Aula03 - protocolo ldap

1.420 visualizações

Publicada em

Aula03 - protocolo ldap

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula03 - protocolo ldap

  1. 1. Centro Universidade Anhanguera de Campo Grande – Unidade 1 Superint. CENTRO-OESTE Tec. em Redes de Computadores Aula 03 – Protocolo LDAP
  2. 2. Protocolo LDAP • L ightweight D irectory A ccess P rotocol - Protocolo padronizado e largamente suportado, hoje na versão 3 Iniciou seu desenvolvimento na Universidade de Michigan no início dos anos 90, tendo como objetivo: – Prover um acesso leve a diretórios padrão X.500 usando redes TCP/IP. Implementado em vários produtos de diretório. Especificação mantida por grupo de trabalho do IETF (http://en.wikipedia.org/wiki/LDAP) 2
  3. 3. Características • Funcionamento sobre IPV4 e IPV6(LDAPv3) • Leve e robusto; • Suporte a vários backends(BDB, HDB, MDB,SQL,PASSWD); • Suporte a múltiplas instâncias de dados; • “Backup” pode ser realizado pelos servidores slaves; • Suporte a SASL(Autenticação) e a TLS/SSL; 3
  4. 4. Backend que armazena os dados • O protocolo LDAP não determina em qual backend seus dados serão armazenados, com isso, cada implementação pode escolher sua própria base onde serão armazenados seus dados. 4
  5. 5. Schema • Todas as informações armazenadas em um diretório precisam obedecer a um conjunto de definições chamado schema. O schema de um diretório define: • Classes de objetos; • Atributos; • Regras de ordenação e índice para atributos; • Qual o OID(Object Identifier) dos objetos/Atributos; • Herança de classes de objetos. 5
  6. 6. Schemas(Exemplo) 6
  7. 7. Atributos • Semelhantes a campos em tabelas de um banco de dados. • São campos que agregam elementos de dados, como nome, telefone, email, endereço; 7 Tipo de atributo Valor cn Carlos Veiga sn Veiga mail nervosao@nervoso.com telefone (67)1234 -2334
  8. 8. Atributos • temos alguns, tais como: – cn: common name (nome comum); – sn: surname (sobrenome); – telephoneNumber: número de telefone; – objectClass: classe de objeto. 8
  9. 9. Classes de Objetos • São definições que determinam que tipos de atributos podem fazer parte entrada do diretório e que atributos devem obrigatoriamente fazer parte do diretório. – Ex: A objectclass person exige os atributos cn e sn, mas pode ser utilizado o atributo telephoneNumber • Podem ser divididas em: – Estruturais: Representam um objeto do mundo real. – Auxiliares: Agregam informações a uma entrada. • Uma ObjectClass pode herdar atributos de outra classe; – Ex: A objectclass inetorgperson tem como raiz a objectclass person, por isso os atributos cn e sn são obrigatórios 9
  10. 10. Classes de Objetos 10
  11. 11. Modelos LDAP • Funcional: é o protocolo em si e prove meios de acesso aos dados na árvore de diretório. O acesso é implementado por operações de autenticação (bindings), operações de consultas (searchs and reads) e atualizações (updates). • Segurança: prove mecanismos para clientes provarem sua identidade (autenticação) e para o servidor controlar o acesso aos dados de clientes autenticados (autorização). O LDAPv3 prove vários métodos de autenticação incluindo o Simple Authentication and Security Layer (SASL). 11
  12. 12. Modelos LDAP 12
  13. 13. DN – Distintinguished name • São nomes distintos que identificam cada entrada no backend; • Representa o caminho completo desde a raiz do diretório até o elemento que estamos referenciando. • Ex: cn=carlos,ou=pessoas,dc=carlosveiga,dc=com,dc=br • O DN deve ser único em toda a árvore LDAP 13
  14. 14. Atributo DC • O objectClass Domain possui um atributo chamado dc utilizado para mapear domínios como o DNS; – Exemplo: dc=foo,dc=com - referencia o domínio foo.com. 14
  15. 15. Arquivo LDIF • O LDIF é um formato para armazenar de arquivo com o objetivo de armazenar informações que compõem a base LDAP • A sintaxe de um arquivo LDIF é simples, obedecendo as seguintes regras: – Uma linha identificando o DN – Atributos no formato: “atributo: valor” 15
  16. 16. LDIF - Exemplo 16 dn: dc=nervosao,dc=com,dc=br objectClass: domain dc: ime dn: dn: cn=admin,dc=nervosao,dc=com,dc=br objectClass: organizationalRole objectClass: simpleSecurityObject cn: admin description: Administrador do LDAP userPassword: {CRYPT}NHiC2OYs6eym2 dn: ou=Users,dc=nervosao,dc=com,dc=br objectClass: organizationalUnit ou: Users description: Usuários da organização dn: ou=Groups,dc=ime,dc=usp,dc=br objectClass: organizationalUnit ou: Groups description: Grupos do sistema
  17. 17. Comandos 17
  18. 18. Integrações 18
  19. 19. Integrações 19
  20. 20. Referências • Gerald Carter, LDAP System Administration • www.openldap.org 20

×