O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Co-criação de artefactos de marca

672 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Co-criação de artefactos de marca

  1. 1. Catarina Lélis Orientação de Prof. Doutor Óscar Mealha Seminário II Summer Doctoral Consortium Arouca 2011 I brand you brand Co-criação de artefactos de marcahe/she/it brands Proposta de modelo de CMC para o envolvimento we brand dos membros internos no uso da marca You brand institucional they brand ICPD
  2. 2. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Questão de investigação Que processos de comunicação, mediados por computador, potenciam o envolvimento dos membros internos de uma instituição na co-criação de artefactos de marca?
  3. 3. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Design Participativo No website do designer de calçado John Fluevog, qualquer utilizador tem acesso a uma plataforma denominada Open Source Footwear, através da qual pode submeter propostas de design de sapatos, com a garantia de que as que mais se adequarem à marca são produzidas. http://www.fluevog.com
  4. 4. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis
  5. 5. Os indivíduos não selimitam a consumirinformação preparadapelos outros; adquiriramo poder de a alterar eaumentar. E os MI?
  6. 6. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Marcas socialmente construídas…? O membro interno produser, identificado com a marca institucional que representa, é capaz de para esta contribuir com artefactos de marca, num contexto participativo, de co-autoria, tecnologicamente mediado, que promove a colaboração, a partilha, a avaliação e a eventual implementação desses contributos, passíveis de se tornarem capital intelectual explícito da instituição e, simultaneamente, promover o sentimento de pertença, o comprometimento e assegurar o conhecimento de marca.
  7. 7. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Marcas socialmente construídas…? O membro interno produser, identificado com a marca institucional que representa, é capaz de para esta contribuir com artefactos de marca, num contexto participativo, de co-autoria, tecnologicamente mediado, que promove a colaboração, a partilha, a avaliação e a eventual implementação desses contributos, passíveis de se tornarem capital intelectual explícito da instituição e, simultaneamente, promover o sentimento de pertença, o comprometimento e assegurar o conhecimento de marca. Comunicação Institucional
  8. 8. Artefactos demarca?
  9. 9. Apple
  10. 10. Apple apple
  11. 11. Apple apple épel
  12. 12. Apple apple épel eiple
  13. 13. Apple appleÁple épel eiple
  14. 14. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Artefactos de marca… … são todas as peças, funcionais, simbólicas e estéticas, de maior ou menor tangibilidade, e que compõem uma identidade de marca
  15. 15. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Hipóteses 1 Os membros internos participam na criação de artefactos de marca quando lhes são providenciadas para tal, literacia visual e literacia em novos media.
  16. 16. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Hipóteses 2 A participação na co-criação de artefactos de marca fortalece o sentimento de pertença, o comprometimento e o conhecimento de marca.
  17. 17. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Hipóteses 3 A comunicação mediada por computador simplifica a participação na co-criação de artefactos de marca ao sistematizar e interactivamente incorporar todo o conhecimento de marca.
  18. 18. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Enquadramento teórico 1. A comunicação e as instituições 2. A marca institucional 3. O potencial participativo dos membros internos 4. A mediação tecnológica em ambientes colaborativos 5. O novo paradigma no design de marcas: a co-criação
  19. 19. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Entrevistas exploratórias
  20. 20. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Entrevistas exploratórias Co-creation of brand artifacts: a research model for the involvement of creative, non-specialized individuals
  21. 21. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Proposta preliminar de modelo Domínios de actividade Princípios do binómio Instituição/MI Dimensões Reconhecimento da comunidade Sentimento de pertença Desempenho e Satisfação CENTRAL PARTICIPATIVA DE condições de uso MARCA Afectiva Motivação Experiência óptima Comprometimento 1. Orientação Tecnologias e acesso/ partilha a/de informação Cidadania pela marca 2. Construção Cognitiva K de marca 3. Avaliação Competências e literacias Comunicação interna da marca Comunicacional Networking Cultura institucional
  22. 22. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Validação do modelo A Orientação de Projecto NTC: PIM! - Portal de Integração da Marca UA B Protótipo Candidatura a projecto de I&D FCT: OURBRAND - Social Brand Center C Proposta de projecto de dissertação do MCMM OURBRAND - Social Brand Center
  23. 23. Seminário II: Co-criação de artefactos de marca Catarina Lélis Central participativa de marca que… ‣ armazene todos os recursos relacionados com a marca ‣ seja alimentada por conteúdos especializados e UGC ‣ permita aos MI experienciar a marca ‣ sugira dicas que conduzam à optimização da experiência de design ‣ permita aos MI submeter contributos relacionados com a marca ‣ conduza a contributos de artefactos de marca satisfatórios e originais ‣ notifique os membros da actividade decorrida ou a decorrer ‣ permita aos MI avaliar os artefactos submetidos por outros MI ‣ premiar os MI com visibilidade, reconhecimento e estatuto
  24. 24. yes, we can together! Catarina Lélis Summer Doctoral Consortium Arouca 2011
  25. 25. Catarina LélisOrientação de Prof. Doutor Óscar MealhaSeminário IISummer Doctoral ConsortiumArouca 2011Co-criação de artefactos de marcaProposta de modelo de CMC para o envolvimentodos membros internos no uso da marcainstitucionalICPD

×