Reportagem Júlia - O Jornal Alagoas - 27/06/2012

486 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
486
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reportagem Júlia - O Jornal Alagoas - 27/06/2012

  1. 1. MACEIÓ, 27 DE JUNHO DE 2012 QUARTA-FEIRA ANO 18 NÚMERO 551 R$ 1,50O Jornal Yvette Moura Casal é soterrado Paulo Barros tomapor desabamento de posse como mais novoocasa no Virgem dos desembargador doPobres após chuvas Tribunal de Justiça A10 A2INAUGURAÇÃO TURISMOPrefeitura Desembarquesentrega hoje cresceram 5%Shopping Popular em Alagoas A Prefeitura de Maceió inaugura Dados divulgados pela Infra-hoje, a partir das 8h30, o Shopping ero mostram que os desem-Popular da capital. O local irá abri- barques de passageiros emgar, em grande estrutura, came- Alagoas cresceram 5% no mêslôs que antes trabalhavam nas de maio. Com isso, mais de 123ruas do Centro. Os comerciantes mil pessoas chegaram a Maceió,serão regularizados pelo Simples, garantindo melhor ocupação Yvette Mouraprograma do governo federal que dos hotéis mesmo nos meses dedesburocratiza a legalização de Shopping Popular no Centro baixa temporada, abril, maio epequenos negócios. A9 contará com mais de 400 boxes junho. A7APRESENTAÇÃOAlagoas conhece hoje PlanoNacional de Segurança PúblicaMinistro Eduardo Cardozo e governador Teotonio Vilela vão detalhar ações que visam diminuir os índices de violência A3JEQUIÁ DA PRAIA STELLA MARIS LIBERTADORES Boca Juniors e Corinthians duelam hoje Boca Juniors e Corinthians abrem, hoje, a decisão da TaçaCarga foi saqueada por populares Libertadores. O Boca Juniors é velho conhecido na competição. No primeiro jogo do mata-mata,Colisão entre o Timão vai jogar na temida Bombonera, em Buenos Aires, atrês carretas partir das 21h50. O jogo de volta está marcado para o dia 4 de julho, em São Paulo. O centená-deixa dois feridos Chamas destruíram rio Corinthians está tentando um rapidamente a parte interna título inédito. A13 Um grave acidente envolvendotrês carretas deixou duas pessoasferidas, na BR-101, próximo à UsinaSinimbu, no município de Jequiá daPraia. A carga de brinquedos de uma Curto-circuito causou incêndio VIDA SAUDÁVEL O JORNAL l MACEIÓ , 27 DE JUNHO DE 2012 l QUARTA-FEIRA V Abuso de álcool pode crescer após cirurgia bariátrica 3 www.mais.al l vidasauda Veja as dicas da nutricionista para prevenir as doenças do inverno 8 vel@ojornal-al.com. brdas carretas foi totalmente saque- Vida Saudáv el Igor Pereira Alagoas tem 130ada durante o tempo em que a polí- Um incêndio destruiu, na Bar, no Stella Maris. O fogo come- miu rapidamente os móveis e mil portadores de diabetes; veja como novas tecnologias de facilitam a rotinacia fazia a troca de plantão. A11 manhã de ontem, o Maikai Show çou por volta das 11h30 e consu- equipamentos da boate. A10 a quem convive com doença Sem açúcar, CASSAÇÃO MAIS CARGOS DROGAS sem limitação 4, 5 E 6 , A CCJ do Senado poderá anali- Foi publicada, ontem, no A maconha e os estimulantes sar já nesta quarta-feira a constitu- cionalidade do pedido de cassação Diário Oficial da União lei sancio- nada pela presidenta Dilma do tipo anfetaminas são as drogas mais usadas no mundo, afirma Diabéticos sim, do mandato do senador Demós- tenes Torres (GO) aprovado por Rousseff criando 77.178 cargos de direção e funções gratificadas relatório divulgado, ontem, pela ONU e que revela que 5% da popu- mas com muita unanimidade, na segunda-feira, nos institutos federais de ensino e lação adulta consumiu algum tipoCaminhões derraparam na pista pelo Conselho de Ética. A4 universidades federais. A4 de droga em 2010. A5 qualidade de vida! COTAÇÕES MARÉS FASES DA LUA A SSINATURAS : P UBLICIDADE : DÓLAR (COMPRA)...................2.0700 EURO (COMPRA).....................2.5865 82 4009.1919 82 4009.1961 DÓLAR (VENDA).....................2.0720 EURO (VENDA).......................2.5875 03h04...............0.6 15h51...............0.5 NOVA...........22/3..14h38 CHEIA...............8/3..9h40 CLASSIFICADOS : PABX : 82 4009.1930 82 4009.1900 POUPANÇA...........................0,5059 09h21...............1.8 22h04...............1.7 CRESCENTE........1 /3..1h22 º MINGUANTE......15/3..1h26
  2. 2. O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JUNHO DE 2012 l QUARTA-FEIRA www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br V Abuso de Veja as dicas álcool pode da nutricionista crescer após para prevenir as cirurgia doenças bariátrica do inverno 3 8 Vida Saudável Igor Pereira Alagoas tem 130 mil portadores de diabetes; veja como novas tecnologias facilitam a rotina de quem convive com a doença Sem açúcar, sem limitação 4, 4, 5 E 6
  3. 3. 4 www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JU Vida SaudávelCAPADiabéticos têm maisqualidade de vida Fotos: Igor PereiraEvolução nos trata- veis pela produção de insulina.mentos com insulina O tipo 2 costuma aparecer em adultos e pessoas (jovens oudá aos diabéticos não) com sobrepeso, e é condi-mais liberdade cionada principalmente porpara viver um fator genético, aliado ao sedentarismo e à má alimen- tação.GABRIELA LAPA Em ambos os casos é preciso O endocrinologistagabrielalapa@ojornal-al.com.br tomar cuidados, mas eles não Edson Perrotti foi comprometem o desenvolvi- diagnosticadoN ão há razão para ter mento de uma rotina “normal”. com diabetes pena. Tratamentos Segundo o endocrinologista ainda criança modernos e hábi- Edson Perrotti, delegado datos saudáveis podem, sim, Sociedade Brasileira de Diabe-dar mais qualidade de vida tes em Alagoas, o avanço dosaos portadores de diabetes. tratamentos com insulina têmA doença é considerada pela permitido uma liberdade bemOrganização Mundial de maior nas atividades do dia aSaúde (OMS) uma das que dia, incluindo a alimentação,mais mata no mundo, porém que não tem tanta limitaçãoas limitações que ela historica- na ingestão de açúcares.mente oferece há muito vem “Os tratamentos mais anti-sendo contornadas com os gos, com injeção de insulina,avanços da medicina. eram mais agressivos e limita- Hoje, tratamentos moder- dores, pois você tomava umanos e o incentivo maior à quantidade de insulina e tinhaprática de hábitos saudáveis que adequar a sua alimenta-têm dado não só mais liber- ção a ela. Eu costumo dizerdade para os diabéticos, como que desse jeito, era a doença,proposto uma nova maneira e não o paciente, quem estavade olhar para a doença. É no comando, porque elapreciso ter cuidado, não pena, ditava quanto ou que tipo dedizem os especialistas. E os alimento se poderia comer.diabéticos agradecem. Mas isso mudou”, lembra o De acordo com a Secretaria médico.de Estado da Saúde (Sesau), “Quando trocamos as quanto de carboidrato está diabetes estão na cultura pré- uma sentença de morte. Essahoje, em Alagoas, a diabetes seringas pelas bombas de ingerindo, por exemplo, para -formada da doença, que postura diante do diabéticotipo 1 e 2 acomete cerca de 65 insulina, a relação se tornou administrar as doses de insu- ainda leva em consideração os é muito prejudicial, princi-mil pessoas de todas as idades. inversa, e o paciente é que lina no nível necessário. Dá métodos antigos (e mais rígi- palmente em se tratando deO primeiro tipo é mais comum passou a controlar a doença. A mais trabalho, mas dá mais dos) de tratamento, supondo crianças, pois elas precisamem crianças e adultos com bomba tem um sistema opera- liberdade também. Com a que quem tem diabetes não convencer a si mesmas e aosbaixo índice de massa corpo- cional moderno, que permite informação necessária, é é capaz de ter qualidade de outros de que são capazesral. É uma doença crônica, adequar as doses de insulina possível adequar os horários vida. “Isso está mais na cabeça de viver normalmente. Osauto-imune, provocada por aos alimentos ingeridos. É um das refeições e comer pratica- do que no corpo. As pessoas cuidados exagerados acabamuma alteração no sistema pouco mais trabalhoso porque mente de tudo”, explica Perroti. descobrem que você é diabé- gerando uma postura exclu-de defesa que faz com que o exige um nível de informação Para o endocrinologista, tico e dizem “Ahh, que pena”, dente. Eu sou diabético desdepróprio organismo destrua as muito grande do paciente; que é diabético desde criança, ou “Ah, coitado”, mas não é criança. Sei como é”, diz Edsoncélulas do pâncreas responsá- ele precisa saber exatamente as grandes limitações do necessário. Diabetes não é Perroti. G.L.
  4. 4. NHO DE 2012 l QUARTA-FEIRA www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br 5 Bomba tem efeito positivo no tratamento de crianças A bomba de insulina foi Perrotti defendem que só deve glicemia com o mínimo de Com exceção da conta- cular como da rede pública de uma das ferramentas que ser utilizado em pacientes alteração da rotinas”, explica gem de carboidratos na hora saúde. mais contribuíram com a com um nível avançado de Perrotti. das refeições, a rotina de Júlia De acordo com Edson qualidade de vida dos diabé- conhecimento sobre o equi- É o que acontece com a segue a mesma dinâmica das Perrotti, em Maceió alguns ticos. É um equipamento pamento e sobre a diabetes. família de Júlia Lima, de 5 outras crianças da idade, tanto alagoanos vêm conseguindo pequeno, do tamanho de “É preciso conhecer bem anos, desde que trocaram as em casa como na escola. obter a concessão do trata- um Pager, que fica preso ao a doença e o equipamento, injeções pelo tratamento de “Ela não precisa se sentir mento pelo Sistema Único corpo do paciente através de para poder programá-lo de contagem de carboidratos, diferente por ser diabética. de Saúde, com ações judiciais uma cânula, liberando doses acordo com a necessidade do com uso da bomba. Diagnos- Pode brincar, participar das amparadas por laudos médi- programadas de insulina de corpo. Exige mais educação do ticada com diabetes tipo 1 no atividades, e até já dormiu na cos, que atestam a necessi- acordo com a necessidade do paciente, mas é, sem dúvida, primeiro ano de vida, ela usa o escola”, conta Carolina Lima, dade do uso da bomba. corpo. o melhor tratamento para a equipamento preso ao corpo mãe de Júlia. Há um projeto, feito em O programa é manual. Por diabetes. A bomba permite por faixas de tecido feitas em As bombas de insulina parceria com o Governo do isso, médicos como Edson aos pacientes controlar sua casa. são usadas no mundo todo Estado, para implantar aqui por recém nascidos, crianças, algo semelhante ao que acon- adolescentes e adultos. Em tece na capital federal, mas países como o Canadá e a não há datas nem maiores Suíça, todos os diabéticos tipo detalhes sobre a execução. 1 são tratados com o equipa- “É uma proposta que vem mento. acompanhada de um Centro No Brasil, há movimen- de Atendimento Padrão ao tos que tentam acelerar diabético: um local direcio- o processo de adoção da nado para esses pacientes, que bomba de insulina como funcionará no hospital Sana- política pública. Em Brasília, tório. O projeto está detalhado, a distribuição do equipa- mas não sabemos quando mento é uma realidade tanto será implantado”, explica para pacientes da rede parti- Perrotti. G.L. Tratamento moderno exige mais informação dos pacientes com diabetes Tratamento com a bomba de insulina facilita a rotina de crianças portadoras de diabetes Bomba de insulina funciona como um pâncreas artificial, dando mais liberdade para a alimentação
  5. 5. 6 www.mais.al l vidasaudavel@ojornal-al.com.br O JORNAL l MACEIÓ, 27 DE JUNHO DE 2012 l QUARTA-FEIRA Vida SaudávelAlagoas tem 130 mil diabéticos; metade não sabe disso De acordo com a Secretaria Programa Aqui Tem Farmá-de Estado da Saúde (Sesau), cia Popular.Alagoas possui 130 mil porta- Segundo Edson Perrotti,dores de diabetes, dos quais a falta de conhecimento dametade desconhece a doença. doença leva muitos diabé-Para os que foram diagnosti- ticos a terem complicaçõescados, a assistência gratuita graves de saúde, principal-é feita nas unidades de saúde mente doenças cardíacas,municipais, através das equi- pois quando a diabetes sepes de Saúde da Atenção manifesta, o comprome-Básica, mas não há distribui- timento do organismoção de bombas de insulina, costuma estar bastante avan-nem tratamento diferenciado çado.para crianças. “A diabetes tipo 2 é mais O diferencial da rede pública assintomática nos adul-no tratamento para diabetes foi tos. Ao contrário do tipoo programa Saúde Não Tem 1, que surge de maneiraPreço, resultado de um acordo mais violenta, aguda, oentre o Ministério da Saúde e Em muitos casos, adultos só descobrem a diabetes tipo 2 pode passar desper-sete entidades da indústria e do por causa de complicações no organismo cebido por anos. O picocomércio, para fornecer medi- de aparecimento costumacamento gratuito à população ser por volta dos 35 anos,brasileira que sofre com hiper- mas alguns fatores, como otensão ou diabetes. sedentarismo e a obesidade, O acordo beneficia 33 orçamento das famílias mais Para ter acesso gratuito foto e a receita médica válida tem desencadeado a doençamilhões de brasileiros hiper- humildes, que comprome- aos medicamentos, basta (validade de 120 dias) em mais cedo, inclusive emtensos e 7,5 milhões de diabé- tem 12% de suas rendas com que o usuário apresente o qualquer um dos estabele- crianças e adolescentes”,ticos. Além de ajudar no medicações. CPF, um documento com cimentos credenciados no alerta. G.L.Vida moderna deixou homens e mulheres mais sedentários A tecnologia mudou (para vez mais distantes das ativi- A Organização Mundial obesa até 2030. Se você consi-melhor) a vida dos portado- dades físicas, até aquelas que de Saúde (OMS) considera a derar que a diabetes tipo 2res de diabetes, mas também vinham com as obrigações do "A diabetes e a diabetes uma das três doen- é fortemente condicionadaprovocou efeitos negativos dia-a-dia, que não estavam obesidade são o ças não-transmissíveis que pelo fator genético aliado àna rotina de quem tinha por nos planos, mas eram feitas mais matam, no mundo. vida sedentária e excesso dehábito não se preocupar com com frequência. grande mal do século Segundo Perrotti, isso acon- peso, as duas doenças são,a saúde. “A tecnologia nos distan- tece sobretudo em função hoje, o grande mal do século Com celulares multifun- ciou das atividades não- XXI; a OMS estima das complicações da doença, XXI”, avalia.cionais, internet livre e outra -programas, que são aqueles como os problemas cardio- Para mudar as estatísti-série de confortos ao alcance exercícios básicos, quase que toda a população vasculares que ela traz ao cas, o conselho do médicoda mão, as pessoas ficaram despercebidos, como lavar longo do tempo, se o paciente é simples: “faça exercícios,mais sedentárias, e ironica- uma roupa, ir até o telefone, dos EUA esteja obesa não faz tratamento ou não alimente-se bem. Use omente, sujeitas a doenças subir escadas”, explica o até 2030" cultiva hábitos saudáveis. tempo livre que a tecnologiacardiovasculares – as mesmas médico. A OMS estima que uma te oferece para praticar nata-causadas, principalmente, Um e s t u d o f e i t o p o r EDSON PERROTTI pessoa morre de diabetes a ção, caminhada, ou qualquerem complicação da diabetes. universidade americana Endocrinologista e delegado da cada 8 segundos, no mundo outro esporte”, salienta. Edson Perrotti explica que provou que membros de uma Sociedade Brasileira de Diabetes em AL inteiro. E com o aumento Com números tão altos deessa contradição envolve os família com extensão tele- proporcional do número de mortes por diabetes, e novi-portadores do diabetes tipo fônica em casa pesavam 7kg pessoas obesas, a chance de dades tecnológicas surgindo a2, aquele com fator genético a mais do que aqueles que facilidades do dia a dia, veja ver essa estatística saltar ainda cada momento, para otimizarque acomete sobretudo os precisavam caminhar para quanto peso se ganha em mais é um dado que preocupa. as tarefas do dia a dia, Perrottiadultos com excesso de peso. chegar ao aparelho. função da vida cercada de “A OMS estima que toda a lembra: estamos sedentáriosSedentários, ficamos cada “Se pensarmos em outras tecnologia”, pondera. população americana esteja por opção. G.L.

×