, com o Windows 8 completo ACESSÓRIO INOVADOR O novo tablet virá com uma capa magnética que também funciona como teclado completo e mouse, transformando o Surface em um equipamento mais completo SURFACE PRO SURFACE Windows 8 Pro / Tela de 10,6 - Windows RT / Tela de 10,6” - ClearType Full HD / Processador ClearType HD / Processador Intel Core /microSDXC, USB 3.0, ARM / microSD, USB 2.0, Mini DisplayPort Video, 64 GB Micro HD Video, 2 x 2 MIMO e 128 GB / 903 g / 32 GB e 64 GB / 676 g Agosto 2012 INFO / 75IN319_Ipadkillers.indd 75 7/26/12 11:25:27 PM
  21. 21. QUEM LEVA A MELHOR? Os pontos fortes do Nexus 7 (Google), do Surface (Microsoft) e do iPad (Apple) NEXUS 7 SURFACE NOVO IPAD 600 MIL APPS MAIS DO QUE UM TABLET NEWSSTAND Com grande velocidade de Ao rodar um sistema O consumo de periódicos no expansão, a loja do Google operacional completo, a iPad é um vigoroso trunfo da oferece número de apps versão Windows 8 Pro pode Apple. Mais de 3,6 mil revistas similar ao da App Store executar novas funções e jornais estão disponíveis GOOGLE BOOKS APPS EM VÁRIOS DEVICES BASE SÓLIDA Na nova loja Google Play, A Microsoft quer integrar Com 650 mil aplicativos, a o catálogo de 4 milhões de os apps Metro, que rodarão App Store mantém a solidez títulos do Google Books é em tablets, desktops e de uma loja que oferece um poderoso reforço smartphones soluções interessantes MÚSICA PROPOSTA NOVA O QUERIDINHO Parceria com gravadoras e Diferentes do padrão iPad, Bom de design e pioneiro ao selos independentes gerou o design e o conceito do integrar um ecossistema no Google Music acervo de Surface podem representar rico, o iPad mantém-se líder, 13 milhões de músicas uma novidade interessante apesar da concorrência ma que estará nos PCs de mesa e nos no- isso, o Surface poderá ser operado por Tablet PC, da HP, conquistaram espa- tebooks. Assim, além de ser um tablet meio de toques e por um teclado real. ço no mercado, mas nunca decolaram. de operação idêntica à do Surface, o Pro A versão Pro traz ainda uma caneta Houve ainda uma mesa sensível ao é também um notebook. Isso significa que permite fazer anotações e desenhos toque. Também batizada de Surface, que será capaz de rodar todos os apli- na tela. Embora não tenha definição de ela foi lançada em 2008 e era voltada cativos Metro e também os programas preço, sabe-se que o Surface será mais para estabelecimentos comerciais. tradicionais do Windows. Para quem é caro do que os tablets produzidos por Ainda não se sabe quando os dois usuário do sistema, em tese, isso signi- outros fabricantes de PCs. O motivo? Ele novos tablets vão chegar ao Brasil. Nos fica uma boa vantagem para o produto. quer figurar no topo da categoria e ser Estados Unidos, concorrerão com o O design do Surface, feito com es- uma espécie de exemplo a ser seguido. Kindle Fire, da Amazon, cujo modelo de mero, parece atender ao objetivo de O Surface não é a primeira tenta- negócio está focado na venda de conteú- mostrar que é possível ter uma alter- tiva da Microsoft no mundo das telas do. Há hoje mais de 1 milhão de livros nativa tão atraente quanto o iPad, mas sensíveis ao toque. A primeira foi o e revistas disponíveis. Com preço sub- sem imitar o padrão Apple. Há no gabi- sistema Windows for Pen Computing, sidiado (199 dólares), o Fire vendeu, no nete um apoio integrado, que se afasta, apresentada em 1991. Era uma versão último trimestre de 2011, 6 milhões de formando um cavalete para manter o do Windows 3.11 para gadgets opera- unidades, o equivalente a 54% do mer- gadget curvado sobre a mesa. A capa dos com caneta. Não deu certo. Veio cado americano de tablets com Android. que protege a tela é também um tecla- depois o Windows XP Tablet Edition, Resta saber se o Nexus 7 e o Surface con- do de 3 milímetros de espessura. Com em 2002. Notebooks como o Compaq seguirão ter o mesmo desempenho. 76 / INFO Agosto 2012IN319_Ipadkillers.indd 76 7/26/12 11:25:29 PM

×