2 ais).ppt [modo de compatibilidade])

955 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
955
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 ais).ppt [modo de compatibilidade])

  1. 1. 10/08/2011 Estratégias Armazéns Professor Carlos Acunha Email: carlostacunha@gmail.com Blog: http://instrutorlogisticaportuaria.blogspot.com10/08/2011 1 Filme: Aliança Armazéns Gerais10/08/2011 2 Armazém É um conjunto de atividades que diz respeito à estocagem ordenada edistribuição de produtos acabados dentro da própria fábrica ou em locais destinados a este fim, pelos fabricantes ou através de um processo de distribuição;10/08/2011 3 1
  2. 2. 10/08/2011Outros Separação Área de Refeitórioitens de Pedidos estocagem principalEstoque ControleItens de Área dePequenos Área de estoque Área de Recebimento Formação Espera De Carga mercadoriasMaterialPara EscritóriosEmbalagem Plataforma Plataforma de de Expedição Recebimento Fluxo das mercadorias no armazém 4 Funções da Armazenagem* Criar utilidade de tempo: produtos agrícolas,hortifrutigranjeiros, moda, sazonais, etc.;* Criar utilização: material certo no local certo;* Criar utilidade de forma: maturação do produto,melhoria da qualidade (fumo, bebidas, etc.). 10/08/2011 5 Armazenagem e sua ImportânciaEquilíbrio Sazonal:* Periodicidade das colheitas e dos produtos alimentícios;* Nos efeitos da moda, quanto à determinação dos artigospróprios da estação respectiva, no caso da indústria têxtil;Custos e Especulação: *Convém aguardar uma oportunidade de obtenção de ganhos; *Sempre que a aquisição de maiores quantidades se revele mais econômicas; *Quando os preços das mercadorias armazenadas se encontram sujeitos a oscilações no mercado mundial. 10/08/2011 6 2
  3. 3. 10/08/2011 Objetivos da Armazenagem* Máximo aproveitamento do espaço;* Utilização efetiva da mão-de-obra e equipamentos;* Acesso fácil a todos os itens;* Movimentação eficiente dos itens;* Máxima proteção dos itens;* Boa qualidade de armazenagem. 10/08/2011 7 Tendências da Armazenagem * Proliferação de produtos veio para ficar; * O cliente está exigindo maior variedade; * Os ciclos de vida do produto estão ficando menores; * Maior giro do número de peças; * Nível mais alto de serviço: fluxo contínuo e just- in-time; * Atender todas as necessidades dos clientes num mercado global. 10/08/2011 8 VantagensA armazenagem quando efetuada de uma forma racionalpoderá trazer inúmeros benefícios, os quais se traduzemdiretamente em reduções de custos. (Casadevante, 1974, p. 28):•Redução de risco de acidente e consequente aumento dasegurança;•Satisfação e aumento da motivação dos trabalhadores;•Incremento na produção e maior utilização da tecnologia;•Melhor aproveitamento do espaço;•Redução dos custos de movimentações bem como dasexistências;•Facilidade na fiscalização do processo e consequentediminuição de erros;•Redução de perdas e inutilidades;•Versatilidade perante novas condições 10/08/2011 9 3
  4. 4. 10/08/2011 DesvantagensAlgumas desvantagens da armazenagem são segundoKrippendorff (1972, p. 24):•Os materiais armazenados estão sujeitos a capitais os quais setraduzem em juros a pagar;•A armazenagem requer a ocupação de recintos próprios ou oaluguel que se traduz em rendas;•A armazenagem requer serviços administrativos;•A mercadoria armazenada têm prazos de validade que têm deser respeitados;•Um armazém de grandes dimensões implica elevados custos demovimentações;•um armazém de grande porte necessita de maquinas comtecnologia. 10/08/2011 10 Fatores que Afetam a ArmazenagemNa armazenagem pode-se considerar que intervém uma sériede variáveis, as quais se denominam “fatores”. Estes possuemuma influência específica para cada caso e têm um papelpreponderante na realização de uma boa armazenagem(Casadevante, 1974, p. 45). O MaterialO material é destacado como o principal item da armazenagem.Este pode ser diferenciado pela sua utilização, consumo, eapresentação, bem como outras características especiais quepodem ser determinantes nas medidas a adaptar, devendo-sepor isso classificar os materiais tendo em conta diversos itens(Casadevante, 1974, p. 62). 10/08/2011 11 A EsperaA espera é destacada como grande impulsionadora daarmazenagem. Esta traduz-se na antecipação com que osmateriais devem ser colocados na empresa à espera de seremutilizados no processo (Casadevante, 1974, p. 62). A ExistênciaA existência traduz-se na acumulação ou reunião de materiaisem situação de espera. Este conceito também se podeestender à quantidade de cada material em espera numarmazém (Casadevante, 1974, p. 62). 10/08/2011 12 4
  5. 5. 10/08/2011 O TráfegoO tráfego está incutido no processo de armazenagem, poiseste envolve a reunião de homens, máquinas e principalmentedos materiais. O tráfego contém geralmente operações com(Casadevante, 1974, p. 72):•Desacomodação;•Carregamento;•Movimentações internas do local;•Movimentações externas do local;•Descarregamento;•Colocações. 10/08/2011 13 Filme: Armazéns da AGM Logística 10/08/2011 14 Tipos de Armazenagem•Armazenagem TemporáriaAqui podem ser criadas armações corridas de modo a conseguiruma arrumação fácil do material, colocação de estrados parauma armazenagem direta, pranchas entre outros. Aqui a forçada gravidade joga a favor (Krippendorf, 1972, p. 59).•Armazenagem PermanenteÉ um processo predefinido num local destinado ao depósito dematérias. O fluxo de material determina (Krippendorf, 1972, p.60): •A disposição do armazém - critério de armazenagem; •A técnica de armazenagem - espaço físico no armazém; •Os acessórios do armazém; •A organização da armazenagem. 10/08/2011 15 5
  6. 6. 10/08/2011 •Armazenagem Interior/Exterior A armazenagem ao ar livre representa uma clara vantagem a nível económico, sendo esta muito utilizada para material de ferragens e essencialmente material pesado (Krippendorf, 1972, p. 60). 10/08/2011 16 Armazenagem em Função dos MateriaisA armazenagem deve ter em conta a natureza dos materiais demodo a obter-se uma disposição racional do armazém, sendoimportante classificá-los (Krippendorff, 1972, p. 61-62):•Material DiversoO principal objectivo é agregar o material em unidades detransporte e armazenagem tão grandes quanto possíveis, demodo a preencher o veiculo por completo. 10/08/2011 17•Material a GranelA armazenagem deste material deve ocorrer nas imediaçõesdo local de utilização, pois o transporte deste tipo de materialé dispendioso. Para grandes quantidades deste material aarmazenagem faz-se em silos ou reservatórios de grandesdimensões. Para quantidades menores utilizam-se bidões, latase caixas.•LíquidosNos líquidos aplica-se a mesma lógica do material a granel.Estes têm a vantagem de poderem ser directamenteconduzidos do local de armazenagem para a fábrica atravésde condutas. 10/08/2011 18 6
  7. 7. 10/08/2011 •Gases Os gases obedecem a medidas especiais de precaução, uma vez que tornam-se perigosos ao estarem sujeitos a altas pressões e serem inflamáveis. Por sua vez a armazenagem de garrafas de gás está sujeita a regras específicas e as unidades de transporte são por norma de grandes dimensões. 10/08/2011 19 Armazenagem em função das prioridadesNão existe nenhuma norma que regule o modo como osmateriais devem estar dispostos no armazém, porém essadecisão depende de vários factores:•Armazenagem por AgrupamentoEsta espécie de armazenagem facilita a arrumação e busca demateriais, podendo prejudicar o aprovisionamento do espaço. Éo caso dos moldes, peças, lotes de aprovisionamento aos quaisse atribui um número que por sua vez pertence a um grupo,identificando-os com a divisão da estante respectiva(Krippendorff, 1972, p. 110). 10/08/2011 20•Armazenagem por Tamanho, Peso e Característica doMaterialNeste critério o talão de saída deve conter a informaçãorelativa ao sector do armazém onde o material se encontra.Este critério permite um melhor aprovisionamento do espaço,mas exige um controlo rigoroso de todas as movimentações(Krippendorff, 1972, p. 110).•Armazenagem por FrequênciaO controle através da ficha técnica permite determinar o localonde o material deverá ser colocado, consoante a frequênciacom que este é movimentado. A ficha técnica também consegueverificar o tamanho das estantes, de modo a racionalizar oaproveitamento do espaço (Krippendorff, 1972, p. 110). 10/08/2011 21 7
  8. 8. 10/08/2011•Armazenagem com Separação entre Lote de Reserva eLote DiárioEsta armazenagem é constituída por um segundo armazém depequenos lotes o qual se destina a cobrir as necessidades dodia-a-dia. Este armazém de movimento possui uma variada gamade materiais (Krippendorff, 1972, p. 111).•Armazenagem por Sectores de MontagemNeste tipo de armazenagem as peças de série são englobadasnum só grupo, de forma a constituir uma base de uma produçãopor família de peças. Este critério conduz à organização daspeças por prioridades dentro de cada grupo (Krippendorff,1972, p. 111). 10/08/2011 22 Custos de Armazenagem Custos de Custos de Armazém Contratado Armazém Próprio Taxas de Prédio Prédio armazenagem Próprio Alugado 23 Custos de Mão-de-obra; Encargos sobre mão-de-obra; Custos da área de armazenagem; Despesas com a Manutenção; Depreciação; sobre prédios e instalações (elétricas, estantes, contra-incêndio ...) Sistemas de movimentação empilhadeira, carrinho Despesas de administração e riscos; 24 8
  9. 9. 10/08/2011O custo de armazenagem tem normalmente o rateio pela área de utilização ou unidade de estoque Carm-área = Custos de armazenagem arm- Área útil do Armazém Carm-unid = Custos de armazenagem arm- Estoque médio 25 9

×