Geografia da Europa 2015/2016 - Atividades Económicas

452 visualizações

Publicada em

Conjunto de dispositivos utilizados para o acompanhamento pedagógico da Unidade Curricular «Geografia da Europa» integrada no Programa de Estudos 2015/2016 da Dalian University of Foreign Languages com a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
452
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia da Europa 2015/2016 - Atividades Económicas

  1. 1. Geografia da Europa Programa de Estudos 2015/2016 Dalian University of Foreign Languages Carlos Medeiros 2015/2016 FCSH/UNL - DUFL 1
  2. 2. 2 Introdução ao conceito de Europa  Marcos históricos Geografia física  Orografia e hidrografia  Climatologia | Vegetação  Solos Geografia humana  Demografia  Línguas  Etnias e religiões  Atividades económicas  Atividades culturais Geografia política  Os países da Europa União Europeia – a nova aventura da Europa  Objetivos e valores da construção europeia  Os pais fundadores e os marcos históricos  As instituições europeias | As políticas comuns GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  3. 3. 3 Economia (do grego oikonomía, «direção de uma casa», pelo latim oeconomĭa-, «disposição; arranjo»-)  ciência que estuda a produção, distribuição e consumo de bens e serviços, e a repartição de rendimentos  conjunto de atividades desenvolvidas pelo homem para obter os bens e serviços indispensáveis à satisfação das suas necessidades  aproveitamento eficiente de recursos  equilíbrio harmonioso entre as partes e o todo  moderação nas despesas, poupança  antiquado boa administração ou ordem da casa, de estabelecimento, bens particulares ou públicos  [plural] dinheiro acumulado e posto de reserva, pé-de-meia; Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  4. 4. 4 GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  5. 5. 5 ECONOMIA Produto Interno Bruto (PIB)  corresponde ao valor total dos bens e serviços finais produzidos num território económico num dado ano. Esse valor refere-se à produção efetuada no país, independentemente de ser realizada por empresas nacionais ou estrangeiras Produto Nacional Bruto (PNB)  Corresponde à quantidade de bens e serviços produzidos pelos nacionais de um país num dado período de tempo (o cálculo é habitualmente efetuado para os anos civis). Por exemplo, o PNB português de 1997 é o total da produção levada a cabo por cidadãos portugueses, independentemente de ela ter sido efetuada em território português ou não, ao longo desse ano. O critério é, portanto, o da nacionalidade da produção e não o da sua territorialidade. Produto Interno Bruto per capita (PIBpc)  O PIB per capita é o valor médio do Produto Interno Bruto por pessoa. Para determinar esse valor divide-se o PIB pela população de uma determinada economia. Paridades de Poder de Compra  Tendo em conta que a medida dos níveis de vida deve partir, não dos valores monetários diretos dos rendimentos per capita, mas do efetivo poder de compra que resulta da utilização desses rendimentos pelas pessoas, torna-se necessário estabelecer uma ponderação a esse fator por forma a tornar a comparação internacional mais correta.  A técnica de paridade do poder de compra tem como objetivo a possibilidade de avaliar um determinado país ou população através da quantidade de bens e serviços que um cidadão médio a ela pertencente pode adquirir com o rendimento que aufere. GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  6. 6. 6 GEOGRAFIA DA EUROPA Laranja países cujo PIB per capita está abaixo da média mundial Azul países cujo PIB per capita está acima da média mundial FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  7. 7. 7 GEOGRAFIA DA EUROPA Paridade do poder de compra por país FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  8. 8. 8 GEOGRAFIA DA EUROPA Riqueza da UE comparada com o resto do mundo FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  9. 9. 9 GEOGRAFIA DA EUROPA PIB a preços correntes FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  10. 10. PIB per capita na Europa, 2000 2015/2016 FCSH/UNL - DUFL 10
  11. 11. PNB per capita na Europa, 2008
  12. 12. 12 ECONOMIA Comércio internacional – é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios.  O avanço industrial, dos transportes, a globalização e o aparecimento das empresas multinacionais tiveram grande impacto no incremento deste comércio. Balança comercial – A balança comercial de um dado país regista todas as transações de mercadorias entre residentes e não-residentes desse país processadas durante um período de tempo determinado (normalmente, um ano).  O saldo é determinado pela diferença entre o montante das exportações (EXP) e o montante das importações (IMP) de bens verificadas num ano. Se EXP>IMP, existe um superavit comercial. Inversamente, existirá um deficit comercial se EXP<IMP. Balança de pagamentos – A balança de pagamentos é o registo sistemático de todas as transações económicas efetuadas entre os residentes e os não-residentes de um país num determinado ano. O seu saldo exprime o que um país deve ao resto do mundo ou o que este lhe deve.  Os registos na balança de pagamentos são, por convenção, efetuados da seguinte forma: debitam-se todas as transações que deem origem a um pagamento (como, por exemplo, importar bens ou serviços, enviar para o exterior uma transferência sem contrapartida, exportar capitais) e creditam-se todas as que deem origem a um recebimento (como é o caso das operações inversas das anteriores). Exportação – é a saída de produtos ou execução de serviços para/em outro país. Importação – é a entrada de produtos ou execução de serviços provenientes de outro país. GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  13. 13. 13 GEOGRAFIA DA EUROPA A União Europeia,uma grande potência comercial FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  14. 14. 14 SECTORES DE ATIVIDADE ECONÓMICA A economia de cada país pode dividir-se em três sectores (divisão artificial das atividades económicas de cada país – estarão no mesmo sector instituições que produzam bens ou prestem serviços de uma mesma classe ou tipo):  Primário, que compreende as atividades ligadas à natureza, como sejam a agricultura, a silvicultura, as pescas, a pecuária, a caça ou as indústrias extrativas;  Secundário, no qual são englobadas as atividades industriais transformadoras, a construção, a produção de energia;  Terciário (ou dos serviços), que engloba o comércio, o turismo, os transportes e as atividades financeiras. GEOGRAFIA DA EUROPA FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  15. 15. 15 GEOGRAFIA DA EUROPA Sector primário  engloba as atividades económicas que extraem recursos diretamente da natureza sem qualquer transformação:  Agricultura;  Pecuária;  Silvicultura;  Extração mineira;  Apicultura;  Pesca. FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  16. 16. 16 GEOGRAFIA DA EUROPA Sector secundário  engloba as atividades económicas que transformam matéria- prima em produtos acabados ou semi- acabados:  Indústria;  Construção civil;  Obras públicas;  Produção e fornecimento de energia (gás e eletricidade) e água FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  17. 17. 17 GEOGRAFIA DA EUROPA Sector terciário  engloba o comércio e os serviços e inclui atividades que não produzem bens mas prestam serviços:  Saúde;  Educação;  Banca;  Seguros;  Transportes;  Turismo. FCSH/UNL - DUFL2015/2016
  18. 18. 18 GEOGRAFIA DA EUROPA  O sector primário tem um maior peso nos países em desenvolvimento.  O sector secundário tem uma maior importância na Ásia Oriental e nos países desenvolvidos.  O sector terciário é o que tem maior peso em quase todos os países, mas em especial nos desenvolvidos. FCSH/UNL - DUFL2015/2016

×