Arte século xx3

5.182 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.439
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte século xx3

  1. 1. Esta corrente nasceu em 1924, através doManifesto do Surrealismo, de André Breton.Procura libertar-se da realidade, pondo de partea razão e entregando a arte ao inconsciente, queFreud, pouco antes, inventara. Pretendia, acimade tudo, acabar com a única coisa que aindarestava da arte tradicional: a sua visão lógica darealidade.Os surrealistas pretendiam exprimir o que sepassava no seu subconsciente, semintervenção, limitação ou censuraalguma, baseando-se na teoria psicanalítica deFreud.
  2. 2. O DUPLO SEGREDO- Magritte
  3. 3. Os Amantes - 1928 - Magritte
  4. 4. Mulher nuaolhando o seupróprio corpo, 1945
  5. 5. • Dalí Rosto de Mae West podendo ser utilizado como apartamento surrealista 1934-1935Coisas Surreais eu tento criar coisas fantásticas coisas mágicas coisas como num sonho o mundo precisa de mais fantasia Salvador Dalí
  6. 6. A persistência damemória
  7. 7. O sono, 1937
  8. 8. •Temas que exploram o mundo do sonho, da alucinação, do subconsciente •Defesa da plena liberdade de pintar e desenhar •Representação de imagens surpreendentes que reflectem situações impossíveis e irracionais •Gradação da cor ( claro para o escuro)•Utilização restrita de uma gama de cores( utiliza-se tonalidades da mesma cor) •Utilização da ilusão de óptica -Pintores: Salvador Dali e Renée Magritte
  9. 9. •Utilização de novos materiais( aço, vidro) •As paredes deixam de ser elementos de suporte , dando lugar às colunas •Fachadas rasgadas por grandes janelas •Espaços interiores mais amplos •Criação de edifícios em altura (arranha-céus e na horizontal) -Surgem 2 tipos de arquitectura:•Funcionalismo racionalista- cada elemento do edifício deve ter uma função, utiliza paredes rasgadas por vidraças e fachadas rectilíneas (Le Corbusier e Walter Gropius)•Funcionalismo orgânico- o edifício tem que se adaptar ao meio que o envolve ( Frank Wrigh

×