Aracruz
2014
Fenícia
Fenícia
Alunos:
Bárbara Resende Rangel
Carlos Daniel de S. Martins
Dhienyfer Stéfany O. de Freitas
Gabriela Lima
Lucas Rib...
Região
O solo da região era árido e
em virtude de sua pequena
extensão de terra os fenícios se
dedicaram muito pouco à
agr...
Religião A religião dos fenícios era politeísta e
antropomórfica. Os fenícios conservaram
os antigos deuses tradicionais d...
Economia
A principal atividade
econômica dos fenícios era
o comércio. Por sua vez,
importavam de várias
regiões produtos c...
Destaque Comercial
Em razão dos negócios comerciais, os fenícios desenvolveram
técnicas de navegação marítima, tornando-se...
O Alfabeto Fenício
Em função dos diversos contatos comerciais que mantinham com
diferentes povos, os fenícios sentiram nec...
Artesanato
Sua arte mais típica é representada nos
escaravelhos de jaspe verde, encontrados
principalmente nos cemitérios ...
Curiosidades da Fenícia
*Por conta das atividades comerciais, eram exímios navegadores e
foram os primeiros a contornarem ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Economia, Costumes e Religião de uma das Primeiras Civilizações: A Fenícia.

4.318 visualizações

Publicada em

Estes slides trazem um pouco da Fenícia, uma das primeiras civilizações do mundo. Traz um pouco sobre sua religião, sobre sua economia e etc.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia, Costumes e Religião de uma das Primeiras Civilizações: A Fenícia.

  1. 1. Aracruz 2014 Fenícia
  2. 2. Fenícia Alunos: Bárbara Resende Rangel Carlos Daniel de S. Martins Dhienyfer Stéfany O. de Freitas Gabriela Lima Lucas Ribeiro Lucas Santos Nathalia Lombardi Thuanny Lourette 1º Ano A – Eletrotécnica. História - Eliana
  3. 3. Região O solo da região era árido e em virtude de sua pequena extensão de terra os fenícios se dedicaram muito pouco à agricultura, mas as montanhas do Líbano, que circundavam a Fenícia e que serviam de defesa contra possíveis povos invasores vindos do interior, presentearam esses povos com grandes riquezas naturais como o cobre, o cedro e matérias resinosas que ali existiam.
  4. 4. Religião A religião dos fenícios era politeísta e antropomórfica. Os fenícios conservaram os antigos deuses tradicionais dos povos semitas: Cada cidade possuía seu próprio panteão adorando o seu Baal (deus) e sua Baalit (Deusa). Estes deuses eram mais conhecidos pelos seus títulos: Adôn, em grego, Adônis (senhor) adorado por Biblos; Melcart (Rei da Cidade) e Tanit adorados em Tiro; Eshmun (deus da saúde) adorado em Sidón; Astartéia ou Ista deusa dos bens terrestre, do amor, da primavera, da fecundidade e da alegria; Baalat (dama) muito associada a Baal. A divindade era frequentemente representada por pedras (bétilos), erguidos em altares nas partes mais altas da cidade. Obs: Para aplacar a ira dos deuses sacrificavam-se animais. E, às vezes, realizavam-se terríveis sacrifícios humanos.
  5. 5. Economia A principal atividade econômica dos fenícios era o comércio. Por sua vez, importavam de várias regiões produtos como metais, essências aromáticas, pedras preciosas, cavalos e cereais. Considerável parte dos produtos comercializados pelos fenícios provinha de suas oficinas artesanais, que dedicavam à metalurgia (armas de bronze e de ferro, jóias de ouro e de prata, estátuas religiosas). à fabricação de vidros coloridos e à produção de tintura de tecidos.
  6. 6. Destaque Comercial Em razão dos negócios comerciais, os fenícios desenvolveram técnicas de navegação marítima, tornando-se os maiores navegadores de Antiguidade. Desse modo, comerciavam com grande número de povos e em vários lugares do Mediterrâneo, guardando em segredo as rotas marítimas que descobriam.
  7. 7. O Alfabeto Fenício Em função dos diversos contatos comerciais que mantinham com diferentes povos, os fenícios sentiram necessidade de um meio prático para facilitar a comunicação. Pressionados por essa necessidade, os fenícios desenvolveram uma das mais fabulosas invenções da história humana: o alfabeto. O alfabeto fenício era composto por 22 sinais, sendo, mais tarde, aperfeiçoado pelos gregos, que lhe acrescentaram outras letras. O alfabeto grego deu origem ao alfabeto latino, que é o mais utilizado atualmente.
  8. 8. Artesanato Sua arte mais típica é representada nos escaravelhos de jaspe verde, encontrados principalmente nos cemitérios cartagineses da Sardenha e de Ibiza. No período helenístico, destacaram-se na confecção de sofisticados sarcófagos de mármore e ficaram famosos como artistas e artesãos, mas poucos trabalhos em larga escala sobreviveram até nossos dias. No entanto, graças à sua atividade mercantil, os pequenos artefatos chegaram a se difundir pelo mundo mediterrâneo, muitos deles encontrados em escavações. Sobressaíram- se também na confecção de objetos de luxo, como joias, estatuetas, garrafas de vidro e alabastro, caixas de marfim e recipientes de bronze.
  9. 9. Curiosidades da Fenícia *Por conta das atividades comerciais, eram exímios navegadores e foram os primeiros a contornarem a África segundo Heródoto; *Após dominarem o comércio Mediterrâneo, fundaram colônias no norte da África, em Cartago, e a Costa Africana, em Cádiz; *Os fenícios criaram um corante que podia tingir roupas. Púrpura, até hoje não se sabe; *Nos portos de Tiro e Biblos, alguns fenícios vendiam seus filhos para servirem de escravos;

×