Jean Jacques Rousseau

1.037 visualizações

Publicada em

História e Cultura das Artes - Jean Jacques Rousseau

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.037
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
105
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Carolina
  • MarianaPai morreu no ano 1722
  • André
  • Fred
  • Carolina
  • Mariana- Refugiou-se na cidade suíça de Neuchâtel.
  • Fred
  • André
  • Todos cada um lê uma frase e a Carolina lê 2
  • Mariana
  • Fred
  • André
  • Carolina
  • Mariana
  • André
  • Fred
  • Jean Jacques Rousseau

    1. 1. Escola Profissional do Vale do Tejo Comunicação - Marketing, Relações Públicas e Publicidade História e Cultura das Artes Professora Helena Branco Comunicação – Marketing, Relações Públicas e Publicidade História da Cultura e das Artes Módulo 7 Jean Jacques Rousseau Trabalho realizado por: André Cantarrilha, Carolina Pardal, Frederica Pinto, Mariana Costa Módulo 7 11º B
    2. 2.  Nasceu em Genebra no dia 28 de Junho de 1712;  Foi criado pelo pai, um relojoeiro, até os 10 anos de idade;  Na adolescência estudou numa rígida escola religiosa e no final foi morar para Paris;  Começou a demonstrar grande interesse pela leitura e música.
    3. 3. Quem foi? Vida em adulto
    4. 4. □ Um importante filósofo, teórico político e escritor suíço; □ É considerado um dos principais filósofos do iluminismo, sendo que suas idéias influenciaram a Revolução Francesa. □ Defendia a ideía de um estado democrático que garantisse a igualdade para todos.
    5. 5.  Começou a ter contactos com a Elite intelectual da cidade;  Foi convidado por Diderot para escrever alguns verbetes para a Enciclopédia.
    6. 6.  Em 1762, foi perseguido na França, pois suas obras foram consideradas uma afronta aos costumes morais e religiosos.  Em 1765, foi morar na Inglaterra a convite do filósofo Davis Hume;  Rousseau casou-se com Thérèse Levasseur, em 1767.
    7. 7. Obras Literárias Frases
    8. 8. Escreveu, além de estudos políticos, romances e ensaios sobre a educação, a religião e a □ Discurso Sobre as Ciências e as Artes (1749) □ Discurso Sobre a Origem da Desigualdade Entre os Homens (1755 ) □ Do Contrato Social (1762 em Abril) □ Emílio, ou da Educação (1762 em Maio) □ Os Devaneios de um Caminhante Solitário (1776)
    9. 9. □ “O ser humano verdadeiramente livre apenas quer o que pode e faz o que lhe agrada” □ “Para conhecer os homens é preciso vê-los atuar” □ “O homem de bem é um atleta a quem dá prazer lutar nu” □ “A razão forma o ser humano, o sentimento o conduz” □ “O maior passo em direção ao bem é não fazer o mal”
    10. 10.  Vão influênciar a vida da actualidade Estado de Natureza Contrato Social Liberdade Natural Transição para o estado Civil Liberdade Civil
    11. 11.  Os homens que não têm qualquer tipo de relação moral entre si, não podem ser bons nem maus, nem ter vícios nem virtudes.  O estado de natureza torna-se assim um estado de conflitos e discórdias cujo estabelecimento da propriedade privada é o seu último termo.
    12. 12.  Visa formar um poder político comum a todos os membros da sociedade, que passam assim a formar a vontade geral.  Cada membro põe em comum a sua pessoa e a sua autoridade, sob o supremo comando da vontade geral.
    13. 13. Caracteriza-se: □ Por ações tomadas pelo indivíduo com o objetivo de satisfazer os seus instintos. □ Pela sua total liberdade, a fim de obter as satisfações das suas necessidades. □ O homem neste estado considera que não tem obrigação de manter o vínculo das relações sociais.
    14. 14. □ Transforma a liberdade do sujeito □ Ocorre durante um período de “guerra de todos contra todos” que se iniciou □ Com o estabelecimento da propriedade privada e da ausência de instituições políticas e de regras que impedissem a exploração entre as pessoas.
    15. 15. □ Rousseau estabeleceu um princípio das instituições políticas no qual a organização de um povo em relação à propriedade, aos direitos e aos deveres de cada indivíduo são estipulados na lei.
    16. 16. Obrigada pela vossa atenção!

    ×