PAMI 2008-2012 Linhas mestras do  Plano Operacional
PAMI 2008-2012 <ul><li>Todo mundo tem uma paixão. Há pessoas que são apaixonadas por carro. Há quem tenha paixão por músic...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A nossa paixão, como Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, é a missão. A missão de Deu...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A missão de Deus é amar o mundo e mostrar ao mundo o seu amor. O sinal mais claro e inequívoco do a...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A base desta apresentação </li></ul><ul><ul><li>Texto-base do PAMI 2008-2012 </li></ul></ul><ul><ul...
PAMI 2008-2012 <ul><li>O texto-base do PAMI 2008-2012 define como sendo quatro as dimensões da missão: </li></ul><ul><ul><...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Essas dimensões são atravessadas por três eixos transversais: </li></ul><ul><ul><li>Sustentabilidad...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Assim, a partir do texto-base do PAMI, a ação missionária da IECLB, em suas diferentes instâncias i...
PAMI 2008-2012 <ul><ul><li>Esses objetivos são alcançados mediante a realização de pelo menos três principais conjuntos de...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Esses objetivos e suas respectivas ações em cada instância integram o planejamento geral da missão ...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A  Missão  é o que identifica a Igreja, mostra onde ela se encontra e lhe dá o rumo e a motivação p...
<ul><li>Em obediência ao mandamento do Senhor, a IECLB, através de suas Comunidades,  tem por fim e missão: </li></ul><ul>...
<ul><li>A  missão  da IECLB, numa redação menos estatutária, seria a seguinte: </li></ul><ul><li>A missão da Igreja Evangé...
<ul><li>A visão é o que se sonha para a Igreja, indica para onde vamos, é o &quot;passaporte&quot; para o futuro e é aquil...
<ul><li>A  visão  pode ser expressa nos seguintes termos: </li></ul><ul><li>Ser reconhecida como igreja de comunidades atr...
<ul><li>O  Objetivo Geral  para o PAMI 2008-2012, que é o instrumento para planejar e organizar a caminhada da IECLB desde...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 1:   </li></ul><ul><li>Testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas no conte...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 2:  </li></ul><ul><li>Promover a vivência da fé em Jesus Cristo na comunidade eclesial  (C...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 3:  </li></ul><ul><li>Praticar a misericórdia e a justiça em meio a pessoas em situação de...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 4:  </li></ul><ul><li>Oportunizar a celebração do amor de Deus no mundo  (Liturgia)‏ </li>...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada instância trabalharia com os quatro objetivos específicos do PAMI, enfatizando aquele (ou aque...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Para cada objetivo corresponde um conjunto de ações: </li></ul><ul><ul><li>Ações de Comunicação </l...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Comunicação: </li></ul><ul><li>São as que contribuem para promover a visibilidade pública ...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Formação: </li></ul><ul><li>São as ações para qualificar o quadro de colaboradores, tanto ...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Sustentabilidade: </li></ul><ul><li>Visam a estabelecer as condições para sustentar o plan...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada conjunto de ações, portanto, define:  </li></ul><ul><ul><li>Ações (o que?) </li></ul></ul><ul>...
PAMI 2008-2012 <ul><li>O  Planejamento do Sínodo  deveria corresponder aos quatro objetivos mais amplos, mas as suas ações...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Trata-se de ações relacionadas especificamente às competências do Sínodo enquanto instância interme...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Nos organismos nacionais da IECLB, o planejamento deverá corresponder aos anseios de comunidades, p...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A matriz pretende oferecer um caminho para as comunidades/sínodos/etc., cujo destino é comum em tod...
PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada comunidade, como sugere o PAMI 2000-2007, faria uma análise de sensibilidade para alcançar ess...
PAMI 2008-2012 <ul><li>A “lógica” de uma Plano Missionário da IECLB construído a partir de suas diversas instâncias é um p...
PAMI 2008-2012 <ul><li>O PAMI não é um documento, mas um processo de planejamento que procura articular e envolver todas a...
PAMI 2008-2012 - anexo <ul><li>Questões para a caminhada </li></ul>
Questões para a caminhada <ul><li>Esclarecer os processos de implantação do PAMI, o que implica em: </li></ul><ul><li>dist...
Questões para a caminhada <ul><ul><li>em decorrência do item anterior, distinguir as estratégias de divulgação e de acompa...
Questões para a caminhada <ul><li>Estabelecer critérios para aproveitamento e adequação de outros planejamentos e programa...
Questões para a caminhada <ul><li>Dispor (ou elaborar) proposta simples de planejamento para as comunidades; </li></ul><ul...
Questões para a caminhada <ul><li>Definir o lugar e o papel de outras instituições da IECLB no Plano Missionário. Como ela...
Finalizando... <ul><li>A matriz de planejamento para toda a IECLB em elaboração sustenta-se sobre dois pilares: </li></ul>...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pami 2008 2012 #2009 = plano operacional pami-ieclb-lmpo

748 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
748
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pami 2008 2012 #2009 = plano operacional pami-ieclb-lmpo

  1. 1. PAMI 2008-2012 Linhas mestras do Plano Operacional
  2. 2. PAMI 2008-2012 <ul><li>Todo mundo tem uma paixão. Há pessoas que são apaixonadas por carro. Há quem tenha paixão por música ou por futebol. Mas também há pessoas que têm paixão por flores, por livros ou por dançar, ou, ainda, por soltar pipas, jogar xadrez ou desenhar. Enfim, paixão todo mundo tem pelo menos uma.   </li></ul>
  3. 3. PAMI 2008-2012 <ul><li>A nossa paixão, como Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, é a missão. A missão de Deus é a nossa paixão. </li></ul>
  4. 4. PAMI 2008-2012 <ul><li>A missão de Deus é amar o mundo e mostrar ao mundo o seu amor. O sinal mais claro e inequívoco do amor de Deus pelo mundo é seu Filho Jesus Cristo. Ele tornou-se gente como nós. Viveu e morreu crucificado, mas Deus o ressuscitou. Em tudo se mostra a paixão divina por toda a sua criação. Essa é a missão de Deus: amar o mundo a ponto de entregar o seu próprio filho. E é essa missão de Deus que constitui a nossa paixão. </li></ul>
  5. 5. PAMI 2008-2012 <ul><li>A base desta apresentação </li></ul><ul><ul><li>Texto-base do PAMI 2008-2012 </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistematização dos principais documentos e reflexões da IECLB, oriundos de vários contextos e temporalidades, sobre missão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Acolhimento de sugestões vindas de reuniões </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>do GT PAMI; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>com representantes da Presidência, da Diretoria do CI e da Secretaria Geral; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>com Presidência e Pastores e Pastora Sinodais; </li></ul></ul></ul>
  6. 6. PAMI 2008-2012 <ul><li>O texto-base do PAMI 2008-2012 define como sendo quatro as dimensões da missão: </li></ul><ul><ul><li>Evangelização </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunhão </li></ul></ul><ul><ul><li>Liturgia </li></ul></ul><ul><ul><li>Diaconia </li></ul></ul>
  7. 7. PAMI 2008-2012 <ul><li>Essas dimensões são atravessadas por três eixos transversais: </li></ul><ul><ul><li>Sustentabilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação </li></ul></ul>
  8. 8. PAMI 2008-2012 <ul><li>Assim, a partir do texto-base do PAMI, a ação missionária da IECLB, em suas diferentes instâncias implica em: </li></ul><ul><ul><li>1. evangelizar; </li></ul></ul><ul><ul><li>2. promover a comunhão; </li></ul></ul><ul><ul><li>3. celebrar; </li></ul></ul><ul><ul><li>4. servir. </li></ul></ul>
  9. 9. PAMI 2008-2012 <ul><ul><li>Esses objetivos são alcançados mediante a realização de pelo menos três principais conjuntos de ações: </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações de formação, </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações de sustentabilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações de comunicação </li></ul></ul>
  10. 10. PAMI 2008-2012 <ul><li>Esses objetivos e suas respectivas ações em cada instância integram o planejamento geral da missão da IECLB. </li></ul><ul><li>O planejamento geral implica em estabelecer a missão da IECLB, a visão e o objetivo geral. </li></ul>
  11. 11. PAMI 2008-2012 <ul><li>A Missão é o que identifica a Igreja, mostra onde ela se encontra e lhe dá o rumo e a motivação para sua atuação. A Missão da IECLB está expressa – e ampla e sinteticamente manifesta, diga-se de passagem – no artigo 3º da sua Constituição: </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Em obediência ao mandamento do Senhor, a IECLB, através de suas Comunidades, tem por fim e missão: </li></ul><ul><li>I - propagar o Evangelho de Jesus Cristo; </li></ul><ul><li>II - estimular a vivência evangélica pessoal, familiar e comunitária; </li></ul><ul><li>III - promover a paz, a justiça e o amor na sociedade; </li></ul><ul><li>IV - participar do testemunho do Evangelho no País e no mundo. </li></ul>PAMI 2008-2012
  13. 13. <ul><li>A missão da IECLB, numa redação menos estatutária, seria a seguinte: </li></ul><ul><li>A missão da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil é propagar o Evangelho de Jesus Cristo, estimulando a sua vivência pessoal, na família e na comunidade, promovendo a paz, a justiça e o amor na sociedade brasileira e no mundo. </li></ul>PAMI 2008-2012
  14. 14. <ul><li>A visão é o que se sonha para a Igreja, indica para onde vamos, é o &quot;passaporte&quot; para o futuro e é aquilo que inspira seus membros a atuarem. Ela está em consonância com a Missão e com o Objetivo Geral. </li></ul>PAMI 2008-2012
  15. 15. <ul><li>A visão pode ser expressa nos seguintes termos: </li></ul><ul><li>Ser reconhecida como igreja de comunidades atrativas, inclusivas e missionárias, que atuam em fidelidade ao evangelho de Jesus Cristo, destacando-se pelo testemunho do amor de Deus, pelo serviço em favor da dignidade humana e pelo respeito à criação. </li></ul>PAMI 2008-2012
  16. 16. <ul><li>O Objetivo Geral para o PAMI 2008-2012, que é o instrumento para planejar e organizar a caminhada da IECLB desde agora e nos próximos anos contém e amplia o objetivo do PAMI 2000-2007 - criar e recriar comunidades juntos e pode ser formulado da seguinte maneira: </li></ul><ul><li>Ampliar e consolidar a ação missionária da IECLB. </li></ul>PAMI 2008-2012
  17. 17. PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 1: </li></ul><ul><li>Testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas no contexto de sua vivência (Evangelização)‏ </li></ul>
  18. 18. PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 2: </li></ul><ul><li>Promover a vivência da fé em Jesus Cristo na comunidade eclesial (Comunhão)‏ </li></ul>
  19. 19. PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 3: </li></ul><ul><li>Praticar a misericórdia e a justiça em meio a pessoas em situação de crise (Diaconia)‏ </li></ul>
  20. 20. PAMI 2008-2012 <ul><li>Objetivo 4: </li></ul><ul><li>Oportunizar a celebração do amor de Deus no mundo (Liturgia)‏ </li></ul>
  21. 21. PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada instância trabalharia com os quatro objetivos específicos do PAMI, enfatizando aquele (ou aqueles) para o qual tenha maior competência e governabilidade ou os que precise aperfeiçoar em sua performance. </li></ul><ul><li>Cada objetivo seria alcançado mediante a realização de pelo menos três conjuntos de ações, que se referem aos temas transversais do PAMI 2008. </li></ul>
  22. 22. PAMI 2008-2012 <ul><li>Para cada objetivo corresponde um conjunto de ações: </li></ul><ul><ul><li>Ações de Comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações de Formação </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações de Sustentabilidade </li></ul></ul>
  23. 23. PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Comunicação: </li></ul><ul><li>São as que contribuem para promover a visibilidade pública da Igreja, estabelecer vínculos e a difundir seus valores. Referem-se aos fluxos internos de informação, como aos processos externos que envolvem os meios de comunicação, por exemplo. </li></ul>
  24. 24. PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Formação: </li></ul><ul><li>São as ações para qualificar o quadro de colaboradores, tanto do ponto de vista formal como informal, dentro de cada objetivo. </li></ul>
  25. 25. PAMI 2008-2012 <ul><li>Ações de Sustentabilidade: </li></ul><ul><li>Visam a estabelecer as condições para sustentar o plano de ação, tanto do ponto de vista do provimento de recursos financeiros como de recursos estruturais e humanos necessários. </li></ul>
  26. 26. PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada conjunto de ações, portanto, define: </li></ul><ul><ul><li>Ações (o que?) </li></ul></ul><ul><ul><li>Público-Alvo (para quem?)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>Prazo (até quando?)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>Recursos (com o que podemos contar e o que precisamos?)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsável (quem?)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado esperado /meta </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação </li></ul></ul>
  27. 27. PAMI 2008-2012 <ul><li>O Planejamento do Sínodo deveria corresponder aos quatro objetivos mais amplos, mas as suas ações, em cada conjunto de ações seriam diferentes das ações das comunidades/paróquias, por exemplo. </li></ul>
  28. 28. PAMI 2008-2012 <ul><li>Trata-se de ações relacionadas especificamente às competências do Sínodo enquanto instância intermediária entre as comunidades/paróquias e os organismos nacionais da Igreja. </li></ul><ul><li>As ações no âmbito das comunidades seriam diversas das do Sínodo. Assim também os públicos seriam diferentes de uma para outra instância. Também se preservaria a autonomia de cada sínodo para eleger suas próprias prioridades, de acordo com seu contexto e sua realidade. </li></ul>
  29. 29. PAMI 2008-2012 <ul><li>Nos organismos nacionais da IECLB, o planejamento deverá corresponder aos anseios de comunidades, paróquias e sínodos, ou seja, as ações devem voltar-se para contribuir para que as comunidades realizem melhor as suas ações locais, assim também como os sínodos. </li></ul>
  30. 30. PAMI 2008-2012 <ul><li>A matriz pretende oferecer um caminho para as comunidades/sínodos/etc., cujo destino é comum em toda a igreja. </li></ul><ul><li>Estaríamos falando de orientações estratégicas para o delineamento de seus planos de ação a partir de pelo menos quatro objetivos gerais dados. </li></ul>
  31. 31. PAMI 2008-2012 <ul><li>Cada comunidade, como sugere o PAMI 2000-2007, faria uma análise de sensibilidade para alcançar esses objetivos no seu contexto. Essa análise envolve: </li></ul><ul><ul><li>pontos fortes (o que a comunidade não mudaria)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>pontos fracos (o que gostaria de mudar)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>ameaças (o que atrapalha a comunidade)‏ </li></ul></ul><ul><ul><li>oportunidades (onde a comunidade vê futuro)‏ </li></ul></ul>
  32. 32. PAMI 2008-2012 <ul><li>A “lógica” de uma Plano Missionário da IECLB construído a partir de suas diversas instâncias é um processo de produção de médio a longo prazos e implica num conjunto de ações de gestão, capacitação e execução de difícil solução sem uma boa dose de engajamento da maioria. </li></ul>
  33. 33. PAMI 2008-2012 <ul><li>O PAMI não é um documento, mas um processo de planejamento que procura articular e envolver todas as instâncias na sua elaboração e posterior execução, com o fim de qualificar, ampliar e consolidar a missão da IECLB no mundo. </li></ul>
  34. 34. PAMI 2008-2012 - anexo <ul><li>Questões para a caminhada </li></ul>
  35. 35. Questões para a caminhada <ul><li>Esclarecer os processos de implantação do PAMI, o que implica em: </li></ul><ul><li>distinguir conscientemente entre o Plano como tal, a sua fundamentação teórica e os processos de sua elaboração ao longo dos anos, que envolve diversas instâncias, diferentes recursos e distintas temporalidades, ou seja, distinguir entre o documento e o planejamento propriamente dito; </li></ul>
  36. 36. Questões para a caminhada <ul><ul><li>em decorrência do item anterior, distinguir as estratégias de divulgação e de acompanhamento do PAMI de sua elaboração e implantação por e em toda a Igreja. </li></ul></ul>
  37. 37. Questões para a caminhada <ul><li>Estabelecer critérios para aproveitamento e adequação de outros planejamentos e programas no âmbito da Igreja ao objetivo geral e aos objetivos específicos do PAMI (metodologias e planos já existentes); </li></ul><ul><li>Construir ferramentas pedagógicas e programas de formação para trabalhar pedagogicamente a relação entre o texto-base do PAMI e seus eixos e as ações de planejamento que a missão demanda; </li></ul>
  38. 38. Questões para a caminhada <ul><li>Dispor (ou elaborar) proposta simples de planejamento para as comunidades; </li></ul><ul><li>Reconhecer e articular as diferentes instâncias e suas respectivas competências em relação ao Plano Missionário; </li></ul><ul><li>Fazer distinções entre programas, públicos e ações já consideradas nas práticas da IECLB em suas diversas instâncias; </li></ul>
  39. 39. Questões para a caminhada <ul><li>Definir o lugar e o papel de outras instituições da IECLB no Plano Missionário. Como elas podem contribuir com suas especificidades para o PAMI; </li></ul><ul><li>Organizar as políticas (de pessoal, de formação, de comunicação, etc.) da IECLB em conformidade com o PAMI. </li></ul>
  40. 40. Finalizando... <ul><li>A matriz de planejamento para toda a IECLB em elaboração sustenta-se sobre dois pilares: </li></ul><ul><ul><li>ser suficientemente delimitada para permitir a sua execução em todas as instâncias e de acordo com as competências de cada uma; </li></ul></ul><ul><ul><li>e ser aberta o bastante para que cada instância tenha autonomia para fazer seu planejamento específico no contexto de sua atuação e segundo seus recursos. </li></ul></ul>

×