Concepcao de banco_de_dados-aula_1

3.219 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.582
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concepcao de banco_de_dados-aula_1

  1. 1. Concepção de Banco de Dados Carlos Eduardo do Vale Melo SENAI-PE Abstração de modelos de dados
  2. 2. ConteúdoIntroduçãoConceito de Banco de DadosSistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD)Conceito de Sistemas de Banco de DadosAspectos Profissionais: Administrador de Dados Administrador de Banco de Dados
  3. 3. Introdução A importância da informação para a tomada de decisões nas organizações tem impulsionado o desenvolvimento dos sistemas de processamento de informações.
  4. 4. Introdução Algumas ferramentas: processadores de texto (editoração eletrônica); planilhas (cálculos com tabelas de valores); Sistemas de Gerenciamento de Bancos de Dados – SGBDs (armazenamento de grandes volumes de dados, estruturados em registros e tabelas, com recursos para acesso e processamento das informações).
  5. 5. Banco de Dados É uma coleção de dados interrelacionados, representando informações sobre um domínio específico.Exemplos: lista telefônica controle do acervo de uma biblioteca sistema de controle dos recursos humanos de uma empresa.
  6. 6. Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGDB) É um software com recursos específicos para facilitar a manipulação das informações dos bancos de dados e o desenvolvimento de programas aplicativos. Exemplos: Oracle, SQL Server, MySQL, SQlite, Paradox, Access, DBase, PostGresSQL, DBDesigner entre outros.
  7. 7. Sistema de Banco de Dados É um sistema de manutenção de registros por computador, envolvendo quatro componentes principais: • dados, • hardware, • software e • usuários. O sistema de bancos de dados pode ser considerado como uma sala de arquivos eletrônica.
  8. 8. Sistema de Banco de Dados Os objetivos de um sistema debanco de dados são:isolar o usuário dos detalhes internos do banco de dados (promover a abstração de dados) epromover a independência de dados às aplicações (estrutura física de armazenamento e à estratégia de acesso).
  9. 9. Vantagens de um Sistema de Banco de DadosRapidez na manipulação e no acesso à informação,redução do esforço humano (desenvolvimento e utilização),disponibilização da informação no tempo necessário,controle integrado de informações distribuídas fisicamente,redução de redundância e de inconsistência de informações,compartilhamento de dados,aplicação automática de restrições de segurança,redução de problemas de integridade.
  10. 10. Abstração de Dados O sistema de banco de dados deve garantir uma visão totalmente abstrata do banco de dados para o usuário. Para o usuário do banco de dados pouco importa qual unidade de armazenamento está sendo usada para guardar seus dados, contanto que os mesmos estejam disponíveis no momento necessário.
  11. 11. Abstração de Dados A abstração se dá em trêsníveis:1. Nível de visão do usuário descreve partes do banco de dados que o usuário tem acesso de acordo com a necessidade de cada usuário.2. Nível conceitual define quais os dados que estão armazenados e qual o relacionamento entre eles.3. Nível físico é o nível mais baixo de abstração, em que define efetivamente de que maneira os dados estão armazenados.
  12. 12. Projeto de Banco de Dados Visa a organização das informações e utilização de técnicas para que o futuro sistema obtenha boa performance e facilite as manutenções que venham a acontecer. Ocorre em três fases: • Modelo conceitual • Modelo lógico • Modelo físico. As duas primeiras etapas se referem a um sistema de banco de dados ainda não implementado, ou seja, que ainda não exista, um novo projeto.
  13. 13. Esquema
  14. 14. Modelo Conceitual É a descrição do BD de maneira independente ao SGBD. Define quais os dados que aparecerão no BD sem se importar com a implementação que se dará ao BD. Desta forma, há uma abstração em nível de SGBD.
  15. 15. Modelo Lógico Descreve o BD no nível do SGBD, ou seja, depende do tipo particular de SGBD que será usado. Não podemos confundir com o Software que será usado. O tipo de SGBD que o modelo lógico trata é se o mesmo é relacional, orientado a objetos, hierárquico etc. Estudaremos mais a fundo o SGBD relacional, por ser o mais difundido. Nele, os dados são organizados em tabelas. Os detalhes internos de armazenamento, por exemplo, não são descritos no modelo lógico. Estas informações fazem parte do modelo físico, que nada mais é que a tradução do modelo lógico para a linguagem do software escolhido para implementar o sistema.
  16. 16. Modelo Físico• Fase de implementação do Banco de Dados.• Esquema SQL para a modelagem lógica.• Dependente de SGBD.• Ênfase na eficiência de acesso, implementação de consultas, índices.
  17. 17. Aspectos ProfissionaisAdministrador de Banco de Dados: São profissionais responsáveis pela criação, manutenção e segurança do banco de dados da empresa Dependendo do porte da empresa, ela pode ter vários bancos de dados administrados por diferentes profissionais. O administrador do banco de dados é a autoridade máxima para gerenciar um sistema de banco de dados. Ele possui uma conta privilegiada no SGBD, a qual permite que o administrador tenha direitos que não estão disponíveis para usuários comuns.
  18. 18. Administrador de Banco de DadosAtividades: manter contato com funcionários e executivos da empresa para conhecer suas necessidades; buscar os programas de banco de dados mais adequados às características da empresa; criar procedimentos de testes para garantir o perfeito funcionamento do banco de dados; criar modelos de busca, pesquisa e relatórios, de acordo com as necessidades dos usuários.
  19. 19. Administrador de Banco de DadosAlgumas das principais tarefas: Definir o conteúdo de informações do banco de dados. O DBA deve decidir que informação manter no banco de dados, identificar as entidades de interesse da empresa e a informação a registrar em relação a esta entidade. O DBA também deve definir como os dados serão representados no banco de dados, e definir esta representação escrevendo a definição da estrutura de armazenamento. Servir de elo de ligação com os usuários, garantindo a disponibilidade dos dados que estes necessitam e preparar ou auxiliá-los na preparação dos esquemas externos necessitados.
  20. 20. Aspectos ProfissionaisAdministrador de Dados: Administrar dados significa envolvimento direto com o negócio. O Administrador de dados deve ser um profissional especialista em técnicas de modelagem de dados e conhecedor das principais regras que regem o negócio da empresa. Em outras palavras, uma mistura de Analista de Sistemas (especialista em modelagem) e Analista de Negócio.Responsabilidades: Criação e manutenção de um modelo de dados corporativo; Auditoria dos modelos de dados para eliminação de: falhas de modelagem, de clareza, completude e padronização na dicionarização dos dados; falhas de modelagem em relação ao escopo do sistema;
  21. 21. Próxima AulaAlguns Sistemas de Banco de Dados: relacional, rede e hierárquico

×