Atletismo26ª SULTAN MARATHON DES SABLESCARLOS SÁ: UM MAR DE CORAGEMNO CORAÇÃO DO DESERTOV        oltou a desafiar os seus ...
Atletismocom um tempo total de 10:46:24. Ultrapas-           Já cheira a meta nas areias do Sahara e o    a 5ª etapa desta...
Atletismoportuguês), pelo que mantém a 7ª posição,                    seu patrocinador, acabou por ser possívelenquanto Ca...
Atletismojeada nessa etapa para o seu mais directorival foi parcimoniosamente gerida no diaseguinte e, para acabar em bele...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carlos sá

525 visualizações

Publicada em

Entrevista o Pratricante

Publicada em: Esportes, Turismo, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Carlos sá

  1. 1. Atletismo26ª SULTAN MARATHON DES SABLESCARLOS SÁ: UM MAR DE CORAGEMNO CORAÇÃO DO DESERTOV oltou a desafiar os seus próprios o grande objectivo. Daí o andamento pru- o atleta de Barcelos esteve simplesmente limites, decidido a correr a ultra- dente e um lugar que o mantinha longe de brilhante, concluindo num extraordinário 9º -maratona mais dura do Mundo. Nas “olhares indiscretos” e que, ao mesmo tem- lugar com o tempo de 3.25.48. O marroquino areias do deserto do sul de Marro- po, lhe conferia uma margem de progressão Mohamad Ahansal voltou a ser o vencedor,cos, não muito longe das fronteiras com a muito grande. tendo gasto menos 24.13 que o atleta por-Argélia, Carlos Sá arrancou do fundo de si Na chegada a Kourci Dial Zaid, controla- tuguês. Com este resultado, Carlos Sá as-mesmo a força e a coragem que lhe permi- ram 844 participantes, dos 849 que partiram cendeu ao 12º lugar da Geral, com um totaltiram ser o oitavo classificado na 26ª Sultan manhã cedo de Dar Kaoua. Carlos Sá cum- de 7.01.54, enquanto Ahansal liderava comMarathon des Sables e o terceiro melhor priu os 33 km do seu percurso em 3.36.06, o tempo de 5.42.37. Laurence Klein (França)europeu. Etapa a etapa, aqui se faz o relato ocupando o 23º lugar da Geral. Vencedor era agora a primeira atleta no escalão femi-dum feito maior do Atletismo português. das três últimas edições e grande favorito à nino, ocupando a 18ª posição com um regis- vitória final, o marroquino Mohamad Ahan- to total de 7.13.41. Com seis marroquinos e ETAPA 1 sal foi o primeiro a cortar a meta com me- um jordano nos 11 primeiros lugares, Carlos DAR KAOUA / KOURCI DIAL ZAID nos 55.03 que o atleta português. No sector Sá era o 5º melhor europeu e encontrava-se (33 KM) feminino, a primeira foi a espanhola Emma a menos de 13 minutos do top-10. Roca, com 3.31.26 (18º lugar da Geral). Carlos Sá partiu descontraído para a pri- ETAPA 3meira etapa, 33 km a ligarem Dar Kaoua a ETAPA 2 JEBEL EL MRAÏER / OUED RHERISKourci Dial Zaid. Num percurso desgastan- KOURCI DIAL ZAID / JEBEL EL EST (38 KM)te, feito de algumas das maiores e mais es- MRAÏER (38 KM)pectaculares dunas do deserto marroquino, Precisamente 3.59.33 depois de ter par-o ultra-maratonista português sabia que este Ligando Kourci Dial Zaid a Jebel El Mraïer, tido de Jebel El Mraïer, numa ligação de 38era apenas o começo e não queria compro- na distância de 38 km, a segunda etapa km até Oued Rheris Est, Carlos Sá foi o 10ºmeter o futuro logo na primeira etapa. Apos- mostrou um Carlos Sá disposto a recuperar atleta a cortar a linha de meta. Com este re-tar tudo nos 82 quilómetros da quarta etapa algum do tempo perdido e a subir um par de sultado, o português subiu mais um lugar nae nos 42,2 quilómetros da quinta etapa era lugares na classificação. A verdade é que classificação e estava agora no 11º posto Maio 2011 18
  2. 2. Atletismocom um tempo total de 10:46:24. Ultrapas- Já cheira a meta nas areias do Sahara e o a 5ª etapa desta 26ª edição da Maratonasando na classificação o francês Lionel Eve- final da 4ª etapa será de loucos. O jordano das Areias ligou Rich Merzoug a Takkourtno, Carlos Sá encontrava-se agora a menos Al Aqra começou a quebrar, caindo para a N’Takouit, na distância de 42,2 km. Esta erade oito minutos do 10º classificado, o suiço terceira posição. Os dois marroquinos que uma etapa decisiva e aquela onde alguns jo-Konrad Von Allmen. Pelo terceiro dia conse- lideram a 26ª Maratona das Areias desde a gavam muito do pouco que havia ainda paracutivo, o marroquino Mohamad Ahansal foi primeira etapa encetaram entre si uma luta jogar. Até porque a última etapa, uma “fervu-de novo o mais rápido. Vencedor da Marato- fratricida. E se Ahansal, após ter vencido as rinha” de 18 km apenas, levava a que estena das Areias em 1998, 2008, 2009 e 2010, três etapas anteriores, granjeou uma vanta- fosse mesmo o dia do tudo ou nada. Dis-Ahansal seguia na frente com um registo gem superior a cinco minutos à partida para posto a dar o máximo para recuperar o pri-total de 9:12:30, embora tendo atrás de si, Rich Merzoug, a verdade é que El Morabity meiro posto e vencer a Maratona das Areiasa escassos 5:20 de diferença, o seu com- logrou anular a diferença, terminando 24:06 pelo quarto ano consecutivo, Ahansal partepatriota Rachid El Morabity. Nas senhoras, à frente de Ahansal. Carlos Sá acabaria por como uma flecha e cedo alcança um minu-Emma Roca voltou ao primeiro lugar, sendo alcançar o marroquino Mustapha Ait Amar, to e meio de vantagem sobre o jordano Ala 18ª da Geral com um tempo de 11:31:37. 6º da Geral até então, assim seguindo lado Aqra e quase cinco minutos sobre o grupoQuanto aos outros dois portugueses envolvi- a lado até à meta onde chegaram na 7ª po- perseguidor de sete individualidades, ondedos nesta odisseia, Marinho da Silva Teixeira sição ex-aequo com um registo de 8:15:33. se encontra o português Carlos Sá. Dadoestava a fazer uma prova muito regular (foi Mas a 4ª Etapa da 26ª Maratona das Areias curioso e a reter nesta altura: o francês Vier-o 74º classificado nesta etapa e ocupa ac- não terminara ainda. A noite apanhou uma det (5º da Geral) e o suiço Von Allmen (7º),tualmente a 84ª posição da Geral com um boa parte dos concorrentes em pleno deser- registavam um atraso de quatro e cinco mi-tempo de 14:36:30), enquanto Rui Pedras to e a chegada a Rich Merzoug fez-se a con- nutos, respectivamente, em relação ao atletase encontrava um pouco mais para trás na ta-gotas. Rui Pedras cruzou a linha de meta português, com cerca de quinze quilómetrosclassificação, ocupando o 693º posto com com o romper da bela aurora, às 6:53:16, decorridos. Na passagem à meia-maratona,um registo total de 24:17:54. o que dá um tempo na etapa de 21:28:30. Carlos Sá continua a fazer uma prova incrí- Ainda antes da meia-noite - às 23:42:55 - vel, integrando o grupo dos segundos clas- ETAPA 4 tinha chegado Martinho Teixeira da Silva, sificados. Ahansal prossegue na sua caval-OUED RHERIS EST / RICH MERZOUG que gastou 14:28:09 para cumprir os 82 km gada solitária e a diferença para os seus (82 KM) do percurso. Contas feitas, Carlos Sá subiu mais directos perseguidores é de quase oito três lugares na classificação e é agora o 8º minutos. Vierdet e Von Allmen continuam a Foram em número de 833 os atletas que da Geral (3º melhor Europeu) com um total perder tempo para o português.se lançaram à aventura na etapa-rainha da de 19:01:58. Na cabeça da corrida operou-26ª Sultan Marathon des Sables, uma liga- -se uma enorme reviravolta e o marroquino Falta já muito pouco para se completarção entre Oued Rheris Est e Rich Merzoug, Rachid El Morabity comanda agora com um a “etapa-maratona” e Carlos Sá acaba-na distância de 82 km. Destes, cedo treze tempo de 16:12:31 e 18:46 de vantagem so- rá por quebrar ligeiramente na parte final,se posicionaram nos lugares da frente, afir- bre o segundo classificado, o seu compa- deixando-se ultrapassar pelo marroquinomando em definitivo a sua pretensão a um triota Mohamad Ahansal. Nas senhoras, a Ait Amar mas descolando em definitivo delugar de honra na prova. O esloveno Vencelj francesa Laurence Klein voltou ao comando Zanotti. O português acabaria por concluire o italiano Zanotti foram os primeiros a que- (é a 18ª com um total de 20:59:12), tendo num fantástico 5º lugar – o seu melhor par-brar, enquanto o jordano Salameh Al Aqra, atrás de si a espanhola Emma Roca, na 23ª cial nas seis etapas desta 26ª Maratona dasmostrava o porquê de ser o terceiro classi- posição da Geral), a distantes 36:32. Final- Areias – com o tempo de 3:30:43. Ahansalficado da Geral e cotava-se como a grande mente, no que aos restantes portugueses foi o grande vencedor, mas a vantagem derevelação nesta primeira metade da etapa, em prova diz respeito, tiveram sortes dife- 13 minutos exactos sobre El Morabity nãocomandando a prova com cinco minutos de rentes: Marinho da Silva Teixeira caiu 53 lu- foram suficientes para o alcandorar de novovantagem sobre os marroquinos Ahansal gares na classificação e ocupa agora o 137º à liderança. O jordano Al Aqra conserva ae El Morabity. Carlos Sá mantinha um bom posto com um total de 29.04.40, enquanto terceira posição, enquanto o marroquino Sa-desempenho, mas começa a vacilar quando Rui Pedras trepou 54 lugares na classifica- mir Ahkdar, com uma etapa menos conse-perde a companhia de Zanotti e fica sozi- ção e é agora o 639º classificado da Geral guida, caiu para a quinta posição, por trocanho. Sob a inclemência duma temperatura com um registo total de 45:56:25. com o francês Vierdet. Mustapha Ait Atmar,que faz o mercúrio subir nos termómetros a grande sensação na parte final desta 5ªaté aos 53ºC, Carlos Sá passa por momen- ETAPA 5 etapa, não conseguiu melhorar o sexto lugartos terríveis, chega a pensar que está tudo RICH MERZOUG / TAKKOURT na Geral, enquanto o suiço Von Allmen este-acabado. Mas ninguém como ele sabe fazer N’TAKOUIT (42,2 KM) ve muito bem na parte final da corrida, ter-das fraquezas forças e é necessário seguir minando a 1:43 de Carlos Sá (chegou a terem frente. Conhecida como a “Etapa-Maratona”, quase oito minutos de desvantagem para oPublicidade 19 Maio 2011
  3. 3. Atletismoportuguês), pelo que mantém a 7ª posição, seu patrocinador, acabou por ser possívelenquanto Carlos Sá conserva a oitava posi- vê-lo “no seio da Elite mundial”. Carlos Sáção com um registo total de 22:32:42, embo- explica que está aqui “para aprender, parara a distantes 9:35 de Konrad Von Allmen. O se divertir e sobretudo para poder voltar noitaliano Franco Zanotti é o 9º classificado da futuro com uma preparação específica paraGeral e o atraso de 18:01 para o português esta corrida”. Em suma, a sua presençajá não deve constituir motivo de preocupa- aqui é sobretudo uma forma de “perceberção. Nas senhoras, a francesa Laurence o terreno, as temperaturas e as estratégiasKlein continua a liderar, sendo actualmente a ter em conta para a próxima Maratona dasa 20ª classificada com o tempo de 25.05.38. Areias”. Depois de falar um pouco do que éMarinho da Silva Teixeira ascendeu ao 123º o dia-a-dia de Carlos e a forma meticulosalugar enquanto Rui Pedras era nesta altura o como gere a sua actividade profissional e673º classificado da Geral. os seus treinos, o artigo termina com a re- velação de que Carlos Sá teve “na primeira CARLOS SÁ etapa, algumas dificuldades com o calor e NOS “RETRATOS” DO DIA com o peso da sua mochila”. Todavia, hoje Pedras não deixam de ser heróis também, “sente-se em melhor forma” e explica, com eles que têm convivido diariamente com Terminada a 5ª etapa, a comunicação so- um ligeiro sorriso, que “só a partir dos 50 ou situações extremas, da adversidade dascial “repara” finalmente em Carlos Sá. Na 60 quilómetros de prova é que a coisa co- condições climatéricas à precariedade dospágina oficial do evento, a rubrica “Retra- meça a correr bem”. cuidados de higiene.tos”, revela que a descoberta de Carlos Sá Quanto a esta última etapa propriamentese ficou a dever aos seus resultados que o ETAPA 6 dita, Rachid El Morabity fechou com chaveatiraram para os primeiros lugares da classi- TAKKOURT N’TAKOUIT / TAZZARINE de ouro a sua participação na 26ª Maratonaficação. “Discreto e silencioso, passou pra- (17,5 KM) das Areias, juntando a vitória na 6ª e últimaticamente despercebido”, pode ler-se, antes etapa à conquista dum muito esforçado, su-de se relevar o “longo palmarés de corridas, Foram 811 os atletas que partiram para ado, sofrido e merecido triunfo na grandeprincipalmente de montanha e de ultra-dis- a última etapa da 26ª Maratona das Areias, prova do deserto. Mantendo sempre de-tância” de Carlos Sá. O artigo revela ainda ligando Takkourt N’Takouit a Tazzarine, na baixo de olho o seu compatriota Mohamadque a Maratona das Areias “representava distância de 17,5 km. Carlos Sá tem sido um Ahansal, El Morabity apostou tudo na quartaum sonho e um desafio” para o ultra-mara- verdadeiro herói e parte na 8ª posição da etapa, a etapa-rainha desta grande epo-tonista português e que, apenas graças ao Geral. Mas Marinho da Silva Teixeira e Rui peia, e foi recompensado. A diferença gran-Publicidade 17 JULHO 2011 43 km percorridos na Areia Início na Praia de Melides às 9h00 e final em Tróia, com previsão de chegada do 1º atleta a partir das 11h45 INFORMAÇÕES Divisão do Desporto da Câmara Municipal de Grândola * Tel. 269 450 083/4/5 * Fax. 269 441 018 desporto@cm-grandola.pt * eventos.desporto@cm-grandola.pt www.cm-grandola.pt 450 0 EUR OS EM PRE MIO S REM organização INSCRIÇÕES E REGULAMENTO DISPONÍVEIS EM http://ultramaratona-atlantica.blogspot.com Maio 2011 20
  4. 4. Atletismojeada nessa etapa para o seu mais directorival foi parcimoniosamente gerida no diaseguinte e, para acabar em beleza, El Mo-rabity fez questão de ser o primeiro a cortara linha de meta na derradeira etapa. Fê-locom o tempo de 1:20:01, terminando no finalcom um registo total de 20:56:19. Ahansal foisegundo com mais 7:18 enquanto o tercei-ro classificado, o jordano Salameh Al Aqra,gastou mais 45:46 que o vencedor. Primei-ro europeu, o francês Damien Vierdet foi o4º classificado com um tempo de 22:50:56enquanto Carlos Sá, 10º classificado nes-ta última etapa com um registo de 1:29:38,conservou o 8º lugar final com o tempo de24:02.20. Um “bravíssimo” para o atleta por-tuguês, naquele que constitui um feito maiordo atletismo português nesta tão dura quan-to espectacular disciplina das corridas ultra. PONTO FINAL A 26ª Maratona das Areias chegou ao fim,mas este relato terá ainda dois pequenoscapítulos. Um primeiro, inteiramente dedi-cado às mulheres, ou melhor, a uma mulhermuito especial: Laurence Klein. No final clas- paz de percorrer os 42,195 km da Maratona desta Reportagem constitua uma justíssimasificaram-se 97 senhoras, das quais apenas em 2h37 e ainda de cumprir uma “simples” homenagem aos restantes 808 bravos queseis nos cem primeiros lugares da Geral. Ao prova de cem quilómetros em menos de terminaram a prova, sem esquecer aquelesconcluir no 20º lugar, com um tempo total sete horas e meia. Parabéns, pois, para ela! 38 atletas que, bafejados pela má fortuna,de 26:57:24, a francesa Laurence Klein foi Ainda uma curiosidade: Touda Didi, a mar- foram levados a abandonar, adiando assima grande vencedora, deixando a espanhola roquina que venceu as edições de 2008 e para uma próxima oportunidade o prazer deEmma Roca a 48:40, no 23º lugar. Tal como 2009 das Maratona das Areias, não foi desta chegar ao fim. Uma última palavra para re-no sector masculino, também Laurence feita além do 123º lugar, com um tempo final ferir que Marinho da Silva Teixeira teve umaKlein levou de vencida a derradeira etapa, de 35:58:23. Para quando uma portuguesa a prestação altamente meritória, concluindogastando 1:51:45 para cumprir os 17,5 km bater-se nas areias do deserto por um “lugar no 119º lugar da Geral com um tempo totaldo percurso, o que lhe valeu o 98º lugar. ao sol”? de 35:43:27. Embora com um resultado maisTambém aqui a etapa mais longa desta 26ª Já aqui se falou de Rachid El Morabity, modesto, Rui Pedras foi ainda assim um ver-Maratona das Areias foi determinante no to- o brilhante vencedor desta 26ª edição da dadeiro herói, terminando na 668ª posiçãocante ao escalonamento final, já que até ai Maratona das Areias; já aqui se falou do fa- com o tempo de 58:21:33.se vinha a assistir a uma luta taco-a-taco en- buloso 8º lugar de Carlos Sá, naquela quetre Laurence Klein e Emma Roca. Refira-se foi a sua estreia na grande prova das areias Texto: JOAQUIM MARGARIDOque Laurence Klein não é propriamente uma do deserto; e também já aqui se falou da )RQWH KWWSZZZIDFHERRNFRPSURÀOHdesconhecida, sobretudo depois de ter ven- francesa Laurence Klein, ela que regres- php?id=100000553873734cido a edição de 2007 desta Maratona das sou às vitórias na emblemática prova, qua- [Fotos gentilmente cedidas por COVADONGA CUÉ/Areias. Este é, pois, o “bis” duma atleta ca- tro anos depois. Daí que o último capítulo MDS 2011] AGENDA DE PROVAS - MARÇO/ABRIL Maio Junho Julho „ 22 – Ultra Trail Geira Via Nova Romana „ 03 – Caminhos do Tejo – Expo-Fátima „ 03 – Ultra Trail Serra da Freita - Arouca – Gerês „ 05 – Corrida do Oriente – Lisboa „ 09 – 9 km Lagoa de Sto André – Sto. „ 22 – Meia Maratona dos Palácios – Sin- „ 11 – Corrida do Ambiente – Sintra André tra „ 11 – AXTrail – Nocturna – Martim Bran- „ 10 – Trail do Almonda – Torres Novas „ 22 – Meia Maratona do Douro Vinhateiro co „ 17 – Ultrs Maratona Atlântica Melides- – Tabuaço „ 12 – 1º Ultra-Trail e Mini-Trail de Sesim- -Tróia „ 22 – 17km de Porto de Mós – Serra bra - Sesimbra D’Aire „ 18 – Marginal á Noite – Oeiras Quer ver „ 29 – Corrida do Mirante – Ota „ 19 – Festas Cidade Porto – Porto „ 29 – Entre Serra e Mar - Guincho „ 19 – Trail Louco da Reixida - Leiria o seu evento divulgado „ 25 – Corrida das Fogueirinhas – Peni- neste calendário, che remeta informação para o „ 26 – Ultra-Trail e Mini Trail do Tintinolho praticantenoticias@gmail.com - Guarda 21 Maio 2011

×