SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
Baixar para ler offline
Voxifera – O Sonho Sem Fim dos Mortais
O direito desse livro é reservado a Carlos Henrique Pereira

             Rua Luiz Ferreira da Silva, 160.

        09732-610 – São Bernardo do Campo, SP.

                Telefone: (11) 6834-8466

          E-mail: henriks_pereira@hotmail.com




                    Impresso no Brasil

      Ilustrações feitas por Carlos Henrique Pereira
Henrique Pereira, Carlos, 2012.



Voxifera – O sonho sem fim dos mortais / Carlos Henrique Pereira;

[Ilustrações feitas por Carlos Henrique Pereira]



    Edição – São Bernardo do Campo: 2012.
Prefácio



        Quem corre atrás de respostas sempre encontra uma resposta para o
que sente. A magia é uma obra linda, confie em Deus porque não só sonhos
que passam por suas mentes, assim deixem que todos os seus sonhos passe
pela sua vida.

        Imagine o que há de mais interessante na vida a não ser ficar
acreditando em nossos sonhos que nem ao menos sabemos se irá dar certo
algum dia, mas o que seria de nós sem nossos sonhos? Realmente eu não sei o
que seria de nós, afinal tudo está em constante mutação.

       Antes de qualquer coisa eu sou um jovem que às vezes tenho uma rara
calma que chega até me estranhar, acredito que o mal pode existir, mas mesmo
assim abro o meu coração para o meu sentimento e a minha mente para os
meus sonhos.

        Assim é o Voxifera, um livro que trata de uma coisa quase psíquica
que lida com um sonho, porque algum dia nós temos que nos defender de tudo
e aconteça o que acontecer, nós teremos que fazer o melhor para nós, o melhor
de nós!
Nesse momento, sempre soube que, no mundo onde nós vivemos, eu
só estou de passagem. Então dedico este livro a mim e ao DEUS PAI TODO
PODEROSO que esteve comigo o tempo todo da minha vida e que me deu
forças para escrevê-lo.




                                                     Nota do autor
Prólogo

         Tudo começou no dia 11 de janeiro de 1999 quando cheguei a minha
humilde casa, entediado e um pouco cansado por causa das preocupações que
a minha vida pode ter em relação ao amanhã. Vivenciando fatos que quase
sempre eu acertava em cheio e tentando explicar pra mim mesmo os fatos sem
receios, para que eu pudesse dormir sem que nenhuma sombra de fora do
padrão do nosso universo tomasse conta de mim. Mas por ser acostumado a
ficar sempre sozinho, chegou o dia que eu não pude me conter e foi onde um
sonho se tornou um pesadelo em minha vida, a partir daí o pesadelo foi
certeiro. Simplesmente uma noite e nada mais...!

        - E que, diante de tantos fatos ruins e bons mantive a minha cabeça
erguida para o que der e o que vir pela frente durante a minha jornada aqui na
terra.




                                                      Carlos Henrique Pereira
Significado do nome do livro



        VOXIFERA – é uma palavra em latim que traduzindo para português
significa INDISPONÍVEL.



        Encontraremos a palavra INDISPONÍVEL no dicionário Aurélio que
significa – De que não pode se dispor.
VOXIFERA – O SONHO SEM FIM DOS MORTAIS



       Compreendo VOXIFERA como uma coisa que às vezes nos aborrece,
causa-nos um mal-estar e nos deixa irritado, por isso significa indisponível.
Usei o subtítulo O SONHO SEM FIM DOS MOTAIS, por que às vezes
quando temos algum sonho que não nos agrada muito, este sonho parece que
nunca vai ter um fim. Pensando assim surgiu o nome do livro.
Resumo
        O livro relata um sonho que um adolescente teve em sua
infância que era um pouco perturbada, fora dos padrões no nosso
mundo real e mostra que na noite muitos choram procurando por perdão
e que em certas circunstâncias ele dirá a você leitor algumas reflexões
para que seja utilizada no seu dia-a-dia. E em partes aparecerão pessoas
dando conselhos para ele mostrando como são difíceis as coisas, mas
ele só pode ouvir nunca consegue interferir no plano onde o seu sonho
está acontecendo. E que às vezes é melhor chorar sorrindo do que
mostrar o quanto você é fraco por dentro. E as assas dos anjos te
guiarão e não abandonará, porque um dia nós temos que entender o que
passa em nossas vidas.
        Contudo não deixe que a sua vida passe sem ao menos deixar
um marca, assim outras pessoas irão olhar para sua foto e lembrará
quem foi você!
FRASES QUE INFLUENCIAM EM MINHA VIDA

               Em algum lugar do universo você faz a diferença.

             Sonhe com a vida, mas não perca a vida por um sonho.

            O passado é o nosso melhor aliado na luta do dia-a-dia.

                    Olhe para o céu sempre que tiver tempo.

                    Fique na chuva sempre que tiver tempo.

                    A verdade só vem com muito sacrifício.

         Acredite em si mesmo. Você é a chave para as portas ocultas.

         Não se esconda ao longe, pois possivelmente ninguém o verá.

Não pense que tudo está acabado, lute até o fim, pois as coisas só vêm com muito
                                   sacrifício.

       Lembre-se! Existe sempre alguém lá fora pronto para te derrubar.

               A vida quem faz é nós mesmos, pensemos nisso...

                 Nunca fique com medo, o medo torna-o fraco.

     Se você nem ao menos tentou, como pode dizer que não irá conseguir.

                        Anjos existem você é um deles.

            Nunca deixe que seja apenas um sonho, batalhe por ele.

                   Nesse universo não somos donos de nada.

                         Até o copo escorre suor frio.

              Enfrente seus desafios com coragem e determinação.

      Nunca pense que morrerá sozinho, existe sempre alguém com você.

                                                          Carlos Henrique Pereira.
O SONHO SEM FIM DOS MOTAIS


      O silêncio absoluto começou quando eu chegara a minha casa depois de
uma noite fria e silenciosa. Nesta noite fria senti o suor escorrer no meu rosto
lentamente, não sei ao certo o que isso queria me dizer, mas acho que algo iria
acontecer em breve ou naquele instante. Eu já não estava muito bem, você
deve saber... Aqueles dias que você não está a fim de nada, dias como estes
que te fazem tanto mal que você é capaz das piores maldades com você
mesmo. Então eu me troquei e me deitei para dormir. Logo que me deitei
simplesmente tudo começou a girar, parecia que eu era fantoche do espaço que
me dominava com facilidade. Naquele instante me sentia muito fraco com frio
e medo. Os calafrios me enlouqueciam! Eu estava muito confuso já com os
sentidos dormentes, me senti que em instantes eu iria pirar. No tempo em que
fiquei deitado se debatendo com pensamentos que nem ao menos eu sabia
explicar e ao longe de tudo me sentia lutando comigo mesmo, vendo tudo o
que há... De errado. O fascinante era que eu estava acordado vendo tudo
passar como um filme de ação diante dos meus olhos que não podiam
esconder o medo. Quando me consegui controlar, comecei a ouvir uma
música, mas que música é essa que eu nem ao menos eu sabia de onde vinha.
Ficava imaginando... Assim resolvi me levantar, mas tinha certeza que na
verdade tudo era ilusão, um desespero que de algum modo deixou-me muito
confuso.

         Naquele quarto o fato mais intrigante da minha vida acabara de
começar. Eu tinha aproximadamente uns onze anos de idade e tive um
pesadelo que teve uma duração de um ano, isso foi o suficiente para que eu
parasse e visse o mundo com outros olhos. Só de pensar em dormir logo ele
vinha para me atormentar, me deixar com medo da minha família e até de mim
mesmo. Assim, que me punha a dormir, o pesadelo vinha e se tornava
incontrolável dominava-me facilmente e eu dizia pra mim mesmo: não posso
pirar meu Deus, me ajuda, por favor, cobre-me com o teu sangue, me ajuda
meu Deus, eu suplico.

       Quando eu fechava meus olhos começava a ver uma bola de fogo
caindo sabre a terra, logo que a bola de fogo chocava-se com o chão sentia-me
mais do que nunca um estrondo de adrenalina que rachava minha cabeça e o
meu cérebro começava a queimar incontrolavelmente vendo pessoas em
chama correndo em direção a mim me dizendo:

        - Me ajuda, por favor, me ajuda...

        E quando chegava perto das pessoas ardendo em chamas eu iria
abraçá-las e de repente sumiam do nada como fantasma. Após tentar abraçá-
las várias vezes e não obter resultados tudo começava de novo, mas com
detalhes cada vez mais misteriosos, e cada vez que as pessoas me suplicavam
por ajuda, eu não podia fazer nada, me sentia um inútil. Nos meus
pensamentos por muito tempo isso ficou. Ficava aqui no meu canto tentando
estar cara a cara com uma coisa que nem ao menos eu sabia explicar. Quem
sabe isso me deixa cada vez mais perto do caminho da razão.

        Aquele sonho estava tudo estranho meio invisível algo inexplicável,
me sentia confuso e sem rumo, me estranhava com pequenas coisas, perdia-me
em busca de ser alguém de verdade. Dentro de mim eu sentia que não iria ver
mais aquele dia que era de se ter, onde crianças brincando em um jardim eram
tudo o que nós desejarmos para a vida toda. Escondia-me ao mais longe para
que ninguém pudesse me ver, pois, nem eu mesmo conseguia me entender e
me achar, mas, acreditava que uma barreira me protegia aonde quer que eu
fosse.

        Pelos caminhos mais escuros eu andei..., Pelas as chamas mais
quentes do mundo eu passei... E eu me perguntava: o que há de errado
comigo? O que há de errado de novo comigo? Não entendo...! Não consigo
explicar tamanha monstruosidade que em planos inferiores e em planos
superiores existiam um mundo paralelo onde esses mundos podiam me causar
tanta dor e medo ao mesmo tempo. Mas o que há de errado comigo? Eu
simplesmente não sabia explicar.

        Se o vento traz tudo de volta eu não sei, se hoje tudo é certo eu não sei
e se sou certo eu também não sei. Acreditado que tudo um dia vai ser certo, só
que o tempo sempre traz um tormento sem fim ou talvez seja controlado e
quem sabe até programado, mas isso não faz a diferença. Nem mesmo receios
vão me abalar, talvez possa ser ouvido transformando sentimentos em dor.
Em meu pesadelo seria o fim do mundo ouvir falar tanto assim do fim.
Temo com o meu tempo de horror e de ficar só. Vejo até almas voando e o
medo que estava criando. Na minha frente um homicídio doloroso, as mentiras
perfeitas, as portas trancadas e o medo de sair, o mundo estava passando e
inimigos só criando.

       Quem sabe em outros tempos eu mesmo reparo em mim e sigo em
frente com certeza que o amanhã é um novo dia.

        Quem sabe em outros tempos eu sonhe com a vida e um caminho para
se seguir uma longa e dura jornada.

        Queria também sonhar coma vida, mas não perder a vida por um
sonho...!

      Sempre soube que em meus pensamentos a vida é uma mentira, mas,
nem sempre era precisa. Sobre um céu de poeira existe uma confusão de
pensamentos que me enlouqueciam. Ao sentir isso dentro do meu coração
sentia a necessidade de quebrar este murro de Berlim que existe dentro de
mim e não deixar que todas as pequenas coisas ficassem em fronteira final,
por que é nas pequenas coisas que descobrimos o valor das grandes coisas.

       A cada dia que passa, já não sei o que faço qual seria o primeiro passo.
Isso me deixa aflito com pensamentos no vazio e as palavras ficam todas
solitárias. Meus sonhos a cada dia que se passava não ficavam mais fáceis de
ser entendidos, pois os tormentos do meu tempo sempre apavoram os meus
dados.

     Não consigo explicar o porquê eu tenho estado tão quieto ultimamente, e
qual serão as próximas idéias. Além disso, eu não devo acreditar tanto em um
dia após o outro. Em um curto espaço de tempo meus olhos percorrem um
longo caminho assombrado e coisas estranhas. Não consigo me perder, porque
sempre existe um caminho a se seguir. Enquanto isso esta noite eu posso
sonhar...

     Durante muito tempo estive sozinho, sozinho demais pra mim. Em
algum lugar... Uma voz doce, suave e terna me dizia:
- Nem tudo o que se vê parecer ser, tome muito cuidado! Nem tudo o que se é
realmente é! Existem pessoas do seu lado que dizem ser algo, mas não são. A
escolha está em suas mãos faça a melhor escolha pra não se arrepender mais
tarde.

     Sabendo que não sou nada, me perguntava:

 - Um tiro no escuro é o que eu não queria pra mim, seria sobre sombras talvez
que vivo do passado ou o meu tempo por algum motivo estava perdoado.

      No meu eu, um fracasso não é mais veloz que a própria vida. Mas há
dias vai ficar longe de se ver que não consigo ver. Quem sabe as coisas do
mundo eu tranquei e os segredos mais sinceros se acabou e eu nem ao menos
notei. Sou tão tolo! Mas que não existe ninguém lá fora isso é verdade só pra
mim aqui no meu cantinho rezando baixinho para que Deus possa me ouvir e
me guiar entre a escuridão e colocar um raio de luz neste mundo de violência
que eu vivencio com os meus olhos assustados todos os dias caem uma
lágrima azul como a cor do oceano.
      O céu conspirava somente à noite e às vezes eu gritava. Por que se eu
vir, verei que é importante e poderei acreditar. Se tudo der certos meus olhos
verão é simplesmente a minha mente em ação, que entre a razão e o coração
sem alguma explicação tudo é em vão. Mesmo quando tudo estiver acabado eu
sei que eu vou estar aqui pra me ver sorrir ou pra me ver chorar e continuar
sempre mesmo sem saber que os sonhos que tenho não devem acabar em vão.
Somente ontem não volta mais, achei que todas as coisas em um corredor
escuro e sombrio, mas algum dia eu preciso ser forte e jamais quero pensar um
dia eu vou estar sozinho. Meu coração estava envenenado, ver o sangue correr
para um jovem não é fácil muito menos compreender. Eu não sou um fraco
como você pensa que eu sou sinto isso porque às vezes parece que a minha
cabeça vai estourar você que era o meu sentimento e que agora se foi hoje eu
ligo as luzes no meu caminho para que dias como estes experimentar a
liberdade é algo que nunca morrerá e de suma importância para qualquer um
que quer ser feliz no meio de tanta desordem.
PARÁGRAFO ÚNICO I



    CICATRIZES TODO MUNDO TEM,

E OS SEUS DEFEITOS TODO MUNDO VÊEM.
Quando dentro de mim eu fecho a porta como tantas vezes eu fiz sem
pensar, não pensava em desperdiçar outro dia guardando essa angústia que me
enforcava por dentro e isso neste momento está me matando lentamente, esse
sonho que eu simplesmente não estou conseguindo explicar. Não quero ficar
assim, só quero que eu mesmo saiba que tudo o que eu tenho não consigo
abandonar, até mesmo os meus pensamentos que voam a mil arrependimentos
já não consigo mais controlá-los.

     Hoje os dias pra mim não tem objetivos e sim motivos e que no seu
decorrer cada qual descobre o seu.

     Em minha memória, os mares se abrirão e uma doce voz dirá:

- Explica e se vê o que se acaba de se perder. Enquanto isso não acontece...
Ficarei olhando para o céu tentando imaginar milhões de estrelas que por sua
vez, acredito que me dirá onde eu estarei amanhã.

     Vou ficar tentando achar sinais que indicam o melhor caminho a se
seguir.

     Quem sabe ler todos os livros do mundo só pra ver se eu acho uma
resposta para poder contar o quando eu sofri.

     As principais lendas do passado que um dia deixaram de ser contadas e
foram esquecidas surgirão no presente para te contar tudo sobre uma linda e
pura natureza, que um dia deixamos morrer por causa da nossa ignorância.

     Vou esperar o sol nascer no topo de uma colina vendo as partículas de
gelos se derreterem lentamente, pois só assim poderei ver a minha alma limpa
e pura, com isso o mundo dos mortais se abrirá pra mim.

    Eu verei todos os verãos que não é mais minha mente brincando de jogar
dados.

    Esperarei a chuva chegar e com ela um arco-íris e tudo isso numa
nebulosa tarde de outono.
Existe tanta coisa fora, fora do meu alcance. Há tantas coisas fora do meu
alcance.

     Espero ficar olhando à noite para poder te contar o quanto é bonito a
constelação e esperar que as simples palavras se tornem realidades em um
imenso universo de temores.

     As forças dos Deuses que levantaram e me protegeram como todas as
cores do mundo, com suas faces cobertas dirão:

- Divino, tu és divino, divino santo dos Deuses!

    Quando as folhas já estiverem caídas, o céu acinzentado e a esperança
perdida, não se reprimam lembre-se: o dia sempre continua sobre a noite. Com
nossas assas nós conseguiremos se mover para longe de todo o mal que nos
cerca. O mundo abrirá seus olhos e o sol te levantará.

    Vivendo entre sombras e os medos, a escuridão cai somente os sonhos se
perpetuarão. E não será mais uma vida escondida. Não podemos deixar que
nossos choros escoados façam barulhos, pois posso ouvir as vozes do silêncio
a nos chamar rapidamente.

     Minhas mãos se tornam pesadas. Sinto as flores caírem como lágrimas de
um triste coração. Girassóis despedaçados, num jardim de ervas daninhas,
trazendo consigo toda a pervacidade dos seres humanos.

    Sempre sabia o que procurar na linha do horizonte. Por mais que nos
meus pensamentos contraditórios e a indecisão que me cercavam por toda à
volta. Estava pedindo soluções.

    Depois de uma imensa trajetória de temores e obscurantismos. Uma voz
surge no fim do túnel. É a primavera que se aproxima trazendo pra mim toda a
esperança e felicidade que eu havia perdido.

...Dias melhores virão. Assim como a calmaria que nos carrega.

    Naquela mesma noite, não conseguia parar de pensar até que horas iria me
afundar em minha cama. As paredes me cercavam. Veja, estou chorando e isso
eu não acha nenhuma graça. O sonho escorre e as lembranças me aniquilam,
fui enterrado como um soldado do Vietnã.

    O inimigo surge no horizonte. Começo a correr por volta das sete. Volto
por volta das nove. Não é fácil quando você não tem nada há perder.

   Já de volta ao meu posto, dei-me de cara com um senhor que me disse:

- Meu filho qual o seu nome?

   Mas eu o advertir com uma voz branda.

- Diga-me quem é o senhor primeiro.

- E ele respondeu:

- Eu sou a vida, meu filho!

   Fiquei assustado! Mostrei a ele que meus olhos nunca poderiam manter a
calma.

   E aquele senhor com um olhar fixo, um olhar que justamente eu não
poderia mudar, disse o seguinte:

- O tempo como o tempo, que corri contra o tempo, que quer tempo pra viver
com um pouco de tempo, sem presa de saber que o tempo é curto pra viver e a
minha vida sem meus sonhos tudo será em vão.

- Mas, os meus olhos nunca puderam manter a calma diante daquele estranho.
Aquele homem era muito misterioso para mim!

     Quando eu lhe perguntei:

- Que dia será que todos os verãos que um sol nasce todo dia, mas que não
demora mais que um dia pra ir-se embora.

- Ele simplesmente me respondeu sorrindo:
- De alguma forma a noite cai! Eu posso ver sonhos! Aprecio você meu filho,
pois algum dia até eu ficará com medo. Vou ouvir seus gritos e ninguém
poderá te ajudar. Este mundo você mesmo pode observar que tudo tem uma
forma certa de ser e essa forma pode ser quebrada, lapidada como muitas
outras coisas, mas não se esqueça que tudo que tem uma forma por mais
preciosa que seja pra você ou para qualquer outra pessoa ela um dia morre
deixando apenas a solidão dentro de nós e o porquê que teve que nos deixar
nessa hora tão difícil de viver, uma ferida que nunca se fecha por mais que os
anos passam ficarão em nossas mentes pelo resto da nossa vida, mas lembre-se
não se deixe cair na solidão e não se torne uma pessoa arrogante e chata
vagando pelo mundo sem saber ao certo o que vai querer.

    De repente ele sussurrou e disse suas últimas palavras:

- A sua força de viver mais um dia que se vem é incrível. Você é mais forte do
que imagina, e nem sabe disso. A cada momento que vêm a cada porta que se
abre, não busque forças do além, busque as respostas para achar a solução do
porque você tem este sonho.

    Após aquele velho senhor ter desaparecido como um fantasma. Comecei a
pensar na brasa fria que toca o meu rosto. Fiquei ali parado sozinho numa
imensa fábrica de sonhos.

    Continuei a seguir meu caminho. Ao longe eu avistei um lobo. Ele estava
assustado parado olhando fixamente pra mim, parecia assustado com alguma
coisa e eu com mais medo ainda fui a sentido a ele não sei como mais eu fui.
Conforme eu andava em sentido a chegar perto dele ele se afastava para mais
longe de mim. Criei mais coragem e corri para alcançá-lo e de repente... Ele
sumiu. Pensei:

- Que estranho!

    No decorrer do caminho o lobo surgiu novamente pra mim e não perdi
tempo corri pra perto dele o mais rápido possível. O lobo ficou parado
assustado me olhando. Eu a chamei dizendo:

- Vem meu amigo não vou lhe fazer nada, prometo! O lodo naquele instante
começou a pular em volta de mim. De alguma forma parecia que ele já me
conhecia de algum lugar, mas só não lembrava direito quem era. A partir daí
deu-se início a uma grande amizade. Sempre que me sentia sozinho meu
amigo aparecia para me fazer companhia. Decidi dar um nome ao meu amigo.
Vou chamá-lo de Arcanjo.

        Caminhando solitário em um deserto escaldante avistei duas tropas
frente a frente prontas para começar a aniquilação. As tropas estavam muitas
bem armadas com arco e flecha, espadas, escudos e montadas em seus
cavalos.

         Entretanto um soldado me deixou surpreso, a angústia estava
estampada em seu rosto diante do horror que iria acontecer. Uma das duas
seria massacrada sem piedade. Uma só sobreviveria. Agora eis o mistério,
qual das duas sobreviveria à sangrenta batalha.

Ao longe um guerreiro gritou:

- Por Deus nosso senhor nos ajude!

A outra tropa respondeu:

- Lutemos até a morte meus guerrilheiros!

     Com suas espadas decapitaram. Com suas flechas perfuraram. O horror
havia começado. Ouvi-os dizendo já quase esgotados:

- Deus nos abandonou! Somos escravos terror e da nossa própria ignorância
ingrata.

Preste a acabar aquele massacre um guerreiro murmurou e disse:

- Luto por honra e que todos escrevam meu nome nesses medíocres livros de
história.

-Pensei: Livros de historias, que isso? Isso é tão... Sem sentimento com o
outro. Matar só para ter nomes escritos em livros!
Vendo aquele massacre, ajoelhei-me pedindo ajuda. Eles estão vindos. O
diabo está perto posso senti-lo. Não me abandone nesse deserto obscuro.
Arcanjo começou a uivar. Eu não entendia o porquê do uivo. Estava com
muito medo, medo do que podia acontecer comigo... Meu sentimento
começou a ficar abalado com tudo aquilo a minha frente.

     Um guerreiro vem em minha direção, com sua espada erguida em cima do
seu cavalo. Sua face estava coberta não conseguia ver nada. Só sei que quando
o vento tocava sua espada ela até assobiava de maneira perturbadora. Fiquei
estático. O guerreiro passou por mim. Agora sim fiquei mais estático e
assustado, o guerreiro passou por mim e não me viu. Vir-me-ei e vi o
guerreiro decapitando outro guerreiro que estava preste a fugir. Ele gritava.
Sua voz era muito branda. Todos os que se opunham a ele de certo não teria
muita sorte.

O guerreiro exclamava dizendo:

- Deus nos abandonou! Que Deus é esse? Por que Deus fez isso com a gente?

     O temor de uma nova era começara tudo naquele instante e ninguém
podia fazer nada para deter aquele indestrutível guerreiro. Seria talvez uma
máquina programada para matar e quando não houver soluções poderá destruí-
lo completamente.

Vendo aquela situação gritei:

- Sou apenas um brinquedo capturando ilusões. Mesmo sem ver uma luz no
céu. Sem ninguém pra me ajudar e dizer que está tudo bem. Mas eu esquecera
que era apenas uma ilusão da minha mente que me pregava peças tão
perfeitas. Entretanto, por ninguém me ouvir me sentia inútil. Era apenas uma
ilusão.

    Uma voz misteriosa nascia do céu e falando que não havia escapatória. Eu
não poderia fazer nada... As estrelas estão caindo. Um eclipse lunar à noite
vem me buscar. Todos vão ouvir... Todos vão ver... Tudo começara agora e a
minha intuição dizia a verdade.
Vou esperar um novo dia chegar. Não desejo ver novamente um confronto
como aquele no deserto.

   Em silêncio permaneci vendo as estrelas caindo. Quando dei por mim vir-
me-ei e comecei a correr o mais rápido que pude. Arcanjo após a batalha virou
um amigo fiel sempre estava comigo para o que der e o que viesse. Ele era a
minha sombra. Não me deixava sozinho em momento algum agora.

Quando estava correndo comecei a dizer a Arcanjo:

- Nem que eu ande na escuridão de um vale as lembranças são tantas que eu
não consigo esquecer... E mesmo quando tudo estiver acabado, não posso
parar de tentar. Quem sabe talvez algum dia um pássaro sejamos pra poder
voar... Livre. E colher um pouco de felicidade. E assim mostrar que Deus
existe.

     Correndo ao máximo que podia, avistei uma luz. Fui em direção à luz e de
repente surgiu um clarão e eu não conseguia enxergar mais nada. Assim que o
clarão acabou vi que fui transportado. Sai do deserto escaldante e apareci em
um vilarejo. Caminhei em uma distância razoável do vilarejo. Ao observar
percebi que o vilarejo era bem simples.

Fiquei uns minutos pensando:

-Será que existe um universo paralelo do outro lado onde eu poderei ficar à-
vontade. Às vezes eu vou... Já não sei onde estou. Buscando soluções do
sonho de um mortal. Há dias que vou... Já não onde estou. Se os dias passam o
sangue pinga para alguns, isso eu não quero pra mim. Em um chão vazio
discutindo o impossível. Até Arcanjo sentiu o desgosto do meu viver. Será que
um dia a morte é linda. Ou a morte à vida.

        Naquele vilarejo pude ver que as pessoas que ali habitavam eram
muito simples, mas eram tão felizes.

     Em uma roda de pessoas me aproximei lentamente e fiquei ali a observar
elas conversarem.
Um jovem que pela aparência parecia ter uns vinte anos de idade,
dizia o seguinte:

- Quando eu chego tarde a casa vocês vêm com uma conversa fiada. Quero
dormir até de manhã, pois é na noite que meu pesadelo vem me buscar. Fale
consigo mesmo quando estiverem sozinhos em casa.

Como seria... Vou esperar pra ver – pensei eu.

Um homem se aproximou da roda e disse:

- Meu filho é um velho de corpo, mas um jovem de alma e um jovem demais
para sofrer por causa de suas aventuras... Disse a uma mulher que pelo visto
parecei a sua mãe!

    Estava ficando tarde demais e o que poderia ser feito para ajudá-los. Meu
sonho tomou tudo de mim.

Uma mulher exclamou gritando e chorando:

- Como você pode ficar longe... Se você pode ficar longe você nunca disse.
Conseguiria? Acho que temos algo pra ver.

O jovem o respondeu:

- O sol entra pela janela todos os dias! Um lindo dia... E vocês não têm nada a
cometer a não ser ficar em suas casas sozinhas.

Eu triste vendo aquela cena comecei a falar:

- Quantos amores existem em sua alma? Sinto-me o mesmo que você meu
jovem. Mas nada dura para sempre aproveite enquanto é tempo. Não deixe
que o tempo mostre-o o quanto é ruim quando descobrimos que nada dura pra
sempre. Indignado com aquela cena e a estupidez daquele jovem, pois tudo o
que eu falasse eles não ouviriam, então resolvi prosseguir meu caminho. Fui à
busca da solução porque se eu ficasse ali parado vendo tanta estupidez com
certeza eu iria pirar de vez.
PARÁGRAFO ÚNICO II

VIVEMOS E APRENDEMOS COM OS ERROS

          DO PASSADO...
Andando calmo e lento em um caminho totalmente desconhecido dei-
me de cara com dois caminhos a se seguir e pensei:

- E agora quais dois caminhos são o correto a se seguir. Analisei os dois
caminhos sem muito cuidado, mas pude ver que:

- O primeiro caminho tinha uma placa que nela estava escrito o seguinte: se
prosseguir neste caminho você encontrará muitas perguntas!

- O segundo caminho tinha uma placa que nela estava escrito o seguinte: se
prosseguir neste caminho você encontrará as respostas de tudo o que procura!

     Naquela indecisão, ali fiquei por um tempo parado inquieto. O vento me
enganava com seu assobio cortante. A angústia me delirava! Arcanjo me
apontou o primeiro caminho, naquela tarde fria fui sem ao menos pensar.
Então, prosseguimos. Subimos e descemos montanhas, ao me deparar com um
pequeno rio parei e fiquei olhando aquela água calma e limpa, de modo que
alguma coisa que sentia falava para eu não prosseguir naquele caminho.
Decidi voltar. Mas voltar pra que? Se já estou aqui por não ir até o fim para
saber o que vai acontecer. De repente senti que meu coração comera a chorar
naquele instante, parecia que ia ficar sem uma saída se eu não voltasse e o
meu coração cada vez mais chorava, chorava por dentro cada vez mais. Com
sentimentos tão estranhos decidi voltar. Ao voltar passou por nós dois
cavaleiros negros muitos rápidos, suas faces estavam inquietos algo os
perturbava. De repente, Arcanjo saiu correndo na minha frente, ele tinha
avistado alguma coisa a sua frente ao chegar perto me deparei com um
cavaleiro estirado ao chão ferido e sangrando muito, lembrei que era um dos
dois cavaleiros que passou por mim minutos antes, logo que fui perguntar
alguma coisa fui surpreendido.

- Perguntas pra que meu jovem? Você já tem perguntas demais, corra atrás das
respostas. Volte e prossiga no segundo caminho, meu jovem: - dizia o
cavaleiro.

        Não entendi mais nada do porque eu conseguia compreender aquele
cavaleiro ali no chão, sendo que com as outras pessoas que encontrei em meu
caminho nem ao menos se quer eu conseguir fazê-las me escutar. Algo de
interessante parece que vai acontecer! Vamos ver até isso vai!
Vendo que o cavaleiro não estava em uma situação muito boa, levantei-o
do chão abracei-o bem firme e disse:

- Você cavaleiro vem comigo.

         O sangue pingava entre as pedras e o chão o sugava sem nenhuma
ocasião. Qual seu nome cavaleiro e o que aconteceu por você estar assim todo
ferido: - eu lhe perguntei.

- Chamo-me Henriks: - disse o cavaleiro.

       Agora me conte o que aconteceu com a vossa pessoa Henriks: - eu lhe
perguntei novamente.

- Em uma batalha onde só os fortes sobrevivem e eu pude ver que Deus existe.
O massacre era tanto... Pedia a Deus pra me salvar e ele ouviu as minhas
preces, escapei ferido, mas com vida, graças a Deus. Vi a chuva varrer o
sangue que ali no chão estava. Pessoas gritando de dores, outras amputadas,
pensei que era o fim, tudo estava acabado pra mim. Em meu cavalo comecei a
galopar pra longe daquela batalha infernal e de repente um cavaleiro em
minha frente surgiu, não me exilei, com a minha espada cravei-a no pescoço
do cavaleiro que nem se quer ao menos eu conhecia e ao mesmo tempo
gritava:

- Deus, por quê? Porque faz isso comigo? Estou ficando todo dissimulado por
causa disso e não quero que vidas morram em minhas mãos.

        Vou te contar com mais detalhes meu jovem, então ouça bem! Quando
eu menos esperava um vulto, fui apanhado pelas costas, mas de alguma forma
alguém me ajudou lá de cima. A distância que o cavaleiro que me apunhalou
pelas costas era muito próximo eu não teria escapatória. Vir-me-ei com a
espada erguida e com os olhos fechados e escutei só o barulho do cavaleiro
cair no chão, abri meus olhos e não estava acreditando no que estava vendo,
alguém lá de cima quer que eu prossiga mesmo a minha missão a aqui na terra
por algum motivo, o qual não sabe. Cavalguei o mais longe que pude, já não
aquentando cai-me do cavalo aqui nas pedras. Aqui sozinho só neste curto
espaço de tempo sentiu medo, medo o meu coração de tudo ao meu redor,
sentia pena dos feridos na batalha. Observava que lentamente eu iria morrer,
meu sangue escorria, as dores são muitas.

       Disse a ele: - Não fale mais nada! Daqui pra frente você irá comigo!

    Votaremos e prosseguiremos pelo segundo caminho nos três: - eu, você e
Arcanjo.

         Com um pouco de dificuldade de locomover sentia muitas dores nas
pernas que ia subindo pela coluna parecia que eu iria congelar, mas quando
avistei o segundo caminho tudo o que eu sentia desapareceu, acho que forças
de outros planos estavam tentando me matar. No segundo caminho avistei
uma casinha pequena. Ali é onde ficaremos esta noite. Chegando a casa
encontramos dois homens, uma mulher e duas crianças que a me ver
carregando o cavaleiro sangrando, logo pediram pra nós entrarmos. Cuidaram
do cavaleiro como se fosse seu filho e me aliviara dizendo que o cavaleiro
ficaria bem não correria mais nenhum perigo de vida.

     Hoje eu sei que nada, simplesmente nada é irreal e que nada dura pra
sempre: – disse Alice uma bela camponesa de olhos que transmitiam tanta
segurança para quem ficasse do lado dela. Mas chega um momento em que
seus olhos não podem ver mais, mas eu vejo um olhar reprimido. Em certas
circunstâncias não devemos esconder nossos sentimentos: - eu respondi a
Alice.

    Uma voz repentinamente disse:

- Não é fácil quando seus amigos desprezam aquilo no qual você se tornou,
mas esquecem que estão tão alto que não podem voltar mais.

-Nossa que isso! De onde vem essa voz? Eu disse.

-Me chama Luiz.

       Aproveitei o momento e as palavras sábias de Luiz e perguntei:
Diz-me se tudo sempre parece ser o mesmo, pois me vejo sempre só: - eu
exclamei, já com lágrimas caindo dos olhos que já não tinham mais uma
direção a seguir!

     Um homem que estava sentado a minha frente, aparentava uma boa
aparência, ele murmurou e disse:

- Me chamo Clever – e você é do tipo que sempre esperei por toda minha vida.
Nem tente dizer que se sente em uma solidão profunda e sem caminho para
voltar. Não há ninguém melhor que você. A sua intenção é mostrar o que há
de bom dentro da sua alma.

Quando eu lhe disse:

- Há tantas angústias virando o mundo e quando é à hora certa pra se admitir
que a nuvem negra um dia vá passar.

     O senhor Clever fechou seus olhos e com as mãos juntas começou a rezar
pedindo a Deus que me abençoe, pois um jovem tão novo crescerá e
enfrentará um desafio onde sofrerá muito, mas como recompensa terá paz que
sempre precisa pra viver.

      Em algum lugar eu já ouvi isso antes, não há nada que eu possa fazer.
Encontrar um caminho não é fácil. Do chão pra dentro do seu coração pra
sempre: - disse o senhor Clever em suas últimas palavras antes de se levantar e
ir-se embora.

Não me contentando com aquelas explicações levantei-me e disse:

- Os novos dias por muito tempo até agora existiam segredos em minha mente.
Os tempos mudaram tente me entender, os dias vêm e vão que mais parecem
umas prisões, mas o que eu faço pra não ficar assim? Um novo dia pra se
esconder sabe que nunca serei igual a eles.

E agora o que isso importa? – respondeu senhor Clever.
Não posso deixar de pensar por que muitas vezes eu devia ter visto...
Lembranças de um passado mal acabado: - eu lhe disse, mas já era tarde
demais ele já fora embora.

        Olhei para o céu e já chorando comecei a gritar com todas as minhas
forças pra ver se alguém me entendia:

- Sabendo que nada sou não quero ser como eles, mas tenho que fingir. E nem
quero ouvi-los, tanto faz o que eles fazem. As promessas serão esquecidas da
mesma forma. Por quanto tempo o silêncio irá tomar conta de mim. Tinha
meus planos, meu engano o copo de vidro sempre suava frio com o meu vazio.
Está sendo guardado o que foi passado e quando os dias forem sós os dias
ninguém se conter com o que pode acontecer.

    Inconformado, retornei a falar as mesmas palavras que Alice disse quando
cheguei a sua casa, mas só que com palavras mais profundas:

- Hoje eu sei que nada, simplesmente nada é irreal, mas de alguma forma a
realidade machuca como o irreal e que nunca fomos velhos amigos irreais.
Realidade que é essa, onde outros tempos eu vivia. Já presenciei muitos
olhares onde me verão passar e acredito que muitos olhares me esperam voltar
um dia.

Luiz um homem sábio disse:

- Não se afunde nas sombras, ela sugam tudo o que a de bom e te deixa em um
mar sem fim, assim os abutres voarão por cima da carne crua e podre que a
cada minuto que passa fede mais. Existem alguns que pensam, pensam que
estão muito altos.

       Devo admitir algumas vezes pessoas quebram o silêncio que um dia
um sonho deixou: - disse eu.

        As mentiras eles dizem e me deixam em um mundo vazio. Amamos
em vão de modo racista e superficial. Os enganados e os esquisitos são os que
temos que engolir. Odiar o dia de hoje é comum para algumas pessoas que por
pensar que não existe uma boa causa para viver o amanhã. Somos todos uns
grandes astros no final... Não pense em jogar dados só pra ver qual o melhor
caminho a percorrer. O diabo adora quando joguemos dados e fiquemos pra
baixo. Afinal, os dados são esquisitos e dão modelo de boa aparência. Por
todos terem seus defeitos, pensam alguns em odiar o dia de hoje e pensam que
estão no direito de julgar qualquer pessoa. Existem alguns que são muitos,
muitos legais. Lembre-se a aparência engana e não seja um enganado: - disse
Luiz.

Após ter ouvido o conselho de Luiz disse eu: - Deus existe neste mundo?

- Deus existe e está dentro de você: - Luiz disse com um imenso sorriso no
rosto.

Então saindo daqui seguirei caminho rumo ao meu destino: – disse eu.
PARÁGRAFO ÚNICO III



 SONHOS EXISTEM...

 ACREDITE NELES...
Caminhando em terras firmes e árvores ao meu redor eu em silêncio
permanecia, ficava olhando quanta beleza em volta de mim, só ouvia o som
das folhas caindo, o som das folhas se balançando e pássaros cantando. Por
alguns instantes fiquei tão surpreso com aqueles detalhes encantadores que até
me esquecia do porque motivo, razão e circunstância eu estava ali. Afinal de
contas tudo era muito novo pra mim.

        Deslumbrado, com tudo comecei a cantar baixinho só pra mim tinha
uma impressão que vozes me acompanhavam quando estava cantando e
quando eu parava continuava bem baixinho. Por dez minutos parei e fechei
meus olhos naquela imensa beleza tentando entrar em transe buscando o meu
subconsciente para de alguma forma encontrar meu mensageiro e lhe
perguntar pra onde eu devo seguir. Em imensa beleza não existia caminho a se
seguir. Depois de algum tempo consegui invocar meu mensageiro perguntei –
qual é o caminho a seguir? Pois aqui não existem caminhos!

        Não sei você é quem faz seu próprio caminho. Vou te dar um conselho
– siga em frente em busca de um novo amanhã e não se esqueça do hoje em
que vive: - disse meu mensageiro.

       Então eu o agradeci e deixei que ele fosse embora.

         Encantando comecei a brincar com o meu subconsciente que me
fascinava, era tudo novo nunca havia feito nada daquilo antes, as chamas
estavam quentes e estavam caindo do céu, me controlei o máximo que pude e
não conseguia acreditar que a conseguia controlá-las tão facilmente só com o
poder da minha mente era fascinante demais! Eu podia decidir aonde iriam
cair se iriam cair me sentia um dos deuses gregos. Mas havia algo estranho
que eu não entendia – sendo que eu nunca tinha feito tal ritual de invocação
como eu poderia fazer aquilo de forma tão simples e bela, será que é a minha
mente novamente pregando as peças mais perfeitas em minhas próprias
ilusões – era uma coisa de louco, louco mesmo tudo aquilo.

        Voltando em meu estado normal marquei uma reta e fui nela e que
seja o que Deus quiser, vamos lá... Quando de repente as mesmas vozes que
me acompanhavam em minhas músicas voltaram a se manifestar, resolvi
seguir de onde vinha àquelas vozes e fui me deparar com uma caverna muito
diferente daquelas que eu imagino em meus sonhos e era de dentro da caverna
aonde vinha àquelas vozes que quando cheguei diante dela parou de cantar
baixinho e começou a dizer com uma voz tão terna – entre, entre as respostas
que você procura aqui encontrarás. Não entendendo bem aquelas vozes e
muito menos entendendo a mim mesmo pensei: - vou entrar por que se me
trouxe até aqui tem alguma lá dentro que eu preciso saber, mas se eu de
alguma forma descobri que tudo é real simplesmente ficarei sabendo de uma
forma bem informal e muito irreal.

        Entrando na caverna me deparei com vários morcegos eles pareciam
radares sem direção voando em volta de mim. É ilusão ou não? Ter medo ou
não? Eu simplesmente vim até aqui só pra fazer justiça. Quando mais eu
entrava as vozes que ouvia parecia um grupo de música clássica que se
tornava cada vez mais fraca. Ouvindo aquelas músicas lembrei-me que às
vezes eu poderia estar errado em... Relação a minha ilusão – se o guerreiro na
batalha no deserto não pode me ver, o cavaleiro que eu socorri pode me ver e
as pessoas que habitavam a casa onde nos abrigamos também puderam me ver
– é estranho mais a cada vez que eu me aprofundo em busca das respostas
certas e soluções necessárias tudo se torna mais complicado, agora me
pergunto será sonho ou ilusão, que chato, ou será outra vez a minha mente que
está pregando peças em mim.

        Preocupado agora sim fiquei mais ainda, será que as pessoas podiam
me ver realmente ou não poderiam me ver, mas isso agora pra mim não
importa vou começar a ficar mais atento com os fatos que virão a acontecer ao
meu redor e a todas as coisas que me rodeiam.
        Chegou um determinado tempo que reparei que estava faltando
alguém era o Arcanjo, eu ficara tão encantado que nem me dei conta, mas
mesmo assim gritei: Arcanjo cadê você. Olhava para os lados escuros e cadê
Arcanjo, ele sumiu mesmo! Em acontecidos passados lembrei que Arcanjo só
aparecia quando me sentia sozinho, ele sabia que naquele lugar onde eu iria
passar de alguma forma não estaria sozinho por algum motivo.
        Voltei a concentrar nas vozes que me chamavam que a cada vez se
tornava fracas, calmas e inseguras que me diziam cantando:

Seu coração cubo de gelo...
Que por você mesmo vive e aprende com os erros do passado.
Seu coração cubo de gelo...
Que com os fatos não deixam seus sonhos tocarem o chão.
I can’t stand to fly
Put me in the knees
I can’t raise to cry
I’m out of my way

Lies counted will not heal…
So I never see ...

I want a day to fly
I want a day to cry
The clouds float in a void.
I’m looking for a reason.


I broke my heart ...
I need ...
I can’t stand to fly ...
I need it, I desire inside of me.

I would like to be good?
Forever in my mind…
Forever or never ...
I am only a man!
What I want to be good?

Seu coração cubo de gelo...
Que por você mesmo vive e aprende com os erros do passado.
Seu coração cubo de gelo...


         Vi almas passando por mim que estranho não conseguia entender
nada, absolutamente nada do que estava acontecendo era tudo tão diferente do
que eu estava acostumado a viver no mundo real. Velas se acendem nas
laterais da caverna, sou escravo do meu próprio destino e não conseguia
acreditar. As chamas às vezes formavam círculos de fogo, na fumaça
apareciam sinais estranhos que me indicavam a direção. O silêncio tomava
conta e andando seguindo a fumaça cheguei diante de uma porta. Perto da
porta havia cinzas ao seu redor, que pelo menos dava pra ver naquele imenso
corredor. Nunca imaginava o fim em vista, por que de qualquer maneira não
queria ficar perdido. Acreditava que em dias claros e noites escuras eu
encontrarei as minhas respostas. De repente a porta se abriu um clarão enorme
surgiu diante dos meus olhos e aos poucos minha visão conseguia ver o que
estava acontecendo diante daquela porta. Só poderia ser sonho eu estava em
terras proibidas ou em terras que jamais foram penetradas por alguém. Não é
fácil quando a indecisão toma conta da sua mente e te impede de agir de
determinada atitude.
         Em volta de imensa grandiosidade talvez possa até aparecer um mago
ou um místico com muitos e muitos segredos a me contar e assim ficarem
horas e horas tentando entender por que eu pressentia que as estrelas iriam se
alinhar e que iriam me mostrar algumas respostas e indicar qual o caminho
certo.
         Seria desnecessário eu pensar que os dias passarão sendo que a noite
chegava e ia embora o dia chegava e ia embora, mas não acreditava que
existiam dias após dias.
         Tantos caminhos de promessas poderiam surgir se ao menos a verdade
fosse certa e não incerta. Acho que sou cego... Se ao menos eu pudesse ver...
Seguir em frente sem a ajuda de alguém, mas mesmo assim devo admitir eu
tenho que seguir em frente... Seguir em frente... Em frente...
         Um velho isso sim que me sentia! Isso está me sufocando quero sair!
Meus sonhos estão loucos! Estou me sufocando, tudo está estranho sinto-me
que algo em mim está se perdendo! O que será que estão me roubando? Está
ficando tudo frio em volta de mim e minha boca está amarga com o que não
sei. Alguém ouça os meus lamentos e me ajuda, por favor, não me deixa aqui
sozinho – responda-me agora!

        - A chama sagrada dos deuses que o saúdam e que seja queimada
novamente em vosso sacrifício. Que o circulo mágico te cerque por todos os
lados. Ordeno que apareçam agora visões de um novo mundo que será
somente visto no futuro e ajudará este jovem guerreiro em sua busca sem fim
– disse um velho sentado em cima de uma pedra com as pernas cruzadas.
Assustado com as palavras dita por aquele velho que mais parecia com uma
alma sentada em cima da pedra.

       Ele disse bem baixinho:

- Venha até cá e deixe seu corpo leve para que sua alma na medida em que a
chama se queime a mística razão das respostas se apareçam pra você.
As chamas passavam pelo meu corpo os mistérios começavam a
aparecer pra mim na medida em que o ritual se prolongava e as chamas se
queimavam.
         - Novamente nossas vidas e caminhos se cruzam, tente entender se for
capaz! – uma voz misteriosa saia das chamas, não estava conseguindo
entender. Tente entender o fracasso não é sinônimo de desistir do seu objetivo
o que está esperando? Corra atrás agora!
         O mistério estava sobre mim o tempo todo por isso não conseguia
entender. Em meus pensamentos o chamado dia de glória traz o vento dos dias
infinitos que pra mim virão tudo isso graças aos ancestrais.
         Então virá um novo tempo pra que eu posso entender, pois consegui
entender a mim mesmo. Tudo só passava de um sonho que abençoado pela
chuva que cai bem lentamente sobre minha cabaça. Caminhando agora estou
em busca dos caminhos perdidos que me deixam muito confuso com tudo.
         Mantendo meus olhos bem atentos não deixarei que os maus espíritos
se acordem, pois se isso acontecer os dias se tornou noites e ninguém,
ninguém mesmo poderá fazer nada para controlar tamanho horror.
PARÁGRAFO ÚNICO IV

A VIDA NÃO É FÁCIL E NEM PENSE QUE SERÁ

         COMO VOCÊ DESEJA...
O DESABAFO DE UMA MENTE PERTURBADA
        Algumas pessoas nunca pensaram em ser livre algum dia? Voar para
que todos possam vê-los? Segure minha mão e sinta quem eu sou... E sentirá
que ninguém estará sozinho... Ninguém sabe o que é perder uma família,
crescer sozinho neste mundo tão arrogante onde encontrar alguém de verdade
é tão difícil sendo quase impossível. A solidão é o que eu nunca quis para a
minha vida, mas não restou alternativa para que eu pudesse viver, passei a
invejar os outros, ter ódio, raiva e até querer matar meus melhores amigos
tudo isso só para ser forte e não ter medo de ninguém. As memórias ficaram
para trás, as lembranças que eu tive ficou no passado por isso a solidão me
pegou tão fácil deste jeito. Nunca precisei de nenhum amigo para conversar e
dizer o que eu sinto aqui dentro do meu coração, mas amigos o que isso
realmente significa? E o que nós sentimos quando temos um amigo de
verdade? Você sabe?! Pensar que algum dia nós podemos continuar juntos
para que não haja mais solidão. Sim, verdade que não podemos acreditar!
Velhas e amargas lembranças de quando era criança, for considerando um
gênio não é fácil porque se errar será considerado um fracassado. Algum dia
em sua vida já sentiu em um mundo distante tão longe que às vezes não
consegue mais voltar? O que é isso me pergunta?! Não sei bem ao certo, mas
sinto que todos a minha volta estão cada vez mais distantes de mim. Queria
poder escolher outros caminhos, mas só me resta à vingança em minhas mãos
queimando feito combustível pronta para explodir já ouviu conselhos que com
a vingança não se chega a lugar algum. Talvez após a vingança, só sobrará
para eu solidão eterna! Você me diz que o mal pode existir na minha vida!
Mas não se preocupe sempre tive o que sentir... Nunca ouve ninguém pra me
escutar mesmo neste mundo arrogante e chato.
Eu não sei, mas não sei por que canto essa música se o meu coração congelado
agora está e o meu sonho ficando mais claro.

Às vezes eu vou até o horizonte para encontrar um milagre!
Chegando lá, talvez, eu vá ficar perto da divisão do mundo!
Templários em execução no rastro de sangue...
Passos no silêncio frio da noite à procura de fronteiras!
A bandeira é levantada em um mundo de fantasia em massa!
As guerras nos bombardeiam com seus raios de escuridão!

Para uma vida inteira os dias passam diante dos meus olhos!
Em uma casa simples, uma esperança parecia ser a única coisa!
Estou por um momento vivendo um mundo de milagres!

Entre os meus jardins verdes...
Eu ando com os meus amigos.
Tentando deixar tudo para trás.
Então eu vou me sentir mais seguro.
Quando eu fechei os olhos comecei a ver uma bola de fogo!
O vento traz tudo de volta eu não sei.
Eu posso ouvir os sentimentos transformando em dor.
Temo que com o medo do meu tempo de ficar sozinho.

Uma história de admiração.
Meus olhos brilhantes viram o inferno.
E não quero ver de novo.
Para sempre e sempre e sempre.

        Um sonho, minha esperança não tenho certeza se algum dia
pode se fechar e não mais abrir pra mim, mas com certeza me escute
nesta tarde e não espere até amanhã para que assim não seja tarde
demais para te contar o quanto eu sofro aqui dentro do meu coração.
Existem cicatrizes dentro de cada um e cada um carrega dentro si a
esperança de um novo dia que seja bom e que sintonizam o seu coração
e que a noite escura seja trocada pela luz do sol, em minhas mãos o meu
amor nunca me deixou, por que sempre levei os meus joelhos aos chãos
pedindo por perdão.
        As lágrimas que às vezes nascem no amanhecer de um triste
coração podem ser mais forte do que muitos arrogantes que deixam o
amor entrar na sua vida para meros prazeres numa noite fria e escura
esses tipos de coisas eu não consigo entender, não consigo entender.
        Se por acaso eu quiser contar os meus segredos para você não se
assuste, porque é só uma nova esperança indo a sua direção. Ainda que
tudo pra mim não se torne verdade lembrar-me-ei da chuva caindo em
meus olhos assustados, tudo isso pode ser real se você quiser então...
        Andando agora estou em baixo das nuvens negras, não sei por
que eu faço isso às vezes, mas, queimando está a minha cabeça e tenho
certeza que isso é real, sou um jovem que não mente!

O AMOR



       Em meu sonho minha memória é uma das coisas mais estranha que
acontece comigo.
        Meu coração está partido ou me sinto estúpido novamente, não estou
com medo de fantasmas, estou com medo da vida daqui em diante. Minha vida
agora eu sei... Eu ficarei comigo mesmo. Eu fecho meus olhos e estaria lá todo
o meu céu azul novamente só pra mim, deve ser por que eu quero ou desejo
um espaço e tenho como intenção trazer o que há de bom. O amor!
        Ah! Querida dos meus sonhos mostre-me meus sonhos mais secretos e
sinceros e só assim teremos um pouco de tempo para uma longa e difícil
jornada rumo às estrelas. Sentado sob uma pedra eu sinto a brisa dos dias que
viram a passar por mim e somente os sonhos podem mudar o meu destino.
        Em um leve deslize aqui vou viajando. Sou apenas um passageiro de
uma imensa ilusão em busca de algo que posso sonhar. Quando encontrar o
mundo lá fora eu poderei tocá-lo, pois o mundo lá fora é diferente daqui.
        Eu penso em muitas coisas, tento conseguir ganhar tudo, mas as
palavras sempre ficam soltas no ar. São tantas paisagens, assuntos a que será
me inspiram? São tantas idéias que tento passar, chega até me perder. Em
minha cabeça melodias se juntam e formam o sonho de um dia eu encontrar as
soluções para o que sinto de verdade.
        Imaginação rolando no ar o meu pensamento está procurando o que eu
tenho que encontrar... Passo horas e horas só pensando em profundezas de um
sonho.
        Depois de tanto tempo você achou que eu iria ficar remoendo
lembranças do passado que por mais que sejam boas. Os tempos mudaram por
aqui consegue me entender? Não pretendo ficar perdendo meu tempo com
lembranças do passado, o passado eu esqueci, pois agora não tem nada para
mim.
Não fique se lamentado... A muitas outras coisas que ainda podem ser
feitas, agarre seu sonho.
         Penso hoje em tentar novamente traçar mais um caminho e de novo
não me importar com as mudanças, pois sei que são necessárias. Em busca de
sonhos reais. Em busca de um novo... Mundos estão tentando me inspirar. Já
cansei de escrever em uma folha de rascunho estas palavras que do meu
pensamento voam agora. Melodias de uma banda de música são entoadas em
mim. Surgem a cada momento... A esperança... Uma solidão que minhas mãos
não conseguem esconder. Palavras mandam em meu pensamento, coração e a
voz respondem meus sentimentos.
         Voltarei em um rio, vou escrever meu nome em um oceano de
lágrimas onde sua inveja aquece numa raiva de desejo. Como uma ferida em
mim que não se quer calar.

        Eu tenho lutado por toda a eternidade e notei que o meu destino eu
estava ganhando raiva e medo quando fechava meus olhos.
        Olá silêncio! Conseguiu finalmente me pegar. É fácil agora... Só ouço
o som das folhas descansando sobre o suave gramado como se fosse poesia.
Dona raposa me contou que o beija-flor ficou sem graça por que o lírio disse
algo que ele jamais perguntou. Viro a vida, mas de qualquer jeito vem uma
nova página em minha vida pra ser vivida novamente. Com base em nossos
erros, não quero reviver tudo de novo, já estou cansado de ficar sozinho.
Nossos erros fazem com que a gente não fique juntos, com isso o orgulho nos
cegou por toda a eternidade e não pretendo cometer o mesmo erro novamente.
Em sinceridade vim aqui pra te dizer que eu estou de boa e que tudo é sempre
pra valer, de forma alguma não quero ver rosas e flores voando por aí, mas
meu rosto continua sempre fechado para blindar a sombra do teu olhar, pois só
assim quero ser feliz.
        Os caminhos se desviarão dos planos e o que era esperado se tornou
inesperado mais uma vez, agora é à hora de esquecer o passado e seguir em
frente e não deixar que a vida se torne uma ilusão ou uma coisa chata sem
sentido pra ser vivida.
        Não podemos deixar que o meu amor pelo o meu sonho fique vazio só
na esperança de uma grande reconciliação comigo mesmo, porque a vida está
passando cada vez mais e sinto-me perdido, um coração que já quase não
agüenta mais lutar, lutar outro dia em busca de palavras certas para essa
solidão que me atravessa tão rápido e distante. Eu não acho que a escuridão
vai me segurar por algum tempo no vazio de um mundo desigual.
-Essa sua mão calmamente trazendo a paz para mim... Meu sonho...
-Essa sua mão calmamente trazendo uma nova esperança... Meu sonho...
-Leve-me para obter algumas respostas sobre o céu ou sobre como andar sobre
as águas claras de um oceano e só assim eu sei que eu carregarei a vida
comigo por toda a eternidade.
PARÁGRAFO ÚNICO V

   A VIDA É UMA MENTIRA,

MAS NEM SEMPRE ELA É PRECISA.
A VOLTA


        No manto negro que cobre a escuridão mais uma vez ficarei preço em
meus sonhos contraditórios. Loucos lobos sempre vêm e vão com intuição de
pregar mais uma peça em minha imaginação.
        As chamas cairão do céu novamente e em profundezas irei tentar
buscar as respostas certas para o que eu procuro. Espero que o fim não chegue
tão rápido e que seja menos doloroso, pois o que já sofri nem em livros
ninguém encontrará as respostas.

         Queremos subir às vezes tão alto e esquecemos que as visões não são
só vista do alto mais sim de baixo e caímos em profundo sono. Um despertar
ilustre e um grito de dentro de nossas almas são o que nós precisamos e só
assim conseguiremos expulsar os poderes ocultos que se encontra
armazenados em um universo desconhecido... Sua mente!
AO AMANHECER



        Ao amanhecer quando eu acordei fiquei um pouco assustado sem
palavras para explicar o que aconteceu naquela imensidão sem fim que pra
mim era só a minha ilusão brincando, mas eu consegui sentir tudo o que estava
acontecendo naquele vazio onde o vento cortava com seus truques de assobio
leve, mas arrepiador. Além disso, a outros planos em minha mente... Quero
mostrar que sendo apenas um ser mortal eu posso através do meu
subconsciente entrar em transe e conseguir encontrar do outro lado um plano
onde jamais seres humanos poderão tocar sendo com as mãos ou pisando com
seus pés que por sua vez muitos seres humanos medíocres querem serem
donos de tudo, mas na verdade não são donos de nada. Neste mundo ninguém
é dono de nada, pois aqui acredito estamos sós de passagem. A verdadeira
vida nos espera do lado de lá, mas eu não penso que a morte é linda, ou à
morte vida.

        Naquele mesmo dia gastei meu tempo fazendo coisas que pra mim não
são muito interessantes como: parar e começar a contar pra mim mesmo o que
desejo que seja daqui pra frente. Acredito em mim, pois meu único amigo é eu
mesmo e até consigo fazer com que eu não reprima tão facilmente depois do
meu sonho acontecido, pois de alguma forma me controlo e o meu
subconsciente controla o meu eu. E aprecio a facilidade de conversar comigo
mesmo, eu acho isso uns dos dons que Deus me deu por algum motivo que
ainda pretendo encontrar nas terras perdidas. O céu está lindo e só agora pude
ver isso, quanto tempo eu perdi pra descobri. Tenho que dar mais valor nas
coisas que ganhamos de graça e principalmente nas coisas que só conseguimos
com muito sacrifício e com muito suor.

        Começa a entardecer e o medo de ter que se deitar começa a me
perturbar mais uma vez. As minhas mãos não conseguem esconder que
realmente eu estou com muito medo, medo de ter que se passar por mais uma
prova de fogo. Mas eu preciso... Com medo ou sem medo acredito em mim.
Eu sei que vou conseguir com a coragem de um guerreiro vou até o fim pra
descobri o que realmente isso quer me dizer dentro de mim.
Agora neste momento em que me encontro sozinho estou pensando:
será que existem outros planos além deste em que vivemos? As almas por
mim passam livremente à noite, sei por que eu permaneço deitado, mas de
alguma forma sinto que estou acordado vendo tudo passar. Realmente eu estou
acordado vendo tudo passar!

        Meu sangue está começando a correr frio pelo corpo e sinto que o meu
coração está ficando como uma pedra. Fechei meus olhos por alguns instantes
e fui em direção ao quarto, logo que cheguei ao quarto pressenti que ele estava
vindo e com forças ainda mais fortes. Quando ele vem não fica fácil de
permanecer calmo. Tudo ao seu redor parece morrer logo que se passa. Meu
Deus o que é isso? Tudo, tudo ao seu redor simplesmente cai sem ao mesmo
olhar pra ele. Seus olhos vermelhos não me conseguem por medo. Eu sei que
Deus está comigo aonde quer que eu vá. O que será que esses jogos mentais
vão fazer comigo desta vez, estou muito curioso pra saber, mas estou com
muito medo de ficar deitado.

        A morte tem que conhecer a si mesma senão suas chances de
conquistar a minha alma são mínimas. Se a morte desconhecer a si mesma ela
estará perdido e cairá em meus profundos sonhos sem fim. Em um labirinto só
de pensamentos meus eu vou trancar os maus espíritos e tenho certeza que eles
agora sim ficarão até com medo de mim.


(...) Eu acho melhor acordar do que dormir!
(...) Prefiro ter certeza de algo a só ficar imaginando!
(...) E sempre irei pensar: - prefiro fracassar tentando a nem ao menos ter
tentando!

        Entretanto, do fundo do meu coração, quero que seja somente um
sonho e que isso nunca acabe... Que isso nunca acabe... Nunca acabe...
REFLEXÕES QUE APRENDI EM SILÊNCIO NO MEU SONHO

      Hoje em dia é muito fácil dizer que é um amigo de tal pessoa, pois
          simplesmente é fácil enganar alguém com falsas palavras.

 As promessas são esquecidas e nós que amamos demais... Aprenda a confiar
em si próprio e não em pessoas que estão ao seu lado, pois chegará um dia que
                  você precisará e ela não estará ao seu lado.


              Todas as pessoas é alguém você acredita em mim?
Palavras erradas podem quebrar o coração... Não deixe que as mentiras fiquem
  em volta de você. Vai chegar o dia em que alguém irá dizer, existem tantas
                         coisas que eu nunca soube...
 A dor que se causou infelizmente pra você não tem valor, pois só quem sente
                                  sabe a dor.

Parar e ficar olhando o céu e imaginando por que as coisas só dão erradas com
você. Bem, não é bem perca de tempo e sim que você tem tempo para olhar as
                                   estrelas.

As lembranças ruins vêm quando você quer e somem quando você quer, pense
                                 nisso!

  Talvez a situação em que vivemos não deve ser uma das melhores. Não se
   lamente, em algum lugar deve haver um motivo do por que nessa vida
                           vivemos desse modo...

          Não troque a pessoa que você ama por uma que você deseja, pois
certamente vai chegar um dia que essa pessoa que você deseja vai trocar você
                         pela a pessoa que ela a ama.


É fácil olhar nos olhos de qualquer pessoa e dizer que a ama, mas vai ser triste
   um dia você chegar e olhar nos olhos dela e dizer que não há ama mais.
Não brinque com os sentimentos... Para não brincar com os seus sentimentos...
SOMENTE UM LEVE DESESPERO DE FICAR LONGE


      Amar você é feito uma canção boa que eu acabei de fazer!
              É como um livro bom que eu acabei de ler!
                            É tudo amar você!
           É dar prazer e ter ao mesmo tempo um desfalecer!
                    É acordar a tempo de reacender!
                  É tudo o que há de bom amar você!
               Horas, dias, meses e anos-luz irei te amar,
              Ontem, hoje e eternamente eu irei te amar!
                     Em águas claras eu naveguei,
                         Em teus espaços voei,
       Vir-me-ei, dei a volta ao mundo quando te encontrei, pois
                     Em águas claras eu naveguei,
                        Em teus espaços eu voei,
                  Como um encontro do céu e o mar.
    Existem motivos na vida... Que nos faz às vezes parar e pensar.
Não pense que tudo estará acabado, pois enquanto eu me manter de pé, as
             nossas vidas sempre encontrará um final feliz.
 Aproveitemos os momentos que a vida lhe oferece, pois iguais já mais
                                 existirão.
              Aquele abraço bem grande de quem te ama.

                              Continua...
Tradução da letra p.32 e 33.

Eu não posso mais voar
Ponho-me de joelhos
Eu não posso levantar para chorar
Estou fora do meu caminho
Mentiras contadas não vão curar...
Assim eu nunca vejo...

Eu queria um dia voar
Eu queria um dia chorar
As nuvens flutuam em um vazio
Estou olhando para a razão

Eu quebrei meu coração
Eu preciso de...
Eu não posso ficar de pé para voar
Eu preciso... Eu desejo de dentro de mim

Eu poderia gostar de estar bom?
Para Sempre em minha mente…
Para Sempre ou nunca...
Eu sou somente um homem!
Que eu desejo estar bom?
Sumário

Prefácio.........................................................................................................       6
Prólogo..........................................................................................................        8
Significado do nome do livro........................................................................                     9
Resumo..........................................................................................................        10
Frases que influenciam em minha vida.........................................................                           11
O sonho sem fim dos mortais........................................................................                     12
Parágrafo único I...........................................................................................            16
Parágrafo único II.........................................................................................             24
Parágrafo único III........................................................................................             30
Parágrafo único IV.......................................................................................               35
O desabafo de uma mente perturbada..........................................................                            36
O amor..........................................................................................................        38
Parágrafo único V.........................................................................................              40
À volta...........................................................................................................      41
Ao amanhecer...............................................................................................             42
Reflexões que aprendi em silencio no meu sonho........................................                                  44
Somente um leve desespero de ficar longe...................................................                             45
Tradução da letra...........................................................................................         32/33
Carlos Henrique Pereira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

Primeiras 15 páginas:
Primeiras 15 páginas: Primeiras 15 páginas:
Primeiras 15 páginas:
 
Sono haruki murakami
Sono   haruki murakamiSono   haruki murakami
Sono haruki murakami
 
L Mediuns CAP06 Aparicoes e Alucinacoes
L Mediuns CAP06 Aparicoes e AlucinacoesL Mediuns CAP06 Aparicoes e Alucinacoes
L Mediuns CAP06 Aparicoes e Alucinacoes
 
Tambores de angola
Tambores de angolaTambores de angola
Tambores de angola
 
Tambores de angola
Tambores de angolaTambores de angola
Tambores de angola
 
Angels in caution o renascer - lo libro - cito qasveheôt
Angels in caution   o renascer - lo libro - cito qasveheôtAngels in caution   o renascer - lo libro - cito qasveheôt
Angels in caution o renascer - lo libro - cito qasveheôt
 
Unic 04 - espelho m assis-1882-2019-pr-wsf
Unic 04 - espelho m assis-1882-2019-pr-wsfUnic 04 - espelho m assis-1882-2019-pr-wsf
Unic 04 - espelho m assis-1882-2019-pr-wsf
 
A mao do_hindu_arthur_conan_doyle
A mao do_hindu_arthur_conan_doyleA mao do_hindu_arthur_conan_doyle
A mao do_hindu_arthur_conan_doyle
 
Oniris o grande desafio de Rita Vilela
Oniris o grande desafio de Rita VilelaOniris o grande desafio de Rita Vilela
Oniris o grande desafio de Rita Vilela
 
Primeiro capítulo "Outra Vez"
Primeiro capítulo "Outra Vez" Primeiro capítulo "Outra Vez"
Primeiro capítulo "Outra Vez"
 
O Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de LúciferO Paraíso de Lúcifer
O Paraíso de Lúcifer
 
Amarelo.
Amarelo.Amarelo.
Amarelo.
 
A ultima resposta
A ultima respostaA ultima resposta
A ultima resposta
 
A submissa
A submissaA submissa
A submissa
 
Ceu e inferno intimos
Ceu e inferno intimosCeu e inferno intimos
Ceu e inferno intimos
 
Ceu E In
Ceu E InCeu E In
Ceu E In
 
Despedida de uma alma
Despedida de uma almaDespedida de uma alma
Despedida de uma alma
 
Midnight sun pt
Midnight sun ptMidnight sun pt
Midnight sun pt
 
Breton
BretonBreton
Breton
 

Semelhante a O sonho perturbador de um jovem (20)

Nuvem negra flipsanck pdf
Nuvem negra flipsanck pdfNuvem negra flipsanck pdf
Nuvem negra flipsanck pdf
 
Docemente - Livro.
Docemente - Livro.Docemente - Livro.
Docemente - Livro.
 
Livro de Poesias- Desaparecendo
Livro de Poesias- DesaparecendoLivro de Poesias- Desaparecendo
Livro de Poesias- Desaparecendo
 
Folhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - SonhosFolhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
 
ALQUIMIA CONTEMPORÂNEA.pdf
ALQUIMIA CONTEMPORÂNEA.pdfALQUIMIA CONTEMPORÂNEA.pdf
ALQUIMIA CONTEMPORÂNEA.pdf
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Capítulo 1
Capítulo 1Capítulo 1
Capítulo 1
 
Capítulo 1
Capítulo 1Capítulo 1
Capítulo 1
 
Vivendo a morte
Vivendo a morteVivendo a morte
Vivendo a morte
 
Poucas palavras
Poucas palavrasPoucas palavras
Poucas palavras
 
Depressão 1º cap
Depressão   1º capDepressão   1º cap
Depressão 1º cap
 
Livro 1 - Olhos nus, carmim
Livro 1 - Olhos nus, carmimLivro 1 - Olhos nus, carmim
Livro 1 - Olhos nus, carmim
 
45
4545
45
 
Joias literarias vii
Joias literarias viiJoias literarias vii
Joias literarias vii
 
PINTURAS E POESIAS
PINTURAS E POESIASPINTURAS E POESIAS
PINTURAS E POESIAS
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Tributo a um guerreiro
Tributo a um guerreiro   Tributo a um guerreiro
Tributo a um guerreiro
 
Além das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia TonettoAlém das estrelas - Andreia Tonetto
Além das estrelas - Andreia Tonetto
 
Lição 10 adeus a culpa
Lição 10   adeus a culpaLição 10   adeus a culpa
Lição 10 adeus a culpa
 
Lição 10 adeus a culpa
Lição 10   adeus a culpaLição 10   adeus a culpa
Lição 10 adeus a culpa
 

Último

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 

O sonho perturbador de um jovem

  • 1.
  • 2. Voxifera – O Sonho Sem Fim dos Mortais
  • 3.
  • 4.
  • 5. O direito desse livro é reservado a Carlos Henrique Pereira Rua Luiz Ferreira da Silva, 160. 09732-610 – São Bernardo do Campo, SP. Telefone: (11) 6834-8466 E-mail: henriks_pereira@hotmail.com Impresso no Brasil Ilustrações feitas por Carlos Henrique Pereira
  • 6. Henrique Pereira, Carlos, 2012. Voxifera – O sonho sem fim dos mortais / Carlos Henrique Pereira; [Ilustrações feitas por Carlos Henrique Pereira] Edição – São Bernardo do Campo: 2012.
  • 7. Prefácio Quem corre atrás de respostas sempre encontra uma resposta para o que sente. A magia é uma obra linda, confie em Deus porque não só sonhos que passam por suas mentes, assim deixem que todos os seus sonhos passe pela sua vida. Imagine o que há de mais interessante na vida a não ser ficar acreditando em nossos sonhos que nem ao menos sabemos se irá dar certo algum dia, mas o que seria de nós sem nossos sonhos? Realmente eu não sei o que seria de nós, afinal tudo está em constante mutação. Antes de qualquer coisa eu sou um jovem que às vezes tenho uma rara calma que chega até me estranhar, acredito que o mal pode existir, mas mesmo assim abro o meu coração para o meu sentimento e a minha mente para os meus sonhos. Assim é o Voxifera, um livro que trata de uma coisa quase psíquica que lida com um sonho, porque algum dia nós temos que nos defender de tudo e aconteça o que acontecer, nós teremos que fazer o melhor para nós, o melhor de nós!
  • 8. Nesse momento, sempre soube que, no mundo onde nós vivemos, eu só estou de passagem. Então dedico este livro a mim e ao DEUS PAI TODO PODEROSO que esteve comigo o tempo todo da minha vida e que me deu forças para escrevê-lo. Nota do autor
  • 9. Prólogo Tudo começou no dia 11 de janeiro de 1999 quando cheguei a minha humilde casa, entediado e um pouco cansado por causa das preocupações que a minha vida pode ter em relação ao amanhã. Vivenciando fatos que quase sempre eu acertava em cheio e tentando explicar pra mim mesmo os fatos sem receios, para que eu pudesse dormir sem que nenhuma sombra de fora do padrão do nosso universo tomasse conta de mim. Mas por ser acostumado a ficar sempre sozinho, chegou o dia que eu não pude me conter e foi onde um sonho se tornou um pesadelo em minha vida, a partir daí o pesadelo foi certeiro. Simplesmente uma noite e nada mais...! - E que, diante de tantos fatos ruins e bons mantive a minha cabeça erguida para o que der e o que vir pela frente durante a minha jornada aqui na terra. Carlos Henrique Pereira
  • 10. Significado do nome do livro VOXIFERA – é uma palavra em latim que traduzindo para português significa INDISPONÍVEL. Encontraremos a palavra INDISPONÍVEL no dicionário Aurélio que significa – De que não pode se dispor.
  • 11. VOXIFERA – O SONHO SEM FIM DOS MORTAIS Compreendo VOXIFERA como uma coisa que às vezes nos aborrece, causa-nos um mal-estar e nos deixa irritado, por isso significa indisponível. Usei o subtítulo O SONHO SEM FIM DOS MOTAIS, por que às vezes quando temos algum sonho que não nos agrada muito, este sonho parece que nunca vai ter um fim. Pensando assim surgiu o nome do livro.
  • 12. Resumo O livro relata um sonho que um adolescente teve em sua infância que era um pouco perturbada, fora dos padrões no nosso mundo real e mostra que na noite muitos choram procurando por perdão e que em certas circunstâncias ele dirá a você leitor algumas reflexões para que seja utilizada no seu dia-a-dia. E em partes aparecerão pessoas dando conselhos para ele mostrando como são difíceis as coisas, mas ele só pode ouvir nunca consegue interferir no plano onde o seu sonho está acontecendo. E que às vezes é melhor chorar sorrindo do que mostrar o quanto você é fraco por dentro. E as assas dos anjos te guiarão e não abandonará, porque um dia nós temos que entender o que passa em nossas vidas. Contudo não deixe que a sua vida passe sem ao menos deixar um marca, assim outras pessoas irão olhar para sua foto e lembrará quem foi você!
  • 13. FRASES QUE INFLUENCIAM EM MINHA VIDA Em algum lugar do universo você faz a diferença. Sonhe com a vida, mas não perca a vida por um sonho. O passado é o nosso melhor aliado na luta do dia-a-dia. Olhe para o céu sempre que tiver tempo. Fique na chuva sempre que tiver tempo. A verdade só vem com muito sacrifício. Acredite em si mesmo. Você é a chave para as portas ocultas. Não se esconda ao longe, pois possivelmente ninguém o verá. Não pense que tudo está acabado, lute até o fim, pois as coisas só vêm com muito sacrifício. Lembre-se! Existe sempre alguém lá fora pronto para te derrubar. A vida quem faz é nós mesmos, pensemos nisso... Nunca fique com medo, o medo torna-o fraco. Se você nem ao menos tentou, como pode dizer que não irá conseguir. Anjos existem você é um deles. Nunca deixe que seja apenas um sonho, batalhe por ele. Nesse universo não somos donos de nada. Até o copo escorre suor frio. Enfrente seus desafios com coragem e determinação. Nunca pense que morrerá sozinho, existe sempre alguém com você. Carlos Henrique Pereira.
  • 14. O SONHO SEM FIM DOS MOTAIS O silêncio absoluto começou quando eu chegara a minha casa depois de uma noite fria e silenciosa. Nesta noite fria senti o suor escorrer no meu rosto lentamente, não sei ao certo o que isso queria me dizer, mas acho que algo iria acontecer em breve ou naquele instante. Eu já não estava muito bem, você deve saber... Aqueles dias que você não está a fim de nada, dias como estes que te fazem tanto mal que você é capaz das piores maldades com você mesmo. Então eu me troquei e me deitei para dormir. Logo que me deitei simplesmente tudo começou a girar, parecia que eu era fantoche do espaço que me dominava com facilidade. Naquele instante me sentia muito fraco com frio e medo. Os calafrios me enlouqueciam! Eu estava muito confuso já com os sentidos dormentes, me senti que em instantes eu iria pirar. No tempo em que fiquei deitado se debatendo com pensamentos que nem ao menos eu sabia explicar e ao longe de tudo me sentia lutando comigo mesmo, vendo tudo o que há... De errado. O fascinante era que eu estava acordado vendo tudo passar como um filme de ação diante dos meus olhos que não podiam esconder o medo. Quando me consegui controlar, comecei a ouvir uma música, mas que música é essa que eu nem ao menos eu sabia de onde vinha. Ficava imaginando... Assim resolvi me levantar, mas tinha certeza que na verdade tudo era ilusão, um desespero que de algum modo deixou-me muito confuso. Naquele quarto o fato mais intrigante da minha vida acabara de começar. Eu tinha aproximadamente uns onze anos de idade e tive um pesadelo que teve uma duração de um ano, isso foi o suficiente para que eu parasse e visse o mundo com outros olhos. Só de pensar em dormir logo ele vinha para me atormentar, me deixar com medo da minha família e até de mim mesmo. Assim, que me punha a dormir, o pesadelo vinha e se tornava incontrolável dominava-me facilmente e eu dizia pra mim mesmo: não posso pirar meu Deus, me ajuda, por favor, cobre-me com o teu sangue, me ajuda meu Deus, eu suplico. Quando eu fechava meus olhos começava a ver uma bola de fogo caindo sabre a terra, logo que a bola de fogo chocava-se com o chão sentia-me mais do que nunca um estrondo de adrenalina que rachava minha cabeça e o
  • 15. meu cérebro começava a queimar incontrolavelmente vendo pessoas em chama correndo em direção a mim me dizendo: - Me ajuda, por favor, me ajuda... E quando chegava perto das pessoas ardendo em chamas eu iria abraçá-las e de repente sumiam do nada como fantasma. Após tentar abraçá- las várias vezes e não obter resultados tudo começava de novo, mas com detalhes cada vez mais misteriosos, e cada vez que as pessoas me suplicavam por ajuda, eu não podia fazer nada, me sentia um inútil. Nos meus pensamentos por muito tempo isso ficou. Ficava aqui no meu canto tentando estar cara a cara com uma coisa que nem ao menos eu sabia explicar. Quem sabe isso me deixa cada vez mais perto do caminho da razão. Aquele sonho estava tudo estranho meio invisível algo inexplicável, me sentia confuso e sem rumo, me estranhava com pequenas coisas, perdia-me em busca de ser alguém de verdade. Dentro de mim eu sentia que não iria ver mais aquele dia que era de se ter, onde crianças brincando em um jardim eram tudo o que nós desejarmos para a vida toda. Escondia-me ao mais longe para que ninguém pudesse me ver, pois, nem eu mesmo conseguia me entender e me achar, mas, acreditava que uma barreira me protegia aonde quer que eu fosse. Pelos caminhos mais escuros eu andei..., Pelas as chamas mais quentes do mundo eu passei... E eu me perguntava: o que há de errado comigo? O que há de errado de novo comigo? Não entendo...! Não consigo explicar tamanha monstruosidade que em planos inferiores e em planos superiores existiam um mundo paralelo onde esses mundos podiam me causar tanta dor e medo ao mesmo tempo. Mas o que há de errado comigo? Eu simplesmente não sabia explicar. Se o vento traz tudo de volta eu não sei, se hoje tudo é certo eu não sei e se sou certo eu também não sei. Acreditado que tudo um dia vai ser certo, só que o tempo sempre traz um tormento sem fim ou talvez seja controlado e quem sabe até programado, mas isso não faz a diferença. Nem mesmo receios vão me abalar, talvez possa ser ouvido transformando sentimentos em dor.
  • 16. Em meu pesadelo seria o fim do mundo ouvir falar tanto assim do fim. Temo com o meu tempo de horror e de ficar só. Vejo até almas voando e o medo que estava criando. Na minha frente um homicídio doloroso, as mentiras perfeitas, as portas trancadas e o medo de sair, o mundo estava passando e inimigos só criando. Quem sabe em outros tempos eu mesmo reparo em mim e sigo em frente com certeza que o amanhã é um novo dia. Quem sabe em outros tempos eu sonhe com a vida e um caminho para se seguir uma longa e dura jornada. Queria também sonhar coma vida, mas não perder a vida por um sonho...! Sempre soube que em meus pensamentos a vida é uma mentira, mas, nem sempre era precisa. Sobre um céu de poeira existe uma confusão de pensamentos que me enlouqueciam. Ao sentir isso dentro do meu coração sentia a necessidade de quebrar este murro de Berlim que existe dentro de mim e não deixar que todas as pequenas coisas ficassem em fronteira final, por que é nas pequenas coisas que descobrimos o valor das grandes coisas. A cada dia que passa, já não sei o que faço qual seria o primeiro passo. Isso me deixa aflito com pensamentos no vazio e as palavras ficam todas solitárias. Meus sonhos a cada dia que se passava não ficavam mais fáceis de ser entendidos, pois os tormentos do meu tempo sempre apavoram os meus dados. Não consigo explicar o porquê eu tenho estado tão quieto ultimamente, e qual serão as próximas idéias. Além disso, eu não devo acreditar tanto em um dia após o outro. Em um curto espaço de tempo meus olhos percorrem um longo caminho assombrado e coisas estranhas. Não consigo me perder, porque sempre existe um caminho a se seguir. Enquanto isso esta noite eu posso sonhar... Durante muito tempo estive sozinho, sozinho demais pra mim. Em algum lugar... Uma voz doce, suave e terna me dizia:
  • 17. - Nem tudo o que se vê parecer ser, tome muito cuidado! Nem tudo o que se é realmente é! Existem pessoas do seu lado que dizem ser algo, mas não são. A escolha está em suas mãos faça a melhor escolha pra não se arrepender mais tarde. Sabendo que não sou nada, me perguntava: - Um tiro no escuro é o que eu não queria pra mim, seria sobre sombras talvez que vivo do passado ou o meu tempo por algum motivo estava perdoado. No meu eu, um fracasso não é mais veloz que a própria vida. Mas há dias vai ficar longe de se ver que não consigo ver. Quem sabe as coisas do mundo eu tranquei e os segredos mais sinceros se acabou e eu nem ao menos notei. Sou tão tolo! Mas que não existe ninguém lá fora isso é verdade só pra mim aqui no meu cantinho rezando baixinho para que Deus possa me ouvir e me guiar entre a escuridão e colocar um raio de luz neste mundo de violência que eu vivencio com os meus olhos assustados todos os dias caem uma lágrima azul como a cor do oceano. O céu conspirava somente à noite e às vezes eu gritava. Por que se eu vir, verei que é importante e poderei acreditar. Se tudo der certos meus olhos verão é simplesmente a minha mente em ação, que entre a razão e o coração sem alguma explicação tudo é em vão. Mesmo quando tudo estiver acabado eu sei que eu vou estar aqui pra me ver sorrir ou pra me ver chorar e continuar sempre mesmo sem saber que os sonhos que tenho não devem acabar em vão. Somente ontem não volta mais, achei que todas as coisas em um corredor escuro e sombrio, mas algum dia eu preciso ser forte e jamais quero pensar um dia eu vou estar sozinho. Meu coração estava envenenado, ver o sangue correr para um jovem não é fácil muito menos compreender. Eu não sou um fraco como você pensa que eu sou sinto isso porque às vezes parece que a minha cabeça vai estourar você que era o meu sentimento e que agora se foi hoje eu ligo as luzes no meu caminho para que dias como estes experimentar a liberdade é algo que nunca morrerá e de suma importância para qualquer um que quer ser feliz no meio de tanta desordem.
  • 18. PARÁGRAFO ÚNICO I CICATRIZES TODO MUNDO TEM, E OS SEUS DEFEITOS TODO MUNDO VÊEM.
  • 19. Quando dentro de mim eu fecho a porta como tantas vezes eu fiz sem pensar, não pensava em desperdiçar outro dia guardando essa angústia que me enforcava por dentro e isso neste momento está me matando lentamente, esse sonho que eu simplesmente não estou conseguindo explicar. Não quero ficar assim, só quero que eu mesmo saiba que tudo o que eu tenho não consigo abandonar, até mesmo os meus pensamentos que voam a mil arrependimentos já não consigo mais controlá-los. Hoje os dias pra mim não tem objetivos e sim motivos e que no seu decorrer cada qual descobre o seu. Em minha memória, os mares se abrirão e uma doce voz dirá: - Explica e se vê o que se acaba de se perder. Enquanto isso não acontece... Ficarei olhando para o céu tentando imaginar milhões de estrelas que por sua vez, acredito que me dirá onde eu estarei amanhã. Vou ficar tentando achar sinais que indicam o melhor caminho a se seguir. Quem sabe ler todos os livros do mundo só pra ver se eu acho uma resposta para poder contar o quando eu sofri. As principais lendas do passado que um dia deixaram de ser contadas e foram esquecidas surgirão no presente para te contar tudo sobre uma linda e pura natureza, que um dia deixamos morrer por causa da nossa ignorância. Vou esperar o sol nascer no topo de uma colina vendo as partículas de gelos se derreterem lentamente, pois só assim poderei ver a minha alma limpa e pura, com isso o mundo dos mortais se abrirá pra mim. Eu verei todos os verãos que não é mais minha mente brincando de jogar dados. Esperarei a chuva chegar e com ela um arco-íris e tudo isso numa nebulosa tarde de outono.
  • 20. Existe tanta coisa fora, fora do meu alcance. Há tantas coisas fora do meu alcance. Espero ficar olhando à noite para poder te contar o quanto é bonito a constelação e esperar que as simples palavras se tornem realidades em um imenso universo de temores. As forças dos Deuses que levantaram e me protegeram como todas as cores do mundo, com suas faces cobertas dirão: - Divino, tu és divino, divino santo dos Deuses! Quando as folhas já estiverem caídas, o céu acinzentado e a esperança perdida, não se reprimam lembre-se: o dia sempre continua sobre a noite. Com nossas assas nós conseguiremos se mover para longe de todo o mal que nos cerca. O mundo abrirá seus olhos e o sol te levantará. Vivendo entre sombras e os medos, a escuridão cai somente os sonhos se perpetuarão. E não será mais uma vida escondida. Não podemos deixar que nossos choros escoados façam barulhos, pois posso ouvir as vozes do silêncio a nos chamar rapidamente. Minhas mãos se tornam pesadas. Sinto as flores caírem como lágrimas de um triste coração. Girassóis despedaçados, num jardim de ervas daninhas, trazendo consigo toda a pervacidade dos seres humanos. Sempre sabia o que procurar na linha do horizonte. Por mais que nos meus pensamentos contraditórios e a indecisão que me cercavam por toda à volta. Estava pedindo soluções. Depois de uma imensa trajetória de temores e obscurantismos. Uma voz surge no fim do túnel. É a primavera que se aproxima trazendo pra mim toda a esperança e felicidade que eu havia perdido. ...Dias melhores virão. Assim como a calmaria que nos carrega. Naquela mesma noite, não conseguia parar de pensar até que horas iria me afundar em minha cama. As paredes me cercavam. Veja, estou chorando e isso
  • 21. eu não acha nenhuma graça. O sonho escorre e as lembranças me aniquilam, fui enterrado como um soldado do Vietnã. O inimigo surge no horizonte. Começo a correr por volta das sete. Volto por volta das nove. Não é fácil quando você não tem nada há perder. Já de volta ao meu posto, dei-me de cara com um senhor que me disse: - Meu filho qual o seu nome? Mas eu o advertir com uma voz branda. - Diga-me quem é o senhor primeiro. - E ele respondeu: - Eu sou a vida, meu filho! Fiquei assustado! Mostrei a ele que meus olhos nunca poderiam manter a calma. E aquele senhor com um olhar fixo, um olhar que justamente eu não poderia mudar, disse o seguinte: - O tempo como o tempo, que corri contra o tempo, que quer tempo pra viver com um pouco de tempo, sem presa de saber que o tempo é curto pra viver e a minha vida sem meus sonhos tudo será em vão. - Mas, os meus olhos nunca puderam manter a calma diante daquele estranho. Aquele homem era muito misterioso para mim! Quando eu lhe perguntei: - Que dia será que todos os verãos que um sol nasce todo dia, mas que não demora mais que um dia pra ir-se embora. - Ele simplesmente me respondeu sorrindo:
  • 22. - De alguma forma a noite cai! Eu posso ver sonhos! Aprecio você meu filho, pois algum dia até eu ficará com medo. Vou ouvir seus gritos e ninguém poderá te ajudar. Este mundo você mesmo pode observar que tudo tem uma forma certa de ser e essa forma pode ser quebrada, lapidada como muitas outras coisas, mas não se esqueça que tudo que tem uma forma por mais preciosa que seja pra você ou para qualquer outra pessoa ela um dia morre deixando apenas a solidão dentro de nós e o porquê que teve que nos deixar nessa hora tão difícil de viver, uma ferida que nunca se fecha por mais que os anos passam ficarão em nossas mentes pelo resto da nossa vida, mas lembre-se não se deixe cair na solidão e não se torne uma pessoa arrogante e chata vagando pelo mundo sem saber ao certo o que vai querer. De repente ele sussurrou e disse suas últimas palavras: - A sua força de viver mais um dia que se vem é incrível. Você é mais forte do que imagina, e nem sabe disso. A cada momento que vêm a cada porta que se abre, não busque forças do além, busque as respostas para achar a solução do porque você tem este sonho. Após aquele velho senhor ter desaparecido como um fantasma. Comecei a pensar na brasa fria que toca o meu rosto. Fiquei ali parado sozinho numa imensa fábrica de sonhos. Continuei a seguir meu caminho. Ao longe eu avistei um lobo. Ele estava assustado parado olhando fixamente pra mim, parecia assustado com alguma coisa e eu com mais medo ainda fui a sentido a ele não sei como mais eu fui. Conforme eu andava em sentido a chegar perto dele ele se afastava para mais longe de mim. Criei mais coragem e corri para alcançá-lo e de repente... Ele sumiu. Pensei: - Que estranho! No decorrer do caminho o lobo surgiu novamente pra mim e não perdi tempo corri pra perto dele o mais rápido possível. O lobo ficou parado assustado me olhando. Eu a chamei dizendo: - Vem meu amigo não vou lhe fazer nada, prometo! O lodo naquele instante começou a pular em volta de mim. De alguma forma parecia que ele já me
  • 23. conhecia de algum lugar, mas só não lembrava direito quem era. A partir daí deu-se início a uma grande amizade. Sempre que me sentia sozinho meu amigo aparecia para me fazer companhia. Decidi dar um nome ao meu amigo. Vou chamá-lo de Arcanjo. Caminhando solitário em um deserto escaldante avistei duas tropas frente a frente prontas para começar a aniquilação. As tropas estavam muitas bem armadas com arco e flecha, espadas, escudos e montadas em seus cavalos. Entretanto um soldado me deixou surpreso, a angústia estava estampada em seu rosto diante do horror que iria acontecer. Uma das duas seria massacrada sem piedade. Uma só sobreviveria. Agora eis o mistério, qual das duas sobreviveria à sangrenta batalha. Ao longe um guerreiro gritou: - Por Deus nosso senhor nos ajude! A outra tropa respondeu: - Lutemos até a morte meus guerrilheiros! Com suas espadas decapitaram. Com suas flechas perfuraram. O horror havia começado. Ouvi-os dizendo já quase esgotados: - Deus nos abandonou! Somos escravos terror e da nossa própria ignorância ingrata. Preste a acabar aquele massacre um guerreiro murmurou e disse: - Luto por honra e que todos escrevam meu nome nesses medíocres livros de história. -Pensei: Livros de historias, que isso? Isso é tão... Sem sentimento com o outro. Matar só para ter nomes escritos em livros!
  • 24. Vendo aquele massacre, ajoelhei-me pedindo ajuda. Eles estão vindos. O diabo está perto posso senti-lo. Não me abandone nesse deserto obscuro. Arcanjo começou a uivar. Eu não entendia o porquê do uivo. Estava com muito medo, medo do que podia acontecer comigo... Meu sentimento começou a ficar abalado com tudo aquilo a minha frente. Um guerreiro vem em minha direção, com sua espada erguida em cima do seu cavalo. Sua face estava coberta não conseguia ver nada. Só sei que quando o vento tocava sua espada ela até assobiava de maneira perturbadora. Fiquei estático. O guerreiro passou por mim. Agora sim fiquei mais estático e assustado, o guerreiro passou por mim e não me viu. Vir-me-ei e vi o guerreiro decapitando outro guerreiro que estava preste a fugir. Ele gritava. Sua voz era muito branda. Todos os que se opunham a ele de certo não teria muita sorte. O guerreiro exclamava dizendo: - Deus nos abandonou! Que Deus é esse? Por que Deus fez isso com a gente? O temor de uma nova era começara tudo naquele instante e ninguém podia fazer nada para deter aquele indestrutível guerreiro. Seria talvez uma máquina programada para matar e quando não houver soluções poderá destruí- lo completamente. Vendo aquela situação gritei: - Sou apenas um brinquedo capturando ilusões. Mesmo sem ver uma luz no céu. Sem ninguém pra me ajudar e dizer que está tudo bem. Mas eu esquecera que era apenas uma ilusão da minha mente que me pregava peças tão perfeitas. Entretanto, por ninguém me ouvir me sentia inútil. Era apenas uma ilusão. Uma voz misteriosa nascia do céu e falando que não havia escapatória. Eu não poderia fazer nada... As estrelas estão caindo. Um eclipse lunar à noite vem me buscar. Todos vão ouvir... Todos vão ver... Tudo começara agora e a minha intuição dizia a verdade.
  • 25. Vou esperar um novo dia chegar. Não desejo ver novamente um confronto como aquele no deserto. Em silêncio permaneci vendo as estrelas caindo. Quando dei por mim vir- me-ei e comecei a correr o mais rápido que pude. Arcanjo após a batalha virou um amigo fiel sempre estava comigo para o que der e o que viesse. Ele era a minha sombra. Não me deixava sozinho em momento algum agora. Quando estava correndo comecei a dizer a Arcanjo: - Nem que eu ande na escuridão de um vale as lembranças são tantas que eu não consigo esquecer... E mesmo quando tudo estiver acabado, não posso parar de tentar. Quem sabe talvez algum dia um pássaro sejamos pra poder voar... Livre. E colher um pouco de felicidade. E assim mostrar que Deus existe. Correndo ao máximo que podia, avistei uma luz. Fui em direção à luz e de repente surgiu um clarão e eu não conseguia enxergar mais nada. Assim que o clarão acabou vi que fui transportado. Sai do deserto escaldante e apareci em um vilarejo. Caminhei em uma distância razoável do vilarejo. Ao observar percebi que o vilarejo era bem simples. Fiquei uns minutos pensando: -Será que existe um universo paralelo do outro lado onde eu poderei ficar à- vontade. Às vezes eu vou... Já não sei onde estou. Buscando soluções do sonho de um mortal. Há dias que vou... Já não onde estou. Se os dias passam o sangue pinga para alguns, isso eu não quero pra mim. Em um chão vazio discutindo o impossível. Até Arcanjo sentiu o desgosto do meu viver. Será que um dia a morte é linda. Ou a morte à vida. Naquele vilarejo pude ver que as pessoas que ali habitavam eram muito simples, mas eram tão felizes. Em uma roda de pessoas me aproximei lentamente e fiquei ali a observar elas conversarem.
  • 26. Um jovem que pela aparência parecia ter uns vinte anos de idade, dizia o seguinte: - Quando eu chego tarde a casa vocês vêm com uma conversa fiada. Quero dormir até de manhã, pois é na noite que meu pesadelo vem me buscar. Fale consigo mesmo quando estiverem sozinhos em casa. Como seria... Vou esperar pra ver – pensei eu. Um homem se aproximou da roda e disse: - Meu filho é um velho de corpo, mas um jovem de alma e um jovem demais para sofrer por causa de suas aventuras... Disse a uma mulher que pelo visto parecei a sua mãe! Estava ficando tarde demais e o que poderia ser feito para ajudá-los. Meu sonho tomou tudo de mim. Uma mulher exclamou gritando e chorando: - Como você pode ficar longe... Se você pode ficar longe você nunca disse. Conseguiria? Acho que temos algo pra ver. O jovem o respondeu: - O sol entra pela janela todos os dias! Um lindo dia... E vocês não têm nada a cometer a não ser ficar em suas casas sozinhas. Eu triste vendo aquela cena comecei a falar: - Quantos amores existem em sua alma? Sinto-me o mesmo que você meu jovem. Mas nada dura para sempre aproveite enquanto é tempo. Não deixe que o tempo mostre-o o quanto é ruim quando descobrimos que nada dura pra sempre. Indignado com aquela cena e a estupidez daquele jovem, pois tudo o que eu falasse eles não ouviriam, então resolvi prosseguir meu caminho. Fui à busca da solução porque se eu ficasse ali parado vendo tanta estupidez com certeza eu iria pirar de vez.
  • 27. PARÁGRAFO ÚNICO II VIVEMOS E APRENDEMOS COM OS ERROS DO PASSADO...
  • 28. Andando calmo e lento em um caminho totalmente desconhecido dei- me de cara com dois caminhos a se seguir e pensei: - E agora quais dois caminhos são o correto a se seguir. Analisei os dois caminhos sem muito cuidado, mas pude ver que: - O primeiro caminho tinha uma placa que nela estava escrito o seguinte: se prosseguir neste caminho você encontrará muitas perguntas! - O segundo caminho tinha uma placa que nela estava escrito o seguinte: se prosseguir neste caminho você encontrará as respostas de tudo o que procura! Naquela indecisão, ali fiquei por um tempo parado inquieto. O vento me enganava com seu assobio cortante. A angústia me delirava! Arcanjo me apontou o primeiro caminho, naquela tarde fria fui sem ao menos pensar. Então, prosseguimos. Subimos e descemos montanhas, ao me deparar com um pequeno rio parei e fiquei olhando aquela água calma e limpa, de modo que alguma coisa que sentia falava para eu não prosseguir naquele caminho. Decidi voltar. Mas voltar pra que? Se já estou aqui por não ir até o fim para saber o que vai acontecer. De repente senti que meu coração comera a chorar naquele instante, parecia que ia ficar sem uma saída se eu não voltasse e o meu coração cada vez mais chorava, chorava por dentro cada vez mais. Com sentimentos tão estranhos decidi voltar. Ao voltar passou por nós dois cavaleiros negros muitos rápidos, suas faces estavam inquietos algo os perturbava. De repente, Arcanjo saiu correndo na minha frente, ele tinha avistado alguma coisa a sua frente ao chegar perto me deparei com um cavaleiro estirado ao chão ferido e sangrando muito, lembrei que era um dos dois cavaleiros que passou por mim minutos antes, logo que fui perguntar alguma coisa fui surpreendido. - Perguntas pra que meu jovem? Você já tem perguntas demais, corra atrás das respostas. Volte e prossiga no segundo caminho, meu jovem: - dizia o cavaleiro. Não entendi mais nada do porque eu conseguia compreender aquele cavaleiro ali no chão, sendo que com as outras pessoas que encontrei em meu caminho nem ao menos se quer eu conseguir fazê-las me escutar. Algo de interessante parece que vai acontecer! Vamos ver até isso vai!
  • 29. Vendo que o cavaleiro não estava em uma situação muito boa, levantei-o do chão abracei-o bem firme e disse: - Você cavaleiro vem comigo. O sangue pingava entre as pedras e o chão o sugava sem nenhuma ocasião. Qual seu nome cavaleiro e o que aconteceu por você estar assim todo ferido: - eu lhe perguntei. - Chamo-me Henriks: - disse o cavaleiro. Agora me conte o que aconteceu com a vossa pessoa Henriks: - eu lhe perguntei novamente. - Em uma batalha onde só os fortes sobrevivem e eu pude ver que Deus existe. O massacre era tanto... Pedia a Deus pra me salvar e ele ouviu as minhas preces, escapei ferido, mas com vida, graças a Deus. Vi a chuva varrer o sangue que ali no chão estava. Pessoas gritando de dores, outras amputadas, pensei que era o fim, tudo estava acabado pra mim. Em meu cavalo comecei a galopar pra longe daquela batalha infernal e de repente um cavaleiro em minha frente surgiu, não me exilei, com a minha espada cravei-a no pescoço do cavaleiro que nem se quer ao menos eu conhecia e ao mesmo tempo gritava: - Deus, por quê? Porque faz isso comigo? Estou ficando todo dissimulado por causa disso e não quero que vidas morram em minhas mãos. Vou te contar com mais detalhes meu jovem, então ouça bem! Quando eu menos esperava um vulto, fui apanhado pelas costas, mas de alguma forma alguém me ajudou lá de cima. A distância que o cavaleiro que me apunhalou pelas costas era muito próximo eu não teria escapatória. Vir-me-ei com a espada erguida e com os olhos fechados e escutei só o barulho do cavaleiro cair no chão, abri meus olhos e não estava acreditando no que estava vendo, alguém lá de cima quer que eu prossiga mesmo a minha missão a aqui na terra por algum motivo, o qual não sabe. Cavalguei o mais longe que pude, já não aquentando cai-me do cavalo aqui nas pedras. Aqui sozinho só neste curto espaço de tempo sentiu medo, medo o meu coração de tudo ao meu redor,
  • 30. sentia pena dos feridos na batalha. Observava que lentamente eu iria morrer, meu sangue escorria, as dores são muitas. Disse a ele: - Não fale mais nada! Daqui pra frente você irá comigo! Votaremos e prosseguiremos pelo segundo caminho nos três: - eu, você e Arcanjo. Com um pouco de dificuldade de locomover sentia muitas dores nas pernas que ia subindo pela coluna parecia que eu iria congelar, mas quando avistei o segundo caminho tudo o que eu sentia desapareceu, acho que forças de outros planos estavam tentando me matar. No segundo caminho avistei uma casinha pequena. Ali é onde ficaremos esta noite. Chegando a casa encontramos dois homens, uma mulher e duas crianças que a me ver carregando o cavaleiro sangrando, logo pediram pra nós entrarmos. Cuidaram do cavaleiro como se fosse seu filho e me aliviara dizendo que o cavaleiro ficaria bem não correria mais nenhum perigo de vida. Hoje eu sei que nada, simplesmente nada é irreal e que nada dura pra sempre: – disse Alice uma bela camponesa de olhos que transmitiam tanta segurança para quem ficasse do lado dela. Mas chega um momento em que seus olhos não podem ver mais, mas eu vejo um olhar reprimido. Em certas circunstâncias não devemos esconder nossos sentimentos: - eu respondi a Alice. Uma voz repentinamente disse: - Não é fácil quando seus amigos desprezam aquilo no qual você se tornou, mas esquecem que estão tão alto que não podem voltar mais. -Nossa que isso! De onde vem essa voz? Eu disse. -Me chama Luiz. Aproveitei o momento e as palavras sábias de Luiz e perguntei:
  • 31. Diz-me se tudo sempre parece ser o mesmo, pois me vejo sempre só: - eu exclamei, já com lágrimas caindo dos olhos que já não tinham mais uma direção a seguir! Um homem que estava sentado a minha frente, aparentava uma boa aparência, ele murmurou e disse: - Me chamo Clever – e você é do tipo que sempre esperei por toda minha vida. Nem tente dizer que se sente em uma solidão profunda e sem caminho para voltar. Não há ninguém melhor que você. A sua intenção é mostrar o que há de bom dentro da sua alma. Quando eu lhe disse: - Há tantas angústias virando o mundo e quando é à hora certa pra se admitir que a nuvem negra um dia vá passar. O senhor Clever fechou seus olhos e com as mãos juntas começou a rezar pedindo a Deus que me abençoe, pois um jovem tão novo crescerá e enfrentará um desafio onde sofrerá muito, mas como recompensa terá paz que sempre precisa pra viver. Em algum lugar eu já ouvi isso antes, não há nada que eu possa fazer. Encontrar um caminho não é fácil. Do chão pra dentro do seu coração pra sempre: - disse o senhor Clever em suas últimas palavras antes de se levantar e ir-se embora. Não me contentando com aquelas explicações levantei-me e disse: - Os novos dias por muito tempo até agora existiam segredos em minha mente. Os tempos mudaram tente me entender, os dias vêm e vão que mais parecem umas prisões, mas o que eu faço pra não ficar assim? Um novo dia pra se esconder sabe que nunca serei igual a eles. E agora o que isso importa? – respondeu senhor Clever.
  • 32. Não posso deixar de pensar por que muitas vezes eu devia ter visto... Lembranças de um passado mal acabado: - eu lhe disse, mas já era tarde demais ele já fora embora. Olhei para o céu e já chorando comecei a gritar com todas as minhas forças pra ver se alguém me entendia: - Sabendo que nada sou não quero ser como eles, mas tenho que fingir. E nem quero ouvi-los, tanto faz o que eles fazem. As promessas serão esquecidas da mesma forma. Por quanto tempo o silêncio irá tomar conta de mim. Tinha meus planos, meu engano o copo de vidro sempre suava frio com o meu vazio. Está sendo guardado o que foi passado e quando os dias forem sós os dias ninguém se conter com o que pode acontecer. Inconformado, retornei a falar as mesmas palavras que Alice disse quando cheguei a sua casa, mas só que com palavras mais profundas: - Hoje eu sei que nada, simplesmente nada é irreal, mas de alguma forma a realidade machuca como o irreal e que nunca fomos velhos amigos irreais. Realidade que é essa, onde outros tempos eu vivia. Já presenciei muitos olhares onde me verão passar e acredito que muitos olhares me esperam voltar um dia. Luiz um homem sábio disse: - Não se afunde nas sombras, ela sugam tudo o que a de bom e te deixa em um mar sem fim, assim os abutres voarão por cima da carne crua e podre que a cada minuto que passa fede mais. Existem alguns que pensam, pensam que estão muito altos. Devo admitir algumas vezes pessoas quebram o silêncio que um dia um sonho deixou: - disse eu. As mentiras eles dizem e me deixam em um mundo vazio. Amamos em vão de modo racista e superficial. Os enganados e os esquisitos são os que temos que engolir. Odiar o dia de hoje é comum para algumas pessoas que por pensar que não existe uma boa causa para viver o amanhã. Somos todos uns grandes astros no final... Não pense em jogar dados só pra ver qual o melhor
  • 33. caminho a percorrer. O diabo adora quando joguemos dados e fiquemos pra baixo. Afinal, os dados são esquisitos e dão modelo de boa aparência. Por todos terem seus defeitos, pensam alguns em odiar o dia de hoje e pensam que estão no direito de julgar qualquer pessoa. Existem alguns que são muitos, muitos legais. Lembre-se a aparência engana e não seja um enganado: - disse Luiz. Após ter ouvido o conselho de Luiz disse eu: - Deus existe neste mundo? - Deus existe e está dentro de você: - Luiz disse com um imenso sorriso no rosto. Então saindo daqui seguirei caminho rumo ao meu destino: – disse eu.
  • 34. PARÁGRAFO ÚNICO III SONHOS EXISTEM... ACREDITE NELES...
  • 35. Caminhando em terras firmes e árvores ao meu redor eu em silêncio permanecia, ficava olhando quanta beleza em volta de mim, só ouvia o som das folhas caindo, o som das folhas se balançando e pássaros cantando. Por alguns instantes fiquei tão surpreso com aqueles detalhes encantadores que até me esquecia do porque motivo, razão e circunstância eu estava ali. Afinal de contas tudo era muito novo pra mim. Deslumbrado, com tudo comecei a cantar baixinho só pra mim tinha uma impressão que vozes me acompanhavam quando estava cantando e quando eu parava continuava bem baixinho. Por dez minutos parei e fechei meus olhos naquela imensa beleza tentando entrar em transe buscando o meu subconsciente para de alguma forma encontrar meu mensageiro e lhe perguntar pra onde eu devo seguir. Em imensa beleza não existia caminho a se seguir. Depois de algum tempo consegui invocar meu mensageiro perguntei – qual é o caminho a seguir? Pois aqui não existem caminhos! Não sei você é quem faz seu próprio caminho. Vou te dar um conselho – siga em frente em busca de um novo amanhã e não se esqueça do hoje em que vive: - disse meu mensageiro. Então eu o agradeci e deixei que ele fosse embora. Encantando comecei a brincar com o meu subconsciente que me fascinava, era tudo novo nunca havia feito nada daquilo antes, as chamas estavam quentes e estavam caindo do céu, me controlei o máximo que pude e não conseguia acreditar que a conseguia controlá-las tão facilmente só com o poder da minha mente era fascinante demais! Eu podia decidir aonde iriam cair se iriam cair me sentia um dos deuses gregos. Mas havia algo estranho que eu não entendia – sendo que eu nunca tinha feito tal ritual de invocação como eu poderia fazer aquilo de forma tão simples e bela, será que é a minha mente novamente pregando as peças mais perfeitas em minhas próprias ilusões – era uma coisa de louco, louco mesmo tudo aquilo. Voltando em meu estado normal marquei uma reta e fui nela e que seja o que Deus quiser, vamos lá... Quando de repente as mesmas vozes que me acompanhavam em minhas músicas voltaram a se manifestar, resolvi seguir de onde vinha àquelas vozes e fui me deparar com uma caverna muito diferente daquelas que eu imagino em meus sonhos e era de dentro da caverna aonde vinha àquelas vozes que quando cheguei diante dela parou de cantar
  • 36. baixinho e começou a dizer com uma voz tão terna – entre, entre as respostas que você procura aqui encontrarás. Não entendendo bem aquelas vozes e muito menos entendendo a mim mesmo pensei: - vou entrar por que se me trouxe até aqui tem alguma lá dentro que eu preciso saber, mas se eu de alguma forma descobri que tudo é real simplesmente ficarei sabendo de uma forma bem informal e muito irreal. Entrando na caverna me deparei com vários morcegos eles pareciam radares sem direção voando em volta de mim. É ilusão ou não? Ter medo ou não? Eu simplesmente vim até aqui só pra fazer justiça. Quando mais eu entrava as vozes que ouvia parecia um grupo de música clássica que se tornava cada vez mais fraca. Ouvindo aquelas músicas lembrei-me que às vezes eu poderia estar errado em... Relação a minha ilusão – se o guerreiro na batalha no deserto não pode me ver, o cavaleiro que eu socorri pode me ver e as pessoas que habitavam a casa onde nos abrigamos também puderam me ver – é estranho mais a cada vez que eu me aprofundo em busca das respostas certas e soluções necessárias tudo se torna mais complicado, agora me pergunto será sonho ou ilusão, que chato, ou será outra vez a minha mente que está pregando peças em mim. Preocupado agora sim fiquei mais ainda, será que as pessoas podiam me ver realmente ou não poderiam me ver, mas isso agora pra mim não importa vou começar a ficar mais atento com os fatos que virão a acontecer ao meu redor e a todas as coisas que me rodeiam. Chegou um determinado tempo que reparei que estava faltando alguém era o Arcanjo, eu ficara tão encantado que nem me dei conta, mas mesmo assim gritei: Arcanjo cadê você. Olhava para os lados escuros e cadê Arcanjo, ele sumiu mesmo! Em acontecidos passados lembrei que Arcanjo só aparecia quando me sentia sozinho, ele sabia que naquele lugar onde eu iria passar de alguma forma não estaria sozinho por algum motivo. Voltei a concentrar nas vozes que me chamavam que a cada vez se tornava fracas, calmas e inseguras que me diziam cantando: Seu coração cubo de gelo... Que por você mesmo vive e aprende com os erros do passado. Seu coração cubo de gelo... Que com os fatos não deixam seus sonhos tocarem o chão.
  • 37. I can’t stand to fly Put me in the knees I can’t raise to cry I’m out of my way Lies counted will not heal… So I never see ... I want a day to fly I want a day to cry The clouds float in a void. I’m looking for a reason. I broke my heart ... I need ... I can’t stand to fly ... I need it, I desire inside of me. I would like to be good? Forever in my mind… Forever or never ... I am only a man! What I want to be good? Seu coração cubo de gelo... Que por você mesmo vive e aprende com os erros do passado. Seu coração cubo de gelo... Vi almas passando por mim que estranho não conseguia entender nada, absolutamente nada do que estava acontecendo era tudo tão diferente do que eu estava acostumado a viver no mundo real. Velas se acendem nas laterais da caverna, sou escravo do meu próprio destino e não conseguia acreditar. As chamas às vezes formavam círculos de fogo, na fumaça apareciam sinais estranhos que me indicavam a direção. O silêncio tomava conta e andando seguindo a fumaça cheguei diante de uma porta. Perto da porta havia cinzas ao seu redor, que pelo menos dava pra ver naquele imenso corredor. Nunca imaginava o fim em vista, por que de qualquer maneira não
  • 38. queria ficar perdido. Acreditava que em dias claros e noites escuras eu encontrarei as minhas respostas. De repente a porta se abriu um clarão enorme surgiu diante dos meus olhos e aos poucos minha visão conseguia ver o que estava acontecendo diante daquela porta. Só poderia ser sonho eu estava em terras proibidas ou em terras que jamais foram penetradas por alguém. Não é fácil quando a indecisão toma conta da sua mente e te impede de agir de determinada atitude. Em volta de imensa grandiosidade talvez possa até aparecer um mago ou um místico com muitos e muitos segredos a me contar e assim ficarem horas e horas tentando entender por que eu pressentia que as estrelas iriam se alinhar e que iriam me mostrar algumas respostas e indicar qual o caminho certo. Seria desnecessário eu pensar que os dias passarão sendo que a noite chegava e ia embora o dia chegava e ia embora, mas não acreditava que existiam dias após dias. Tantos caminhos de promessas poderiam surgir se ao menos a verdade fosse certa e não incerta. Acho que sou cego... Se ao menos eu pudesse ver... Seguir em frente sem a ajuda de alguém, mas mesmo assim devo admitir eu tenho que seguir em frente... Seguir em frente... Em frente... Um velho isso sim que me sentia! Isso está me sufocando quero sair! Meus sonhos estão loucos! Estou me sufocando, tudo está estranho sinto-me que algo em mim está se perdendo! O que será que estão me roubando? Está ficando tudo frio em volta de mim e minha boca está amarga com o que não sei. Alguém ouça os meus lamentos e me ajuda, por favor, não me deixa aqui sozinho – responda-me agora! - A chama sagrada dos deuses que o saúdam e que seja queimada novamente em vosso sacrifício. Que o circulo mágico te cerque por todos os lados. Ordeno que apareçam agora visões de um novo mundo que será somente visto no futuro e ajudará este jovem guerreiro em sua busca sem fim – disse um velho sentado em cima de uma pedra com as pernas cruzadas. Assustado com as palavras dita por aquele velho que mais parecia com uma alma sentada em cima da pedra. Ele disse bem baixinho: - Venha até cá e deixe seu corpo leve para que sua alma na medida em que a chama se queime a mística razão das respostas se apareçam pra você.
  • 39. As chamas passavam pelo meu corpo os mistérios começavam a aparecer pra mim na medida em que o ritual se prolongava e as chamas se queimavam. - Novamente nossas vidas e caminhos se cruzam, tente entender se for capaz! – uma voz misteriosa saia das chamas, não estava conseguindo entender. Tente entender o fracasso não é sinônimo de desistir do seu objetivo o que está esperando? Corra atrás agora! O mistério estava sobre mim o tempo todo por isso não conseguia entender. Em meus pensamentos o chamado dia de glória traz o vento dos dias infinitos que pra mim virão tudo isso graças aos ancestrais. Então virá um novo tempo pra que eu posso entender, pois consegui entender a mim mesmo. Tudo só passava de um sonho que abençoado pela chuva que cai bem lentamente sobre minha cabaça. Caminhando agora estou em busca dos caminhos perdidos que me deixam muito confuso com tudo. Mantendo meus olhos bem atentos não deixarei que os maus espíritos se acordem, pois se isso acontecer os dias se tornou noites e ninguém, ninguém mesmo poderá fazer nada para controlar tamanho horror.
  • 40. PARÁGRAFO ÚNICO IV A VIDA NÃO É FÁCIL E NEM PENSE QUE SERÁ COMO VOCÊ DESEJA...
  • 41. O DESABAFO DE UMA MENTE PERTURBADA Algumas pessoas nunca pensaram em ser livre algum dia? Voar para que todos possam vê-los? Segure minha mão e sinta quem eu sou... E sentirá que ninguém estará sozinho... Ninguém sabe o que é perder uma família, crescer sozinho neste mundo tão arrogante onde encontrar alguém de verdade é tão difícil sendo quase impossível. A solidão é o que eu nunca quis para a minha vida, mas não restou alternativa para que eu pudesse viver, passei a invejar os outros, ter ódio, raiva e até querer matar meus melhores amigos tudo isso só para ser forte e não ter medo de ninguém. As memórias ficaram para trás, as lembranças que eu tive ficou no passado por isso a solidão me pegou tão fácil deste jeito. Nunca precisei de nenhum amigo para conversar e dizer o que eu sinto aqui dentro do meu coração, mas amigos o que isso realmente significa? E o que nós sentimos quando temos um amigo de verdade? Você sabe?! Pensar que algum dia nós podemos continuar juntos para que não haja mais solidão. Sim, verdade que não podemos acreditar! Velhas e amargas lembranças de quando era criança, for considerando um gênio não é fácil porque se errar será considerado um fracassado. Algum dia em sua vida já sentiu em um mundo distante tão longe que às vezes não consegue mais voltar? O que é isso me pergunta?! Não sei bem ao certo, mas sinto que todos a minha volta estão cada vez mais distantes de mim. Queria poder escolher outros caminhos, mas só me resta à vingança em minhas mãos queimando feito combustível pronta para explodir já ouviu conselhos que com a vingança não se chega a lugar algum. Talvez após a vingança, só sobrará para eu solidão eterna! Você me diz que o mal pode existir na minha vida! Mas não se preocupe sempre tive o que sentir... Nunca ouve ninguém pra me escutar mesmo neste mundo arrogante e chato. Eu não sei, mas não sei por que canto essa música se o meu coração congelado agora está e o meu sonho ficando mais claro. Às vezes eu vou até o horizonte para encontrar um milagre! Chegando lá, talvez, eu vá ficar perto da divisão do mundo! Templários em execução no rastro de sangue... Passos no silêncio frio da noite à procura de fronteiras!
  • 42. A bandeira é levantada em um mundo de fantasia em massa! As guerras nos bombardeiam com seus raios de escuridão! Para uma vida inteira os dias passam diante dos meus olhos! Em uma casa simples, uma esperança parecia ser a única coisa! Estou por um momento vivendo um mundo de milagres! Entre os meus jardins verdes... Eu ando com os meus amigos. Tentando deixar tudo para trás. Então eu vou me sentir mais seguro. Quando eu fechei os olhos comecei a ver uma bola de fogo! O vento traz tudo de volta eu não sei. Eu posso ouvir os sentimentos transformando em dor. Temo que com o medo do meu tempo de ficar sozinho. Uma história de admiração. Meus olhos brilhantes viram o inferno. E não quero ver de novo. Para sempre e sempre e sempre. Um sonho, minha esperança não tenho certeza se algum dia pode se fechar e não mais abrir pra mim, mas com certeza me escute nesta tarde e não espere até amanhã para que assim não seja tarde demais para te contar o quanto eu sofro aqui dentro do meu coração. Existem cicatrizes dentro de cada um e cada um carrega dentro si a esperança de um novo dia que seja bom e que sintonizam o seu coração e que a noite escura seja trocada pela luz do sol, em minhas mãos o meu amor nunca me deixou, por que sempre levei os meus joelhos aos chãos pedindo por perdão. As lágrimas que às vezes nascem no amanhecer de um triste coração podem ser mais forte do que muitos arrogantes que deixam o amor entrar na sua vida para meros prazeres numa noite fria e escura esses tipos de coisas eu não consigo entender, não consigo entender. Se por acaso eu quiser contar os meus segredos para você não se assuste, porque é só uma nova esperança indo a sua direção. Ainda que
  • 43. tudo pra mim não se torne verdade lembrar-me-ei da chuva caindo em meus olhos assustados, tudo isso pode ser real se você quiser então... Andando agora estou em baixo das nuvens negras, não sei por que eu faço isso às vezes, mas, queimando está a minha cabeça e tenho certeza que isso é real, sou um jovem que não mente! O AMOR Em meu sonho minha memória é uma das coisas mais estranha que acontece comigo. Meu coração está partido ou me sinto estúpido novamente, não estou com medo de fantasmas, estou com medo da vida daqui em diante. Minha vida agora eu sei... Eu ficarei comigo mesmo. Eu fecho meus olhos e estaria lá todo o meu céu azul novamente só pra mim, deve ser por que eu quero ou desejo um espaço e tenho como intenção trazer o que há de bom. O amor! Ah! Querida dos meus sonhos mostre-me meus sonhos mais secretos e sinceros e só assim teremos um pouco de tempo para uma longa e difícil jornada rumo às estrelas. Sentado sob uma pedra eu sinto a brisa dos dias que viram a passar por mim e somente os sonhos podem mudar o meu destino. Em um leve deslize aqui vou viajando. Sou apenas um passageiro de uma imensa ilusão em busca de algo que posso sonhar. Quando encontrar o mundo lá fora eu poderei tocá-lo, pois o mundo lá fora é diferente daqui. Eu penso em muitas coisas, tento conseguir ganhar tudo, mas as palavras sempre ficam soltas no ar. São tantas paisagens, assuntos a que será me inspiram? São tantas idéias que tento passar, chega até me perder. Em minha cabeça melodias se juntam e formam o sonho de um dia eu encontrar as soluções para o que sinto de verdade. Imaginação rolando no ar o meu pensamento está procurando o que eu tenho que encontrar... Passo horas e horas só pensando em profundezas de um sonho. Depois de tanto tempo você achou que eu iria ficar remoendo lembranças do passado que por mais que sejam boas. Os tempos mudaram por aqui consegue me entender? Não pretendo ficar perdendo meu tempo com lembranças do passado, o passado eu esqueci, pois agora não tem nada para mim.
  • 44. Não fique se lamentado... A muitas outras coisas que ainda podem ser feitas, agarre seu sonho. Penso hoje em tentar novamente traçar mais um caminho e de novo não me importar com as mudanças, pois sei que são necessárias. Em busca de sonhos reais. Em busca de um novo... Mundos estão tentando me inspirar. Já cansei de escrever em uma folha de rascunho estas palavras que do meu pensamento voam agora. Melodias de uma banda de música são entoadas em mim. Surgem a cada momento... A esperança... Uma solidão que minhas mãos não conseguem esconder. Palavras mandam em meu pensamento, coração e a voz respondem meus sentimentos. Voltarei em um rio, vou escrever meu nome em um oceano de lágrimas onde sua inveja aquece numa raiva de desejo. Como uma ferida em mim que não se quer calar. Eu tenho lutado por toda a eternidade e notei que o meu destino eu estava ganhando raiva e medo quando fechava meus olhos. Olá silêncio! Conseguiu finalmente me pegar. É fácil agora... Só ouço o som das folhas descansando sobre o suave gramado como se fosse poesia. Dona raposa me contou que o beija-flor ficou sem graça por que o lírio disse algo que ele jamais perguntou. Viro a vida, mas de qualquer jeito vem uma nova página em minha vida pra ser vivida novamente. Com base em nossos erros, não quero reviver tudo de novo, já estou cansado de ficar sozinho. Nossos erros fazem com que a gente não fique juntos, com isso o orgulho nos cegou por toda a eternidade e não pretendo cometer o mesmo erro novamente. Em sinceridade vim aqui pra te dizer que eu estou de boa e que tudo é sempre pra valer, de forma alguma não quero ver rosas e flores voando por aí, mas meu rosto continua sempre fechado para blindar a sombra do teu olhar, pois só assim quero ser feliz. Os caminhos se desviarão dos planos e o que era esperado se tornou inesperado mais uma vez, agora é à hora de esquecer o passado e seguir em frente e não deixar que a vida se torne uma ilusão ou uma coisa chata sem sentido pra ser vivida. Não podemos deixar que o meu amor pelo o meu sonho fique vazio só na esperança de uma grande reconciliação comigo mesmo, porque a vida está passando cada vez mais e sinto-me perdido, um coração que já quase não agüenta mais lutar, lutar outro dia em busca de palavras certas para essa solidão que me atravessa tão rápido e distante. Eu não acho que a escuridão vai me segurar por algum tempo no vazio de um mundo desigual.
  • 45. -Essa sua mão calmamente trazendo a paz para mim... Meu sonho... -Essa sua mão calmamente trazendo uma nova esperança... Meu sonho... -Leve-me para obter algumas respostas sobre o céu ou sobre como andar sobre as águas claras de um oceano e só assim eu sei que eu carregarei a vida comigo por toda a eternidade.
  • 46. PARÁGRAFO ÚNICO V A VIDA É UMA MENTIRA, MAS NEM SEMPRE ELA É PRECISA.
  • 47. A VOLTA No manto negro que cobre a escuridão mais uma vez ficarei preço em meus sonhos contraditórios. Loucos lobos sempre vêm e vão com intuição de pregar mais uma peça em minha imaginação. As chamas cairão do céu novamente e em profundezas irei tentar buscar as respostas certas para o que eu procuro. Espero que o fim não chegue tão rápido e que seja menos doloroso, pois o que já sofri nem em livros ninguém encontrará as respostas. Queremos subir às vezes tão alto e esquecemos que as visões não são só vista do alto mais sim de baixo e caímos em profundo sono. Um despertar ilustre e um grito de dentro de nossas almas são o que nós precisamos e só assim conseguiremos expulsar os poderes ocultos que se encontra armazenados em um universo desconhecido... Sua mente!
  • 48. AO AMANHECER Ao amanhecer quando eu acordei fiquei um pouco assustado sem palavras para explicar o que aconteceu naquela imensidão sem fim que pra mim era só a minha ilusão brincando, mas eu consegui sentir tudo o que estava acontecendo naquele vazio onde o vento cortava com seus truques de assobio leve, mas arrepiador. Além disso, a outros planos em minha mente... Quero mostrar que sendo apenas um ser mortal eu posso através do meu subconsciente entrar em transe e conseguir encontrar do outro lado um plano onde jamais seres humanos poderão tocar sendo com as mãos ou pisando com seus pés que por sua vez muitos seres humanos medíocres querem serem donos de tudo, mas na verdade não são donos de nada. Neste mundo ninguém é dono de nada, pois aqui acredito estamos sós de passagem. A verdadeira vida nos espera do lado de lá, mas eu não penso que a morte é linda, ou à morte vida. Naquele mesmo dia gastei meu tempo fazendo coisas que pra mim não são muito interessantes como: parar e começar a contar pra mim mesmo o que desejo que seja daqui pra frente. Acredito em mim, pois meu único amigo é eu mesmo e até consigo fazer com que eu não reprima tão facilmente depois do meu sonho acontecido, pois de alguma forma me controlo e o meu subconsciente controla o meu eu. E aprecio a facilidade de conversar comigo mesmo, eu acho isso uns dos dons que Deus me deu por algum motivo que ainda pretendo encontrar nas terras perdidas. O céu está lindo e só agora pude ver isso, quanto tempo eu perdi pra descobri. Tenho que dar mais valor nas coisas que ganhamos de graça e principalmente nas coisas que só conseguimos com muito sacrifício e com muito suor. Começa a entardecer e o medo de ter que se deitar começa a me perturbar mais uma vez. As minhas mãos não conseguem esconder que realmente eu estou com muito medo, medo de ter que se passar por mais uma prova de fogo. Mas eu preciso... Com medo ou sem medo acredito em mim. Eu sei que vou conseguir com a coragem de um guerreiro vou até o fim pra descobri o que realmente isso quer me dizer dentro de mim.
  • 49. Agora neste momento em que me encontro sozinho estou pensando: será que existem outros planos além deste em que vivemos? As almas por mim passam livremente à noite, sei por que eu permaneço deitado, mas de alguma forma sinto que estou acordado vendo tudo passar. Realmente eu estou acordado vendo tudo passar! Meu sangue está começando a correr frio pelo corpo e sinto que o meu coração está ficando como uma pedra. Fechei meus olhos por alguns instantes e fui em direção ao quarto, logo que cheguei ao quarto pressenti que ele estava vindo e com forças ainda mais fortes. Quando ele vem não fica fácil de permanecer calmo. Tudo ao seu redor parece morrer logo que se passa. Meu Deus o que é isso? Tudo, tudo ao seu redor simplesmente cai sem ao mesmo olhar pra ele. Seus olhos vermelhos não me conseguem por medo. Eu sei que Deus está comigo aonde quer que eu vá. O que será que esses jogos mentais vão fazer comigo desta vez, estou muito curioso pra saber, mas estou com muito medo de ficar deitado. A morte tem que conhecer a si mesma senão suas chances de conquistar a minha alma são mínimas. Se a morte desconhecer a si mesma ela estará perdido e cairá em meus profundos sonhos sem fim. Em um labirinto só de pensamentos meus eu vou trancar os maus espíritos e tenho certeza que eles agora sim ficarão até com medo de mim. (...) Eu acho melhor acordar do que dormir! (...) Prefiro ter certeza de algo a só ficar imaginando! (...) E sempre irei pensar: - prefiro fracassar tentando a nem ao menos ter tentando! Entretanto, do fundo do meu coração, quero que seja somente um sonho e que isso nunca acabe... Que isso nunca acabe... Nunca acabe...
  • 50. REFLEXÕES QUE APRENDI EM SILÊNCIO NO MEU SONHO Hoje em dia é muito fácil dizer que é um amigo de tal pessoa, pois simplesmente é fácil enganar alguém com falsas palavras. As promessas são esquecidas e nós que amamos demais... Aprenda a confiar em si próprio e não em pessoas que estão ao seu lado, pois chegará um dia que você precisará e ela não estará ao seu lado. Todas as pessoas é alguém você acredita em mim? Palavras erradas podem quebrar o coração... Não deixe que as mentiras fiquem em volta de você. Vai chegar o dia em que alguém irá dizer, existem tantas coisas que eu nunca soube... A dor que se causou infelizmente pra você não tem valor, pois só quem sente sabe a dor. Parar e ficar olhando o céu e imaginando por que as coisas só dão erradas com você. Bem, não é bem perca de tempo e sim que você tem tempo para olhar as estrelas. As lembranças ruins vêm quando você quer e somem quando você quer, pense nisso! Talvez a situação em que vivemos não deve ser uma das melhores. Não se lamente, em algum lugar deve haver um motivo do por que nessa vida vivemos desse modo... Não troque a pessoa que você ama por uma que você deseja, pois certamente vai chegar um dia que essa pessoa que você deseja vai trocar você pela a pessoa que ela a ama. É fácil olhar nos olhos de qualquer pessoa e dizer que a ama, mas vai ser triste um dia você chegar e olhar nos olhos dela e dizer que não há ama mais. Não brinque com os sentimentos... Para não brincar com os seus sentimentos...
  • 51. SOMENTE UM LEVE DESESPERO DE FICAR LONGE Amar você é feito uma canção boa que eu acabei de fazer! É como um livro bom que eu acabei de ler! É tudo amar você! É dar prazer e ter ao mesmo tempo um desfalecer! É acordar a tempo de reacender! É tudo o que há de bom amar você! Horas, dias, meses e anos-luz irei te amar, Ontem, hoje e eternamente eu irei te amar! Em águas claras eu naveguei, Em teus espaços voei, Vir-me-ei, dei a volta ao mundo quando te encontrei, pois Em águas claras eu naveguei, Em teus espaços eu voei, Como um encontro do céu e o mar. Existem motivos na vida... Que nos faz às vezes parar e pensar. Não pense que tudo estará acabado, pois enquanto eu me manter de pé, as nossas vidas sempre encontrará um final feliz. Aproveitemos os momentos que a vida lhe oferece, pois iguais já mais existirão. Aquele abraço bem grande de quem te ama. Continua...
  • 52. Tradução da letra p.32 e 33. Eu não posso mais voar Ponho-me de joelhos Eu não posso levantar para chorar Estou fora do meu caminho Mentiras contadas não vão curar... Assim eu nunca vejo... Eu queria um dia voar Eu queria um dia chorar As nuvens flutuam em um vazio Estou olhando para a razão Eu quebrei meu coração Eu preciso de... Eu não posso ficar de pé para voar Eu preciso... Eu desejo de dentro de mim Eu poderia gostar de estar bom? Para Sempre em minha mente… Para Sempre ou nunca... Eu sou somente um homem! Que eu desejo estar bom?
  • 53. Sumário Prefácio......................................................................................................... 6 Prólogo.......................................................................................................... 8 Significado do nome do livro........................................................................ 9 Resumo.......................................................................................................... 10 Frases que influenciam em minha vida......................................................... 11 O sonho sem fim dos mortais........................................................................ 12 Parágrafo único I........................................................................................... 16 Parágrafo único II......................................................................................... 24 Parágrafo único III........................................................................................ 30 Parágrafo único IV....................................................................................... 35 O desabafo de uma mente perturbada.......................................................... 36 O amor.......................................................................................................... 38 Parágrafo único V......................................................................................... 40 À volta........................................................................................................... 41 Ao amanhecer............................................................................................... 42 Reflexões que aprendi em silencio no meu sonho........................................ 44 Somente um leve desespero de ficar longe................................................... 45 Tradução da letra........................................................................................... 32/33