Tecnófilo
Carina Carvalho Mori
Sofia Pimenta Oliveira
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
INSTITUTO DE CIÊNCI...
Apresentação preparada na dramatização que
caracteriza a Tarefa da WebQuest:
“Computadores na Educação Básica: sim ou não?...
Argumentos favoráveis ao uso de
computadores na educação básica
• O computador é um recurso a mais para a
diminuição das c...
• O processo de informatização da sociedade que já
atinge o Brasil caminha com espantosa rapidez e
parece ser irreversível...
• Criar condições que venham a contribuir para a
autonomia cultural e tecnológica da nação,
diminuindo assim, eventualment...
• Almeida (2000: 79), estudioso do assunto,
refere-se ao computador como “uma máquina
que possibilita testar idéias ou hip...
• Como ferramenta de trabalho, contribui de forma
significativa para uma elevação da produtividade,
diminuição de custos e...
• Quando o próprio aluno cria, faz, age sobre
o software, decidindo o que melhor solucionaria seu
problema, torna-se um su...
• Se a tecnologia for utilizada de forma adequada, tem
muito a nos oferecer, a aprendizagem se tornará
mais fácil e prazer...
Antiga Sala de Aula - (Saudoso Professor
Magri) (Década de 80) Fonte:
http://www.sjose.com.br/conheca_historia.php
Fonte:
...
Referências
• O computador na educação
Eduardo O. C. Chaves/UNICAMP
• O uso do computador na educação: a informática
educa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tecnófilos - C. C. Mori e S. P. Oliveira

330 visualizações

Publicada em

Argumentos Tecnófilos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnófilos - C. C. Mori e S. P. Oliveira

  1. 1. Tecnófilo Carina Carvalho Mori Sofia Pimenta Oliveira PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE
  2. 2. Apresentação preparada na dramatização que caracteriza a Tarefa da WebQuest: “Computadores na Educação Básica: sim ou não?” Para a disciplina Informática no Ensino de Ciências e Biologia, do curso de Ciências Biológicas da PUC Minas.
  3. 3. Argumentos favoráveis ao uso de computadores na educação básica • O computador é um recurso a mais para a diminuição das carências, em especial no 1º grau, notadamente quanto à evasão e à repetência. • Quase todo emprego do computador na educação pode trazer resultados pedagogicamente benéficos.
  4. 4. • O processo de informatização da sociedade que já atinge o Brasil caminha com espantosa rapidez e parece ser irreversível. Temos a responsabilidade de nos preocupar em oferecer a melhor preparação possível para que os nossos alunos, inclusive da rede pública, possam viver e atuar numa sociedade informatizada. • O tipo de educação que é oferecido na escola publica sem o uso de computadores, pode se distanciar ainda mais do ensino ministrado na escola particular.
  5. 5. • Criar condições que venham a contribuir para a autonomia cultural e tecnológica da nação, diminuindo assim, eventualmente, a distância que separa o Pais das nações mais desenvolvidas. • Contato regrado e orientado da criança com o computador em situação de ensino-aprendizagem contribui positivamente para o aceleramento de seu desenvolvimento cognitivo e intelectual, em especial no que esse desenvolvimento diz respeito ao raciocínio lógico e formal, à capacidade de pensar com rigor e sistematicidade, à habilidade de inventar ou encontrar soluções para problemas.
  6. 6. • Almeida (2000: 79), estudioso do assunto, refere-se ao computador como “uma máquina que possibilita testar idéias ou hipóteses, que levam à criação de um mundo abstrato e simbólico, ao mesmo tempo em que permite introduzir diferentes formas de atuação e interação entre as pessoas.”
  7. 7. • Como ferramenta de trabalho, contribui de forma significativa para uma elevação da produtividade, diminuição de custos e uma otimização da qualidade dos produtos e serviços. • O computador é explorado pelo professor especialista em sua potencialidade e capacidade, tornando possível simular, praticar ou vivenciar situações, podendo até sugerir conjecturas abstratas, fundamentais a compreensão de um conhecimento ou modelo de conhecimento que se está construindo.
  8. 8. • Quando o próprio aluno cria, faz, age sobre o software, decidindo o que melhor solucionaria seu problema, torna-se um sujeito ativo de sua aprendizagem O computador ao ser manipulado pelo indivíduo permite a construção e reconstrução do conhecimento, tornando a aprendizagem uma descoberta. • A escola contemporânea continua muito arraigada ao padrão jesuítico, no qual o professor fala, o aluno escuta, o professor manda, o aluno obedece. A chegada da era digital coloca a figura do professor como um “mediador” de processos que são, estes sim, capitaneados pelo próprio sujeito aprendiz.
  9. 9. • Se a tecnologia for utilizada de forma adequada, tem muito a nos oferecer, a aprendizagem se tornará mais fácil e prazerosa, pois “as possibilidades de uso do computador como ferramenta educacional está crescendo e os limites dessa expansão são desconhecidos”.
  10. 10. Antiga Sala de Aula - (Saudoso Professor Magri) (Década de 80) Fonte: http://www.sjose.com.br/conheca_historia.php Fonte: http://www.portalnabocadopovo.com.br/2014/02 /03/rede-estadual-de-ensino-comecam-as-aulas- na-rede-estadual-de-ensino/
  11. 11. Referências • O computador na educação Eduardo O. C. Chaves/UNICAMP • O uso do computador na educação: a informática educativa Sinara Socorro Duarte Rocha • http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq1_LE/i ndex.htm

×