Didáctica da informática IIPLANIFICAÇÃOCarla JesusRaquel Oliveira
SUMÁRIO• Introdução;• Definição;• Fases de umplano;• Características;• Elementos deum plano;• Questões aconsiderar;• Concl...
INTRODUÇÃOTodos nós, consciente ou inconsciente-mente, já fomos confrontados com anecessidade de organizar as váriastarefa...
DEFINIÇÃO“A planificação da educação (…) tinhacomo finalidade responder àsexigências sociais, ou seja, umamudança sem prec...
FASES DE UM PLANO (1)• Preparação – selecção eorganização de conteúdos; definiçãode objectivos; selecção deestratégias; ge...
FASES DE UM PLANO (2)• Desenvolvimento – execução doplano, em situação real com osalunos;• Avaliação – avaliação e feedbac...
CARACTERÍSTICAS DE UMPLANO• Um bom plano de sessão deveter:– Precisão;– Rigor;– Objectividade;– Sequência;– Coerência;– Fl...
ELEMENTOS DE UM PLANO (1)• O cabeçalho - este primeiro ponto doplano serve exclusivamente comoelemento introdutório e iden...
ELEMENTOS DE UM PLANO (2)• Os conteúdos - Através da indicação eestruturação dos conteúdos, procedemos àorganização do con...
ELEMENTOS DE UM PLANO (3)• A avaliação - A avaliação aefectuar em diversos momentos,diagnóstica, formativa e sumativa,impl...
QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (1)• Quem são os alunos?Donde vêm, que expectativas têm, quaisas suas capacidades, os s...
QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (2)• Para quê?Qual a utilidade deste tema/assunto/tarefano contexto da disciplina e no ...
QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (3)• Que percurso pedagógico se deveadoptar?Que métodos e técnicas a utilizar, a queest...
QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (4)• Que meios de aprendizagem sãonecessá-rios?Que materiais pedagógicos se devemselecc...
CONCLUSÃO (1)Etapa importante porque:• Alivia a angústia e o stressacumulados nesta fase;• Assume-se mentalmente como uma“...
CONCLUSÃO (2)A pedagogia não é uma ciência exacta,consequentemente, não admitesoluções, e, muito menos, uma solução!Como t...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Planificação

290 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado no âmbito da disciplina Didática da Informática II, da Licenciatura em Ensino de Informática, da Universidade da Beira Interior.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planificação

  1. 1. Didáctica da informática IIPLANIFICAÇÃOCarla JesusRaquel Oliveira
  2. 2. SUMÁRIO• Introdução;• Definição;• Fases de umplano;• Características;• Elementos deum plano;• Questões aconsiderar;• Conclusão.
  3. 3. INTRODUÇÃOTodos nós, consciente ou inconsciente-mente, já fomos confrontados com anecessidade de organizar as váriastarefas que, num determinado espaçode tempo, devemos cumprir.
  4. 4. DEFINIÇÃO“A planificação da educação (…) tinhacomo finalidade responder àsexigências sociais, ou seja, umamudança sem precedentes nos modosde vida e cultura.”Unesco-1987
  5. 5. FASES DE UM PLANO (1)• Preparação – selecção eorganização de conteúdos; definiçãode objectivos; selecção deestratégias; gestão do tempo pelasactividades a desenvolver; indicaçãodos recursos a utilizar; referência àsmodalidades de avaliação aprivilegiar.
  6. 6. FASES DE UM PLANO (2)• Desenvolvimento – execução doplano, em situação real com osalunos;• Avaliação – avaliação e feedback,com base na análise do grau deeficácia do plano, em situação real deensino.
  7. 7. CARACTERÍSTICAS DE UMPLANO• Um bom plano de sessão deveter:– Precisão;– Rigor;– Objectividade;– Sequência;– Coerência;– Flexibilidade.
  8. 8. ELEMENTOS DE UM PLANO (1)• O cabeçalho - este primeiro ponto doplano serve exclusivamente comoelemento introdutório e identificação.• Os objectivos - Sabe-se o que se quer,para onde se caminha, se se chegou ounão ao desejado e, em casos deinsucesso, a que estratégias derecuperação recorrer para dar solução àspossíveis dificuldades.
  9. 9. ELEMENTOS DE UM PLANO (2)• Os conteúdos - Através da indicação eestruturação dos conteúdos, procedemos àorganização do conhecimento.• As estratégias - As estratégias sãomodos gerais de actuação, mais ou menoscomplexos, e destinam-se a levar o alunode uma situação inicial até a uma situaçãofinal, que tende a aproximar-se o maispossível dos objectivos definidos.
  10. 10. ELEMENTOS DE UM PLANO (3)• A avaliação - A avaliação aefectuar em diversos momentos,diagnóstica, formativa e sumativa,implica a definição/selecção eelaboração de instrumentos quedeverão ser adequados, rigorosos efiáveis.
  11. 11. QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (1)• Quem são os alunos?Donde vêm, que expectativas têm, quaisas suas capacidades, os seus interesses,o que esperam da disciplina, etc.• O que vão ter de saber no final daaula?Definição rigorosa dos objectivos, deladependendo em larga percentagem osucesso/insucesso da aula.
  12. 12. QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (2)• Para quê?Qual a utilidade deste tema/assunto/tarefano contexto da disciplina e no contexto dafutura vida profissional dos alunos?• Que saberes já dominam?Dominam os saberes necessários aoacesso fácil a novos saberes? Nãodominam? Se não dominam, como irão láchegar?
  13. 13. QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (3)• Que percurso pedagógico se deveadoptar?Que métodos e técnicas a utilizar, a queestratégias se devem recorrer, que processosde aprendizagem se podem desencadear?• Que motivações/desmotivações sedevem considerar?Que desmotivações se pode vir a enfrentar, anível individual ou de grupo? Que fazer paralevar os alunos a ultrapassá-las?
  14. 14. QUESTÕES QUE DEVEMSER CONSIDERADAS (4)• Que meios de aprendizagem sãonecessá-rios?Que materiais pedagógicos se devemseleccionar ou elaborar, de que outros materiaise equipamentos necessitamos?• Como deverão ser avaliados osresultados?Que técnicas de avaliação se deve privilegiar,que instrumentos parecem mais coerentes comos objectivos visados?
  15. 15. CONCLUSÃO (1)Etapa importante porque:• Alivia a angústia e o stressacumulados nesta fase;• Assume-se mentalmente como uma“cábula” a que poderemos recorrer,em caso de necessidade pontual.
  16. 16. CONCLUSÃO (2)A pedagogia não é uma ciência exacta,consequentemente, não admitesoluções, e, muito menos, uma solução!Como tal o que foi descrito ao longodeste trabalho é apenas um referencial,um indicador, uma sugestão.

×