SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO

CONSELHO DELIBERATIVO

RESOLUÇÃO Nº 44, DE 25 DE AGOSTO DE 2011

Estabelece critérios, prazos e procedimentos para atender as disposições do Decreto nº
7.507, de 27 de junho de 2011, e dá outras providências.

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

Constituição Federal de 1988.

Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000.

Lei n° 10.880, de 9 de junho de 2004.

Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007.

Lei nº 11.578, de 26 de novembro de 2007.

Lei nº 11.692, de 10 de junho de 2008.

Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009.

Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011.

Medida Provisória nº 533, 10 de maio de 2011.

O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO NACIONAL
DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO (FNDE), no uso das atribuições que
lhe são conferidas pelo Art. 14 do Anexo I do Decreto nº 7.481, de 16 de maio de
2011, publicado no DOU de 17 de maio de 2011, e pelos artigos 3º e 6º do Anexo da
Resolução CD/FNDE nº 31, de 30 de setembro de 2003, e

CONSIDERANDO as determinações contidas no Decreto nº 7.507, de 27 de junho de
2011, que dispõe sobre a movimentação de recursos federais transferidos a Estados,
Distrito Federal e Municípios, resolve, "ad referendum":

Art. 1º Estabelecer critérios, prazos e procedimentos para regulamentar a
movimentação de recursos federais transferidos pelo FNDE a Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011.

Art. 2º As disposições desta Resolução aplicam-se às transferências realizadas no
âmbito da seguinte legislação:

I - Lei nº 10.880, de 9 de junho de 2004, que institui o Programa Nacional de Apoio
ao Transporte do Escolar (PNATE) e o Programa de Apoio aos Sistemas de Ensino
para Atendimento à Educação de Jovens e Adultos e dispõe sobre o repasse de
recursos financeiros do Programa Brasil Alfabetizado;

II - Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção
e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da
Educação (FUNDEB);

III - Lei nº 11.692, de 10 de junho de 2008, que dispõe sobre o Programa Nacional de
Inclusão de Jovens (Projovem);

IV - Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que dispõe sobre o Programa Nacional de
Alimentação Escolar (PNAE); e

V - Inciso II do § 2º do Artigo 22 da Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que dispõe
sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

§ 1º Em consonância com o Decreto nº 7.507/2011, estão sujeitas às disposições desta
Resolução as ações:

I - do Plano Especial de Recuperação da Rede Física Escolar Pública;

II - da transferência de recursos financeiros aos Municípios e ao Distrito Federal com
a finalidade de prestar apoio financeiro à manutenção de novos estabelecimentos
públicos de educação infantil;

III - da construção de unidades de educação infantil do Programa Pró-Infância, no
âmbito do Plano de Aceleração do Crescimento - PAC 2, instituído pela Lei nº
11.578, de 26 de novembro de 2007; e

IV - da construção de quadras escolares esportivas cobertas, no âmbito do Plano de
Aceleração do Crescimento - PAC 2, instituído pela Lei nº 11.578, de 26 de novembro
de 2007.

§ 2º Quaisquer programas ou ações que venham a ser instituídos no âmbito do
FNDE, que transfiram recursos a Estados,Distrito Federal ou Municípios e possuam
as mesmas características de execução dos programas e ações indicados neste artigo,
sujeitar-se- ão às disposições desta Resolução.

Art. 3º Os repasses de recursos financeiros a Estados, Distrito Federal e Municípios, à
custa dos programas e ações indicados no artigo anterior, serão depositados em
contas correntes específicas abertas e mantidas exclusivamente em instituições
financeiras oficiais federais com as quais o FNDE mantenha parcerias. Parágrafo
único. Caberá aos Estados, Distrito Federal e Municípios indicar ao FNDE o banco e
a agência nos quais os recursos deverão ser depositados, observada a legislação
específica de cada programa ou ação, bem como as condições e os prazos
estabelecidos em suas resoluções, respeitada a restrição prevista no caput deste
artigo.

Art. 4º A movimentação das contas correntes recebedoras dos recursos transferidos
pelo FNDE, nos termos desta Resolução, ocorrerá exclusivamente por meio
eletrônico, no qual seja devidamente identificada a titularidade das contas correntes
de fornecedores ou prestadores de serviços, beneficiários dos pagamentos realizados
pelos Estados, Distrito Federal e Municípios.

§ 1º Conforme dispõem os Acordos de Cooperação Mútua firmados entre o FNDE e as
instituições financeiras mencionadas no artigo 3º, não serão cobradas tarifas
bancárias pela movimentação das contas correntes dos Estados, Distrito Federal e
Municípios, nos termos dispostos no caput.

§ 2º Enquanto não utilizados na finalidade a que se destinam, os recursos repassados
deverão ser obrigatoriamente aplicados no mercado financeiro, conforme dispuser a
resolução específica de cada programa ou ação.

Art. 5º Fica proibido, a partir do dia 27 de agosto de 2011, o fornecimento de talão de
cheques ou de cheques avulsos pelas instituições financeiras mencionadas no artigo
3º, bem como a emissão de cheques pelos Estados, Distrito Federal e Municípios para
pagamento de despesas realizadas à custa dos programas e ações abrangidos por esta
Resolução.

§ 1º Os Estados, Distrito Federal e Municípios que realizaram pagamento de despesas
antes do dia 27 de agosto de 2011 com a utilização de cheques que porventura não
tenham sido compensados até o dia 26/8/2011, deverão resgatá-los junto aos seus
fornecedores ou prestadores de serviços para pagamento por meio eletrônico.

§ 2º Os Estados, Distrito Federal e Municípios que não conseguirem resgatar os
cheques emitidos nos termos do parágrafo anterior, cujos débitos tenham sido
lançados nas contas específicas dos programas e ações após o dia 27 de agosto de
2011, deverão justificar tais lançamentos nas correspondentes prestações de contas,
das quais constem, no mínimo, as datas de emissão dos cheques e de lançamento dos
débitos e a identificação do fornecedor ou prestador de serviço beneficiário dos
pagamentos.

Art. 6º Nos termos dos §§ 2º e 5º do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011, os Estados,
Distrito Federal e Municípios poderão efetuar saques em dinheiro para o pagamento
das despesas do PNATE e do PDDE, obedecidos os limites estabelecidos nos §§ 3º e
4º do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011.

§ 1º Em consonância com o disposto no caput, em 2011 o limite estabelecido no § 3º
do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011 será válido para o período de 27 de agosto a 31
de dezembro de 2011, em razão de se encontrarem vigentes as normas da execução
dos referidos programas.

§ 2º As despesas efetuadas por meio de saques em dinheiro deverão ser justificadas na
correspondente prestação de contas, em item específico, no qual seja identificado o
beneficiário final de cada um desses pagamentos.

§ 3º As instituições financeiras mencionadas no artigo 3º colocarão à disposição dos
Estados, Distrito Federal e Municípios mecanismos que possibilitem a
movimentação das contas do PNATE e do PDDE por meio de saques em dinheiro,
nos termos dispostos no caput.

Art. 7º Nos termos do artigo 3º do Decreto nº 7.507/2011,independentemente de
autorização do titular da conta, o FNDE divulgará mensalmente em seu portal na
internet, no endereço eletrônico www.fnde.gov.br, os extratos das contas correntes
dos Estados, Distrito Federal e Municípios beneficiados com recursos dos programas
e ações indicados no artigo 2º, com a identificação do domicílio bancário dos
respectivos fornecedores ou prestadores de serviços, beneficiários dos pagamentos
realizados.

Art. 8º Esta Resolução entra em vigor a partir do dia 27 de agosto de 2011, ficando
revogadas as disposições em contrário.

FERNANDO HADDAD

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

08878 13 tcm .JACKSON REZENDE
08878 13 tcm .JACKSON REZENDE08878 13 tcm .JACKSON REZENDE
08878 13 tcm .JACKSON REZENDETiago Simeão
 
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02Portaria no 18 agua e luz para todos pac02
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02Carlos França
 
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...José Ripardo
 
19 res058 transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss
19 res058  transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss19 res058  transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss
19 res058 transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ssJornal do Commercio
 
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)Portaria interministerial n1809_28122011 (3)
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)sispumt2012
 
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natal
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natalPortaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natal
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natalCarlos França
 
Instrução Normativa RFB n.º 1121
Instrução Normativa RFB n.º 1121Instrução Normativa RFB n.º 1121
Instrução Normativa RFB n.º 1121FETAEP
 
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentária
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentáriaAutógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentária
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentáriaClaudio Figueiredo
 
Projeto de lei nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicional
Projeto de lei  nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicionalProjeto de lei  nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicional
Projeto de lei nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicionalDinomar Miranda
 
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempo
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempoPortaria n 80 chamada publica programa segundo tempo
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempoCarlos França
 

Mais procurados (17)

08878 13 tcm .JACKSON REZENDE
08878 13 tcm .JACKSON REZENDE08878 13 tcm .JACKSON REZENDE
08878 13 tcm .JACKSON REZENDE
 
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02Portaria no 18 agua e luz para todos pac02
Portaria no 18 agua e luz para todos pac02
 
1634 doe 21673
1634 doe 216731634 doe 21673
1634 doe 21673
 
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
Saúde de crateús é contemplada com r$ 1,2 milhão para atendimentos de urgênci...
 
Pl 023 2016 ldo de 2017
Pl 023 2016   ldo de 2017Pl 023 2016   ldo de 2017
Pl 023 2016 ldo de 2017
 
19 res058 transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss
19 res058  transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss19 res058  transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss
19 res058 transparencia das organizacoes sociais de saude - os-ss
 
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)Portaria interministerial n1809_28122011 (3)
Portaria interministerial n1809_28122011 (3)
 
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natal
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natalPortaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natal
Portaria nº 1972 ms suspende recursos financeiros saude familia em natal
 
Instrução Normativa RFB n.º 1121
Instrução Normativa RFB n.º 1121Instrução Normativa RFB n.º 1121
Instrução Normativa RFB n.º 1121
 
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentária
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentáriaAutógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentária
Autógrafo de lei 3547 2016 lei orçamentária
 
Manifesto contra o a PEC 212/16 - Precatórios
Manifesto contra o a PEC 212/16 - PrecatóriosManifesto contra o a PEC 212/16 - Precatórios
Manifesto contra o a PEC 212/16 - Precatórios
 
Novidades Legislativas
Novidades LegislativasNovidades Legislativas
Novidades Legislativas
 
Portaria 2802 de 10 11-2008
Portaria 2802 de 10 11-2008Portaria 2802 de 10 11-2008
Portaria 2802 de 10 11-2008
 
Aposentado camara
Aposentado camaraAposentado camara
Aposentado camara
 
Extrato CAUC
Extrato CAUCExtrato CAUC
Extrato CAUC
 
Projeto de lei nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicional
Projeto de lei  nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicionalProjeto de lei  nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicional
Projeto de lei nº 25 2017 autoriza a abertura de crédito adicional
 
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempo
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempoPortaria n 80 chamada publica programa segundo tempo
Portaria n 80 chamada publica programa segundo tempo
 

Destaque

Ad 2 resposta
Ad 2 respostaAd 2 resposta
Ad 2 respostaramofly
 
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicas
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicasSemana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicas
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicasFloripa Cool
 
Viagem do Sonho: Carava Egito
Viagem do Sonho: Carava EgitoViagem do Sonho: Carava Egito
Viagem do Sonho: Carava EgitoCENFATEE
 
El Presente de las Finanzas 2.0
El Presente de las Finanzas 2.0El Presente de las Finanzas 2.0
El Presente de las Finanzas 2.0Prestario
 
Proyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativoProyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativojmsagg
 
Emprenedors2 (2) (2) correcto
Emprenedors2 (2) (2) correctoEmprenedors2 (2) (2) correcto
Emprenedors2 (2) (2) correctomarionuki2
 
School classroom palo y justi2
School classroom palo y justi2School classroom palo y justi2
School classroom palo y justi2Marina Garritano
 
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3ayman diab
 
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilharia
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilhariaCópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilharia
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilhariaFloripa Cool
 
Seriales 2003 server
Seriales 2003 serverSeriales 2003 server
Seriales 2003 servergalileo150
 
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2José Bidarra
 
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50Superintendencia de Competencia
 
Coach夏季小背包
Coach夏季小背包Coach夏季小背包
Coach夏季小背包nickdawson731
 
Victory One A Thon
Victory One A ThonVictory One A Thon
Victory One A ThonVictory One
 
Virus y vacunas informaticas..........2
Virus y vacunas informaticas..........2Virus y vacunas informaticas..........2
Virus y vacunas informaticas..........2dianmilej
 
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...João Paulo Proença
 

Destaque (20)

Ad 2 resposta
Ad 2 respostaAd 2 resposta
Ad 2 resposta
 
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicas
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicasSemana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicas
Semana ousada de artes ufsc udesc oficinas artes cenicas
 
Viagem do Sonho: Carava Egito
Viagem do Sonho: Carava EgitoViagem do Sonho: Carava Egito
Viagem do Sonho: Carava Egito
 
El Presente de las Finanzas 2.0
El Presente de las Finanzas 2.0El Presente de las Finanzas 2.0
El Presente de las Finanzas 2.0
 
Proyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativoProyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativo
 
Emprenedors2 (2) (2) correcto
Emprenedors2 (2) (2) correctoEmprenedors2 (2) (2) correcto
Emprenedors2 (2) (2) correcto
 
School classroom palo y justi2
School classroom palo y justi2School classroom palo y justi2
School classroom palo y justi2
 
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3
Build Your First Website in 1 Week with HTML5 and CSS3
 
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilharia
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilhariaCópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilharia
Cópia de florianópolis fortaleza anhatomirim artilharia
 
Seriales 2003 server
Seriales 2003 serverSeriales 2003 server
Seriales 2003 server
 
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2
Workshop em Ensino Online - WEO 2014 - tema 2
 
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50
SC confirma multas a agencias de viajes por US$21,325.50
 
Coach夏季小背包
Coach夏季小背包Coach夏季小背包
Coach夏季小背包
 
Conhecer cidade
Conhecer cidadeConhecer cidade
Conhecer cidade
 
Victory One A Thon
Victory One A ThonVictory One A Thon
Victory One A Thon
 
Virus y vacunas informaticas..........2
Virus y vacunas informaticas..........2Virus y vacunas informaticas..........2
Virus y vacunas informaticas..........2
 
Camilopptt
CamiloppttCamilopptt
Camilopptt
 
Nombre
NombreNombre
Nombre
 
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATIONSELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
SELF-EVALUATION AS A TOOL FOR DISTANCE EDUCATION
 
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...VI  encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
VI encontro de SABE A Biblioteca e as Literacias do Século XXI em Famalicão ...
 

Semelhante a FNDE regulamenta movimentação de recursos federais

Pl 046 2015 regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributária
Pl 046 2015  regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributáriaPl 046 2015  regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributária
Pl 046 2015 regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributáriaClaudio Figueiredo
 
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do Campo
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do CampoMedida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do Campo
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do CampoFETAEP
 
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683PETICIONAR SOLUÇÕES PARA ADVOGADOS
 
Edital Pelc 2013
Edital Pelc 2013Edital Pelc 2013
Edital Pelc 2013minesporte
 
Resolucao 777 2013 Transporte escolar
Resolucao 777 2013 Transporte escolarResolucao 777 2013 Transporte escolar
Resolucao 777 2013 Transporte escolarcristeffens
 
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...José Ripardo
 
Lei nº 478
Lei  nº 478Lei  nº 478
Lei nº 478Ceu Jr
 
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...Noelia Brito
 
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...Claudio Figueiredo
 
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)razonetecontabil
 

Semelhante a FNDE regulamenta movimentação de recursos federais (20)

TABELA PIS PASEP 2010 / 2011
TABELA PIS PASEP  2010 / 2011TABELA PIS PASEP  2010 / 2011
TABELA PIS PASEP 2010 / 2011
 
Pl 046 2015 regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributária
Pl 046 2015  regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributáriaPl 046 2015  regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributária
Pl 046 2015 regulamenta depósitos de origem tributária ou não tributária
 
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do Campo
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do CampoMedida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do Campo
Medida Provisória nº 562 de 20/03/2012 - Educação do Campo
 
Inicial adriana
Inicial adrianaInicial adriana
Inicial adriana
 
Caderno legislação pnae 2014
Caderno legislação pnae 2014Caderno legislação pnae 2014
Caderno legislação pnae 2014
 
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683
Integra do processo que suspendeu as ações de FGTS no STJ - Resp 1.381.683
 
Diário Oficial
Diário OficialDiário Oficial
Diário Oficial
 
Edital Pelc 2013
Edital Pelc 2013Edital Pelc 2013
Edital Pelc 2013
 
Resolução sba 2011
Resolução sba 2011Resolução sba 2011
Resolução sba 2011
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 
Resolucao 777 2013 Transporte escolar
Resolucao 777 2013 Transporte escolarResolucao 777 2013 Transporte escolar
Resolucao 777 2013 Transporte escolar
 
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
Mp 599 2012, que trata de compensações por conta de possíveis perdas de arrec...
 
Lei nº 478
Lei  nº 478Lei  nº 478
Lei nº 478
 
Lei nº 478
Lei  nº 478Lei  nº 478
Lei nº 478
 
2054 - REVISÃO DO FGTS
2054 - REVISÃO DO FGTS2054 - REVISÃO DO FGTS
2054 - REVISÃO DO FGTS
 
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...
Contrato de Gestão SS da Prefeitura do Recife com a Ceasa 2015 2534 302_0_r-3...
 
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...
PL 006_7 dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da lei orçamen...
 
Lei9424
Lei9424Lei9424
Lei9424
 
Portaria 3261 de 13 12-2009
Portaria 3261 de 13 12-2009Portaria 3261 de 13 12-2009
Portaria 3261 de 13 12-2009
 
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)
Contribuição sobre movimentação financeira (cpmf)
 

Mais de Carlos França

Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismo
Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismoLei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismo
Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismoCarlos França
 
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...Carlos França
 
Aviso de licitação estrada cajueiro
Aviso de licitação estrada cajueiroAviso de licitação estrada cajueiro
Aviso de licitação estrada cajueiroCarlos França
 
Relatrioremanejamento09052014
Relatrioremanejamento09052014Relatrioremanejamento09052014
Relatrioremanejamento09052014Carlos França
 
Decreto n 24.538 via norte sul
Decreto n 24.538 via norte sul Decreto n 24.538 via norte sul
Decreto n 24.538 via norte sul Carlos França
 
Licitação estrada cajueiro
Licitação estrada cajueiroLicitação estrada cajueiro
Licitação estrada cajueiroCarlos França
 
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleite
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleiteAviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleite
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleiteCarlos França
 
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase r
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase rMais de 600 pequenos municípios receberão quase r
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase rCarlos França
 
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca garantia safra
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca  garantia safraMedida provisória n 603 ação emergencial combate a seca  garantia safra
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca garantia safraCarlos França
 
Processo invalidação contratação agencias propaganda
Processo invalidação contratação agencias propagandaProcesso invalidação contratação agencias propaganda
Processo invalidação contratação agencias propagandaCarlos França
 
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de agua
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de aguaOrdem paralização n 01 sistema de abastecimento de agua
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de aguaCarlos França
 
Termo compromisso sistema adutor umari
Termo compromisso sistema adutor umariTermo compromisso sistema adutor umari
Termo compromisso sistema adutor umariCarlos França
 
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVRE
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVREPortaria n 063 SEMOB PASSE LIVRE
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVRECarlos França
 
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoró
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoróContrato gestão n 01 hopital mulher em mossoró
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoróCarlos França
 
Recomendação conjunta situação ATIVA
Recomendação conjunta situação ATIVARecomendação conjunta situação ATIVA
Recomendação conjunta situação ATIVACarlos França
 
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natal
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natalExtrato rescisão contrato operação tapa buracos em natal
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natalCarlos França
 
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em Natal
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em NatalPortaria n 02 Coleta lixo eletronico em Natal
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em NatalCarlos França
 
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson Moura
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson MouraPortaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson Moura
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson MouraCarlos França
 

Mais de Carlos França (20)

Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismo
Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismoLei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismo
Lei n 12.974 dispõe sobre as atividades das agências de turismo
 
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...
Lei complementar n 144 lei que trata da aposentadoria especial para mulher se...
 
Aviso de licitação estrada cajueiro
Aviso de licitação estrada cajueiroAviso de licitação estrada cajueiro
Aviso de licitação estrada cajueiro
 
Relatrioremanejamento09052014
Relatrioremanejamento09052014Relatrioremanejamento09052014
Relatrioremanejamento09052014
 
Decreto n 24.538 via norte sul
Decreto n 24.538 via norte sul Decreto n 24.538 via norte sul
Decreto n 24.538 via norte sul
 
Licitação estrada cajueiro
Licitação estrada cajueiroLicitação estrada cajueiro
Licitação estrada cajueiro
 
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleite
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleiteAviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleite
Aviso de inexigibilidade de licitação nº 5 paaleite
 
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase r
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase rMais de 600 pequenos municípios receberão quase r
Mais de 600 pequenos municípios receberão quase r
 
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca garantia safra
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca  garantia safraMedida provisória n 603 ação emergencial combate a seca  garantia safra
Medida provisória n 603 ação emergencial combate a seca garantia safra
 
Processo invalidação contratação agencias propaganda
Processo invalidação contratação agencias propagandaProcesso invalidação contratação agencias propaganda
Processo invalidação contratação agencias propaganda
 
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de agua
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de aguaOrdem paralização n 01 sistema de abastecimento de agua
Ordem paralização n 01 sistema de abastecimento de agua
 
Termo compromisso sistema adutor umari
Termo compromisso sistema adutor umariTermo compromisso sistema adutor umari
Termo compromisso sistema adutor umari
 
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVRE
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVREPortaria n 063 SEMOB PASSE LIVRE
Portaria n 063 SEMOB PASSE LIVRE
 
Portaria 334 SESAP
Portaria 334 SESAPPortaria 334 SESAP
Portaria 334 SESAP
 
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoró
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoróContrato gestão n 01 hopital mulher em mossoró
Contrato gestão n 01 hopital mulher em mossoró
 
Recomendação conjunta situação ATIVA
Recomendação conjunta situação ATIVARecomendação conjunta situação ATIVA
Recomendação conjunta situação ATIVA
 
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natal
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natalExtrato rescisão contrato operação tapa buracos em natal
Extrato rescisão contrato operação tapa buracos em natal
 
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em Natal
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em NatalPortaria n 02 Coleta lixo eletronico em Natal
Portaria n 02 Coleta lixo eletronico em Natal
 
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson Moura
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson MouraPortaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson Moura
Portaria nº014 apurar nepotismo gabinete Gilson Moura
 
Apelação ZPA
Apelação ZPAApelação ZPA
Apelação ZPA
 

Último

Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 

Último (20)

Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 

FNDE regulamenta movimentação de recursos federais

  • 1. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 44, DE 25 DE AGOSTO DE 2011 Estabelece critérios, prazos e procedimentos para atender as disposições do Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011, e dá outras providências. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Constituição Federal de 1988. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Lei n° 10.880, de 9 de junho de 2004. Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007. Lei nº 11.578, de 26 de novembro de 2007. Lei nº 11.692, de 10 de junho de 2008. Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009. Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011. Medida Provisória nº 533, 10 de maio de 2011. O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO (FNDE), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 14 do Anexo I do Decreto nº 7.481, de 16 de maio de 2011, publicado no DOU de 17 de maio de 2011, e pelos artigos 3º e 6º do Anexo da Resolução CD/FNDE nº 31, de 30 de setembro de 2003, e CONSIDERANDO as determinações contidas no Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011, que dispõe sobre a movimentação de recursos federais transferidos a Estados, Distrito Federal e Municípios, resolve, "ad referendum": Art. 1º Estabelecer critérios, prazos e procedimentos para regulamentar a movimentação de recursos federais transferidos pelo FNDE a Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do Decreto nº 7.507, de 27 de junho de 2011. Art. 2º As disposições desta Resolução aplicam-se às transferências realizadas no âmbito da seguinte legislação: I - Lei nº 10.880, de 9 de junho de 2004, que institui o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) e o Programa de Apoio aos Sistemas de Ensino
  • 2. para Atendimento à Educação de Jovens e Adultos e dispõe sobre o repasse de recursos financeiros do Programa Brasil Alfabetizado; II - Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB); III - Lei nº 11.692, de 10 de junho de 2008, que dispõe sobre o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem); IV - Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que dispõe sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); e V - Inciso II do § 2º do Artigo 22 da Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que dispõe sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). § 1º Em consonância com o Decreto nº 7.507/2011, estão sujeitas às disposições desta Resolução as ações: I - do Plano Especial de Recuperação da Rede Física Escolar Pública; II - da transferência de recursos financeiros aos Municípios e ao Distrito Federal com a finalidade de prestar apoio financeiro à manutenção de novos estabelecimentos públicos de educação infantil; III - da construção de unidades de educação infantil do Programa Pró-Infância, no âmbito do Plano de Aceleração do Crescimento - PAC 2, instituído pela Lei nº 11.578, de 26 de novembro de 2007; e IV - da construção de quadras escolares esportivas cobertas, no âmbito do Plano de Aceleração do Crescimento - PAC 2, instituído pela Lei nº 11.578, de 26 de novembro de 2007. § 2º Quaisquer programas ou ações que venham a ser instituídos no âmbito do FNDE, que transfiram recursos a Estados,Distrito Federal ou Municípios e possuam as mesmas características de execução dos programas e ações indicados neste artigo, sujeitar-se- ão às disposições desta Resolução. Art. 3º Os repasses de recursos financeiros a Estados, Distrito Federal e Municípios, à custa dos programas e ações indicados no artigo anterior, serão depositados em contas correntes específicas abertas e mantidas exclusivamente em instituições financeiras oficiais federais com as quais o FNDE mantenha parcerias. Parágrafo único. Caberá aos Estados, Distrito Federal e Municípios indicar ao FNDE o banco e a agência nos quais os recursos deverão ser depositados, observada a legislação específica de cada programa ou ação, bem como as condições e os prazos
  • 3. estabelecidos em suas resoluções, respeitada a restrição prevista no caput deste artigo. Art. 4º A movimentação das contas correntes recebedoras dos recursos transferidos pelo FNDE, nos termos desta Resolução, ocorrerá exclusivamente por meio eletrônico, no qual seja devidamente identificada a titularidade das contas correntes de fornecedores ou prestadores de serviços, beneficiários dos pagamentos realizados pelos Estados, Distrito Federal e Municípios. § 1º Conforme dispõem os Acordos de Cooperação Mútua firmados entre o FNDE e as instituições financeiras mencionadas no artigo 3º, não serão cobradas tarifas bancárias pela movimentação das contas correntes dos Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos dispostos no caput. § 2º Enquanto não utilizados na finalidade a que se destinam, os recursos repassados deverão ser obrigatoriamente aplicados no mercado financeiro, conforme dispuser a resolução específica de cada programa ou ação. Art. 5º Fica proibido, a partir do dia 27 de agosto de 2011, o fornecimento de talão de cheques ou de cheques avulsos pelas instituições financeiras mencionadas no artigo 3º, bem como a emissão de cheques pelos Estados, Distrito Federal e Municípios para pagamento de despesas realizadas à custa dos programas e ações abrangidos por esta Resolução. § 1º Os Estados, Distrito Federal e Municípios que realizaram pagamento de despesas antes do dia 27 de agosto de 2011 com a utilização de cheques que porventura não tenham sido compensados até o dia 26/8/2011, deverão resgatá-los junto aos seus fornecedores ou prestadores de serviços para pagamento por meio eletrônico. § 2º Os Estados, Distrito Federal e Municípios que não conseguirem resgatar os cheques emitidos nos termos do parágrafo anterior, cujos débitos tenham sido lançados nas contas específicas dos programas e ações após o dia 27 de agosto de 2011, deverão justificar tais lançamentos nas correspondentes prestações de contas, das quais constem, no mínimo, as datas de emissão dos cheques e de lançamento dos débitos e a identificação do fornecedor ou prestador de serviço beneficiário dos pagamentos. Art. 6º Nos termos dos §§ 2º e 5º do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011, os Estados, Distrito Federal e Municípios poderão efetuar saques em dinheiro para o pagamento das despesas do PNATE e do PDDE, obedecidos os limites estabelecidos nos §§ 3º e 4º do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011. § 1º Em consonância com o disposto no caput, em 2011 o limite estabelecido no § 3º do artigo 2º do Decreto nº 7.507/2011 será válido para o período de 27 de agosto a 31
  • 4. de dezembro de 2011, em razão de se encontrarem vigentes as normas da execução dos referidos programas. § 2º As despesas efetuadas por meio de saques em dinheiro deverão ser justificadas na correspondente prestação de contas, em item específico, no qual seja identificado o beneficiário final de cada um desses pagamentos. § 3º As instituições financeiras mencionadas no artigo 3º colocarão à disposição dos Estados, Distrito Federal e Municípios mecanismos que possibilitem a movimentação das contas do PNATE e do PDDE por meio de saques em dinheiro, nos termos dispostos no caput. Art. 7º Nos termos do artigo 3º do Decreto nº 7.507/2011,independentemente de autorização do titular da conta, o FNDE divulgará mensalmente em seu portal na internet, no endereço eletrônico www.fnde.gov.br, os extratos das contas correntes dos Estados, Distrito Federal e Municípios beneficiados com recursos dos programas e ações indicados no artigo 2º, com a identificação do domicílio bancário dos respectivos fornecedores ou prestadores de serviços, beneficiários dos pagamentos realizados. Art. 8º Esta Resolução entra em vigor a partir do dia 27 de agosto de 2011, ficando revogadas as disposições em contrário. FERNANDO HADDAD