O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

06-EF-Matemática-2ª-Formação-do-Currículo-Paulista.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
hidraulica-aula-1.ppt
hidraulica-aula-1.ppt
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 29 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

06-EF-Matemática-2ª-Formação-do-Currículo-Paulista.pptx

  1. 1. 2ª Formação do Currículo Paulista O que a área traz na sua essência
  2. 2. Pauta: Etapa Ensino Fundamental - Matemática
  3. 3. • Refletir sobre as Competências Específicas e suas contribuições para a prática em sala de aula; • Compreender que o Letramento Matemático e a Resolução de Problemas são pontos centrais do Currículo Paulista; • Compreender as mudanças no componente de Matemática para o Ensino Fundamental. Objetivos
  4. 4. O Currículo Paulista tem como pressuposto pedagógico a ideia de que todos podem aprender Matemática.
  5. 5. Na Matemática são apresentadas 8 Competências Específicas que devem ser desenvolvidas ao longo da trajetória escolar dos estudantes. 1. Reconhecer que a Matemática é uma ciência humana, fruto das necessidades e preocupações de diferentes culturas, em diferentes momentos históricos, e é uma ciência viva, que contribui para solucionar problemas científicos e tecnológicos e para alicerçar descobertas e construções, inclusive com impactos no mundo do trabalho. Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=TjlCciykRLI Competências Específicas
  6. 6. 2. Desenvolver o raciocínio lógico, o espírito de investigação e a capacidade de produzir argumentos convincentes, recorrendo aos conhecimentos matemáticos para compreender e atuar no mundo. 3. Compreender as relações entre conceitos e procedimentos dos diferentes campos da Matemática (Aritmética, Álgebra, Geometria, Estatística, Probabilidade) e de outras áreas do conhecimento, sentindo segurança quanto à própria capacidade de construir e aplicar conhecimentos matemáticos, desenvolvendo a autoestima e a perseverança na busca de soluções. Competências Específicas
  7. 7. 4. Fazer observações sistemáticas de aspectos quantitativos e qualitativos presentes nas práticas sociais e culturais, de modo a investigar, organizar, representar e comunicar informações relevantes, para interpretá-las e avaliá-las crítica e eticamente, produzindo argumentos convincentes Competências Específicas
  8. 8. https://www.nexojornal.com.br/grafico/2018/03/31/Como-mentir-com-gr%C3%A1ficos-7-detalhes-que-podem-te- enganar.Acesso em 27.11.2019
  9. 9. 5. Utilizar processos e ferramentas matemáticas, inclusive tecnologias digitais disponíveis, para modelar e resolver problemas cotidianos, sociais, de outras áreas do conhecimento, validando estratégias e resultados. 6. Enfrentar situações-problema em múltiplos contextos, incluindo-se situações imaginadas, não diretamente relacionadas com o aspecto prático-utilitário, e expressar suas respostas e sintetizar conclusões, utilizando diferentes registros e linguagens: gráficos, tabelas, esquemas, além de texto escrito na língua materna e outras linguagens para descrever algoritmos, como fluxogramas, e dados. Competências Específicas
  10. 10. 7. Desenvolver e/ou discutir projetos que abordem, sobretudo, questões de urgência social, com base em princípios éticos, democráticos, sustentáveis e solidários, valorizando a diversidade de opiniões de indivíduos e de grupos sociais, sem preconceitos de qualquer natureza. 8. Interagir com seus pares de forma cooperativa, trabalhando coletivamente no planejamento e no desenvolvimento de pesquisas para responder a questionamentos e na busca de soluções para problemas, de modo a identificar aspectos consensuais ou não na discussão de uma determinada questão, respeitando o modo de pensar dos colegas e aprendendo com eles. Competências Específicas
  11. 11. A Matemática está organizada em cinco unidades temáticas, correlacionadas, que orientam a formulação de habilidades a serem desenvolvidas ao longo do Ensino Fundamental. Unidades temáticas Representação Interdependência Ordem Proporcionalidade Aproximação Variação Números Álgebra Geometria Grandezas e Medidas Probabilidade e Estatística Equivalência Ideias fundamentais da Matemática Objetos de conhecimento
  12. 12. Para cada objetivo de aprendizagem, as habilidades são estruturadas da seguinte maneira: Processo Cognitivo (um verbo) Objeto de conhecimento (Conteúdo) Resolver problemas envolvendo cálculos de medidas Modificador de perímetro e áreas
  13. 13. O Ensino Fundamental deve ter compromisso com o desenvolvimento do letramento matemático, definido como as competências e habilidades de raciocinar, representar, comunicar e argumentar matematicamente, de modo a favorecer o estabelecimento de conjecturas, a formulação e a resolução de problemas em uma variedade de contextos, utilizando conceitos, procedimentos, fatos e ferramentas matemáticas. Ensino Fundamental – Matemática
  14. 14. Habilidade Processos cognitivos Representar Dominar a linguagem matemática. Ao fazer diferentes representações, a partir do ato de ler e de interpretar, pode ser um indicador da aprendizagem. Argumentar Ampliar o repertório para defender suas ideias a partir de argumentações coerentes com a situação proposta, estabelecer conjecturas, usar os recursos para criação e, assim, desenvolver a autonomia na sua expressão. Reconhecer Buscar na memória o conceito ou uma situação semelhante que permita que se sinta familiarizado com o objeto de conhecimento em questão. Aplicar Ter o princípio do que é solicitado, buscar na memória, e então aplicá-lo em determinado contexto. Analisar Olhar para a situação, identificar elementos para compreender a situação, e então ter condições para avaliar e produzir sua análise, seja oralmente ou por escrito. Processos cognitivos que são importantes para o desenvolvimento do Letramento Matemático
  15. 15. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 2 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 3 3 6 9 12 15 18 21 24 27 30 4 4 8 12 16 20 24 28 32 36 40 5 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 6 6 12 18 24 30 36 42 48 54 60 7 7 14 21 28 35 42 49 56 63 70 8 8 16 24 32 40 48 56 64 72 80 9 9 18 27 36 45 54 63 72 81 90 10 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 Tábua de Pitágoras
  16. 16. Tábua de Pitágoras 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 2 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 3 3 6 9 12 15 18 21 24 27 30 4 4 8 12 16 20 24 28 32 36 40 5 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 6 6 12 18 24 30 36 42 48 54 60 7 7 14 21 28 35 42 49 56 63 70 8 8 16 24 32 40 48 56 64 72 80 9 9 18 27 36 45 54 63 72 81 90 10 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 Dobro De 2 7 x 8 = ? 7 x 3 = 21 7 x 5 = 35 7 x 8 = 21 + 35 = 56 Propriedade associativa Relações Investigação: Como saber o resultado de 7 x 8, a partir de outros resultados? Explorar as regularidades da quadra. Quadrados perfeitos
  17. 17. Tábua de Pitágoras 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 2 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 3 3 6 9 12 15 18 21 24 27 30 4 4 8 12 16 20 24 28 32 36 40 5 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 6 6 12 18 24 30 36 42 48 54 60 7 7 14 21 28 35 42 49 54 63 70 8 8 16 24 32 40 48 56 64 72 80 9 9 18 27 36 45 54 63 72 81 90 10 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 1 + 1 2 + 2 3 + 3 Dobro de 2 7 x 8 = ? 7 x 3 = 21 7 x 5 = 35 7 x 8 = 21 + 35 = 56 Propriedade associativa Relações Investigação: Como saber o resultado de 7 x 8, a partir de outros resultados? Explorar as regularidades da quadra. Construção do raciocínio Argumentação Comunicar Representar
  18. 18. • A Resolução de problemas como uma macrocompetência, envolvendo o letramento, os processos matemáticos (investigação, modelagem e projetos) e os recursos de comunicação (argumentação, raciocínio e representação). • Foco maior na elaboração de problemas pelos estudantes. Macrocompetência – Resolução de Problemas
  19. 19. Exemplo: Tábua de Pitágoras • Explorar outros padrões para se obter o produto entre dois números de 1 a 10. • A partir da Tábua de Pitágoras, elabore um problema, troque com seu colega e resolva; após esse momento, discuta como ele chegou ao resultado.
  20. 20. A ênfase é no pensamento algébrico, que permite compreender e representar relações de grandezas, equivalências, variação, interdependência e proporcionalidade. Preparar o estudante para perceber regularidades e padrões de sequências numéricas e não numéricas. É de fundamental importância que os estudantes compreendam os procedimentos utilizados, em vez de apenas memorizá-los. Álgebra – Pontos de atenção
  21. 21. • A Álgebra como temática, desde os Anos Iniciais e, nos Anos Finais, com menor ênfase no cálculo algébrico e maior força na ideia de função. Álgebra
  22. 22. 1 3 6 10 Qual é a regra da sequência? Álgebra • A Álgebra como temática, desde os Anos Iniciais e, nos Anos Finais, com menor ênfase no cálculo algébrico e maior força na ideia de função.
  23. 23. 1 3 6 10 A partir da primeira figura, para obter a segunda, adicionamos 2 bolinhas; para obter a terceira, adicionamos 3 bolinhas; e assim sucessivamente, todas não colineares. Qual é o próximo número da sequência? Como você descobriu? 5, 8, 11, 14, 17, ___. Álgebra • A Álgebra como temática, desde os Anos Iniciais e, nos Anos Finais, com menor ênfase no cálculo algébrico e maior força na ideia de função.
  24. 24. 1 3 6 10 A partir da primeira figura, para obter a segunda, adicionamos 2 bolinhas; para obter a terceira, adicionamos 3 bolinhas; e assim sucessivamente, todas não colineares. Qual é o próximo número da sequência? Como você descobriu? 5, 8, 11, 14, 17, ___. Álgebra • A Álgebra como temática, desde os Anos Iniciais e, nos Anos Finais, com menor ênfase no cálculo algébrico e maior força na ideia de função. O próximo número é o 20, pois a gente vai somando 3 ao termo anterior.
  25. 25. • Geometria das transformações trazendo o plano cartesiano e as simetrias desde os Anos Iniciais do Ensino Fundamental. • Probabilidade e Estatística: desenvolver desde os Anos Iniciais. • Pensamento computacional por meio de algoritmos e fluxogramas e as unidades de medida mais usadas na informática. Mudanças na Matemática
  26. 26. A ampliação para tratar desses objetos de conhecimento desde os Anos Iniciais tem como objetivo desenvolver desde os Anos Iniciais um modo de pensar que pode contribuir para o desenvolvimento das competências que serão desenvolvidas ao longo do percurso escolar.
  27. 27. Que os estudantes tenham consolidado as aprendizagens anteriores por meio das práticas, ampliando a autonomia intelectual, a compreensão de normas e os interesses pela vida social. Que os estudantes tenham retomado e ressignificado as aprendizagens dos Anos Iniciais no contexto de diferentes áreas e que tenham ampliado e aprofundado o repertório para resolução de problemas utilizando a Matemática, aplicando os conceitos, procedimentos e resultados. Anos Iniciais Anos Finais Ensino Fundamental Que os estudantes desenvolvam a capacidade de identificar oportunidades de utilização da Matemática para resolver e formular problemas, aplicando conceitos, procedimentos e resultados para obter soluções e interpretá-las segundo os contextos das situações a partir de outras, sendo estimuladas sobretudo ao final do Ensino Fundamental. O que se espera no final da etapa?
  28. 28. Formulário de monitoramento Nome desta Pauta: Etapa Ensino Fundamental - Matemática Caso não consiga usar o QR Code, acesse o link: http://bit.ly/2PLMf8f Sua participação é fundamental!
  29. 29. Agradecemos sua participação!

Notas do Editor

  • Momento de fazer o acolhimento e apresentação pessoal dos formadores (Não mais do que 5 minutos para cada formador).
  • Nesta pauta temos 3 grandes pautas de formação

    BNCC e Currículo Paulista
    Competências e habilidades do Currículo Paulista - Etapa Educação Infantil
    Competências e habilidades do Currículo Paulista - Etapa Ensino Fundamental

×