Tea3 indicadores da assistncia de enfermagem

3.950 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.950
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tea3 indicadores da assistncia de enfermagem

  1. 1. Centro Universitário Ítalo Brasileiro<br />Bianca Alves de Sena 18383<br />Débora Cristina L. da Silva 18963<br />Dinalva Oliveira 19912<br />Ester Gonçalves da Silva 20039<br />Jovelice F. dos Santos 18974<br />Késia Moreira da Silva 18966<br />Robson RA20172<br />Wanderléia Aparecida R. dos Santos 19445<br />Weber Domitio Lucio RA: 19055<br />TEA 3<br />Profª Karen Caetano<br />Indicadores de Enfermagem em UTIs Pediátrico e Neonatal <br />Enfermagem 8º B Noturno<br />São Paulo<br />2010<br />Indicadores da assistência de enfermagem<br />São dados ou informações numéricas que quantificam as entradas, saídas e o desempenho de processos, produtos e da organização como um todo. São utilizados para acompanhar e melhorar os resultados ao longo do tempo.<br />O incremento das demandas por cuidados de saúde, custos crescentes para sua manutenção, limitados recursos disponíveis e evidências da variação na prática clínica, exigem assistência prestada com segurança e qualidade.<br />Indicador atualmente mensurado nas UTIs pediátrica e neonatal<br />Não conformidade com medicamentos (administração de medicamentos não prescrito/ via de administração incorreta, dosagem incorreta, não administração ou omissão da administração de medicamentos prescrito, tempo de infusão divergente do prescrito);<br />Úlcera por pressão;<br />Perdas de sondas gástricas e/ou enteral;<br />Flebite;<br />Perdas de cateter venoso profundo (central);<br />Extubação acidental.<br />Como Relatar<br />Através de impresso próprio, há uma pasta disponível em cada andar.<br />Indicadores de qualidade da Assistência de Enfermagem<br />Incidência de não conformidade relacionada à administração de medicamentos pela Enfermagem.<br />FÓRMULA:<br />N° de não conformidade relacionada à<br />Administração de Medicamentos pela Enfermagem X100<br /> Número de paciente dia<br />Numerador: apontar a soma mensal das conformidades relacionadas à administração de medicamentos, notificadas de acordo com formulário próprio.<br />Denominador: Paciente-dia.<br />Frequência: Mensal<br />Objetivo: Mensurar as não conformidades na terapêutica medicamentosa realizada pela equipe de enfermagem de forma sistematizada.<br />Subsidiar a implantação de medidas que eliminem e ou minimizem a ocorrência destas não conformidades. <br />Recomendações<br />Prescrição clara, legível, completa, assinada e com todos os parâmetros.<br />Usar abreviaturas padronizadas<br />Cuidados com zero, pontos decimais<br />Horário padrão<br />Ambiente apropriado para o tipo de trabalho<br />Manter controle dos medicamentos fora da farmácia<br />Desenvolvimento e aplicação de indicadores como ferramentas gerencial; relevante para avaliar a qualidade da assistência de enfermagem.<br />Incidência de flebite<br />Nº de casos de flebite X100<br />Nº de paciente-dia com acesso<br />Venoso periférico <br />Flebite: presença de um processo inflamatório na parede da veia, em geral associado à dor, eritema, endurecimento do vaso.<br />Retirar o acesso ao primeiro sinal;<br />Preencher o formulário de notificação de flebite;<br />Encaminhar a gerência responsável;<br />Intensidade 3+;<br />Inspecionar o local e evolução de sinais flogísticos a cada 6 horas, realizar anotação de enfermagem relacionada ao local,mantendo salinizado com soroterapia, descrevendo os sinais e sintomas e condultas;<br />Realizar a prescrição de enfermagem;<br />Coletar o dado independente da unidade onde foi relizada a punção venosa.<br />Resolução<br />Número de paciente dia: 3542<br />Número de flebites: 37<br />37___ x 100 = 1,04<br />3542<br />A incidência de flebite foi de 1,04%<br />Incidência de Úlcera por Pressão (UPP)<br />É relação entre o número de casos novos de pacientes com UPP em um determinado período e o número de pessoas exposta ao risco de adquirir UPP no período, multiplicado por 100.<br /> <br /> Nº de casos novos de paciente<br />Índice de UPP= com UPP_____________________ x 100<br /> Nº de pessoas expostas ao risco<br /> de adquirir UPP por período <br />Frequência: Mensal<br />Dimensão da coleta: Todas as unidades da instituição, a critério da divisão de enfermagem, sendo obrigatório coletar dados das UTIs. <br />

×