Cátia Silva
Mestranda em Educação, Mediação Educacional e Supervisão na
Formação
E-mail: Kathyasilva7@hotmail.com
Dra. Man...
- Margarida.
- Juliana.
- João Francisco.
- Hugo.
- Rute.
- Inês.
- Gabriela.
- Alexandra.
- Larry.
- João Pinto.
- Diogo ...
O que são conflitos?
 São situações em que duas ou mais pessoas entram em
desacordo, porque têm interesses, valores e des...
Como resolver conflitos de forma pacífica e não
violenta?
O que é a mediação?
 É um método para resolver conflitos/problemas.
 Consiste basicamente no diálogo e pode durar várias...
Que características tem a mediação?
 É voluntária.
 É confidencial.
 São as próprias pessoas envolvidas no conflito que...
O que faz o mediador?
 O mediador acolhe as pessoas envolvidas no conflito.
 O mediador é neutro, isto é, não defende A ...
Exemplos de alguns problemas existentes nas escolas:
Exemplo de um problema: O Pedro e o João são da mesma turma
e têm um mau relacionamento, discutindo com frequência.
São en...
 O mediador explica ao Pedro e ao João em que consiste o
processo de mediação.
 O mediador pergunta ao Pedro e ao João s...
 Fala com o Pedro individualmente, colocando-lhe questões para
perceber o problema.
 Depois fala com o João, também indi...
 O mediador marca uma sessão com o Pedro e o João.
 O mediador pode ter que marcar várias sessões com o Pedro e o
João a...
Ficha sobre a mediação
- Tarefa 2
Diário de bordo
-Individualmente.
- Anónimo.
Folheto sobre a mediação
- Folheto 2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ppt sessão 2

341 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt sessão 2

  1. 1. Cátia Silva Mestranda em Educação, Mediação Educacional e Supervisão na Formação E-mail: Kathyasilva7@hotmail.com Dra. Manuela Rocha Doutora Teresa Vilaça Supervisoras 2ª sessão: 17 de março.
  2. 2. - Margarida. - Juliana. - João Francisco. - Hugo. - Rute. - Inês. - Gabriela. - Alexandra. - Larry. - João Pinto. - Diogo Cerqueira. - Nuno. - Carla. - Marta. - Cristina. - Cláudia. - Maria. - Diogo Costa. - João veiga. - Diana. - Catarina. - Mariana.
  3. 3. O que são conflitos?  São situações em que duas ou mais pessoas entram em desacordo, porque têm interesses, valores e desejos incompatíveis.
  4. 4. Como resolver conflitos de forma pacífica e não violenta?
  5. 5. O que é a mediação?  É um método para resolver conflitos/problemas.  Consiste basicamente no diálogo e pode durar várias sessões até se conseguir o acordo entre as pessoas envolvidas.
  6. 6. Que características tem a mediação?  É voluntária.  É confidencial.  São as próprias pessoas envolvidas no conflito que vão propor soluções para o problema.
  7. 7. O que faz o mediador?  O mediador acolhe as pessoas envolvidas no conflito.  O mediador é neutro, isto é, não defende A nem B.  O mediador não julga.  O mediador não impõe castigos.  O mediador não dá soluções. Quem dá soluções são as pessoas envolvidas no conflito.  O mediador não aconselha, mas ajuda as pessoas a pensarem sobre o problema, levantando questões.
  8. 8. Exemplos de alguns problemas existentes nas escolas:
  9. 9. Exemplo de um problema: O Pedro e o João são da mesma turma e têm um mau relacionamento, discutindo com frequência. São encaminhados para o Gabinete onde se encontra o mediador.
  10. 10.  O mediador explica ao Pedro e ao João em que consiste o processo de mediação.  O mediador pergunta ao Pedro e ao João se aceitam o processo de mediação.  Se aceitarem, os participantes devem assinar uma autorização.  Depois de assinarem a autorização, o mediador agenda um dia para atender o Pedro individualmente e depois o João.
  11. 11.  Fala com o Pedro individualmente, colocando-lhe questões para perceber o problema.  Depois fala com o João, também individualmente, com o mesmo objetivo.
  12. 12.  O mediador marca uma sessão com o Pedro e o João.  O mediador pode ter que marcar várias sessões com o Pedro e o João até se conseguir o acordo. O número de sessões depende do tipo de problema e da colaboração dos participantes neste processo.  Quando o Pedro e o João forem capazes de falar sem discutir e capazes de se ouvirem um ao outro, o mediador pede aos dois que sugiram soluções para o problema, chegando assim a um acordo.
  13. 13. Ficha sobre a mediação - Tarefa 2
  14. 14. Diário de bordo -Individualmente. - Anónimo.
  15. 15. Folheto sobre a mediação - Folheto 2

×