Os finais do século xix

6.795 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Os finais do século xix

  1. 1. Impressionismo e Arte Nova
  2. 2. <ul><li>Qual a importância da fotografia? </li></ul><ul><li>Como se caracteriza o impressionismo? </li></ul><ul><li>Como se vivia na Belle Époque? </li></ul><ul><li>Quais as principais características da arte nova? </li></ul>
  3. 3. <ul><li>A descoberta da fotografia contribui para definir as relações entre a arte e o mundo das percepções ópticas. </li></ul><ul><li>A fotografia mostrava aos artistas pela primeira vez a objectivação da realidade. A Pintura influenciada pela fotografia, libertou-se do seu procedimento tradicional de representar a natureza como uma cópia fiel. </li></ul><ul><li>A fotografia tinha modificado a óptica dos artistas, sobretudo a sua compreensão dos jogos de luz. Desde o seu aparecimento complexificou também o problema da representação da realidade . </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Impressionismo </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A fotografia, que introduziu na pintura novas perspectivas como a vista aérea; </li></ul><ul><li>as estampas japonesas que levaram o pintor a uma execução menos precisa, </li></ul><ul><li>às descobertas científicas no campo da óptica, da percepção e da cor, </li></ul><ul><li>às descobertas técnicas como a invenção das cores em tubo, permitindo alterações nas aplicações directas das mesmas. </li></ul>
  5. 6. Pierre-Auguste Renoir
  6. 7. LE MOULIN DE LA GALETTE, 1876
  7. 9. Claude Monet Impressão, Nascer do Sol 1873
  8. 12. O Absinto- Degas
  9. 13. A EMPREGADA DE BAR- Manet
  10. 14. <ul><li>A pintura deve registrar a tonalidade que os objetos adquirem ao refletir a luz solar, já que as cores na natureza se modificam constantemente dependendo da incidência da luz do sol; </li></ul><ul><li>As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar as imagens; </li></ul><ul><li>As sombras devem ser luminosas e coloridas, não escuras ou pretas, como eram representadas anteriormente; </li></ul><ul><li>representações de cenas ao ar livre, pois desta forma notava-se mais claramente a influência da luz na percepção dos objectos; nesse contexto, uma das raras exceções é Degas, que representava o quotidiano das pessoas em ambientes fechados sobre a influência da luz artificial. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>Pós-impressionismo designa-se por um grupo de artistas e de movimentos diversos onde se seguiram as suas tendências para encontrar novos caminhos para a pintura. Estes, acentuaram a pintura nos seus valores específicos – a cor e bidimensionalidade. </li></ul><ul><li>Teve a sua origem no Impressionismo mas surge contra ele devido à sua superficialidade ilusionista da análise à realidade. </li></ul>Paul Gauguin Auto-retrato de Van Gogh
  12. 16. O impressionismo não foi apenas uma revolução artística, mas também uma revolução na forma de ver. Os artistas ensinam-nos a ver, já que o olho é um instrumento deve ser guiado pela mente. A contínua atenção prestada a percepção da luz na natureza, bem como a observação das cores, que reflectirão na suas obras todas as mudanças de luz que ocorrem no ambiente, desde o amanhecer ate ao ocaso e também nas diferentes estações.
  13. 17. <ul><li>O pintor parte para o Taiti, em busca de novos temas, para se libertar das influências da Europa. As suas telas surgem carregadas da iconografia exótica do lugar, e não faltavam cenas que mostrasse a sensualidade natural e a sua paixão pelas nativas. </li></ul>Contes Barbares (contos Bárbaros) 1902, Paul Gauguin Óleo sobre tela, 131,5 x 90,5 cm
  14. 19. Retrato do Dr. Gachet Auvers, Junho de 1890 Van Gogh Óleo sobre tela, 66 x 57 cm <ul><li>A sua obra é marcadamente expressiva pelas formas sinuosas, onduladas e flamejantes; pelo desenho anguloso e violento; pelas cores contrastadas; e por uma técnica na qual sobressaem as pinceladas onduladas, paralelas e pontilhadas que reforçam as formas básicas. Foi o pintor da vida, da genialidade, e da loucura. Personificou a Natureza, atribuindo-lhe estados de alma visíveis nas suas obras; </li></ul>
  15. 22. Entre 1880 e 1910, as sociedades europeias viveram um momento particularmente feliz que a História apelidou de Belle Époque.
  16. 25. Um público elegante e bem vestido frequentava cabarés, teatros, óperas e cafés-concerto.
  17. 26. À paz e à aparente estabilidade política deste fim de século somavam-se as conquistas e os progresso científico, técnico e económico, criando um clima de optimismo e confiança no futuro, que proporcionou extraordinárias inovações no campo da Arte. Foi assim que surgiu a arte nova- 'Art Nouveau
  18. 27. <ul><ul><li>Em 1861 Morris abriu uma firma artesanal dedicada à decoração de interiores e à produção de “objectos úteis, com qualidade estética, a preços competitivos com os da indústria”. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mais tarde criou um atelier onde reuniu a colaboração de artistas plásticos e mestres artesãos para a produção de obras no campo da arquitectura, mobiliário, tapeçaria, papel de parede, vidros, joalharia e até da encadernação e ilustração de livros. </li></ul></ul>
  19. 28. Estava assim lançado o Movimento Arts & Crafts , que deu origem a inúmeros outros ateliers artesanais por toda a Inglaterra. Foi sob a influência destas oficinas que germinaram as raízes da Arte Nova .
  20. 29. O movimento Arts & Crafts , que rejeitava a influência da industrialização na Arte, procurando a sua revalorização pela separação total entre a arte e a indústria e pela ligação instrínseca entre a criação artística de uma obra e a sua execução técnica.
  21. 30. Na arquitectura notabilizaram-se a construção de moradias familiares rústicas que seguiam a tradição rural inglesa, que remontava à Idade Média. The Gamble House, Pasadena, CA, 1908. Arts & Crafts Movement
  22. 32. Victor Horta, Hotel Tassel , 1890s.
  23. 33. <ul><li>Para além do formulário técnico e estético do Movimento Arts & Crafts, a Arte Nova colheu influências formais e estéticas de outros estilos: </li></ul><ul><li>Gótico flamejante </li></ul><ul><li>Rococó </li></ul><ul><li>Pinturas Japonesas </li></ul><ul><li>- Folclore tradicional inglês, de origem celta </li></ul>
  24. 34. O Nome de 'Art Nouveau' derivou do nome de uma loja parisiense, a Maison de l'Art Nouveau , que vendia e tinha em exposição objectos que seguiam esta abordagem do design. Louis Comfort Tiffany, Glass Vase , c1910.
  25. 36. Implantou-se solidamente nos centros urbanos como símbolo do seu modo de vida, e nas zonas mais atingidas pelo desenvolvimento industrial, comercial e capitalista do seu tempo. Aplicou-se a sua estética a todas as modalidades artísticas – arquitectura, pintura, escultura , artes aplicadas, artes gráficas, dança e bailado – comungando o princípio da unidade das artes.
  26. 37. Antonio Gaudí Antonio Gaudí, Casa Battlo, 1905-1907. ART NOUVEAU Gaudi combinava de forma original o betão, o ferro, o vidro e as madeiras com o tijolo, as cerâmicas e azulejos multicores. Imaginativos, excêntricos, sugestivos e evocadores, os seus edifícios assemelhavam-se a gigantescas esculturas de enorme poder expressivo .
  27. 38. Antonio Gaudí, La Sagrada Familia 1882-2026. ART NOUVEAU Foi apelidado de arquitecto-escultor e arquitecto- poeta. A Categral da Sagrada Família foi a construção a que dedicou toda a sua via e que deixou incompleta.

×