SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
UM LIBERTADOR
PARA ISRAEL
1º Trimestre de 2014
Lição 2
Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
TEXTO ÁUREO
2

"E disse Deus a Moisés: EU SOU o QUE
SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos
de Israel: EU SOU me enviou a vós"
(Êx 3.14).

Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
VERDADE PRÁTICA
3

Assim como Moisés, usado por Deus,
libertou Israel do cativeiro, Cristo nos
liberta da escravidão do pecado e do
mundo.

Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
Um sonho de Liberdade
4

Os tempos mudam, mais na essência o homem é o mesmo, o grande sonho de
liberdade que ecoou na década de 60 com o “Diamante Negro” nos EUA, Com
Mandela e Desmond Tuto na África do Sul, com Gandh na índia, com Che, Raul e
Fidel em Sierra Maestra, é o mesmo que chaqualhava a alma dos israelitas no tempo
de Moiséis.
Êx. 2.23
O caminho de volta ao Egito
5



O caminho que Moisés teve que percorrer de volta ao Egito.
Ele andou aproximadamente 320 quilômetros

Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
Pense Nisso!
6



Um líder cristão não é feito
da noite para o dia. É preciso
que sua liderança seja
amadurecida pelo tempo.
7

MOISÉS - SUA CHAMADA E SEU
PREPARO (ÊX 3.1-17)
2. O preparo de Moisés (Êx 3.10-15).


40 anos

40 anos

viveu no palácio real e
freqüentou as mais
renomadas
universidades.

Moisés para libertar seu
povo, ele estava
pastoreando ovelhas um excelente
aprendizado para quem
mais tarde iria ser o
pastor do povo de Deus,
Israel

Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

O conhecimento
adquirido por
Moisés, e
empregado com
sabedoria, foi-lhe
muito útil em sua
missão de
libertador,
condutor, escritor
e legislador na
longa jornada
conduzindo Israel
no deserto.
8

AS DESCULPAS DE MOISÉS E A SUA
VOLTA PARA O EGITO
Ao ser chamado pelo Senhor para ser o libertador dos hebreus,
Moisés apresentou algumas desculpas - "eles não vão crer que
o Senhor me enviou"; "não sou eloquente".

Quantas desculpas também não
damos quando Deus nos chama para
um trabalho específico?
Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
AS COMUNIDADES CRISTÃS PRIMITIVAS
APRESENTAM JESUS COMO O NOVO MOISÉS
9

MOISÉS

JESUS

Foi salvo da “espada” de Faraó Foi salvo da espada de
(Ex. 1. 15 – 2. 10)
Herodes (Mt. 2. 16)
Caminhou pelo deserto

Também fez a mesma
caminhada (Mt 2.15)

Jejuou durante 40 dias e 40
noites (Ex 24. 18)

Também Jejuou durante 40
dias e 40 noites (Mt 4. 2)

Foi tentado no deserto (Ex 32)

Também foi tentado no
deserto (Mt 4. 3-11)

No monte, moisés recebeu a
lei da primeira Aliança (Ex
19.3)

Sobre o monte, Jesus
anunciou a segunda e
definitiva Aliança (Mt 5. 1)

Na Páscoa, que celebra a
Foi na principal festa judaica,
presença libertadora de Deus na Páscoa, que Jesus foi o
no evento do êxodo, se
cordeiro executado (Mc 14. 1)
Pr. Moisés
sacrificou um cordeiro (Ex 12) Sampaio de Paula
Conclusão
10







Na lição de hoje aprendemos como
o grande "Eu Sou" escolheu e
preparou Moisés para que ele
libertasse seu povo da escravidão
egípcia.
Deus continua a levantar e
preparar homens para a sua obra.
Moisés apresentou algumas
desculpas, mas não foram aceitas.
Não perca tempo com
justificativas, mas diga "sim" ao
chamado de Deus.

Você está
disposto a ser
usado pelo
Senhor?

Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prenúncio do tempo do fim
Prenúncio do tempo do fimPrenúncio do tempo do fim
Prenúncio do tempo do fimMoisés Sampaio
 
Lição 1 - O Testemunho dos Patriarcas
Lição 1 - O Testemunho dos PatriarcasLição 1 - O Testemunho dos Patriarcas
Lição 1 - O Testemunho dos PatriarcasÉder Tomé
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de NúmerosÉlida Rolim
 
Lição 1 - gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015
Lição 1 -  gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015Lição 1 -  gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015
Lição 1 - gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015Andrew Guimarães
 
Introdução ao livro de gênesis
Introdução ao livro de gênesisIntrodução ao livro de gênesis
Introdução ao livro de gênesisGlauciaSlides
 
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015Pr. Andre Luiz
 
5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomioPIB Penha
 
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)Robson Tavares Fernandes
 

Mais procurados (20)

44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias
 
Aula 1 genesis
Aula 1   genesisAula 1   genesis
Aula 1 genesis
 
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
4. Aliança com Abraão: o Pacto da Graça
 
Josue seminario 2
Josue seminario 2Josue seminario 2
Josue seminario 2
 
Prenúncio do tempo do fim
Prenúncio do tempo do fimPrenúncio do tempo do fim
Prenúncio do tempo do fim
 
Deuteronomio 8
Deuteronomio 8Deuteronomio 8
Deuteronomio 8
 
Deuteronomio 6
Deuteronomio 6Deuteronomio 6
Deuteronomio 6
 
Lição 1 - O Testemunho dos Patriarcas
Lição 1 - O Testemunho dos PatriarcasLição 1 - O Testemunho dos Patriarcas
Lição 1 - O Testemunho dos Patriarcas
 
profetas maiores ezequiel semiba
profetas maiores ezequiel semibaprofetas maiores ezequiel semiba
profetas maiores ezequiel semiba
 
O Livro de Números
O Livro de NúmerosO Livro de Números
O Livro de Números
 
Josue seminario 6
Josue seminario 6Josue seminario 6
Josue seminario 6
 
Josue seminario 7
Josue seminario 7Josue seminario 7
Josue seminario 7
 
Lição 1 - gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015
Lição 1 -  gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015Lição 1 -  gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015
Lição 1 - gênesis, o livro da criação - 4ª Trimestre de 2015
 
Introdução ao livro de gênesis
Introdução ao livro de gênesisIntrodução ao livro de gênesis
Introdução ao livro de gênesis
 
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015
Gênesis, o Livro da Criação Divina - Lição 01 - 4ºTrimestre 2015
 
Escatologia de isaías
Escatologia de isaíasEscatologia de isaías
Escatologia de isaías
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel
 
5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomio
 
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)42   Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
42 Estudo Panorâmico da Bíblia (Números)
 

Destaque

Destaque (7)

GÊNESIS: O Livro de Gênesis com Esboços - (GENESIS: The Book of Genesis with ...
GÊNESIS: O Livro de Gênesis com Esboços - (GENESIS: The Book of Genesis with ...GÊNESIS: O Livro de Gênesis com Esboços - (GENESIS: The Book of Genesis with ...
GÊNESIS: O Livro de Gênesis com Esboços - (GENESIS: The Book of Genesis with ...
 
Um libertador para Israel
Um libertador para IsraelUm libertador para Israel
Um libertador para Israel
 
4. êxodo
4. êxodo4. êxodo
4. êxodo
 
Bullying 3
Bullying 3Bullying 3
Bullying 3
 
5. O Êxodo: do Egito ao Sinai
5. O Êxodo: do Egito ao Sinai5. O Êxodo: do Egito ao Sinai
5. O Êxodo: do Egito ao Sinai
 
3. gênesis
3. gênesis3. gênesis
3. gênesis
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 

Semelhante a Moisés - Um Libertador para Israel

Lição 13 (1° 14) o legado de moisés
Lição 13 (1° 14) o legado de moisésLição 13 (1° 14) o legado de moisés
Lição 13 (1° 14) o legado de moisésPr. Andre Luiz
 
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi bliaAlgumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi bliaMauricio Gonçalves
 
2. genesis 1 NM.pptx
2. genesis 1 NM.pptx2. genesis 1 NM.pptx
2. genesis 1 NM.pptxPIB Penha
 
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Pastor Adilson Lopes Oficial
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfTiago Silva
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015João Paulo Silva Mendes
 
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para IsraelAnderson Silva
 
5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomioPib Penha
 

Semelhante a Moisés - Um Libertador para Israel (20)

Lição 13 (1° 14) o legado de moisés
Lição 13 (1° 14) o legado de moisésLição 13 (1° 14) o legado de moisés
Lição 13 (1° 14) o legado de moisés
 
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi bliaAlgumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
Algumas notas sobre as provas baha'i's baseadas na bi blia
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
 
2. genesis 1 NM.pptx
2. genesis 1 NM.pptx2. genesis 1 NM.pptx
2. genesis 1 NM.pptx
 
Deuteronômio
DeuteronômioDeuteronômio
Deuteronômio
 
Lição 2 ebd jovens a terra de jesus hoje
Lição 2   ebd jovens a terra de jesus hojeLição 2   ebd jovens a terra de jesus hoje
Lição 2 ebd jovens a terra de jesus hoje
 
9. O Livro de Deuteronômios
9. O Livro de Deuteronômios9. O Livro de Deuteronômios
9. O Livro de Deuteronômios
 
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
Estudo bíblico o libertador de israel e os 7 inimigos do povo de Deus...
 
Deuteronomio 1
Deuteronomio 1Deuteronomio 1
Deuteronomio 1
 
Deuteronomio 2
Deuteronomio 2Deuteronomio 2
Deuteronomio 2
 
Deuteronomio 3
Deuteronomio 3Deuteronomio 3
Deuteronomio 3
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
 
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
Lição 02 Eu Creio em Deus Filho- jovens - CPAD 2015
 
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel
1º Trimestre 2014 Lição Bíblica CPAD 02 Um libertador para Israel
 
1 por-4-mateus
1 por-4-mateus1 por-4-mateus
1 por-4-mateus
 
Deuteronomio 7
Deuteronomio 7Deuteronomio 7
Deuteronomio 7
 
Paralelismo moises e Jesus
Paralelismo moises e JesusParalelismo moises e Jesus
Paralelismo moises e Jesus
 
Deuteronomio 5
Deuteronomio 5Deuteronomio 5
Deuteronomio 5
 
Deuteronomio 4
Deuteronomio 4Deuteronomio 4
Deuteronomio 4
 
5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomio
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioCarlos Alexandre Ribeiro Dorte
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte (20)

1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
 
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMACorreção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
 
Cristologia
CristologiaCristologia
Cristologia
 
Subsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultosSubsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultos
 
Subsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenisSubsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenis
 
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
 
Fermentação
FermentaçãoFermentação
Fermentação
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Noite astronômica
Noite astronômicaNoite astronômica
Noite astronômica
 
Eclesiastes
EclesiastesEclesiastes
Eclesiastes
 
Cantares
CantaresCantares
Cantares
 
Provérbios
ProvérbiosProvérbios
Provérbios
 
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
 
Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4
 
Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3
 
Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2
 
Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1
 
História e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominicalHistória e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominical
 

Último

Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptxhenrygabrielsilvarib
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JAhenrygabrielsilvarib
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 

Último (10)

Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 

Moisés - Um Libertador para Israel

  • 1. UM LIBERTADOR PARA ISRAEL 1º Trimestre de 2014 Lição 2 Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  • 2. TEXTO ÁUREO 2 "E disse Deus a Moisés: EU SOU o QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós" (Êx 3.14). Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  • 3. VERDADE PRÁTICA 3 Assim como Moisés, usado por Deus, libertou Israel do cativeiro, Cristo nos liberta da escravidão do pecado e do mundo. Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  • 4. Um sonho de Liberdade 4 Os tempos mudam, mais na essência o homem é o mesmo, o grande sonho de liberdade que ecoou na década de 60 com o “Diamante Negro” nos EUA, Com Mandela e Desmond Tuto na África do Sul, com Gandh na índia, com Che, Raul e Fidel em Sierra Maestra, é o mesmo que chaqualhava a alma dos israelitas no tempo de Moiséis. Êx. 2.23
  • 5. O caminho de volta ao Egito 5  O caminho que Moisés teve que percorrer de volta ao Egito. Ele andou aproximadamente 320 quilômetros Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  • 6. Pense Nisso! 6  Um líder cristão não é feito da noite para o dia. É preciso que sua liderança seja amadurecida pelo tempo.
  • 7. 7 MOISÉS - SUA CHAMADA E SEU PREPARO (ÊX 3.1-17) 2. O preparo de Moisés (Êx 3.10-15).  40 anos 40 anos viveu no palácio real e freqüentou as mais renomadas universidades. Moisés para libertar seu povo, ele estava pastoreando ovelhas um excelente aprendizado para quem mais tarde iria ser o pastor do povo de Deus, Israel Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte O conhecimento adquirido por Moisés, e empregado com sabedoria, foi-lhe muito útil em sua missão de libertador, condutor, escritor e legislador na longa jornada conduzindo Israel no deserto.
  • 8. 8 AS DESCULPAS DE MOISÉS E A SUA VOLTA PARA O EGITO Ao ser chamado pelo Senhor para ser o libertador dos hebreus, Moisés apresentou algumas desculpas - "eles não vão crer que o Senhor me enviou"; "não sou eloquente". Quantas desculpas também não damos quando Deus nos chama para um trabalho específico? Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  • 9. AS COMUNIDADES CRISTÃS PRIMITIVAS APRESENTAM JESUS COMO O NOVO MOISÉS 9 MOISÉS JESUS Foi salvo da “espada” de Faraó Foi salvo da espada de (Ex. 1. 15 – 2. 10) Herodes (Mt. 2. 16) Caminhou pelo deserto Também fez a mesma caminhada (Mt 2.15) Jejuou durante 40 dias e 40 noites (Ex 24. 18) Também Jejuou durante 40 dias e 40 noites (Mt 4. 2) Foi tentado no deserto (Ex 32) Também foi tentado no deserto (Mt 4. 3-11) No monte, moisés recebeu a lei da primeira Aliança (Ex 19.3) Sobre o monte, Jesus anunciou a segunda e definitiva Aliança (Mt 5. 1) Na Páscoa, que celebra a Foi na principal festa judaica, presença libertadora de Deus na Páscoa, que Jesus foi o no evento do êxodo, se cordeiro executado (Mc 14. 1) Pr. Moisés sacrificou um cordeiro (Ex 12) Sampaio de Paula
  • 10. Conclusão 10    Na lição de hoje aprendemos como o grande "Eu Sou" escolheu e preparou Moisés para que ele libertasse seu povo da escravidão egípcia. Deus continua a levantar e preparar homens para a sua obra. Moisés apresentou algumas desculpas, mas não foram aceitas. Não perca tempo com justificativas, mas diga "sim" ao chamado de Deus. Você está disposto a ser usado pelo Senhor? Dc. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte