Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia

4.519 visualizações

Publicada em

Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.519
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia

  1. 1. Módulo 4 – Cultura do Mosteiro Arte Carolíngia Carlos Jorge Canto Vieira
  2. 2. Império Carolíngio 751 - Pepino, o Breve derrota os ultimos membros da dinastia Merovíngia 754 - O Papa Estevão III ordena Pepino como Rei dos Francos na Abadia de S. Denis, em França 768 - Após a morte de Pepino, o breve, o seu reino é divido pelos seus filhos Carlomano e Carlos 771 - Carlomano morre; Carlos (768-814) passa a ser o único herdeiro
  3. 3. Império Carolíngio 800 - Carlos Magno é coroado Imperador pelo Papa Leão III em Roma . É considerado o herdeiro do Império Romano.
  4. 4. Império Carolíngio
  5. 5. - Unificação dos territórios da França, Alemanha ocidental e da Itália - capital em Aachen (Aix- la-Chapelle) Império Carolíngio
  6. 6. Renascimento Carolíngio Unificação da liturgia e do sistema monetário;  Reforma Educativa  Revitalização do monaquismo beneditino;  nomeação de familiares e amigos para posições-chave no mundo eclesiástico;  Formalização do sistema feudal Império Carolíngio
  7. 7.  Pioneiro nas campanhas militares contra pagão Langobardos, Saxões e Avares; lutou contra os mouros (Espanha), com o conde de Roland da Bretanha (A Canção de Roland);  RENOVATIO ROMANI IMPERII - inscrição no seu selo;  Grande interesse na arte romana. Império Carolíngio
  8. 8. ESCULTURA 8Prof. Carlos Vieira
  9. 9. Arte Carolíngia Estátua Equestre de Carlos Magno, Paris, Museu do Louvre, séc. IX Estátua Equestre de Marco Aurélio, 161-180
  10. 10. • Bronze; • 23 cm de altura; • Grandes dimensões do cavaleiro em relação ao cavalo; • Está coroado com a coroa Imperial, e na sua mão esquerda segura um globo, que representa o seu domínio sobre o mundo. Arte Carolíngia
  11. 11. ARQUITECTURA 11Prof. Carlos Vieira
  12. 12. • Características I – Inspirada na tradição romana e nas influências bizantinas, a arte carolíngia foi humana, realista, figurativa e monumental; – As construções possuíam exteriores maciços, pesados e severos e interiores ricamente decorados com pinturas murais, mosaicos e baixos-relevos. – Algumas igrejas apresentavam uma construção acoplada que abria em tribuna para o interior (local onde o imperador assistia aos ofícios) e, exteriormente, funcionava como um pórtico, ladeado por duas torres. Arte Carolíngia
  13. 13. • Características II – A Capela de Aachen seguiu o modelo simplificado da igreja bizantina de São Vital em Ravena; – O Portão do Mosteiro de Lorsch imita o esquema dos portões das cidades romanas. – O plano para o mosteiro de St. Gall foi projectado utilizando um módulo simples; Arte Carolíngia
  14. 14. • Capela de Aix-la-Chapelle • Odo de Metz, • Semelhante à estrutura de Ravena, mas mais simples; Arte Carolíngia
  15. 15. Arte Carolíngia
  16. 16. Arte Carolíngia • Reutilização de materiais de monumentos de Roma e de Ravena com autorização do Papa; • O núcleo da capela consiste num elemento elevado, de dois andares, de planta octogonal rematado por uma cúpula;
  17. 17. Arte Carolíngia
  18. 18. • A formar e suportar a estrutura do octógono estão oito grandes pilares gémeos (adjacentes) interligados por arcos de volta- perfeita. • O piso superior apresenta, entre cada pilar, uma divisão feita por duas colunas mais finas separadas em dois níveis diferentes de altura pela aplicação de uma banda horizontal de mármore com três arcos. • O piso superior abre-se para o octógono e possui, entre cada pilar, vedações em bronze.
  19. 19. Arte Carolíngia
  20. 20. • Segundo piso da capela, orientado visualmente para o centro aberto do octógono tem-se acesso através das escadas existentes nas duas torres do deambulatório. • Área do soberano, encontra-se o trono de Carlos Magno. • Trono simples (talvez pouco digno de um Imperador). • Estrutura composta por peças de mármore reutilizadas. • Acesso feito por 6 degraus. Arte Carolíngia
  21. 21. • Construído como uma estrutura livre no átrio da igreja monástica. • Difícil datação pois é único. • Semelhante aos arcos de triunfo romanos • Utilização de do esquema de opus reticulatum)
  22. 22. •Planta do Mosteiro de St. Gall, Suiça •Início do Séc IX (814) •Convento Beneditino
  23. 23. ILUMINURA 30Prof. Carlos Vieira
  24. 24. Livro de Kells, Biblioteca do Trinity College em Bublin, ms. 58, séc. VIII/IX Prisão de Cristo Virgem e o Menino Arte Carolíngia
  25. 25. Evangelistas Mateus Arte Carolíngia Livro de Kells, Biblioteca do Trinity College em Bublin, ms. 58, séc. VIII/IX
  26. 26. Evangelistas Marcos Arte Carolíngia Livro de Kells, Biblioteca do Trinity College em Bublin, ms. 58, séc. VIII/IX
  27. 27. Evangelistas Lucas Livro de Kells, Biblioteca do Trinity College em Bublin, ms. 58, séc. VIII/IX Arte Carolíngia
  28. 28. Evangelistas Lucas Livro de Kells, Biblioteca do Trinity College em Bublin, ms. 58, séc. VIII/IX Arte Carolíngia
  29. 29. Arte Carolíngia

×