SlideShare uma empresa Scribd logo

CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO

1 de 19
Baixar para ler offline
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO
LEI FEDERAL Nº 9394/1996LEI FEDERAL Nº 9394/1996
DELIBERAÇÃO CEE Nº 225/1998DELIBERAÇÃO CEE Nº 225/1998
DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000
RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006
OBJETIVOOBJETIVO
Posicionar o aluno na série/ano dePosicionar o aluno na série/ano de
escolaridade, período, etapa ou ciclo,escolaridade, período, etapa ou ciclo,
compatível com sua idade, experiência,compatível com sua idade, experiência,
nível de desempenho ou denível de desempenho ou de
conhecimento.conhecimento.
COmO fazErCOmO fazEr
Mediante avaliação em todos os conteúdos daMediante avaliação em todos os conteúdos da
Base Nacional Comum.Base Nacional Comum.
A descrição do recurso pedagógico daA descrição do recurso pedagógico da
classificação deverá fazer parte do Regimento Escolarclassificação deverá fazer parte do Regimento Escolar
e do Projeto Pedagógico. Os documentos quee do Projeto Pedagógico. Os documentos que
fundamentam a classificação de cada aluno deverãofundamentam a classificação de cada aluno deverão
ser arquivados na pasta do aluno.ser arquivados na pasta do aluno.
QUANDOQUANDO
FAZERFAZER
Por ocasião da matrícula do aluno naPor ocasião da matrícula do aluno na
escola.escola.
Matrícula InicialMatrícula Inicial

Recomendados

Reunião de pais 3º bimestre
Reunião de pais   3º bimestreReunião de pais   3º bimestre
Reunião de pais 3º bimestreflaviacrm
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1SimoneHelenDrumond
 
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...
Ata de reunião ordinária da comissão de alunos e amigos da escola municipal c...baibicalho
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialstraraposa
 
Modelo relatório individual
Modelo relatório individualModelo relatório individual
Modelo relatório individualstraraposa
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.SimoneHelenDrumond
 
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumond
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumondModelos de relatórios dscritivos simone helen drumond
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaSimoneHelenDrumond
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeElisângela Chaves
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Mara Sueli
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAFabiana Lopes
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Mary Alvarenga
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliaçãoIsa ...
 
Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio Mary Alvarenga
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaSimoneHelenDrumond
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Isa ...
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoSimoneHelenDrumond
 

Mais procurados (20)

Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
Modelo de parecer de uma criança com necessidades especiais.
 
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumond
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumondModelos de relatórios dscritivos simone helen drumond
Modelos de relatórios dscritivos simone helen drumond
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovada
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliação
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio Gênero textual - anúncio
Gênero textual - anúncio
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Atestado de vaga
Atestado de vagaAtestado de vaga
Atestado de vaga
 
Projeto soletrando
Projeto soletrandoProjeto soletrando
Projeto soletrando
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMAAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
 

Semelhante a CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO

TERMO DE DESISTENCIA.pdf
TERMO DE DESISTENCIA.pdfTERMO DE DESISTENCIA.pdf
TERMO DE DESISTENCIA.pdfIsabelaBelchiol
 
Carta enc edu gerês 2012
Carta enc edu gerês 2012Carta enc edu gerês 2012
Carta enc edu gerês 2012Ana Matias
 
Gavião apresentação novo
Gavião apresentação   novoGavião apresentação   novo
Gavião apresentação novoCremilda Carmem
 
Modelo 08 jne
Modelo 08 jneModelo 08 jne
Modelo 08 jneesbocage
 
(Requerimento de colação de grau)
(Requerimento de colação de grau)(Requerimento de colação de grau)
(Requerimento de colação de grau)Dércio Luiz Reis
 
2012 sugestao banca&data_tcc_caf
2012 sugestao banca&data_tcc_caf2012 sugestao banca&data_tcc_caf
2012 sugestao banca&data_tcc_cafCassio Meira Jr.
 
Inf. alunos ens.básico anexo 3 (2)
Inf. alunos   ens.básico anexo 3 (2)Inf. alunos   ens.básico anexo 3 (2)
Inf. alunos ens.básico anexo 3 (2)esbocage
 
Inf. alunos ens.secund. anexo 4 (2)
Inf. alunos   ens.secund. anexo 4 (2)Inf. alunos   ens.secund. anexo 4 (2)
Inf. alunos ens.secund. anexo 4 (2)esbocage
 
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná ed...
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná   ed...Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná   ed...
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná ed...ConcursosPrevistos
 
4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de méritoesbocage
 
4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de méritoesbocage
 
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04Marcos AAlves
 

Semelhante a CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO (20)

TERMO DE DESISTENCIA.pdf
TERMO DE DESISTENCIA.pdfTERMO DE DESISTENCIA.pdf
TERMO DE DESISTENCIA.pdf
 
Carta enc edu gerês 2012
Carta enc edu gerês 2012Carta enc edu gerês 2012
Carta enc edu gerês 2012
 
Gavião apresentação novo
Gavião apresentação   novoGavião apresentação   novo
Gavião apresentação novo
 
Solicitacao de estagio voluntario
Solicitacao de estagio voluntarioSolicitacao de estagio voluntario
Solicitacao de estagio voluntario
 
Experiencia
ExperienciaExperiencia
Experiencia
 
Modelo 08 jne
Modelo 08 jneModelo 08 jne
Modelo 08 jne
 
(Requerimento de colação de grau)
(Requerimento de colação de grau)(Requerimento de colação de grau)
(Requerimento de colação de grau)
 
2012 sugestao banca&data_tcc_caf
2012 sugestao banca&data_tcc_caf2012 sugestao banca&data_tcc_caf
2012 sugestao banca&data_tcc_caf
 
Inf. alunos ens.básico anexo 3 (2)
Inf. alunos   ens.básico anexo 3 (2)Inf. alunos   ens.básico anexo 3 (2)
Inf. alunos ens.básico anexo 3 (2)
 
Inf. alunos ens.secund. anexo 4 (2)
Inf. alunos   ens.secund. anexo 4 (2)Inf. alunos   ens.secund. anexo 4 (2)
Inf. alunos ens.secund. anexo 4 (2)
 
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná ed...
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná   ed...Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná   ed...
Concurso público do quadro próprio do magistério do estado do paraná ed...
 
Edital seap 017-2013 seed
Edital seap 017-2013 seedEdital seap 017-2013 seed
Edital seap 017-2013 seed
 
Edital seap 017-2013
Edital seap 017-2013Edital seap 017-2013
Edital seap 017-2013
 
Pdp
PdpPdp
Pdp
 
Ficha de matrícula
Ficha de matrículaFicha de matrícula
Ficha de matrícula
 
Ficha de matrícula
Ficha de matrículaFicha de matrícula
Ficha de matrícula
 
4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito
 
4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito4º requerimento para bolsa de mérito
4º requerimento para bolsa de mérito
 
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04
159265786 praticas-pedagogicas-do-inspetor-escolar-atividades-mod-04
 
Proposta intervenção na escola - 2011
Proposta intervenção na escola -  2011Proposta intervenção na escola -  2011
Proposta intervenção na escola - 2011
 

CLASSIFICAÇÃO E RECLASSIFICAÇÃO

  • 3. CLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO LEI FEDERAL Nº 9394/1996LEI FEDERAL Nº 9394/1996 DELIBERAÇÃO CEE Nº 225/1998DELIBERAÇÃO CEE Nº 225/1998 DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000 RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006
  • 4. OBJETIVOOBJETIVO Posicionar o aluno na série/ano dePosicionar o aluno na série/ano de escolaridade, período, etapa ou ciclo,escolaridade, período, etapa ou ciclo, compatível com sua idade, experiência,compatível com sua idade, experiência, nível de desempenho ou denível de desempenho ou de conhecimento.conhecimento.
  • 5. COmO fazErCOmO fazEr Mediante avaliação em todos os conteúdos daMediante avaliação em todos os conteúdos da Base Nacional Comum.Base Nacional Comum. A descrição do recurso pedagógico daA descrição do recurso pedagógico da classificação deverá fazer parte do Regimento Escolarclassificação deverá fazer parte do Regimento Escolar e do Projeto Pedagógico. Os documentos quee do Projeto Pedagógico. Os documentos que fundamentam a classificação de cada aluno deverãofundamentam a classificação de cada aluno deverão ser arquivados na pasta do aluno.ser arquivados na pasta do aluno.
  • 6. QUANDOQUANDO FAZERFAZER Por ocasião da matrícula do aluno naPor ocasião da matrícula do aluno na escola.escola. Matrícula InicialMatrícula Inicial
  • 7. QUANDOQUANDO pODEpODE OcORREROcORRERPor promoção:Por promoção: Para aluno que cursou comPara aluno que cursou com aproveitamento a série/ano/fase, na própria escola.aproveitamento a série/ano/fase, na própria escola. Por transferênciaPor transferência: Para aluno procedente de outra: Para aluno procedente de outra escola situada no país ou exterior.escola situada no país ou exterior. Por avaliaçãoPor avaliação: Posicionamento na série/ano, período,: Posicionamento na série/ano, período, independente de escolarização anterior.independente de escolarização anterior.
  • 8. DECLARAÇÃO CLASSIFICAÇÃO Eu, ______________________________________________, ___________________________________, (nome) (nacionalidade) _____________________________, _____________________________, RG nº ___________________, (estado civil) (profissão) CIC nº ______________________________________, responsável pelo aluno (a) __________________ _____________________________________________, declaro sob as penas previstas na Lei, não (nome completo do aluno) possuir comprovante de escolaridade anterior, conforme abaixo: ( ) Por inexistir escolaridade anterior; ( ) Por impossibilidade de comprovar Vida Escolar Anterior; ______________________, ______ de _________________________ de _______________. (cidade) (dia) (mês) (ano) Assinatura do Responsável: _____________________________________________________________.
  • 9. CLASSIFICAÇÃO OBSERVAÇÃO –NO REQUERIMENTO DE MATRÍCULA,HISTÓRICO ESCOLAR, FICHA INDIVIDUAL E EM ATA “O aluno foi submetido a processo de Classificação, de acordo com a Lei Federal nº 9.394/96, art. 24, Inciso II, alínea “c”, e Artigo 11, §1º da Res. SMEC nº 06 de 13/01/2006 , sendo avaliado em todos os componentes curriculares da Base Nacional Comum , obtendo os seguintes resultados: Língua Portuguesa= ______, Matemática=______, Ciências = _______,Língua Portuguesa= ______, Matemática=______, Ciências = _______, Geografia=________, História =_______, Artes = _______. O aluno foiGeografia=________, História =_______, Artes = _______. O aluno foi considerado apto a cursar o ______ ano de escolaridade do Ensino Fundamental”. ARQUIVAMENTO: Declaração do aluno ou responsável(se menor) justificando a impossibilidade de apresentar documento de escolaridade anterior e as avaliações.
  • 10. MODELO/ SUGESTÃOMODELO/ SUGESTÃO ATA DE CLASSIFICAÇÃOATA DE CLASSIFICAÇÃO Aos doze dias do mês de fevereiro de dois mil e dez, às nove horas, em uma das salas daAos doze dias do mês de fevereiro de dois mil e dez, às nove horas, em uma das salas da Escola Municipal __________________________________, no Município de Carmo, reuniram-seEscola Municipal __________________________________, no Município de Carmo, reuniram-se as Coordenadoras Pedagógicas, _____________________________________________________ ,as Coordenadoras Pedagógicas, _____________________________________________________ , ____________________________________, a Diretora __________________________________, a____________________________________, a Diretora __________________________________, a professora _____________________________________________, a Coordenadora Administrativaprofessora _____________________________________________, a Coordenadora Administrativa ________________________________ e a Inspetora Escolar _________________________, com a________________________________ e a Inspetora Escolar _________________________, com a finalidade de proceder à Avaliação de Conhecimentos da aluna ____________________________,finalidade de proceder à Avaliação de Conhecimentos da aluna ____________________________, nascida em 05 de junho de 1997, natural de Além Paraíba, filha de _________________________enascida em 05 de junho de 1997, natural de Além Paraíba, filha de _________________________e de _________________________________ para fins de Classificação devido à impossibilidade dede _________________________________ para fins de Classificação devido à impossibilidade de comprovação de Vida Escolar. Após análise e conclusão das avaliações apurou-se o seguintecomprovação de Vida Escolar. Após análise e conclusão das avaliações apurou-se o seguinte resultado: Língua Portuguesa= ______, Matemática=______, Ciências= _____, Geografia=_____,resultado: Língua Portuguesa= ______, Matemática=______, Ciências= _____, Geografia=_____, História=_____, Artes=_____ . A aluna foi considerada apta a cursar o 2º Ano de Escolaridade doHistória=_____, Artes=_____ . A aluna foi considerada apta a cursar o 2º Ano de Escolaridade do Ensino Fundamental, amparada pela Lei federal nº 9394/96, art. 24, inciso II, alínea C e o Art. 11 daEnsino Fundamental, amparada pela Lei federal nº 9394/96, art. 24, inciso II, alínea C e o Art. 11 da Resolução SMEC nº 06 13/01/2006. As avaliações e a Declaração do Responsável justificando aResolução SMEC nº 06 13/01/2006. As avaliações e a Declaração do Responsável justificando a impossibilidade de comprovar a vida escolar anterior, estão arquivadas na Pasta Individual daimpossibilidade de comprovar a vida escolar anterior, estão arquivadas na Pasta Individual da aluna. Nada mais havendo a constar, eu ______________________, Diretora do Estabelecimento,aluna. Nada mais havendo a constar, eu ______________________, Diretora do Estabelecimento, lavrei a presente ata que vai assinada por mim e pelos presentes. Carmo, fevereiro de 2010.lavrei a presente ata que vai assinada por mim e pelos presentes. Carmo, fevereiro de 2010. ________________________________________________________________________________,________________________________________________________________________________, ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • 11. RECLASSIFICAÇÃRECLASSIFICAÇÃ OO LEI FEDERAL Nº 9394/1996LEI FEDERAL Nº 9394/1996 DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000DELIBERAÇÃO CEE Nº 253/2000 DELIBERAÇÃO CEE Nº 241/1999DELIBERAÇÃO CEE Nº 241/1999 RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006RESOLUÇÃO SMEC Nº 6 DE 13/01/2006
  • 12. OBJETIVOOBJETIVO Reclassificar significa dar novaReclassificar significa dar nova classificação ao aluno. Reposicioná-loclassificação ao aluno. Reposicioná-lo na etapa, série/ano de escolaridadena etapa, série/ano de escolaridade diferente do que seu histórico escolardiferente do que seu histórico escolar registre e que seu desenvolvimentoregistre e que seu desenvolvimento avaliado indicar.avaliado indicar.
  • 13. COMO FAZERCOMO FAZER  A descrição do processo deverá fazer parte doA descrição do processo deverá fazer parte do Regimento Escolar e do Projeto Pedagógico.Regimento Escolar e do Projeto Pedagógico.  É recomendável que a decisão de reclassificação sejaÉ recomendável que a decisão de reclassificação seja decorrente de manifestação dos pais ou de comissãodecorrente de manifestação dos pais ou de comissão formada de docentes e Especialistas, sob aformada de docentes e Especialistas, sob a coordenação do Diretor, com anuência do Inspetor.coordenação do Diretor, com anuência do Inspetor.  Os documentos que fundamentam a reclassificaçãoOs documentos que fundamentam a reclassificação deverão ser arquivados na pasta do aluno.deverão ser arquivados na pasta do aluno.
  • 14. QuAndO pOdEQuAndO pOdE OCORREROCORRER AvançoAvanço:: É a forma de propiciar condições para aÉ a forma de propiciar condições para a conclusão de séries/anos ou etapas da educaçãoconclusão de séries/anos ou etapas da educação básica, em menos tempo ao aluno portador de altasbásica, em menos tempo ao aluno portador de altas habilidades comprovadas por uma Equipehabilidades comprovadas por uma Equipe Multiprofissional coordenada pela SMEC e anuênciaMultiprofissional coordenada pela SMEC e anuência do Inspetor Escolar.do Inspetor Escolar. AceleraçãoAceleração: É a forma de propiciar ao aluno com: É a forma de propiciar ao aluno com atraso escolar, a oportunidade de ser posicionado naatraso escolar, a oportunidade de ser posicionado na série/ano correspondente a sua idade, desde quesérie/ano correspondente a sua idade, desde que apresente êxito nas avaliações.apresente êxito nas avaliações.
  • 15. QuAndOQuAndO pOdEpOdE OCORREROCORRERTransferência:Transferência: Aluno proveniente de escola situada no país ouAluno proveniente de escola situada no país ou exterior poderá ser avaliado para posicionamento em série /anoexterior poderá ser avaliado para posicionamento em série /ano diferente à indicada no histórico escolar da escola de origem,diferente à indicada no histórico escolar da escola de origem, desde que comprovado conhecimentos e habilidadesdesde que comprovado conhecimentos e habilidades excepcionalmente superior ao que está previsto na Propostaexcepcionalmente superior ao que está previsto na Proposta Curricular da U.E. de destino.Curricular da U.E. de destino. FrequênciaFrequência:: Aluno da própria escola, que demonstrar terAluno da própria escola, que demonstrar ter atingido nível de desenvolvimento e aprendizagem superior aoatingido nível de desenvolvimento e aprendizagem superior ao mínimo previsto para a aprovação na série/fase/ano e tivermínimo previsto para a aprovação na série/fase/ano e tiver sido reprovado por insuficiência de frequência. Deverá sersido reprovado por insuficiência de frequência. Deverá ser reclassificado no ano seguinte.reclassificado no ano seguinte.
  • 16. RECLASSIFICAÇÃO “O aluno foi submetido a processo de Reclassificação, de acordo com a Lei Federal nº 9.394/96, art. 23, § 1º, e Artigo 12, alínea “b” da Res. SMEC nº 06 de 13/01/2006 , sendo avaliado em todos os componentes curriculares da Base Nacional Comum referentes ao ____________ano de escolaridade do Ensino Fundamental, obtendo os seguintes resultados: Língua Portuguesa = _________,Língua Portuguesa = _________, Matemática = _______, Ciências = _______, Geografia =_______, História = _______,Matemática = _______, Ciências = _______, Geografia =_______, História = _______, Artes =________ .Artes =________ . Sendo considerado apto a cursar o _________ ano do Ensino Fundamental”. OBSERVAÇÃO – No histórico escolar, ficha individual e em ata. ARQUIVAMENTO: As Avaliações serão arquivadas na pasta individual do aluno.
  • 17. OBSERVAÇÃO IMPORTANTEOBSERVAÇÃO IMPORTANTE  Para a Classificação do aluno que não tenha ou não possa comprovar escolaridade anterior, fica incumbido o responsável pelo aluno, ou este se maior, a declarar por escrito e sob as penas da lei, a inexistência ou a impossibilidade justificada de comprovar a Vida Escolar anterior.  No caso de Reclassificação solicitada pelos pais, ou pelo aluno, se este for maior, deverá ser solicitada através de Requerimento próprio, ou se a escola tomar a iniciativa de reclassificar o aluno, deverá ser com anuência dos pais, assinando um termo de responsabilidade e ciência elaborado pela Instituição de Ensino.  Destes processos deverão constar: 1) Observação no Histórico e na Vida Escolar com o respectivo amparo legal; 2) Ata em Livro próprio; 3) Arquivo dos critérios avaliativos;4) Declaração; 5) Procedimentos constantes do PPP e do RE.
  • 18. MODELO/ SUGESTÃOMODELO/ SUGESTÃO ATA DE RECLASSIFICAÇÃOATA DE RECLASSIFICAÇÃO Aos onze dias do mês de fevereiro de dois mil e dez, às nove horas, em uma dasAos onze dias do mês de fevereiro de dois mil e dez, às nove horas, em uma das salas da Escola Municipal ________________________________, do Município de Carmo,salas da Escola Municipal ________________________________, do Município de Carmo, reuniram-se as Coordenadoras Pedagógicas ______________________________,a Diretorareuniram-se as Coordenadoras Pedagógicas ______________________________,a Diretora ______________a Coordenadora Administrativa ___________________________________, a______________a Coordenadora Administrativa ___________________________________, a Inspetora Escolar _____________________________________________, com a finalidade deInspetora Escolar _____________________________________________, com a finalidade de procederem à Avaliação de Conhecimentos do aluno _________________________________,procederem à Avaliação de Conhecimentos do aluno _________________________________, nascido em 22 de outubro de 1999, natural de Sumidouro, filho ________________________ enascido em 22 de outubro de 1999, natural de Sumidouro, filho ________________________ e __________________________________, para fins de Reclassificação, uma vez que o aluno__________________________________, para fins de Reclassificação, uma vez que o aluno foi reprovado no 2º ano por insuficiência de freqüência. Após análise da trajetória escolar dofoi reprovado no 2º ano por insuficiência de freqüência. Após análise da trajetória escolar do aluno no ano anterior e conclusão das avaliações, apurou-se o seguinte resultado: Línguaaluno no ano anterior e conclusão das avaliações, apurou-se o seguinte resultado: Língua Portuguesa= ________, Matemática=_________, Ciências= ________, Geografia=________,Portuguesa= ________, Matemática=_________, Ciências= ________, Geografia=________, História=_______, Artes=_______ . O aluno foi considerado apto a cursar o 3º Ano deHistória=_______, Artes=_______ . O aluno foi considerado apto a cursar o 3º Ano de Escolaridade do Ensino Fundamental, amparado na Lei Federal nº 9.394/96, Art. 23, § 1º eEscolaridade do Ensino Fundamental, amparado na Lei Federal nº 9.394/96, Art. 23, § 1º e Resolução SMEC nº 06 de 13/01/2006, Art. 12, alínea “b”. As avaliações ficarão arquivadasResolução SMEC nº 06 de 13/01/2006, Art. 12, alínea “b”. As avaliações ficarão arquivadas na Pasta Individual do aluno. Nada mais havendo a constar, eu _______________________,na Pasta Individual do aluno. Nada mais havendo a constar, eu _______________________, Diretora do Estabelecimento, lavrei a presente ata que vai assinada por mim e pelosDiretora do Estabelecimento, lavrei a presente ata que vai assinada por mim e pelos presentes. Carmo, 11 de fevereiro 2010.presentes. Carmo, 11 de fevereiro 2010. ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ __