Semente historico e importância

3.054 visualizações

Publicada em

Considerações gerais, histórico e Importância das sementes compilado em um poucos slides para apresentação de seminário individual.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.054
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semente historico e importância

  1. 1. Universidade Federal do Ceará Graduação em Biologia Ecologia de Populações e Comunidades SEMENTES Carlos Matos
  2. 2. Durante o processo evolutivo, desenvolveram formas de propagação vegetativa e reprodutiva para produzir descendentes. A grande maioria das espécies de plantas cultivadas, exóticas ou nativas apresenta propagação reprodutiva, em que o diásporo é considerado a unidade de dispersão da espécie.
  3. 3. No caso de plantas anuais, a semente é o fim de uma geração e o inicio de uma nova.
  4. 4. HISTÓRICO Calcula-se que há aproximadamente 10 mil anos o homem verificou que a semente, quando plantada em condições adequadas, dá origem a uma planta igual àquela que a formou e que esta multiplicaria dezenas, ou até centenas de vezes a semente original
  5. 5. ELEMENTO MODIFICADOR DA HISTÓRIA DO HOMEM • A principal fonte de alimento era a caça, portanto era impulsionado pelas variações estacionais, levando uma vida nômade. • Em determinada época, o homem estabeleceu uma relação semente-plantasemente; forçando o homem a modificar hábitos. • Como fonte de alimento mais segura, mais à mão e mais fácil, começou a se agrupar em comunidades, crescendo rapidamente; Exigindo: organização social, econômica e política. “A semente é a pedra fundamental da civilização”
  6. 6. SEMENTES X GRÃOS Verificada muito cedo pelo homem em suas atividades relacionadas com a agricultura é que havia uma necessidade de se proceder a uma divisão de trabalho; fazer com que alguns agricultores só produzissem sementes enquanto outros só produzissem grãos.
  7. 7. QUAL O MAIOR PERÍODO SOFRIDO PARA QUE A PRODUÇÃO DE SEMENTES SOFRESSEM PROGRESSO*? Denominada de “Revolução verde”; Não foi „revolução‟ pois eliminou milhões de agricultores e devastou a agricultura familiar; muito menos „verde‟, atendendo a danos ambientais e aos escândalos alimentares, em muitos com casos irreversíveis.
  8. 8. • Declínio da estabilidade da Agricultura Familiar; • Subordinação à Agroindústria; • Distribuição alimentar.
  9. 9. IMPORTÂNCIA DA SEMENTE As sementes podem ser consideradas como a principal forma de propagar as espécies, bem como de propiciar a sobrevivência.
  10. 10. MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DA ESPÉCIE O grande sucesso como órgão de perpetuação e de disseminação das espécies vegetais deve-se, provavelmente, a duas características que, reunidas, as tornam ímpar no Reino Vegetal:
  11. 11. A capacidade de distribuir a germinação no tempo (pelos mecanismos de dormência); e no espaço (pelos mecanismos de dispersão). • Diversidade de mecanismos de dormência: A dormência contribui no melhoramento da conservação e o armazenamento das sementes. • Diversidade de agentes dispersores Variedade de distribuição espacial
  12. 12. • Uma semente qualquer possui três tipos básicos de tecidos: Tecido Meristemático (eixo embrionário) Tecido de Reserva (cotiledonar, endospermático, peristemático ou associação entre ambos) Tecido de proteção mecânica (envoltório da semente)
  13. 13. O TECIDO DE RESERVA CARACTERIZA-SE POR SER ESPECIALMENTE RICO EM TRÊS SUBSTÂNCIAS:
  14. 14. O TECIDO DE RESERVA CARACTERIZA-SE POR SER ESPECIALMENTE RICO EM TRÊS SUBSTÂNCIAS:  Glicídios  Lipídios  Proteínas
  15. 15. COMO MATERIAL DE PESQUISA • Apresenta características que a tornam de incomparável valor: Tamanho e forma; é pequena permitindo armazenar em pequenos recipientes e permitindo realizar inúmeras repetições para determinar uma observação; sua forma facilita a manipulação direta. Desidratação; permite conservá-la em bom estado por muito tempo (sementes ortodoxas, Intermediárias, Recalcitrantes) Não bastassem tais características, é um órgão que, não obstante uma organização morfológica muito simples, apresenta organização fisiológica e bioquímica altamente complexa, permitindo, praticamente, qualquer tipo de estudo da área de Biologia Vegetal.
  16. 16. COMO INIMIGO DO HOMEM • Dormência e dispersão possibilitaram às espécies produtoras de sementes a conquista da Terra, são mecanismos que tornam ao homem tão difícil e tão caro o controle de plantas daninhas e/ou invasoras. • Veículo eficiente de disseminação de pragas e moléstias de uma região a outra, exigindo atenção e cuidados no manuseio, armazenamento e distribuição.
  17. 17. O SUCESSO DO ESTABELECIMENTO DO NOVO INDIVÍDUO NO TEMPO-ESPAÇO E O VIGOR DA NOVA PLÂNTULA SÃO DETERMINADOS GRANDEMENTE POR ÁGUA LUZ OXIGÊNIO REGULADORES DO CRESCIMENTO TEMPERATURA
  18. 18. RECOMENDAÇÃO DE LEITURA: O LADRÃO DE SEMENTES; Um aventureiro ajudou a transformar a economia global, passando o monopólio mundial da borracha para as mãos da Inglaterra. “Wickham teve papel ativo nessa história. Ele foi responsável pelo contrabando de 70 mil sementes de seringueiras, parte das quais seriam plantadas com êxito no Jardim Botânico Real de Londres (Kew Gardens) e depois transferidas, em mudas, para as colônias britânicas no Sudeste asiático”. Louis Carlos Forline Revista de História 03/11/2013 www.revistadehistoria.com.br/secao/artigos-revista/o-ladrao-de-sementes

×