O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

11. a troca de favores

583 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

11. a troca de favores

  1. 1. Texto X: A troca de favores Autoria: Carol (tema) e seu Pai (texto) Março de 2011 http://caroleseupai.blogspot.com
  2. 2. Texto X: A troca de favores <ul><li>Geralmente, meu pai sempre me leva e traz do colégio, assim como as minhas irmãs. Para nós é uma tranqüilidade, apesar do colégio ser a poucos quarteirões de onde moramos. </li></ul><ul><li>É uma rotina que começa às seis horas da manhã: </li></ul><ul><li>- Vamos lá, meninas, já são seis horas. </li></ul><ul><li>E quase sempre vem acompanhada de outro chamado: </li></ul><ul><li>- Vamos lá! Não se levantem de uma vez, eu já ensinei a vocês, é para virar de lado, posicionar as pernas e ficar sentada. Tomem conta da coluna de vocês. </li></ul><ul><li> 1 </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Não dá pra não pensar que o pai da gente é chato nesta hora. Você nem acordou e ele já falou umas trezentas vezes. </li></ul><ul><li>E se você não faz o que ele tá dizendo, ele volta, e volta e só descansa quando todo mundo já tá pelo menos sentado na cama. </li></ul><ul><li>A gente nem percebe que naquela hora já aconteceu todo um movimento na casa. </li></ul><ul><li>A D. Sandra já pegou o jornal e colocou em cima da mesa. A água já foi fervida e está na garrafa térmica. As bananas, cortadas, já estão no liquidificador, prontas para a bananada. A mesa já está pronta, com o leite, o Nescau, e os copos e xícaras a nos esperar. </li></ul><ul><li> 2 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  4. 4. <ul><li>E se a farda foi lavada no dia anterior e não secou totalmente, ainda tem que engomar. Além de que, às vezes, o tênis também foi lavado e se tem que colocar os cadarços. Sem falar das calcinhas, do sutiã, das meias. Tudo tem que estar pronto e disponível para que nós possamos utilizá-los, da forma e na hora que quisermos. </li></ul><ul><li>Vocês são muito folgadas mesmo. Não percebem que já são quase sete horas. Vocês vão chegar atrasadas. </li></ul><ul><li>Invariavelmente é assim. Não tem jeito das mais velhas se aprontarem na hora certa. Parece que por elas terem ido dormir mais tarde, também têm mais sono. </li></ul><ul><li>Meninas, eu já falei pra vocês. Se vocês vão dormir tarde, se não dormem o tempo devido, o tempo que o corpo exige de vocês, vocês vão ficar com sono, vão aproveitar bem menos as aulas. Tudo na natureza é uma troca, olha a Lei de Lavoisier.  3 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  5. 5. <ul><li>Esse negócio de Lavoisier não dá pra entender. “Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. O que é que isso tem a ver com a gente não acordar na hora certa, ir pra escola meio com sono e um pouco apressadas? O pai tá pirando! - Filha, é mais ou menos assim: se você não dorme aquele tempo que o seu corpo quer que você durma, então, ele não vai te dar aquilo que você quer. Isto é, se ele não tem energia para fazer você se concentrar na aula, como é que você vai se concentrar e aprender? Vai ser uma briga entre querer descansar e querer compreender a aula! Mesmo depois de explicar várias vezes, e de aparentemente ter algum sentido o que era falado, as coisas continuavam mais ou menos do mesmo jeito. 4 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  6. 6. <ul><li>O interessante nisto tudo é que sempre havia esse esforço energético. Meu pai ou minha mãe utilizavam suas energias para nos acordar e nos orientar para o estudo. Talvez, eles façam isso como uma obrigação de pais, mas, certamente, eles esperam uma energia em troca. Quem sabe essa é a lição que eles querem nos passar. </li></ul><ul><li>Analisando isso, a gente relaciona com as aulas de filosofia no colégio, quando o professor falava sobre cidadania e dizia que o mundo poderia ser melhor se todos fizessem a sua parte. Será que isso tem relação com troca de energia? </li></ul><ul><li>Bom se tem a ver com troca de energias quem sabe, mas que por muitas vezes a gente se ajudava pra comprar o pastel ou então a empadinha, depois da aula, ajudava. </li></ul><ul><li> 5 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  7. 7. <ul><li>Olha, tu me dá esses 25 centavos que sobrou da compra do pastel que eu junto com o dinheiro dela e a gente compra outro pastel e divide! Que tal? - É, e aí a gente já programa que amanhã todo mundo tem que trazer alguma coisa pra gente comprar três pastéis, assim dá pra todo mundo. E o legal é que em muitas outras oportunidades a gente fez algo parecido. Era pra ajudar uma colega da turma que não tinha trazido a lapiseira. </li></ul><ul><li>E também pra ensinar o menino que não sabia resolver uma questão de matemática. E até pra ajudar a professora a carregar as pastas. </li></ul><ul><li>6 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  8. 8. <ul><li>Tudo bem, nem sempre a gente é certinha e faz o que as pessoas esperam, mas também não é errado não fazer. Não dá, por exemplo, pra todo dia ficar dividindo o lanche com aquela menina. Poxa, um dia ela tem que cooperar também, não é!? É só vem a mim o vosso reino!? </li></ul><ul><li>Também não dá pra ser meio ingênua e, talvez, fraquinha ou boazinha, sempre. Por exemplo, não dá pra agüentar aquele menino sem educação passar pela gente, empurrando e pisando no pé da gente, sem ao menos pedir desculpas ou mesmo pedindo, ele não se tocar. </li></ul><ul><li>Pô, cara vê se olha por onde tu andas, meu!? Não tá vendo o meu pé!? </li></ul><ul><li>Mas eu pedi desculpas! </li></ul><ul><li>- E daí, vai ficar fazendo sempre é? Se toca! </li></ul><ul><li>7 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  9. 9. <ul><li>Às vezes, a gente faz isso e fica meio com remorso. Outras vezes, a gente queria dizer mesmo e quando faz parece que descarrega um peso enorme das costas. </li></ul><ul><li>Na primeira situação parece que fica uma energia indo e voltando, como se fosse algo ruim que fica no nosso estômago, embrulhando. Na outra situação não. Parece que a energia foi descarregada e outra já alimentou a gente de novo, deixando a gente mais vivo. </li></ul><ul><li>Nessas horas, se a gente parar pra pensar, a gente vê que tem várias formas de energia em cada situação pela qual a gente passa. E talvez a gente possa até pensar que há uma troca de energias ou um movimento de energias, nesses momentos. </li></ul><ul><li>8 </li></ul>Texto X: A troca de favores
  10. 10. <ul><li>De qualquer forma, parece que quando a gente faz um favor para uma amiga da nossa turma, da nossa turma mesmo, é tão natural e tão gostoso que a energia se multiplica, fazendo a gente ficar mais amiga ainda. E até parece que quando isso acontece, a gente percebe que tem energia pra trocar com todo mundo, o mundo fica mais azul. Cria-se uma onda de energia e troca de favores ao redor da gente. </li></ul><ul><li>Pode até ser besteira, e talvez nem todo mundo perceba, mas que é legal essa sensação, isto é. </li></ul><ul><li>D. Sandra, como a senhora veio me deixar hoje, já que meu pai tá viajando, eu vou comprar com meu dinheiro uma coisa que a senhora gosta muito: um churro... mas quando chegar em casa a senhora me dá o dinheiro, de volta tá!? </li></ul><ul><li>Fim </li></ul>Texto X: A troca de favores

×