PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO
DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE
PROJETO DE PRODUTO DE MODA
Cariane Weydmann Camargo
Orientadora:...
O desenho industrial é um dos intentos de melhorar
nossa cultura material, em termos funcionais e
estéticos, usando, de ma...
Ainda há um longo caminho a trilhar na busca por
metodologias que direcionem o desenvolvimento
de produtos de moda, mas se...
(i) Ainda é recente a criação dos cursos superiores
de Moda (1988) e Design de Moda (1998), no
Brasil, o que destaca a tam...
Objetivo principal deste trabalho foi analisar a
aplicação de procedimentos e técnicas relativas à
metodologia projetual q...
Os objetivos secundários consistiram em:
(i) esclarecer os pontos de convergência e
divergência entre as premissas básicas...
ENSINO > DESENHO INDUSTRIAL > DESIGN DE MODA
Moda - Desenho Industrial/Design - Design de Moda
Desenho Industrial/Design: ...
ENSINO > DESENHO INDUSTRIAL > DESIGN DE MODA
Principais Autores
Bonsiepe et al. (1984);
Niemeyer (2000);
Gomes (2001);
Med...
MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO
Jones (1976);
Bonsiepe et al. (1984);
Baxter (1998);
Löbach (2001);
Dreyfuss (2003)...
MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO DE MODA
Vincent-Ricard (1989);
Feghali; Dwyer (2001);
Rech (2002);
Montemezzo (2003...
Metodologia da Pesquisa
O estudo e sua aplicação foram focalizados no âmbito
do ensino superior, direcionado para discipli...
METODOLOGIA DA PESQUISA
Sujeitos participantes do Grupo Focal
Projeto desenvolvido no CST Design de Moda/ UPF
A1 – cursando PIM I
Projeto desenvolvido no CST Design de Moda/ UPF
A2 e A3 – cursando PIM II
Tratamento dos Resultados
O tratamento dos resultados do questionário foram condensados das
respostas das participantes so...
Análise e interpretação dos dados coletados
A primeira fase foi categorizada como informações sobre a
prática projetual, c...
Informações sobre a prática projetual
As participantes indicam alguns pontos que auxiliam na
aprendizagem em aula de proje...
Informações sobre a prática projetual
A chave do projetar bem, segundo as entrevistadas, é:
(i) Ter conhecimento sobre a m...
Prática projetual: geração de ideias
A prática projetual foi realizada no segundo encontro, durante uma
hora, quando as pa...
A1 A2 A2
Prática projetual: geração de ideias
Prática projetual: geração de ideias
A4 A5A3
Prática projetual: geração de ideias
Prática projetual: geração de ideias
Exercício 1
Percebeu-se que as participantes dedicaram-se em fazer
desenhos que tivessem boa apresentação estética, com
mu...
Prática projetual: geração de ideias
O exercício 2 foi realizado no terceiro encontro, durante uma
hora, levando em consid...
Prática projetual: geração de ideias
A1
Prática projetual: geração de ideias
A2
Prática projetual: geração de ideias
A3
Prática projetual: geração de ideias
A4
Prática projetual: geração de ideias
A5
Prática projetual: geração de ideias
Prática projetual: geração de ideias
Exercício 1 e 2
Ao comparar os resultados do exercício 1 com o exercício 2
nota-se o ...
Adequação de métodos para o ensino de
projetos
Esta fase da pesquisa dedicou-se a obter os resultados teórico-
metodológic...
DSC – Discurso do Sujeito Coletivo
Para a elaboração dos Discursos do Sujeito Coletivo (DSCs) desta
pesquisa foram utiliza...
Tabulação dos dados (DSC)
Assim, após a transcrição das entrevistas, para a tabulação dos dados,
foram realizados os segui...
Adequação de métodos para o ensino de
projetos
Com a organização do discurso coletivo foi possível analisar
o conjunto de ...
Contribuições
A partir dos discursos-síntese das participantes do grupo
focal, foi possível criar duas categorias, com med...
Considerações finais
A intenção da pesquisadora ao apresentar essas medidas
configura-se como uma possibilidade de auxilia...
Obrigada!
Contato: carianewcamargo@hotmail.com
PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO
DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE
PROJETO DE PRODUTO DE MODA
Cariane Weydmann Camargo
Orientadora:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE PROJETO DE PRODUTO DE MODA

700 visualizações

Publicada em

Apresentação da dissertação intitulada "PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE PROJETO DE PRODUTO DE MODA".

Publicada em: Design
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
700
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE PROJETO DE PRODUTO DE MODA

  1. 1. PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE PROJETO DE PRODUTO DE MODA Cariane Weydmann Camargo Orientadora: Profa. Dra. Ligia Medeiros Banca Examinadora: Drª. Ligia Medeiros Drª. Daiane P. Heinrich Drª. Icléia Silveira Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado em Design | UNIRITTER Porto Alegre | Rio Grande do Sul | Brasil 2012
  2. 2. O desenho industrial é um dos intentos de melhorar nossa cultura material, em termos funcionais e estéticos, usando, de maneira racional e econômica, os recursos disponíveis em forma de maquinaria, processos e materiais. Gui Bonsiepe (1983)
  3. 3. Ainda há um longo caminho a trilhar na busca por metodologias que direcionem o desenvolvimento de produtos de moda, mas sem dúvida, será um trajeto promissor se houver o reconhecimento de que a concepção de tais produtos será mais sólida sob os princípios projetuais do design, tendo em vista a abrangência e a interação multidisciplinar desta atividade. (SANCHES, 2008, p. 301). Reconhecimento da necessidade SANCHES, Maria C. de F. Projetando moda: diretrizes para a concepção de produtos. In: PIRES, Dorotéia B. (Org.). Design de Moda: olhares diversos. São Paulo: Estação das Letras e Cores Editora, 2008. Problema central: Há possibilidade de adequação de métodos projetuais do Design para as necessidades específicas das disciplinas de Projeto de Produto de Moda?
  4. 4. (i) Ainda é recente a criação dos cursos superiores de Moda (1988) e Design de Moda (1998), no Brasil, o que destaca a também recente formação acadêmica deste profissional; (ii) Não possui um número suficiente de bibliografias específicas deste assunto; (iii) O uso de métodos projetuais é fundamental para o desenvolvimento de projeto de produto industrial; (iv) O fato de já existirem procedimentos e técnicas desenvolvidas para compor metodologia projetual. Justificativa
  5. 5. Objetivo principal deste trabalho foi analisar a aplicação de procedimentos e técnicas relativas à metodologia projetual que possam ser úteis ao processo de ensino e aprendizagem em disciplinas de Projeto de Produto de Moda. Plano de pesquisa BROD JÚNIOR, Marcos; GOMES, Luiz A. V. de N.; MEDEIROS, Ligia. Os Logogramas na prática da Educação Projetual. In: 9º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM DESIGN, 9, 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: Universidade Anhembi Morumbi, 2010. Método de Projeto baseado no Processo Criativo
  6. 6. Os objetivos secundários consistiram em: (i) esclarecer os pontos de convergência e divergência entre as premissas básicas do Desenho Industrial e do Design de Moda; (ii) apontar elementos importantes para a composição de princípios metodológicos para o desenvolvimento de produtos de moda; (iii) investigar, entre estudantes de Design de Moda, a influência dos métodos no ato de projetação; (iv) arrolar medidas que potencializem o ensino de projetos de produto de moda em âmbito acadêmico. Plano de pesquisa
  7. 7. ENSINO > DESENHO INDUSTRIAL > DESIGN DE MODA Moda - Desenho Industrial/Design - Design de Moda Desenho Industrial/Design: a formação do ensino formal no Brasil O Ensino Superior de Design de Moda no Brasil: história, estado da arte e perspectivas Disciplinas de Projeto: o desafio de ensinar a desenvolver produtos de moda MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO As origens da Metodologia do Design Metódicas Gerais de Projetação Metodologias Específicas de Desenho Industrial MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO DE MODA Métodos Particulares de Projeto de Produto Industrial de Moda Métodos Especialistas de Projeto de Produto de Moda no Âmbito Acadêmico METODOLOGIA DA PESQUISA ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DOS DADOS COLETADOS CONTRIBUIÇÕES Estrutura da Dissertação
  8. 8. ENSINO > DESENHO INDUSTRIAL > DESIGN DE MODA Principais Autores Bonsiepe et al. (1984); Niemeyer (2000); Gomes (2001); Medeiros (2002); Pires (2002; 2007); Couto (2008).
  9. 9. MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO Jones (1976); Bonsiepe et al. (1984); Baxter (1998); Löbach (2001); Dreyfuss (2003); Bürdek (2006); Gomes, Brod Júnior e Medeiros (2010).
  10. 10. MÉTODO DE PROJETO > DESENHO DE PRODUTO DE MODA Vincent-Ricard (1989); Feghali; Dwyer (2001); Rech (2002); Montemezzo (2003); Keller (2004); Treptow (2005); Burns; Bryant (2007); Burke (2008); Travers-Spencer; Zaman (2008); Fornasier; Martins; Demarchi (2008); Sorger; Udale (2009); Renfrew; Renfrew (2010).
  11. 11. Metodologia da Pesquisa O estudo e sua aplicação foram focalizados no âmbito do ensino superior, direcionado para disciplinas de Projeto. Quanto à natureza, pode ser classificada como Pesquisa Qualitativa. Quanto aos objetivos, identifica-se como Pesquisa Exploratória e Descritiva, pois busca familiarizar-se com determinado assunto e descreve características de um determinado fenômeno ou amostra. A pesquisa foi realizada com alunos de diferentes níveis do Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda, da Universidade de Passo Fundo/ UPF.
  12. 12. METODOLOGIA DA PESQUISA
  13. 13. Sujeitos participantes do Grupo Focal
  14. 14. Projeto desenvolvido no CST Design de Moda/ UPF A1 – cursando PIM I
  15. 15. Projeto desenvolvido no CST Design de Moda/ UPF A2 e A3 – cursando PIM II
  16. 16. Tratamento dos Resultados O tratamento dos resultados do questionário foram condensados das respostas das participantes sobre o que conheciam e entendiam acerca de projeto de moda. Os resultados dos exercícios projetuais foram descritos, documentados em fotografias e submetidos à análise da produção do grupo, com a mostragem das ideias geradas no Grupo Focal. Os resultados da abordagem do problema de pesquisa na visão teórico-metodológica foram submetidos à análise dirigida pelo Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), o qual Lefèvre e Lefèvre (2005, p. 16) conceituam como uma proposta de organização e tabulação de dados qualitativos de natureza verbal, obtidos de depoimentos, artigos de jornal, matérias de revistas, e outros.
  17. 17. Análise e interpretação dos dados coletados A primeira fase foi categorizada como informações sobre a prática projetual, cujo questionário ofereceu um diagnóstico sobre a experiência acadêmica das participantes nessa área. A segunda fase, categorizada como prática projetual: geração de ideias, cujos resultados foram construídos através de exercícios projetuais realizados no Grupo Focal. A terceira fase cuidou dos resultados colhidos através de entrevista, no Grupo Focal, que responderam ao problema de pesquisa, categorizada como adequação de métodos para o ensino de projetos.
  18. 18. Informações sobre a prática projetual As participantes indicam alguns pontos que auxiliam na aprendizagem em aula de projeto: (i) Seguir o processo criativo. (ii) Análise denotativa e conotativa dos termos relativos ao projeto. (iii) Aplicação dos métodos projetuais. (iv) Conhecer o mercado da moda, os concorrentes, o público-alvo, as macrotendências. (v) Pesquisa sobre o subtema, com imagens, palavras-chave, tendências de moda, desfiles, internet e revistas. (vi) Gerar o máximo de ideias.
  19. 19. Informações sobre a prática projetual A chave do projetar bem, segundo as entrevistadas, é: (i) Ter conhecimento sobre a metodologia projetual e as etapas do processo criativo. (ii) Criar um banco de dados no computador para inspiração. (iii) Entender o que foi proposto sendo coerente com o problema de projeto. Através do questionário diagnosticou-se que se tratava de um grupo que tinha conhecimento prévio do conteúdo e da prática projetual, por isso mostraram-se credenciadas para participar do Grupo Focal.
  20. 20. Prática projetual: geração de ideias A prática projetual foi realizada no segundo encontro, durante uma hora, quando as participantes criaram peças de vestuário, com conteúdo de moda, levando em consideração as prioridades e ênfases projetuais solicitadas no enunciado. Enunciado do Exercício 1: Desenhar produto do vestuário, com conteúdo de moda, para mulheres de 25 a 30 anos, que vestem tamanho especial (acima do tamanho 44). Uma vez que a prioridade do produto é adequação e conforto, criatividade e estética, as ênfases projetuais serão ergonômicas, psicológicas e filosóficas. Estação: inverno 2012. O resultado prático do primeiro exercício culminou com a geração de seis ideias a seguir apresentadas.
  21. 21. A1 A2 A2 Prática projetual: geração de ideias
  22. 22. Prática projetual: geração de ideias A4 A5A3
  23. 23. Prática projetual: geração de ideias
  24. 24. Prática projetual: geração de ideias
  25. 25. Exercício 1 Percebeu-se que as participantes dedicaram-se em fazer desenhos que tivessem boa apresentação estética, com muitos detalhes artísticos, porém esqueceram-se de gerar um maior número de ideias e de descreverem especificações técnicas, como tipo de materiais utilizados, recortes, pespontos, etc.
  26. 26. Prática projetual: geração de ideias O exercício 2 foi realizado no terceiro encontro, durante uma hora, levando em consideração as prioridades e ênfases projetuais solicitadas no enunciado. Enunciado do Exercício 2: Desenhar produto do vestuário, com conteúdo de moda, para gestantes de 25 a 30 anos, que estão nos últimos 3 meses de gravidez. Uma vez que a prioridade do produto é adequação, conforto e estética, as ênfases projetuais serão ergonômicas e filosóficas. Estação: verão 2012. O resultado prático do segundo exercício culminou com a geração de vinte seis ideias a seguir apresentadas.
  27. 27. Prática projetual: geração de ideias A1
  28. 28. Prática projetual: geração de ideias A2
  29. 29. Prática projetual: geração de ideias A3
  30. 30. Prática projetual: geração de ideias A4
  31. 31. Prática projetual: geração de ideias A5
  32. 32. Prática projetual: geração de ideias
  33. 33. Prática projetual: geração de ideias Exercício 1 e 2 Ao comparar os resultados do exercício 1 com o exercício 2 nota-se o quanto as explicações, ocorridas no encontro do terceiro dia, esclareceu e auxiliou na atuação das participantes. Nesse sentido, através dos exercícios realizados, pode-se ver que a aplicação de procedimentos e técnicas relativas à metodologia projetual auxiliou o processo de ensino e aprendizagem do grupo.
  34. 34. Adequação de métodos para o ensino de projetos Esta fase da pesquisa dedicou-se a obter os resultados teórico- metodológicos sobre o problema de pesquisa. Para isso, os dados coletados através de entrevista semiestruturada, realizada no Grupo Focal, passaram pelo tratamento de análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), que consiste essencialmente em um discurso-síntese redigido na primeira pessoa do singular e composto pelas Expressões-Chave que têm a mesma Ideia Central. (LEFÈVRE; LEFÈVRE, 2005). LEFÈVRE, Fernando; LEFÈVRE, Ana M. C. O discurso do sujeito coletivo: um novo enfoque em pesquisa qualitativa (desdobramentos). 2. ed. Caxias do Sul: Educs, 2005.
  35. 35. DSC – Discurso do Sujeito Coletivo Para a elaboração dos Discursos do Sujeito Coletivo (DSCs) desta pesquisa foram utilizadas as seguintes figuras metodológicas: 1. Expressão Chave (ECH) – São pedaços, trechos ou transcrições literais do depoimento, que devem ser sublinhadas pelo pesquisador, e que revelam a essência desse depoimento. É com a matéria-prima das expressões-chave (ECHs) que se constroem os Discursos do Sujeito Coletivo (DSCs). 2. Ideia Central (IC) – É um nome ou uma expressão linguística que revela e descreve, da maneira mais sintética e precisa possível, o sentido de cada um dos discursos analisados e de cada conjunto homogêneo de Expressões-Chave (ECHs), que originam, posteriormente, os Discursos do Sujeito Coletivo (DSC).
  36. 36. Tabulação dos dados (DSC) Assim, após a transcrição das entrevistas, para a tabulação dos dados, foram realizados os seguintes passos: Passo 1: As questões foram analisadas isoladamente. Para isso, copiou- se, integralmente, o conteúdo de todas as respostas referentes a cada questão. Passo 2: Identificou-se e foi sublinhado, em cada uma das respostas, as expressões-chave das ideias centrais. Passo 3: Identificou-se as ideias centrais, a partir das expressões- chave. Passo 4: Foi agrupado as ideias centrais de mesmo sentido ou de sentido equivalente, ou de sentido complementar. Este grupamento se deu através das letras A, B e C, quando necessário. Passo 5: Após a denominação dos grupamentos, criou-se uma ideia central que expressasse todas as ideias centrais do mesmo sentido. Passo 6: Construiu-se o DSC, para cada grupamento identificado no passo anterior, usando o Instrumento de Análise de Discurso 2.
  37. 37. Adequação de métodos para o ensino de projetos Com a organização do discurso coletivo foi possível analisar o conjunto de depoimentos das participantes nos detalhes de identificação de ideias a respeito do ensino e aprendizagem em projetos de produto de moda. Observou-se que as ideias se assemelham, traduzindo a prática fundamentada na teoria projetual.
  38. 38. Contribuições A partir dos discursos-síntese das participantes do grupo focal, foi possível criar duas categorias, com medidas úteis ao processo de ensino e aprendizagem em disciplinas de Projeto de Produto de Moda: a) Aprendizagem: medidas para ampliação e aplicação do conhecimento. b) Princípios metodológicos: medidas para aprimoramento da ação projetual.
  39. 39. Considerações finais A intenção da pesquisadora ao apresentar essas medidas configura-se como uma possibilidade de auxiliar no processo de ensino de projetos em âmbito acadêmico, visto que, a quantidade de variáveis, em sala de aula, torna ainda mais complexa a obtenção de qualidade na educação projetual. Através dos resultados obtidos, concluiu-se, portanto, que há possibilidade de adequação dos métodos projetuais do Design para as necessidades específicas das disciplinas de Projeto de Produto de Moda, orientadas para o desenvolvimento de coleções do vestuário.
  40. 40. Obrigada! Contato: carianewcamargo@hotmail.com
  41. 41. PRINCÍPIOS METODOLÓGICOS DO DESIGN APLICADOS AO ENSINO DE PROJETO DE PRODUTO DE MODA Cariane Weydmann Camargo Orientadora: Profa. Dra. Ligia Medeiros Banca Examinadora: Drª. Ligia Medeiros Drª. Daiane P. Heinrich Drª. Icléia Silveira Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado em Design | UNIRITTER Porto Alegre | Rio Grande do Sul | Brasil 2012

×