Práticas pedagógicas inovadoras- Plano de Aula

2.904 visualizações

Publicada em

Atividade desenvolvida pela equipe da Associação Casa da Árvore e realizada por meio de projetos como Telinha de Cinema, Telinha na Escola, entre outros.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.904
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Práticas pedagógicas inovadoras- Plano de Aula

  1. 1. ATIVIDADE: Oficina de Práticas Pedagógicas Inovadoras CARGA HORÁRIA:Total 20 horas PÚBLICO: Professores, educadores sociais, arte educadores OBJETIVOS - Desmistificar a apropriação pedagógica das novas tecnologias digitais dentro do ambiente escolar; - Estimular o uso pedagógico das diversas ferramentas tecnológicas na construção de aulas criativas; - Desenvolver habilidades tecnológicas com foco na produção de conteúdo e no uso criativo de ferramentas como mapas, vídeos, redes sociais e outras mídias de leitura ampliada, como blogs, ebooks, etc; ESTRATÉGIAS DIDÁTICAS - Desenvolver experiências de percepção para a construção de conceitos básicos; - Promover o desenvolvimento de habilidades tecnológicas básicas a partir de experiências e referências pessoais desvinculadas da atividade de ensino; - Implementar a “ Prática Observatório”, que é a reflexão sobre a atividade realizada do ponto de vista da mediação. HABILIDADES E COMPETÊNCIAS - Construção de conteúdos e processos de aprendizagem mediados por projetos de produção de vídeos, mapas, redes sociais e de objetos de leitura ampliada; - Uso autônomo das ferramentas tecnológicas; -Autoria de conteúdos multimidiáticos; - Refletir criticamente sobre o uso das mídias sociais e das tecnologias de comunicação e mobilidade bem como o uso condizente com os objetivos pedagógicos propostos; - Fazer conexões criativas e pouco usuais entre o conteúdo a ser ministrado e a sua aplicabilidade por meio das ferramentas tecnológicas utilizadas; - Aplicar as tecnologias da comunicação e informação na escola, no trabalho e em outros campos da vida; - Pensar a tecnologia como ferramenta didática; - Capacidade de identificar novas linguagens midiáticas e compreendê-las enquanto processo narrativo; ABORDAGEM TECNOLÓGICA E ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS 1
  2. 2.  EIXO I – VÍDEO DE BOLSO 1º momento O diálogo servirá inicialmente como meio de provocação à reflexão sobre a linguagem audiovisual, pensando na relação que, direta ou indiretamente, as pessoastem com esse tipo de linguagem. Abordar de forma transversal os elementos da linguagem audiovisual e detalhes da história do cinema. Diálogo questionador - Quais tipos de conteúdos audiovisuais eles consomem? Listá-los para melhor compreender essa relação que cada educador envolvido tem e as referencias que já possuem de linguagem audiovisual. Atividade de pesquisa Propor a busca na internet de vídeos (teto de 3minutos) relacionados as referencias que os próprios participantes citaram (cenas de novela, cenas de filmes, vídeos virais, propagandas publicitárias, etc.) e pedir que eles compartilhem os links no grupo da oficina no facebook. Escrever uma curta descrição sobre o vídeo quando for postar. 2º momento Experienciação sonora, visual e audiovisual Exibição dos vídeos compartilhados na atividade anterior de forma aleatória. No entanto, alguns vídeos serão exibidos sem o áudio, enquanto outros sem a imagem, para que seja possível ver e audiover, proporcionando a seguir um diálogo em relação aquilo que os educadores conseguiram compreender tendo como informação apenas o áudio ou apenas a imagem. Observatório Re-assistir os vídeos experienciados anteriormente, dessa vez com todo o conteúdo audiovisual, para garantir uma reflexão relativa a linguagem audiovisual. - Como construímos nossa imagem, a imagem do nosso tempo, do nosso espaço através da produção e compartilhamento de conteúdo audiovisual? Identificação das práticas e elementos que constituem esta narrativa audiovisual cotidiana, suas origens e seus propósitos. Familiarizar-se também com processos de criação, pesquisa, produção e compartilhamento de audiovisual. 3º momento Atividade de Realização Audiovisual Propor a realização de um vídeo utilizando a câmera do celular e/ou do notebook, sendo possível utilizar-se de fotografias e sons encontrados na internet. 2
  3. 3. Temática: Memórias (reais ou imaginárias) da minha vida. Os participantes se organizarão em duplas para produzir um vídeo cada, utilizando-se de vídeos captados por eles mesmos e/ou fotos, sons, fragmentos de vídeos, etc, que eles possuam ou baixem da internet e que sejam necessários para essa narrativa que eles pretendem construir. Deste modo, eles documentarão memórias que tenham vivenciado ou que tenham apenas projetado na imaginação. 4º momento (4h/a) Nesse momento os participantes da oficina terão o apoio dos ministrantes para finalizar os trabalhos propostas no momento anterior. Nessa etapa, serão tratados conceitos básicos de edição e montagem audiovisual, para que possam ser finalizados os vídeos-memórias. Finalizado os trabalhos de edição, os participantes poderão apresentar seus trabalhos aos demais. Todos os trabalhos serão assistidos e o ministrante poderá gerar uma discussão sobre os elementos narrativos utilizados nos vídeos apresentados e na importância que esses tiveram na construção de uma narrativa das memórias. (pós-produção, exibição do conteúdo produzido e reflexão sobre esse material)  EIXO II - Mapas Colaborativos Requisitos: Notebook ou PC para cada professor, internet OBJETIVO: - Capacitar os professores a criar mapas virtuais. - Apresentar a possibilidade de ministrar aulas associando o conteúdo de qualquer disciplina à criação de mapas. 1o. momento: Contextualização - Colocar o questionamento: O que muda nossa visão do espaço ao longo da nossa vida? - Exibição de vídeo: ilustrar a mudança das relações do homem com o espaço na história. - Reflexão: Qual a relação entre espaço, percepção e representação Proposta: Extrair a experiência de cada um na mudança de percepção pessoal em suas diferentes relações com o espaço nas situações da infância, vida adulta, zona rural, zona urbana. Atividade: Descrever em duas palavras a sua percepção do ambiente em cada uma das situações apresentada. Elaborar um quadro comparativo entre as palavras em cada momento. 2o momento: Discutir conceitos 3
  4. 4. Lançar questionamento: Porque estamos trabalhando com estes mapas virtuais? - Incitar os professores a refletir sobre os novos sentidos existentes sobre os espaços geográficos a partir do processo de virtualização. - Apresentar os conceitos: Mídias Locativas e Mídia Cidadã 3o momento: Apresentar a ferramenta, criando conjuntamente um mapa básico - Atividade: Caminho para o trabalho - Passo a passo: a) Cada professor irá abrir o mapa em seu PC, buscar o ponto onde está sua casa e marcá-lo com um ícone ou foto que o identifique; b) A área em que estão todas as marcações será destacada no mapa; c) Destacar a escola no mapa; d) Cada professor irá marcar o trajeto de sua casa até a escola; e) Refazer a rota mentalmente e virtualmente e marcar três pontos com comentários de experiências pessoais vividas ao longo do caminho - ouve música no carro? ouve rádio no ônibus? vê anúncios em outdoors? vai de bicicleta pra exercitar? o caminho tem muito lixo?; f) cada ponto deverá ser linkado a alguma informação (que tenha alguma relação direta ou indireta) que esteja disponível na internetpor meio de vídeo, foto, audio, etc. 4o momento: Investigar sobre aplicação didática - Refletir sobre a aplicação didática do mapa criado.  EIXO III - Redes sociais “Quando uma rede de computadores conecta uma rede de pessoas e organizações, é uma rede social” (Garton, 1997, p.1) OBJETIVO: Compreender o que é uma rede social; Refletir sobre as possibilidades pedagógicas do uso das redes sociais; Experimentar situações de produção e compartilhamento de informações; Estimular a reflexão sobre postura ética nas redes sociais 1º momento 4
  5. 5. 1 2 Demonstrar que a ligação/cruzamento de informações na rede social virtual é baseado a rede real. Estimulando a utilização do word através da construção de mapas conceitual, pra ilustrar as redes em que eles estão inseridos e se essas redes se interligam com as redes dos outros professores. Realizar uma dinâmica para tentar buscar a compreensão de o que é uma rede social e a construção através de um mapa conceitual sobre as redes sociais que temos no ambiente de convivências, e a partir daí tentar buscar reconstruir de maneira analógica essa rede. Com o objetivo de exemplificar de como se deu a construção das redes sociais virtuais. Quais redes sociais eles estão inseridos no mundo real? Família, Trabalho, Vizinhos. Também se aproveitado do mapa conceitual, produzir essa rede.Quais redes sociais eles estão inseridos no mundo virtual? Ela representa as relações do mundo real? Com amigos, famílias, trabalho, vizinhos. Fazendo co-relação com a rede construída. Construir mapa conceitual sobre. Essas redes se cruzam? as informações que transitam na família também transita no rede vizinhos? Ou a rede do trabalho está interligada ao da família? Tentando fazer um contra ponto com as formas de privacidade nas redes sociais, que se utilizam de grupos e subgrupos, níveis de privacidade e leis que protegem o usuário da internet. Existem possibilidades de uso dessas redes pedagogicamente? Como seria esse uso? Essas redes podem ser utilizadas com um objetivo pedagógico? Como seria esse uso? 2º momento 1 2 3 Promover a pesquisa sobre redes sociais voltadas para o público infantil e adolescente/adultos. Vivenciar/experimentar o uso dessas redes sociais. Provocar as possíveis formas de uso com objetivo pedagógico Dividir a turma em dois grupos. Um grupo irá pesquisar as redes sociais voltadas para o público infantil e outro grupo irá pesquisar as principais redes sociais para o público jovem e adulto. (30 minutos) Após as pesquisas eles deverão apresentar 3 redes sociais que envolvam compartilhamento e socialização de texto, jogos, foto, vídeo, imagem e áudio. Promover a instigação sobre como eles realizaram a pesquisa, em quantos site realizaram a pesquisa, e em qual buscador eles utilizaram e porque? Quais termos usaram pra pesquisa. Após a explanação, apresentar as dicas de otimização de pesquisa na internet e outros buscadores. Com base das pesquisas feitas e os sites apresentados pelos professores, construiremos as possíveis formas de uso dessas redes com uma objetivo pedagógico. 5
  6. 6. Cada grupo deverá escolher uma das redes que pesquisou e detalha-la...como é ? é possível trabalha-la em sala de aula? Reflexão: Configurações de segurança e privacidade Como você compartilha fotos, textos, vídeos e audio 1 2 3 4 Produção e compartilhamento de conteúdos relevantes Responsabilidade sobre a produção de produtos de comunicação Do privado ao público: as configurações de segurança nas redes sociais Sabedoria digital: postura ética nas redes sociais 6

×