Das Fontes De Energia Ao Utilizador 1

6.395 visualizações

Publicada em

Power Point acerca da unidade zero da Física 10 ano

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios

Das Fontes De Energia Ao Utilizador 1

  1. 1. Situação energética mundial e degradação da energia
  2. 2. “ consumo” energético <ul><li>O ser humano, como os outros seres vivos, necessita de energia para viver. </li></ul><ul><li>Como é que o ser humano consegue esta energia? </li></ul><ul><li>Alimentação e respiração. </li></ul><ul><li>O homem não se contenta com a energia que lhe assegura a sua sobrevivência física. </li></ul><ul><li>Desenvolvimento implica consumo de energia para actividades industriais e comerciais. </li></ul>
  3. 3. Evolução do consumo energético dos países da UE <ul><li>1 tep - tonelada equivalente de petróleo ­, corresponde à energia libertada na combustão de uma tonelada de petróleo, valendo cerca de 41,8 gigajoules (GJ) </li></ul>
  4. 4. consumos energéticos em Portugal <ul><li>Os consumos absolutos de energia têm aumentado constantemente em todos os países. </li></ul>
  5. 5. Exercício
  6. 6. Fontes de energia <ul><li>As principais fontes de energia da Terra serão renováveis ou não renováveis? </li></ul><ul><li>Não renováveis. </li></ul><ul><li>O que significa não renovável? </li></ul><ul><li>uma vez utilizadas não são repostas. </li></ul><ul><li>Diga exemplos de fontes de energia não renováveis. </li></ul><ul><li>Combustíveis fósseis (petróleo, carvão , gás natural). </li></ul><ul><li>Combustíveis nucleares (urânio, plutónio) </li></ul>
  7. 7. Problemas ambientais das fontes de energia não renováveis <ul><li>Resíduos provenientes da queima de combustíveis fósseis e dos resíduos radioactivos provenientes das centrais nucleares. </li></ul><ul><li>Produção excessiva de dióxido de carbono nas centrais termoeléctricas (nas centrais nucleares este problema praticamente não existe). </li></ul><ul><li>Consequências: </li></ul><ul><li>Aumento do efeito de estufa </li></ul><ul><li>Poluição </li></ul><ul><li>Aquecimento global do planeta </li></ul><ul><li>Alterações climáticas e ambientais. </li></ul>
  8. 8. O que fazer? <ul><li>Utilizar fontes de energias renováveis(FER). </li></ul><ul><li>Utiliza matérias-primas que não se esgotam. </li></ul><ul><li>Quais os tipos de energias renováveis? </li></ul><ul><li>Solar; </li></ul><ul><li>Hídrica; </li></ul><ul><li>Eólica </li></ul><ul><li>Geotérmica </li></ul><ul><li>Ondas e marés; </li></ul><ul><li>Biomassa; </li></ul><ul><li>Biogás; </li></ul><ul><li>Resíduos sólidos urbanos (RSU). </li></ul>
  9. 9. Quais as fontes de energia mais utilizadas? <ul><li>As fontes não renováveis </li></ul><ul><li>Porquê? </li></ul><ul><li>devido ao custo elevado da energia produzida a partir das fontes renováveis. </li></ul><ul><li>Contudo a aposta nas energias renováveis é grande. </li></ul><ul><li>Qual a importância da utilização das energias renováveis? </li></ul><ul><li>Desenvolvimento sustentável do planeta (preserva o ambiente). </li></ul><ul><li>Desenvolvimento económico (promove a criação de empresas e emprego). </li></ul>
  10. 10. Fontes de energia utilizadas em Portugal em 2003
  11. 11. Novos combustíveis <ul><li>Hidrogénio. </li></ul><ul><li>Utilizando uma célula de combustível. </li></ul><ul><li>O gás hidrogénio combina-se com o gás oxigénio do ar originando água. </li></ul><ul><li>A energia libertada nesta reacção é aproveitada para gerar electricidade. </li></ul><ul><li>Utilizado em veículos </li></ul>
  12. 12. Principais fontes de energia actualmente
  13. 13. Aplique
  14. 14. Aplique…
  15. 15. Transferências de energia <ul><li>A energia pode transferir-se de uns corpos para outros. </li></ul><ul><li>Num processo de transferência de energia existe um sistema que cede energia ­ fonte de energia; </li></ul><ul><li>e outro sistema que recebe energia ­ receptor de energia. </li></ul><ul><li>O mesmo sistema pode ser uma fonte de energia e um receptor de energia. </li></ul><ul><li>O corpo humano funciona ora de fonte de energia ora de receptor de energia. </li></ul>
  16. 16. Degradação da energia <ul><li>Quando há uma transferência de energia, ocorrem, «perdas» de energia. </li></ul><ul><li>Uma certa quantidade de energia é desperdiçada no processo. </li></ul><ul><li>Quando existem estas perdas a energia desaparece? </li></ul><ul><li>Não. </li></ul><ul><li>Não pode é ser utilizada para o fim desejado. </li></ul><ul><li>Assim, quando há uma transferência de energia existe, normalmente, uma parte da energia que não é utilizada para o fim desejado, pelo que dizemos que uma parte da energia não é útil. </li></ul><ul><li>Neste caso, diz-se que há degradação ou dissipação de energia. </li></ul>
  17. 17. Relação entre energia útil, fornecida e dissipada <ul><li>Parte da energia fornecida por uma fonte a um sistema é aproveitada e outra parte é dissipada . </li></ul><ul><li>Designando a energia total fornecida por E forn , a energia útil por E útil e a energia dissipada por E diss , então: </li></ul>
  18. 18. Rendimento <ul><li>Para que servirá o rendimento? </li></ul><ul><li>Para saber se a energia que se aproveita é muita ou pouca em relação à energia disponível. </li></ul><ul><li>O que é o rendimento? </li></ul><ul><li>O rendimento, que se designa pela letra grega  («eta»), é o quociente entre a energia útil e a energia fornecida: </li></ul><ul><li>O rendimento não tem unidades pois é o cociente de duas grandezas com a mesma dimensão. </li></ul>
  19. 19. Rendimento <ul><li>Qualquer rendimento é inferior a um, pois a energia útil é sempre menor do que a energia fornecida. </li></ul><ul><li>O rendimento do sistema tem de variar entre 0 e 1. </li></ul><ul><li>O rendimento, normalmente, exprime-se também em percentagem, para tal basta multiplicar a equação anterior por 100: </li></ul><ul><li>Assim, qualquer processo de transferência ou de transformação de energia tem um rendimento inferior a 100%. </li></ul>
  20. 20. Aplique…
  21. 21. Uso racional das fontes de energia <ul><li>As fontes de energia não renovável estão a esgotar-se. </li></ul><ul><li>A instabilidade política de certas zonas do globo influencia o uso e custo de algumas fontes de energia não renováveis. </li></ul><ul><li>Assim, a poupança de energia e o uso racional das suas fontes deve fazer parte dos hábitos de todos os cidadãos de modo a possibilitar um desenvolvimento sustentável do planeta. </li></ul><ul><li>O que significa desenvolvimento sustentável? </li></ul><ul><li>Ao satisfazermos as necessidades do presente não devemos comprometer as necessidades das gerações futuras. </li></ul>
  22. 22. Duração prevista das principais fontes de energia não renováveis
  23. 23. Mas o que significa poupar energia? <ul><li>Significa fazer um bom aproveitamento dos recursos energéticos. </li></ul><ul><li>Como se consegue? </li></ul><ul><li>Extraindo a máxima energia possível das matérias-primas energéticas (renováveis e não renováveis) </li></ul><ul><li>Economizando a energia extraída. </li></ul><ul><li>Como? </li></ul><ul><li>Aumentando a eficiência dos aparelhos, ou seja, diminuindo a degradação da energia. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  24. 24. Como? <ul><li>Utilizando a «política dos 4R»: </li></ul><ul><li>Reduzir, Reutilizar , Recuperar (restaurar) e Reciclar. </li></ul><ul><li>Reduzir os consumos energéticos. </li></ul><ul><li>Exemplos de reduzir, reutilizar, recuperar e reciclar? </li></ul><ul><li>http://www.amarsul.pt/listagem.aspx?sid=76e8fc08-2125-4986-b1df-9a8a3a24fa09&cntx=EZXOFWZpyeNggHax73GMfsxxoEh%2FREt5AabOm2y%2FJh33l86ar5IlhMuKWhex9eHA </li></ul>
  25. 25. Exemplo cogeração <ul><li>Designa-se por cogeração a produção simultânea de energia térmica e energia mecânica a partir de um único combustível, sendo esta última habitualmente convertida em energia eléctrica através de um alternador. </li></ul><ul><li>Exemplo: </li></ul><ul><li>Aquecimento ou arrefecimento de águas. </li></ul><ul><li>http://www.turbomar.pt/id.asp?id=p1p2p281p282p293p294 </li></ul>
  26. 26. Separação de resíduos Porquê? <ul><li>a reciclagem de uma garrafa de vidro de um litro permite economizar energia suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 W durante 4 horas; </li></ul><ul><li>a reciclagem de uma tonelada de plástico economiza 130 kg de petróleo; </li></ul><ul><li>a reciclagem de uma tonelada de papel economiza 328 kg de petróleo; </li></ul><ul><li>a reciclagem de uma tonelada de metais ferrosos economiza 197 kg de petróleo. </li></ul>
  27. 27. Bibliografia <ul><li>Ventura, G; et al (2007). 10 FA Física e Química A Física bloco 1 10º / 11º ano . Lisboa: Texto Editores. </li></ul><ul><li>http://www.amarsul.pt/listagem.aspx?sid=76e8fc08-2125-4986-b1df-9a8a3a24fa09&cntx=EZXOFWZpyeNggHax73GMfsxxoEh%2FREt5AabOm2y%2FJh33l86ar5IlhMuKWhex9eHA </li></ul><ul><li>http://www.turbomar.pt/id.asp?id=p1p2p281p282p293p294 </li></ul>

×