trabalho de física!

4.092 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.092
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

trabalho de física!

  1. 1. Trabalho de Física
  2. 2. <ul><li>Trabalho de uma força elétrica </li></ul>
  3. 3. <ul><li>“ Mede a quantidade de energia elétrica transferida ou transformada, através da aplicação de uma força elétrica (F), numa carga elétrica q que sofre um deslocamento d de um ponto (A) para outro (B).  A força elétrica é uma força conservativa, portanto o seu trabalho não depende da trajetória da carga elétrica q.” </li></ul>
  4. 4. Representação matemática do Trabalho da Força Elétrica :   Onde: τ= trabalho da força elétrica (j) q = carga de prova (c) Ko = constante eletrostática (n.m²/c²) Q = carga fixa (c) d = distância (m)
  5. 5. <ul><li>Trabalho de um campo elétrico </li></ul>
  6. 6. <ul><li>“ É a variação de energia potencial elétrica que uma determinada carga sofre quando se desloca.” </li></ul>
  7. 7. <ul><li>T = q(Va - Vb) </li></ul><ul><li>Onde: </li></ul><ul><li>q = coulomb </li></ul><ul><li>V= volt (J/C) </li></ul><ul><li>Vale lembrar que o trabalho não depende da trajetória que a carga percorrerá, e sim unicamente do ponto inicial e final que ela se encontrar (potenciais elétricos). Portanto, se a carga se deslocar em uma superfície equipotencial, não haverá trabalho, pois o potencial elétrico inicial e final terão o mesmo valor. A carga ainda pode se deslocar e voltar ao mesmo ponto de partida, caracterizando também um trabalho nulo. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Corrente Elétrica </li></ul>
  9. 9. <ul><li>“ A corrente elétrica se constitui em um fluxo de partículas eletrizadas em movimento ordenado (até certo ponto) , cuja natureza depende do meio em que se dá a sua passagem, por exemplo: nos metais é constituída exclusivamente de elétrons. Uma condição fundamental para o estabelecimento de uma corrente elétrica entre dois pontos de um meio é a diferença de potencial entre estes dois pontos (ddp).” </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Tipos de corrente elétrica : Contínua e Alternada </li></ul><ul><li>Efeitos: fisiológico, térmico, químico, magnético e luminoso. </li></ul>
  11. 11. Intensidade da Corrente Elétrica: <ul><li>Considerando: Q = n.e </li></ul><ul><li>Onde: Q= Coulomb (C) e t= segundo (s) </li></ul><ul><li>Em homenagem ao físico e matemático francês André Marie Ampère (1775-1836), a unidade de corrente elétrica, no SI, é o ampère (A).  </li></ul>    
  12. 12. <ul><li>“ É a medida da quantidade de energia elétrica que é cedido à carga elétrica que atravessa um gerador. Também é chamada de diferença de potencial (d.d.p), e é indicada pelo símbolo U. Quando se diz que um chuveiro está ligado a uma tomada de 220V, significa que, sobre cada coulomb de carga elétrica que o percorre, a força elétrica realiza 220J de trabalho.” </li></ul>Onde: U= ddp (tensão elétrica) = volt (v) Energia elétrica = J Carga elétrica = C
  13. 13. <ul><li>Gerador Elétrico </li></ul>
  14. 14. <ul><li>“ o gerador elétrico é um aparelho que possui dois pólos ativos, sendo que um deles tem maior potencial elétrico que o outro. O pólo de maior potencial é o pólo positivo e o de menor potencial é o pólo negativo. Uma das funções do gerador é a de produzir a corrente elétrica para o circuito.” </li></ul>
  15. 15. <ul><li>A equação do gerador: </li></ul><ul><li>r é a resistência interna do gerador. i é a corrente elétrica que atravessa o gerador. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Receptor Elétrico </li></ul>
  17. 17. <ul><li>“ É considerado um receptor elétrico qualquer elemento de circuito consumidor de energia elétrica transformando-a em qualquer outro tipo de energia. Seu interior é composto por condutores. Sua resistência elétrica é chamada de resistência interna do receptor.” </li></ul><ul><li>Onde: r é a resistência interna do gerador e i é a corrente elétrica que atravessa o gerador. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Aparelhos Elétricos </li></ul>
  19. 19. <ul><li>O aprendizado sobre o uso correto dos aparelhos elétricos pode ser um ponto muito importante para uma aula de eletricidade, tendo em vista que o professor pode ensinar seus alunos a entender como utilizar corretamente os equipamentos elétricos bem como ligá-los de forma adequada, evitando que estraguem. Por exemplo, se um aparelho que funciona na tensão 220 V for ligado na tensão de 127 V ele não queimará, mas também não funcionará de forma correta. Caso ocorra o contrário, se o aparelho funciona a 127 V e for ligado numa tensão de 220 V, o aparelho elétrico queimará. Esse mesmo fato ocorre com as lâmpadas, por exemplo. Se a corrente estabelecida nela não for suficiente para aquecer o filamento de tungstênio, a lâmpada brilhará menos e a luz terá tom avermelhado. Alguns conceitos são muito importantes para entender o funcionamento dos aparelhos eletrônicos. Tensão : simbolizada pela letra V que significa volt, ela especifica a capacidade de energia da rede na qual o aparelho será ligado. Freqüência : representada pela letra f é a freqüência da oscilação da rede elétrica na qual o aparelho é ligado. A unidade de freqüência no Sistema Internacional de Unidades é o hertz (HZ). Potência : significa o consumo de energia por unidade de tempo e o símbolo é o W que é a unidade de potência no Sistema Internacional de Unidade. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Alunos: Ana Carolina, Gabriela Soares, Vanik, Fábio, Filipe Pereira e Karoline Moras. </li></ul><ul><li>3º B </li></ul>

×