2005Gás Boliviano: 40.000 Mm³/dGás Argentino: 9.200 Mm³/dProdução Nacional: 43.367 Mm³/dGás Natural Liquefeito: 4.000 Mm³/...
Gasodutos na America      do Sul
O gás natural é constituído, em sua maior parte, pormetano, que é um hidrocarboneto extraído dasprofundezas do solo. Assim...
O gás natural, assim como o petróleo, é um combustível fóssil, composto por uma mistura de hidrocarbonetos, constituído em...
  Composição do Gás Natural                 Metano 89,11 %                  Etano 5,87 %                 Propano 1,86 %  B...
Com relação ao aspecto de segurança, podemosdestacar que possui densidade específica menor que     a do ar, o que facilita...
USOS DO GÁS NATURAL INDÚSTRIA: Substitui com vantagens outros combustíveis. Ideal para processos queexigem a queima em con...
•Início da obra: ago/97;•Início do fornecimento: mar/99;•Extensão: 2.593 Km, no Brasil;•Faixa de influência responde por: ...
Gas natural1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gas natural1

565 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 1 - GÁS BOLIVIANO : Em 2004 poderemos transportar nossa capacidade nominal de 30milhões de m3/d visto que estarão concluídas nossas 12 estações de compressão. Fora as mencionadas nos dois slides anteriores entrarão em 2004: MS - Albuquerque, Anastácio, Rio Verde, Guaigurus; SP - Ibitiga. 2 - GÁS ARGENTINO: Em 2005 o TSB estará transportando 15 milhões de m3/d. [Brasil Energia - outubro 2000] 3 - PRODUÇÃO NACIONAL: Ainda baseado no Planejamento Estratégico, o Laércio do SERPLAN informa que o volume para comercialização será de 29 316 milhões de m3/dia de GN nacional. Segundo mostra o gráfico comentado no slide anterior, a relação Produção Nacional/ Disponibilidade de Venda começa com 34% (1999) atingindo 59% em 2005. 4 - GÁS NATURAL LIQUEFEITO: RODOLFO O VALOR QUE TE PASSEI NA 4ª FEIRA FOI DE 4 MILHÕES DE M3/DIA. Esse valor - 4 milhões de m3/dia - consta em uma apresentação do Cesar Ramos - IBC - IV ENCONTRO DE GN - AGOSTO DE 2000. NA APRESENTAÇÃO DA GASPETRO - RIBEIRÃO PRETO - O VALOR É DE 2 milhões/dia.
  • Gas natural1

    1. 1. 2005Gás Boliviano: 40.000 Mm³/dGás Argentino: 9.200 Mm³/dProdução Nacional: 43.367 Mm³/dGás Natural Liquefeito: 4.000 Mm³/dTOTAL: 96.567 Mm³/dConsumo Interno Petrobras: 8.175Mm³/d
    2. 2. Gasodutos na America do Sul
    3. 3. O gás natural é constituído, em sua maior parte, pormetano, que é um hidrocarboneto extraído dasprofundezas do solo. Assim como o petróleo, ele é oresultado da transformação de fósseis de materialorgânico que existiram em nosso planeta desde seusprimordios .O Gás Natural é um combustível ambientalmente menosagressivo que outros combustíveis necessários a vidahumana. A sua queima uniforme gera baixa emissão deresíduos, um fator importante na melhoria dos padrões deemissões ambientais. Além do seu alto poder de queima,possui outras vantagens tais como possibilitar maior vidaútil para equipamentos e menores custos de manutenção.Em virtude dessas características, a sua participação namatriz energética brasileira é crescente. Pesquisasrealizadas junto a setores industriais, associações declasse e secretarias de governo demonstraram que asvantagens técnicas e econômicas oriundas da utilizaçãodeste energético ainda não são plenamente difundidas noBrasil e os benefícios provenientes de seu uso poucoconhecidos.
    4. 4. O gás natural, assim como o petróleo, é um combustível fóssil, composto por uma mistura de hidrocarbonetos, constituído emsua maior parte por metano (CH4). Não se trata, portanto, de umproduto derivado do petróleo, mas sim de formação semelhante.A unidade básica de medida para o gás natural é o metro cúbico nas condições de 20º C e pressão de 1 atmosfera absoluta, sendo que a energia produzida pela combustão é usualmente medida em Kcal (Quilocalorias).
    5. 5.   Composição do Gás Natural Metano 89,11 % Etano 5,87 % Propano 1,86 % Butano (+)1,06 %Nitrogênio0,91 %Dióxido deCarbono1,17 %Densidade relativa do Ar 0,6340Poder calorífico superior (PCS)9560 kcal/m 3 Equivalência Energética Principais  Combustíveis1 Kg OC = 1m de Gás Natural1 Kg GLP = 1,25 m 3 3de Gás Natural1 st lenha = 93 m3 de Gás Natural1 lt diesel = 0,92 m3 de Gás Natural Devido as suas características físico-químicas, elepode ser empregado tanto como matéria prima para a indústria petroquímica quanto ser utilizado como combustível pelas indústrias e na produção de energia elétrica, substituindo, com grandes vantagens ambientais, o óleo combustível e o carvão
    6. 6. Com relação ao aspecto de segurança, podemosdestacar que possui densidade específica menor que a do ar, o que facilita a sua dispersão para a atmosfera, reduzindo os riscos de acidentes, ao contrário do GLP (Gás Liqüefeito de Petróleo), produto derivado do petróleo e utilizado atualmenteem nossas residências, que, sendo mais pesado que o ar, acumula-se ao nível do solo podendo causar sérios acidentes por intoxicação. Sob o ponto de vista macroeconômico, é umimportante vetor de atratividade de novas empresas,demanda conhecimento específico da área, exigindo a criação de novos centros formadores de mão-de- obra, é o combustível mais ecológico dentre das opções atuais, pois reduz bastante a emissão de poluentes em relação à queima do óleo. O gás natural diminui, também, o gasto com combustível,agrega qualidade ao produto porque permite uma da queima direta.
    7. 7. USOS DO GÁS NATURAL INDÚSTRIA: Substitui com vantagens outros combustíveis. Ideal para processos queexigem a queima em contato direto com o produto final, como a indústria cerâmica, de cimento e a fabricação de vidro. Na fabricação de aço, pode ser usado como redutorsiderúrgico em substituição ao coque. É utilizado como matéria-prima para a produçãode metano, na indústria petroquímica e para a produção de amônia e uréia na indústria de fertilizante GERAÇÃO TÉRMICA: Funciona para a geração de energia elétrica e produção de vaporCOMÉRCIO E RESIDÊNCIAS: Utilizado para cogeração de energia e refrigeração emambientes como shopping centers, hotéis e hospitais. Nas residências, substitui o gás liquefeito de petróleo (GLP), com inúmeras vantagens, como a não necessidade de armazenamento de combustível. AUTOMÓVEIS: É mais econômico que o combustível líquido, sendo no minimo 50%mais barato em relação à gasolina. Como é gasoso, não deixa resíduos de carbono no motor, aumentando sua vida útil e reduzindo os custos com manutenção
    8. 8. •Início da obra: ago/97;•Início do fornecimento: mar/99;•Extensão: 2.593 Km, no Brasil;•Faixa de influência responde por: • 82% da produção industrial brasileira; • 75% do PIB; • 71% do consumo energético nacional;•Investimentos: superiores a US$ 2.0 bilhões;•Capacidade: 30 milhões de metros cúbicosdiários;•Contrato de fornecimento: 20 anos.

    ×