<ul><li>Explica o descontentamento dos portugueses em 1820 </li></ul>Videos  - a revolução Liberal
Séc. XVIII  -   Vésperas da Revolução Francesa  Ao lado do marido, Luís XVI, Maria Antonieta  recebe convidados num baile ...
As novas “Ideias Francesas” <ul><ul><ul><li>Igualdade </li></ul></ul></ul><ul><li>Liberdade </li></ul>Estas ideias revoluc...
Video  sobre as  Invasões francesas
Então, Napoleão Bonaparte ordenou o Bloqueio Continental a todos os países europeus para fecharem os seus portos ao comérc...
 
<ul><li>1ª invasão </li></ul>Novembro de 1807-  As primeiras tropas francesas sob o comando de  Junot   entram em Portugal...
Março de 1809  -  sob o comando de  Soult , as tropas francesas entram em Portugal, em direcção ao Porto. Os portugueses p...
Durante a   segunda invasão francesa, comandada por  Soult , a ponte ruiu devido ao peso excessivo do povo que, em pânico,...
1810 3ª Invasão francesa O  exército francês  era comandado pelo  general Massena . Massena Os franceses entraram em Portu...
O general Wellington que comandava as tropas luso-inglesas organizou a defesa e os franceses foram derrotados na Batalha d...
Nas Linhas de Torres Vedras exército português e inglês derrotou definitivamente os franceses. Aqui, tinham sido construíd...
Anos Principais Acontecimentos 1806 Bloqueio Continental à Inglaterra Recusa de Portugal em Obedecer ao Bloqueio 1807 1ª I...
Videos  - Sem  perder a majestade
Leitura dos documentos da página 73 e 75
<ul><li>As invasões francesas deixaram o nosso país em muito mau estado. Portugal ficou devastado e arruinado, já que os e...
General  Beresford,  responsável pela governação de Portugal  nomeou para cargos políticos , militares, judiciais ingleses...
Gomes Freire de Andrade Em 1817, Gomes Freire de Andrade, liderou uma tentativa para mudar o regime, exigir o regresso do ...
 
A preparação da Revolução - 1820 O Sinédrio Sociedade secreta, criada no Porto, em 1818 Formado por um conjunto de burgues...
Em 1817 (no ano seguinte), um grupo de liberais do Porto (constituído por juízes, comerciantes, proprietários e militares)...
Manuel Fernandes Tomás, um dos principais líderes da Constituição de 1822 <ul><li>Medidas tomadas: </li></ul><ul><li>Elabo...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As causas da rev 1820

130.875 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
5 comentários
21 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
130.875
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
113.189
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
5
Gostaram
21
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Elisabete Ferreira
  • As causas da rev 1820

    1. 2. <ul><li>Explica o descontentamento dos portugueses em 1820 </li></ul>Videos - a revolução Liberal
    2. 3. Séc. XVIII - Vésperas da Revolução Francesa Ao lado do marido, Luís XVI, Maria Antonieta recebe convidados num baile em Versalhes. Ela enche a corte de gente jovem e bonita Este mundo estava condenado a desaparecer… Luís XVI é decapitado Em 1789 , ocorreu em França uma Revolução que pôs fim à monarquia absoluta de Luis XVI
    3. 4. As novas “Ideias Francesas” <ul><ul><ul><li>Igualdade </li></ul></ul></ul><ul><li>Liberdade </li></ul>Estas ideias revolucionárias assustaram alguns reis absolutistas da Europa . Uniram-se e declararam guerra à França. <ul><li>Fraternidade </li></ul>Napoleão Bonaparte General francês, conseguiu dominar grande parte da Europa, excepto a Inglaterra. A liberdade ou a morte
    4. 5. Video sobre as Invasões francesas
    5. 6. Então, Napoleão Bonaparte ordenou o Bloqueio Continental a todos os países europeus para fecharem os seus portos ao comércio com a Inglaterra.
    6. 8. <ul><li>1ª invasão </li></ul>Novembro de 1807- As primeiras tropas francesas sob o comando de Junot entram em Portugal, pela Beira Baixa, seguem para Castelo Branco, marcham até Lisboa onde chegam a 30 de Novembro. Fuga para o Brasil do Príncipe Regente de Portugal, D. João VI, e de toda a família real, no Porto de Belém, às 11 horas da manhã de 27 de Novembro de 1807.
    7. 9.
    8. 10. Março de 1809 - sob o comando de Soult , as tropas francesas entram em Portugal, em direcção ao Porto. Os portugueses pedem ajuda a Inglaterra
    9. 11. Durante a segunda invasão francesa, comandada por Soult , a ponte ruiu devido ao peso excessivo do povo que, em pânico, a atravessava; viraram-se no rio botes carregados de gente... e cerca de quatro mil pessoas morreram. Desastre da Ponte das Barcas, ligação de Gaia ao Porto
    10. 12. 1810 3ª Invasão francesa O exército francês era comandado pelo general Massena . Massena Os franceses entraram em Portugal por Almeida, na Beira Alta e dirigiram-se pelo centro do país até Lisboa.
    11. 13. O general Wellington que comandava as tropas luso-inglesas organizou a defesa e os franceses foram derrotados na Batalha do BUÇACO.
    12. 14. Nas Linhas de Torres Vedras exército português e inglês derrotou definitivamente os franceses. Aqui, tinham sido construídas três linhas de defesa a Lisboa – as Linhas de Torres Vedras
    13. 15. Anos Principais Acontecimentos 1806 Bloqueio Continental à Inglaterra Recusa de Portugal em Obedecer ao Bloqueio 1807 1ª Invasão Francesa por Junot Fuga da Família real para o Brasil e o governo do reino é entregue a uma Assembleia de Regência 1808 Desembarque das tropas inglesas em Portugal 1809 2ª Invasão Francesa- Soult 1810 3ª Invasão- Massena 1811 Retirada dos franceses
    14. 16. Videos - Sem perder a majestade
    15. 17. Leitura dos documentos da página 73 e 75
    16. 18. <ul><li>As invasões francesas deixaram o nosso país em muito mau estado. Portugal ficou devastado e arruinado, já que os exércitos invasores praticaram roubos, destruíram casas e ruas e deixaram as actividades económicas (agricultura, indústria e comércio) praticamente paralisadas. </li></ul><ul><li>Abertura dos portos do Brasil ao comércio internacional e assinatura do Tratado de 1810 com a Inglaterra que estabeleceu a liberdade de comércio em Portugal e abriu o mercado brasileiro aos produtos manufacturados ingleses o que levou à falência do comércio luso – brasileiro que era o suporte da nossa economia </li></ul><ul><li>Em 1815, o Brasil deixou de ser uma colónia portuguesa e foi elevado à categoria de Reino, tornando-se a cidade do Rio de Janeiro a sua verdadeira capital. (Hoje é Brasília) </li></ul><ul><li>Descontentamento com a ausência prolongado do rei no Brasil, deixando os ingleses a ocuparem os mais altos cargos do reino </li></ul><ul><li>Descontentamento da burguesia com a abertura dos portos brasileiros ao comércio com a Inglaterra </li></ul>
    17. 19. General Beresford, responsável pela governação de Portugal nomeou para cargos políticos , militares, judiciais ingleses Reactivou a Inquisição Perseguiu os simpatizantes dos ideias revolucionários franceses Exercício de um poder autoritário e repressivo sobre a população portuguesa clima favorável a conspirações contra a situação em que o país vivia.
    18. 20. Gomes Freire de Andrade Em 1817, Gomes Freire de Andrade, liderou uma tentativa para mudar o regime, exigir o regresso do rei e expulsar os ingleses do nosso país. Esta tentativa não foi bem sucedida porque foram descobertos e os seus responsáveis foram presos e condenados à morte.
    19. 22. A preparação da Revolução - 1820 O Sinédrio Sociedade secreta, criada no Porto, em 1818 Formado por um conjunto de burgueses portuenses e alguns militares, dirigidos pelo juiz Manuel Fernandes Tomás . No dia 24 de Agosto de 1820, os conspiradores fizeram rebentar a REVOLUÇÃO… … que começou no PORTO… … espalhando-se por todo o País Lisboa em festa, recebe os revolucionários nortenhos que se manifestam contra a monarquia absoluta e contra a presença dos ingleses Era o triunfo da Revolução Liberal Os ingleses foram afastados. Criou-se um Governo Provisório Fim do Absolutismo
    20. 23. Em 1817 (no ano seguinte), um grupo de liberais do Porto (constituído por juízes, comerciantes, proprietários e militares) formou uma associação secreta – o Sinédrio – que era liderada por Fernandes Tomás e tinha como objectivo preparar uma revolução. A 24 de Agosto de 1820, aproveitando a ausência de Beresford (general inglês nomeado por D. João VI como marechal do exército português, a quem foram concedidos grandes poderes para acabar com qualquer tipo de conspirações liberais), o Sinédrio fez despoletar , no Porto, a Revolução Liberal. Rapidamente, a revolução se estendeu a Lisboa e ao resto do país. Os ingleses foram afastados do governo e os revolucionários criaram um governo provisório (Junta Provisional de Governo do Reino) que, de imediato, tomou medidas para resolver os problemas do reino. Fernandes Tomás Leitura da pág 71 , doc 87
    21. 24. Manuel Fernandes Tomás, um dos principais líderes da Constituição de 1822 <ul><li>Medidas tomadas: </li></ul><ul><li>Elaborar uma Constituição </li></ul><ul><li>Acabar com o domínio inglês </li></ul><ul><li>Declarar fidelidade a D. João VI e exigir o seu regresso </li></ul><ul><li>Preparar as eleições para Assembleia Constituinte </li></ul><ul><li>Acabar com os privilégios feudais </li></ul><ul><li>Conquistar o reconhecimento internacional e a legitimidade do novo governo revolucionário </li></ul>

    ×