Apresentação1

474 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
474
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
137
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1

  1. 1. NatalO Natal surge como o aniversário donascimento de Jesus Cristo, Filho deDeus, sendo actualmente uma das festascatólicas mais importantes.Inicialmente, a Igreja Católica nãocomemorava o Natal. Foi em meados doséculo IV d.C. que se começou a festejar onascimento do Menino Jesus, tendo oPapa Júlio I fixado a data no dia 25 deDezembro, já que se desconhece averdadeira data do Seu nascimento
  2. 2. Origem do presépio de NatalO frade católico, montou o presépio em argila na floresta de Greco o(comuna italiana da região do Lácio). Sua ideia era montar o presépio paraexplicar as pessoas mais simples o significado e como foi o nascimento de Jesus Cristo.No século XVIII, a tradição de montar o presépio, dentro das casas dasfamílias, se popularizou pela Europa e, logo em seguida, por outras regiõesdo mundo.Tradição da montagem do presépioÉ tradição em várias regiões do mundo a montagem do presépio na épocade Natal. Os presépios podem varias em tamanho e materiais usados.Existem presépios minúsculos e outros em tamanho real. As peças podemser feitas de madeira, argila, metal ou outros materiais. O mais comum,atualmente, é a montagem dentro das casas das famílias cristãs. Porém,encontramos também presépios em lojas, empresas, praças, escolas eoutros locais públicos.
  3. 3. Pai natal  Lendário distribuidor de prendas do Natal, um homem gorducho e bonacheirão de farta barba branca trajado de um fato vermelho com orlas brancas, e conduzindo pelo espaço um trenó puxado por oito renas carregado de brinquedos. O Pai Natal ( também chamado St Nicholas, St Nick ou Santa Claus), assim reza a história, visita todas as casas na noite de Natal descendo pela chaminé para deixar presentes na arvore, peúgas ou sapatos de todas as crianças bem comportadas. Embora esta imagem que nos é familiar do Pai Natal tenha sido introduzida nos Estados Unidos a partir da Holanda no século XVII, e em Inglaterra a partir da Alemanha no meio do século XIX, as suas raízes remontam ao antigo folclore Europeu e influenciaram as celebrações do Natal no mundo inteiro.
  4. 4. A Árvore de Natal é um pinheiro ou abeto,enfeitado e iluminado, especialmente nascasas particulares, na noite de Natal.O uso de uma árvore como símboloremonta desde o segundo milénio antes decristo. Os Indo-europeus consideravam asárvores expressão de fertilidade,prestando-lhe culto. Por outro lado, acivilização Egípcia atribuía à tamareira o...
  5. 5. COROA DE NATAL O uso de coroas como decoração é um costumeantigo. Os romanos usavam ramos verdes queenrolavam nas suas coroas. Também exibiam coroasde ramos verdes nas suas portas como sinal desaúde para todos os que lá habitavam
  6. 6. Azevinho O azevinho comum é um arbustode crescimento muito lento,atingindo em adulto de quatro aseis metros de altura. Alguns péschegam a formar autênticasárvores. Pode viver 100 anos ou
  7. 7. Bolo Rei é um bolo tradicional portuguêsque se come na consoada por alturas doNatal (25 de Dezembro) até ao Dia de Reis(6 de Janeiro), numa clara alusão aosmesmos (reis magos). De forma redondacom grande buraco no centro lembra umacoroa pintalgada por frutos secos ecristalizados.[1]
  8. 8. Tanta criança carente A precisar de todos nós E eu sentindo-me impotente Para fazer ouvir minha vozOs meninos que não tem natal são aqueles que são pobres e porque o seu pais estaEm guerra.
  9. 9. Trabalho feito por :- Vânia Pinto- Carlos Teixeira- 6D

×