Mocidade Portuguesa

2.928 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado pelos alunos Andreia Costa, Cláudio Maravilha e Inês Santos do 9º 5ª da Escola Básica 2,3 Roque Gameiro, Amadora, no ano lectivo de 2011/12.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.928
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mocidade Portuguesa

  1. 1. •Escola básica 2,3 Roque Gameiro•Professor: Carlos Vieira•Março 2012•Trabalho realizado por: -Andreia Costa nº4 9º5ª -Cláudio Maravilha nº8 9º5ª -Inês Santos nº9 9º5ª
  2. 2. Neste trabalho vamos falar sobre a mocidade portuguesa quese insere no estudo sobre o Estado Novo. Esta organizaçãonão era exclusiva do Estado Novo português. Encontravam-seorganizações do mesmo tipo quer na Itália de Mussolini, querna Alemanha de Hitler. Mas apesar de algumas semelhançasesta organização criada sob a orientação de Salazar não erauma cópia fiel dessas organizações.
  3. 3. A mocidade portuguesa foi criada a 19 de maio de 1936.Pretendia abranger toda a juventude escolar ou não escolar etinha como finalidade:-estimular o desenvolvimento absoluto dos jovens na suacapacidade física, na formação do carácter e na dedicação àpátria;-promover a valorização da ordem, da disciplina e dos deveresmorais e militares.
  4. 4. Todos os jovens dos sete aos catorze anosdeveriam obrigatoriamente pertencer àmocidade portuguesa. Os membrosencontravam-se divididos em 4 escalões: oslusitos (dos 7 aos 10 anos), os infantes (dos 10aos 14 anos), os vanguardistas (dos 14 aos 17anos) e os cadetes (dos 17 aos 25 anos).O uniforme da Mocidade Portuguesa era composto por umacamisa verde (com distintivo sobre o lado esquerdo), calção oucalça comprida bege e, para completar uns botins pretos.
  5. 5. A 8 de Dezembro de 1937 formou-se aMocidade Portuguesa Feminina. Tinha comoobjetivo: formar uma nova mulher, católica eportuguesa, futura mãe e esposa obediente.Enquanto a Mocidade Portuguesa era dirigidaquase exclusivamente por militares, a direçãodo ramo feminino estava nas mãos de docentesdo ensino secundário ou reitoras do liceuapoiantes do regime.
  6. 6. Todos os sábados, aqueles pertencentes à MocidadePortuguesa, tinham que cumprir certas "obrigações" ou"rituais", tais como: içar a bandeira, cantar o hino daorganização, marchas militares, exercícios físicos e palestraspatriótica.Quando existiam paradas da mocidade na presença dosmembros do governo os jovens desfilavam vestidos com as suasfardas, cantavam o hino e tinham de fazer a saudação ao chefe.
  7. 7. Lá vamos, cantando e rindo Cale-se a voz que, turvada,Levados, levados, sim Já de si mesma se espantaPela voz de som tremendo Cesse dos ventos a insânia,das tubas, clamor sem fim. Ante a clara madrugada.Lá vamos, (que o sonho é lindo!) Em nossas almas nascidaTorres e torres erguendo, E, por nós, oh Lusitânia,Rasgões, clareiras, abrindo! Corpo de Amor, terra santa Pátria! serás celebradaAlva da Luz imortal, E por nós serás erguidaRoxas névoas despedaça Erguida ao alto da Vida.Doira o céu de Portugal!Querer! Querer! E lá vamos!Tronco em flor, estende os …ramosÀ Mocidade que passa.
  8. 8. • O primeiro comissário nacional a dirigir amocidade portuguesa foi Francisco José NobreGuedes (1936-40);• O segundo comissário foi Marcelo Caetano;• Mais tarde, Marcelo Caetano, foi substituído porSoares Franco até à nomeação de Luís PintoCoelho, que ocupou o cargo de 1946 até 1951;• Seguiram-se António Gonçalves Rodrigues eBaltasar Rebelo de Sousa;• Desde 1960, foram comissários nacionais ogeneral Pereira de Castro; Leopoldino de Almeida, otenente-coronel Gomes Bessa, o arquiteto MeloRaposo, o tenente-coronel Fonseca Dores e, porúltimo, Lourenço Antunes, até 1974.
  9. 9. Com este trabalho concluímos que durante o Estado Novo existia poucaliberdade e que, através da Mocidade Portuguesa, o Estado tentavacontrolar os ideais dos jovens portugueses.
  10. 10. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mocidade_Portuguesahttp://www.google.com/search?hl=pt-PT&gs_nf=1&cp=4&gs_id=e&xhr=t&q=mocidade+portuguesa&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_qf.,cf.osb&biw=1440&bih=817&wrapid=tljp133141573516106&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=tspbT6X9Jsff8APL9_DzDghttp://www.infopedia.pt/$mocidade-portuguesa

×