Pesquisa em Jornalismo       Impresso      Carla Baiense | Novembro 2011   1
Objetivos• Levantar alguns dos desafios e questõesda pesquisa em jornalismo impresso;• Discutir a aplicabilidade de difere...
Desafios da pesquisa• O acesso às fontes• Seleção do corpus• Metodologia de análise                 Carla Baiense | Novemb...
Análise quantitativaFrame analysis                                         Agenda Setting•   Esquemas interpretativos que ...
Análise do discurso – Milton Pinto• Todo texto é híbrido ou heterogêneo quanto à  sua enunciação – é sempre um tecido de  ...
O que é um sujeito?• Autor empírico do texto• Sujeito do enunciado ou narrador (eu do texto)• Sujeito da enunciação ou enu...
Análise do discurso - Fairclough Discurso = uso da linguagem como forma de prática social  Implicações• Discurso é um modo...
Efeitos construtivos do discurso                                                       Sistemas de  Identidades           ...
• Diferença da abordagem Althusseriana – o  problema da ideologia• A prática discursiva é constitutiva tanto de  maneira c...
Dimensões do discurso               PP              Pr            Textos     Prática discursiva       Prática social    Ca...
Análise textual• Textos são ambivalentes          •     Vocabulário• Têm significado                  •     Gramática  pot...
Prática discursiva• Textos são produzidos • A força dos enunciados  em contextos sociais      (atos       de        fala: ...
Prática social• Ideologia tem base social          • Hegemonia – equilíbrio• Ideologia interpela os               instável...
Pesquisa sobre mídia e favela• RJ 2ª Edição• 14 programas de 2002• Identificar a representação da favela e de seus  morado...
Pesquisa sobre mídia e favela• 73% dos casos, as matérias que se referem à  favela tratam de crimes ou ações da polícia• E...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pesquisa em jornalismo impresso

461 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
461
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa em jornalismo impresso

  1. 1. Pesquisa em Jornalismo Impresso Carla Baiense | Novembro 2011 1
  2. 2. Objetivos• Levantar alguns dos desafios e questõesda pesquisa em jornalismo impresso;• Discutir a aplicabilidade de diferentesmetodologias para levantamento eanálise de dados;• Apresentar um programa de trabalhopara pesquisa sobre mídia, pobreza ecrime Carla Baiense | Novembro 2011 2
  3. 3. Desafios da pesquisa• O acesso às fontes• Seleção do corpus• Metodologia de análise Carla Baiense | Novembro 2011 3
  4. 4. Análise quantitativaFrame analysis Agenda Setting• Esquemas interpretativos que permitem aos • A mídia pode definir o que será discutido pelo indivíduos perceberem, localizarem, público, a partir da seleção, disposição e identificarem e classificarem eventos e incidência de suas notícias. informações a partir de um repertório de • Public Opinion, de Walter Lippmann, em conhecimentos anterior 1922, e Maxwell MacCombs e Donald Shaw,• Frame Analysis: a Essay on the Organization anos 1960 e 1970 of Experience., em 1974, Erving Goffman, • A imprensa não reflete a realidade, mas filtra Entman, 1993, Colling, 2004. e dá forma a ela;• O framing, de um modo geral, é como • A concentração da mídia em poucos temas temos que pensar os temas já leva o público a percebê-los como mais estabelecidos pela agenda importantes. Carla Baiense | Novembro 2011 4
  5. 5. Análise do discurso – Milton Pinto• Todo texto é híbrido ou heterogêneo quanto à sua enunciação – é sempre um tecido de vozes ou citações• Dois planos distintos: intertextualidade ou heterogeneidade mostrada; heterogeneidade constitutiva ou interdiscurso.• Todo texto se constrói por um debate com outros – dialogismo de Bakhtin Carla Baiense | Novembro 2011 5
  6. 6. O que é um sujeito?• Autor empírico do texto• Sujeito do enunciado ou narrador (eu do texto)• Sujeito da enunciação ou enunciador (posições do sujeito com as quais o autor se identifica)• Público ou audiência• Sujeito falado ou coenunciador (lugar que o coemissor assume ao se identificar nos enunciadores a ele atribuídos pelo emissor) Carla Baiense | Novembro 2011 6
  7. 7. Análise do discurso - Fairclough Discurso = uso da linguagem como forma de prática social Implicações• Discurso é um modo de ação sobre o mundo e sobre o outro• Discurso é um modo de representação• Há uma relação dialética entre discurso e estrutura social Carla Baiense | Novembro 2011 7
  8. 8. Efeitos construtivos do discurso Sistemas de Identidades Relações conhecimento sociais sociais e crençaUma prática não apenas de representação, mas de significação demundo, constituindo e construindo o mundo em significados Carla Baiense | Novembro 2011 8
  9. 9. • Diferença da abordagem Althusseriana – o problema da ideologia• A prática discursiva é constitutiva tanto de maneira convencional quanto de maneira criativa - reproduz a sociedade ou a transforma Carla Baiense | Novembro 2011 9
  10. 10. Dimensões do discurso PP Pr Textos Prática discursiva Prática social Carla Baiense | Novembro 2011 10
  11. 11. Análise textual• Textos são ambivalentes • Vocabulário• Têm significado • Gramática potencial • Coesão • Estrutura textual (elementos de ligação, esquemas retóricos) Carla Baiense | Novembro 2011 11
  12. 12. Prática discursiva• Textos são produzidos • A força dos enunciados em contextos sociais (atos de fala: específicos promessas, pedidos,• Textos são consumidos ameaças) diferentemente em • A coerência (no nível da contextos sociais interpretação) diversos • A intertextualidade• O contexto é um fator (constitutiva – ordens de redução da de discurso – ou ambivalência manifesta) Carla Baiense | Novembro 2011 12
  13. 13. Prática social• Ideologia tem base social • Hegemonia – equilíbrio• Ideologia interpela os instável, parcial e sujeitos temporário• Discurso como campo de • Parte do projeto luta pela hegemonia hegemônico é a• As ideologias podem ser constituição de sujeitos- mais ou menos intérpretes para os quais naturalizadas tais conexões são naturais• As pessoas nem sempre • Visão do senso-comum têm consciência das como repositório dos dimensões ideológicas de efeitos de lutas passadas sua própria prática e como alvo de reestruturação Carla Baiense | Novembro 2011 13
  14. 14. Pesquisa sobre mídia e favela• RJ 2ª Edição• 14 programas de 2002• Identificar a representação da favela e de seus moradores• Hipótese de pesquisa: a insegurança tornou-se o principal risco da nossa sociedade e a favela na mídia é constituída como a fonte de insegurança da cidade Carla Baiense | Novembro 2011 14
  15. 15. Pesquisa sobre mídia e favela• 73% dos casos, as matérias que se referem à favela tratam de crimes ou ações da polícia• Em 58% das reportagens em que a favela aparece, por exemplo, existem imagens da polícia• Em 30% dos casos em que existe menção à favela há imagens da polícia com armamento letal empunhado• Vocábulo guerra aparece em 27% das notícias analisadas. Carla Baiense | Novembro 2011 15

×