[Eav infocomm]principios fundamentais de projeto av 20110912

1.879 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.879
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Eav infocomm]principios fundamentais de projeto av 20110912

  1. 1. Princípios Fundamentais do Projeto AVNelson Baumgratz, CTS-DEAV – Engenharia Audiovisual, BrasilInstrutor da Academia InfoCommInfoComm Academy Day – São Paulo, SP14 de setembro de 2011 Copyright© 2011 by InfoComm International®
  2. 2. Princípios Fundamentais do Projeto AV► A indústria centrada no cliente► O processo de projeto e as pessoas envolvidas► O Projeto Audiovisual► Documentação de Projeto Copyright© 2011 by InfoComm International®
  3. 3. A indústria AV centrada no cliente Desejos Necessidades Suporte CLIENTE Projeto Execução Copyright© 2011 by InfoComm International®
  4. 4. O processo de projeto e as pessoasenvolvidas► Objetivos – Definir os Passos do Processo de Projeto – Identificar os Participantes – Entender o Papel de cada um Copyright© 2011 by InfoComm International®
  5. 5. Equipo de projeto Consultores, Projetistas & Engenheiros: Audiovisual – Arquiteto Informática – Interiores - AVAC Eletricidade Proprietário Integrador de Outros ofícios Sistemas Copyright© 2011 by InfoComm International®
  6. 6. Cinco passos do processo de projeto 1. Programa (levantamento) (desenvolvimento do2. Projeto conceitual projeto (documentação da3. Projeto executivo construção) 4. Instalação (construção) 5. Pós-instalação (capacitação e garantia) Copyright© 2011 by InfoComm International®
  7. 7. Programa (Levantamento)► Terminologia da área – Consultoria ou Vendas► Análise das Necessidades – Sentar-se com o usuário final para descobrir o que eles querem► Resumo do que foi ouvido► Determinação do escopo do projeto► Determinação do orçamento Copyright© 2011 by InfoComm International®
  8. 8. Projeto Conceitual (Desenvolvimento do Projeto)► Após a aprovação do Programa► Desenvolvimento de relatórios de impacto sobre as instalações – Deixe que o resto da equipe do projeto saiba o que é necessário.► Refinamento do escopo► Refinamento do orçamento Copyright© 2011 by InfoComm International®
  9. 9. Projeto Executivo (Documentação da Construção)► Após a aprovação do Projeto Conceitual► Finalização do projeto detalhado► Determinação da coordenação final com as outras disciplinas► Refinamento do orçamento Copyright© 2011 by InfoComm International®
  10. 10. Instalação (Construção)► Licitação do Projeto► Revisão / Preparação das Propostas► Construção do Sistema► Instalação do Sistema► Transformação do conceito em realidade Copyright© 2011 by InfoComm International®
  11. 11. Pós-Instalação► Teste Final e Ajustes – Comissionamento do Sistema (Formal)► Treinamento – Proprietários e Usuários► Garantia – Sistemas e Componentes► As-Built Copyright© 2011 by InfoComm International®
  12. 12. Processo de Projeto - Revisão1. Programa (Levantamento)2. Projeto Conceitual (Desenvolvimento do Projeto)3. Projeto Executivo (Documentação da Construção)4. Instalação (Construção)5. Pós Instalação (Treinamento e Garantia) Copyright© 2011 by InfoComm International®
  13. 13. O Projeto Audiovisual► Um sistema audiovisual tem como sua finalidade principal permitir a comunicação de uma mensagem, utilizando para isso recursos tecnológicos avançados de captação, processamento e geração de imagem e de som, bem como de sistemas de controle e automação. 20 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  14. 14. O Projeto Audiovisual► Projetar um sistema audiovisual é um misto de ciência e arte, onde diversas variáveis devem ser competentemente conjugadas para se atingir um resultado que ofereça versatilidade, eficiência e qualidade, sem deixar de contemplar a escalabilidade programada, o que facilitará uma programação do investimento ao longo do tempo que permita acompanhar a constante evolução das tecnologias audiovisuais. 21 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  15. 15. O Projeto Audiovisual► O principal objetivo do projeto audiovisual deve ser atender à real necessidade do cliente, necessidade essa levantada detalhadamente através de estudos e questionamentos objetivos, onde se busque a compreensão das expectativas que o mesmo tem em relação ao espaço audiovisual, ao seu funcionamento e aos recursos com os quais o mesmo será dotado. 22 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  16. 16. O Projeto Audiovisual► Entendidas essas necessidades e expectativas, o projeto audiovisual deve propor - levando em conta as condicionantes do local onde o sistema será instalado, bem como do entorno deste local - uma solução que seja adequada à realidade presente e futura do cliente, não impondo a tecnologia per se, mas buscando contrapor fatores como inovação, qualidade e capacidade tecnológica a outros tais como custo, economia, eficiência e ecologia. 23 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  17. 17. O Projeto Audiovisual► Um projeto audiovisual não é apenas um projeto técnico que reúna equipamentos eletrônicos, mas uma soma de elementos que atenda a premissas fundamentais, destinadas a permitir aos espectadores obterem a melhor experiência possível no processo da comunicação da mensagem, proporcionando principalmente conforto acústico e visual e favorecendo a capacidade de concentração e atenção, pela maior parte do tempo possível. 24 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  18. 18. O Projeto Audiovisual► Também deverão ser atendidos rigorosamente requisitos como ergonomia, acessibilidade e segurança, entre outros.► O projeto audiovisual deve ser elaborado em conformidade com as normas, indicações e boas práticas recomendadas internacionalmente, o que se atinge principalmente pela observância das recomendações ensinadas pela entidade que rege o tema em todo o mundo, a InfoComm International (www.infocomm.org). 25 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  19. 19. A Documentação de Projeto 26 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  20. 20. A Documentação de Projeto► O Projeto Executivo audiovisual consiste em uma série de diferentes tipos de documentos, que permitirão: – a construção ou modificação da infraestrutura apropriada para o perfeito funcionamento do sistema audiovisual, – a aquisição dos diversos equipamentos, – a montagem física do sistema, – a configuração dos dispositivos, – a partida (posta-em-marcha, “startup”), – e a operação e manutenção do sistema. 27 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  21. 21. Plantas Audiovisuais► Desenho de vista em planta com indicação de posicionamento de componentes AV localizados em pisos, paredes e tetos.► Este desenho é elaborado a partir da planta arquitetônica, que é despojada das informações desnecessárias. São lançadas neste desenho: – a localização aproximada dos equipamentos, – a localização das caixas de piso, parede e teto – e as setas de elevação 28 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  22. 22. Plantas Audiovisuais 29 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  23. 23. Elevações► Desenho de vista em elevação com indicação de posicionamento de telas, câmeras, alto-falantes e outros equipamentos audiovisuais localizados nas paredes.► Neste desenho lançam-se as cotas de posicionamento exato dos componentes.► Uma elevação é como una “fotografía”, mostra tudo o que veem os olhos. 30 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  24. 24. Elevações 31 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  25. 25. Planta de Forro Refletido► Desenhos de vista em planta refletida, com indicação de posicionamento de alto- falantes, projetores e caixas de teto.► Descrevem o layout de características no forro, através da perspectiva de um observador olhando para um piso coberto de espelhos.► Neste desenho lançam-se as cotas de posicionamento exato dos componentes. 32 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  26. 26. Planta de Forro Refletido 33 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  27. 27. Diagrama de Blocos► Desenho que mostra, de forma simplificada, as interconexões entre os equipamentos audiovisuais, oferecendo uma visão global do sistema. 34 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  28. 28. Diagrama de Blocos 35 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  29. 29. Diagrama de Fluxo de Áudio► Desenho do fluxo detalhado dos sinais de Áudio, incluindo requisitos de TI, e conexões de piso, teto e paredes. 36 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  30. 30. Diagrama de Fluxo de Áudio 37 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  31. 31. Diagrama de Fluxo de Vídeo► Desenho do fluxo detalhado dos sinais de Vídeo, incluindo requisitos de TI, e conexões de piso, teto e paredes. 38 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  32. 32. Diagrama de Fluxo de Vídeo 39 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  33. 33. Diagrama de Fluxo de Controle► Desenho do fluxo detalhado dos sinais de Controle, incluindo requisitos de TI, e conexões de piso, teto e paredes. 40 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  34. 34. Diagrama deFluxo de Controle 41 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  35. 35. Diagrama de Conexão deEquipamentos► Desenho esquemático que descreve detalhadamente a interconexão de todos os equipamentos.► Representa todos os sinais entre entradas e saídas de cada dispositivo e as respectivas conexões. Este diagrama utiliza pictoriais dos equipamentos e dos conectores 42 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  36. 36. Diagrama de Conexões de Vídeo 43 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  37. 37. Diagrama de Conexões de Áudio 44 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  38. 38. Diagrama de Conexões de Controle 45 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  39. 39. Elevações de Rack► Desenho de vista em elevação da parte frontal e posterior do(s) rack(s) Deve conter, no mínimo: – a indicação (ou o desenho) dos painéis frontais dos equipamentos instalados no rack – o nome dos equipamentos instalados no rack – a indicação das unidades de rack – a indicação das alturas de trabalho (nível de mesa e linhas de visão sentado e em pé) e do alcance do braço, assentado e em pé 46 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  40. 40. Elevações de Rack 47 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  41. 41. Lista de Equipamentos► Tabela com lista detalhada onde constam: – a descrição – a marca – o modelo – o código de fabricante (part number) – a localização e – a quantidade de todos os equipamentos, acessórios e cabos necessários para a instalação. 48 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  42. 42. Lista de Equipamentos 49 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  43. 43. Lista de Equipamentos 50 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  44. 44. Planta de Dutos► Desenhos que identificam a quantidade e o trajeto dos dutos/eletrocalhas necessários para a passagem de cabos do sistema audiovisual, para detalhamento pela empresa projetista de elétrica. 51 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  45. 45. Planta de Dutos 52 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  46. 46. Mapa de Dutos (conduit riser)► Diagramas que identificam e inter-relacionam todas as caixas, dutos e cabos do sistema audiovisual. – As caixas devem possuir as seguintes informações: • Código da caixa • Tamanho da caixa • Tipo da caixa – Os dutos devem possuir as seguintes informações: • Código do duto • Diâmetro do duto • Quantidade de cabos que passam no duto • Códigos dos cabos que passam no duto – As áreas onde estão instaladas as caixas devem estar contidas por linhas tracejadas, e identificadas com o nome da área. 53 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  47. 47. Mapa de Dutos 54 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  48. 48. Planilha de Dutos (conduit schedule)► A Planilha de Dutos identifica as caixas de ORIGEM e de DESTINO de cada duto, os CABOS que passam em cada duto, e o DIÂMETRO do duto. 55 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  49. 49. Planilha de Dutos 56 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  50. 50. Planilha de Cabos (Cable Pull Sheet)► Tabela que especifica o tipo e o dimensionamento de cada cabo, as portas de entrada e saída onde serão conectados e a pinagem dos conectores respectivos.► Documento indispensável para a instalação dos cabos de conexão entre equipamentos. 57 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  51. 51. Planilha de Cabos (I)CABO: • CÓDIGO DO CABO - código determinado pelas convenções de projeto • POSIÇÃO NO PROJETO - referência da prancha e coordenada do desenho • TIPO DE SINAL - áudio (balanceado ou não-balanceado, mono, estéreo, linha, mic ou speaker), vídeo analógico (composto, Y/C, componente, RGBs, RsGsBs, , RGBS, RGBHV), vídeo digital (DVI, SDI) etc • ESPECIFICAÇÃO - tipo do cabo • DIÂMETRO - diâmetro nominal do cabo • FABRICANTE - nome do fabricante • MODELO - modelo do cabo 58 • COMPRIMENTO (m) / QUANTIDADE TOTAL / OBSERVAÇÕES © ® Cortesia: Copyright 2011 by InfoComm International www.eav.eng.br
  52. 52. Planilha de Cabos (II)EXTREMIDADES: • RÓTULO - texto do rótulo adesivo a ser fixado na extremidade do cabo • LOCALIZAÇÃO FÍSICA - ponto da obra onde a extremidade se localiza • CAIXA DE PASSAGEM - caixa na qual chega a extremidade em questão • EQUIPAMENTO AO QUAL ESTÁ CONECTADO - nome do equipamento • PORTA - nome da porta do equipamento • TIPO DE CONECTOR - Ex.: D-sub9 (DB-9), BNC, DVI, RJ-45 • PINAGEM - referência para o Diagrama de 59 Pinagem Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  53. 53. Planilha de Cabos (III) 60 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  54. 54. Diagramas de Pinagens► Desenhos com as pinagens dos conectores, referenciadas pela Planilha de cabos. 61 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  55. 55. Diagramas de Pinagens CONECTORES D-SUB 62 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  56. 56. Diagramas de Pinagens CONECTORES miniDIN & XLR 63 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  57. 57. Diagramas de Pinagens 64 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  58. 58. Detalhes de Placas► Layout e Detalhamento das placas de conexões, localizadas em pisos, paredes e racks. Deve representar fielmente as placas, com seus conectores e rótulos de identificação. 65 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  59. 59. Detalhes de Placas 66 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  60. 60. Detalhes de Placas Placas de Piso (Floor plates) 67 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  61. 61. Detalhes de Placas Placas de Parede (Wall plates) 68 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  62. 62. Detalhes► Desenhos que fornecem descrições detalhadas específicas de partes mais complicadas do sistema. 69 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  63. 63. Detalhes 70 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  64. 64. Memória de Cálculo de Visualização► Os resultados dos cálculos de visualização devem ser apresentados em forma de MEMÓRIA DE CÁLCULO, que pode ser gráfica ou descritiva, conforme o objetivo do cálculo.  Área de Visualização (Viewing Area)  Linhas de Visão (Sight Lines)  Distância Mínima de Visualização  Distância Máxima de Visualização  Tamanho de Letra (Font Size) 71 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  65. 65. Área de Visualização Planta da sala, indicando a área ótima de visualização e a área aceitável de visualização, e o layout dos assentos. 72 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  66. 66. Linhas de Visão Vista em corte da sala, indicando o posicionamento dos espectadores e da tela, e as linhas de visualização de cada espectador, com indicação da altura recomendada da base da tela em relação ao piso 73 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  67. 67. Distância Mínima de Visualização A distância mínima de visualização pode ser indicada juntamente com a distância máxima de visualização. 74 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  68. 68. Tamanho de Letra (Font Size)A indicação do tamanho de letra (fonte) mínima deve ser indicada para cada tela,com a observação de que aplica-se à fonte Arial, em Zoom de 100% 75 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  69. 69. Layout de Telas de Painel de Controle(Panel Layouts)► Desenhos que descrevem o layout dos painéis de controle do sistema AV. Estes painéis serão programados pelo programador do sistema de controle (Crestron, AMX, Stardraw etc). O layout das telas deve visar principalmente a objetividade e facilidade do uso. 76 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  70. 70. Layout de Telas de Painel de Controle(Panel Layouts) 77 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  71. 71. Memória de Cálculo de Projeção► Os resultados dos cálculos de projeção devem ser apresentados em forma de MEMÓRIA DE CÁLCULO, que pode ser gráfica ou descritiva, conforme o objetivo do cálculo. – Tamanho de Tela (Screen Size) – Resolução do Projetor – Brilho do Projetor (Projector Brightness) – Distância de Projeção (Projector Throw) – Recomendações de Iluminação 78 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  72. 72. Tamanho de Tela (Screen Size) 79 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  73. 73. Resolução do ProjetorA resolução do projetor deve ser apresentada em pixels (horizontal × vertical), evitando-se as siglas (SVGA,QXGA, WUQXGA etc).Pode- se também indicar a RELAÇÃO DE ASPECTO do projetor (4:3, 16:9 etc) - o que não está mostrado nesteexemplo. 80 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  74. 74. Brilho do ProjetorO brilho do projetor será apresentado em ANSI lúmens, no valor encontradopelos cálculos, acrescido de 10% para compensar a rápida queda inicial debrilho da lâmpada.O projetor especificado será listado na LISTA DE EQUIPAMENTOS, e deverápossuir o valor de brilho nominal acima do valor calculado. 81 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  75. 75. Distância de Projeção (Projector Throw) A distância de projeção para cada projetor será indicada em relação ao eixo da tela, juntamente com o fator de lente escolhido. 82 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  76. 76. Recomendações de IluminaçãoEm função do brilho especificado para o projetor, e das tarefas aserem executadas pelos espectadores na sala, serão especificadosos níveis recomendados de luz ambiente (luz incidente sobre atela) e de luz de tarefa (luz de trabalho incidente sobre as mesas oucadeiras, na posição do espectador), conforme as recomendaçõesSMTPE e InfoComm. 83 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  77. 77. Memória de Cálculo de Áudio► Os resultados dos cálculos de estabilidade de áudio devem ser apresentados em forma de MEMÓRIA DE CÁLCULO, que pode ser gráfica ou descritiva, conforme o objetivo do cálculo. – Estabilidade do sistema – Potência de áudio 84 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  78. 78. Memória de Cálculo de ÁudioEstabilidade do sistema Potência de áudio 85 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  79. 79. Memória de Cálculo de Largura deBanda RGB 86 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  80. 80. Diagrama de Cobertura de Alto-falantes Desenhos com a indicação da área de cobertura dos alto- falantes em sistemas de áudio distribuído. 87 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  81. 81. Tabela de Cargas Eléctricas► Tabela com indicação dos pontos de alimentação elétrica que deverão ser disponibilizados para os equipamentos, indicando sua localização em planta e a demanda requerida de carga elétrica, em kW. 88 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  82. 82. Tabela de Cargas Eléctricas 89 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  83. 83. Tabela de Cargas Térmicas► Tabela com indicação da carga térmica gerada (em BTU/h) pelos equipamentos audiovisuais nos ambientes do projeto. 90 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  84. 84. Tabela de Cargas Térmicas 91 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  85. 85. Documentos Complementares► Requisitos de TI► Justificativa Técnica► Memorial Descritivo► Especificações Técnicas► Notas Gerais► Simbologia e Convenções► Catálogos de Fabricantes► Manual do Proprietário► Manual do Usuário► Gua Rápido 92 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  86. 86. Requisitos de TI Documento com os requisitos para integração do sistema Audiovisual com o sistema de TI. 93 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  87. 87. Justificativa Técnica Documento com a justificativa técnica da eleição das soluções e tecnologias adotadas para o projeto. 94 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  88. 88. Memorial Descritivo Documento explicando o projeto, os conceitos utilizados, normas adotadas, premissas, dados, cálculos, informações, especificações etc. Tem como objetivo explicitar, na forma de um texto, as informações mais importantes e que constam do projeto completo, não sendo, entretanto, facilmente observáveis devido ao grande volume de informações. 95 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  89. 89. Especificações TécnicasDocumento contendo conjuntos de requerimentos a serem satisfeitos pelossistemas ou equipamentos adotados no projeto, com o propósito de auxiliaro proprietário na licitação e aquisição dos itens necessários para ainstalação do sistema audiovisual. 96 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  90. 90. Notas Gerais Documento que contém as notas e observações gerais sobre determinados aspectos do projeto. 97 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  91. 91. Simbologia e Convenções Desenho com a legenda de símbolos e convenções adotados nos desenhos e diagramas do projeto. 98 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  92. 92. Catálogos de Fabricantes Compilação dos catálogos dos equipamentos adotados no projeto. 99 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  93. 93. Manual do Proprietário Documento elaborado para o proprietário do sistema audiovisual, contendo a descrição completa do sistema, instruções detalhadas de uso e operação, instruções para posta em marcha do sistema, códigos-fonte de programas de controle, dados de configuração dos sistemas, diagramas de funcionamento e de resolução de falhas, entre outras informações. 100 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  94. 94. Manual do Usuário (Users Manual) Documento elaborado para o(s) usuário(s) do sistema, contendo instruções de uso e operação, e roteiro para resolução de falhas, além de informações de contato para suporte. 101 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  95. 95. Guia Rápido (Quick Guide) Documento simplificado contendo as principais instruções de acionamento e utilização do sistema audiovisual. 102 Cortesia: Copyright© 2011 by InfoComm International® www.eav.eng.br
  96. 96. Muito obrigado! mail@eav.eng.br Copyright© 2011 by InfoComm International®

×