Por que você precisa do conteúdo para sobreviver no marketing digital?

472 visualizações

Publicada em

Você sabe porque deveria usar o marketing de conteúdo em suas estratégias digitais? Sabe como usar o conteúdo para impulsionar os resultados?

Nessa apresentação, utilizada no webinar sobre conteúdo, eu tento elucidar e levantar algumas questões sobre como usar o conteúdo a favor do marketing digital das empresas.

Se você quer aprender a usar o marketing de conteúdo de maneira profissional para ter sucesso, esse é o começo.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Por que você precisa do conteúdo para sobreviver no marketing digital?

  1. 1. o que é marketing de conteúdo?
  2. 2. Marketing de conteúdo é qualquer forma de marketing que envolva a criação e compartilhamento de conteúdo para adquirir e educar clientes. O conceito se baseia em gerar ?idelização dos clientes ao entregar informações valiosas, de maneira consistente. O conteúdo é produzido pelas marcas visando se aproximar do cliente e sanar suas dúvidas e objeções ao longo do funil de vendas. O Marketing de conteúdo promete ser o grande motor para atrair clientes de qualidade, frente ao marketing digital.
  3. 3. o marketing de conteúdo é estritamente online?
  4. 4. o case BMW
  5. 5. por que se fala tanto em conteúdo ultimamente?
  6. 6. O conteúdo não é mais diferencial. Assim como telefone, ISO's e processos, conteúdo é só uma maneira de participar do jogo. O seu mercado, seu concorrente, todo mundo tem. Por isso, é melhor que você não ?ique de fora. Seu conteúdo é apenas um caminho para as pessoas te encontrarem: uma fonte de tráfego.
  7. 7. panda e pinguim
  8. 8. o beija-flor do Google
  9. 9. mas...
  10. 10. 91% das empresas B2B e 86% das empresas B2C utilizam marketing de 1 conteúdo de alguma forma.
  11. 11. Compartilhar algo interessante é o motivo principal de acesso à internet 2 para 63% das pessoas.
  12. 12. 75% das pessoas 3 não confiam em anúncios.
  13. 13. 60% dos consumidores se sentem mais confiantes com a empresa após ler 4 seu conteúdo.
  14. 14. 68% dos consumidores estão propensos a gastar tempo com leitura de algum conteúdo de uma marca 5 que lhes interessa.
  15. 15. 78% dos consumidores acreditam que as empresas que produzem conteúdo para o seu público, estão interessadas em 6 melhorar o relacionamento.
  16. 16. o conteúdo possui utilidades estratégicas
  17. 17. Volume: quanto maior o volume de páginas indexadas de um site pelo Google, 1 maior o seu peso.
  18. 18. Criação de reputação e liderança de pensamento entorno das palavras-­‐chaves 2 do seu negócio.
  19. 19. SEO: técnicas de otimização mais valorizadas pelos buscadores 3 (sem spam e outras técnicas black hat).
  20. 20. Relacionamento: se relacionar com o seu mercado em mídias sociais, grupos e comunidades 4 online.
  21. 21. Ajudar a decidir: o conteúdo pode ajudar qualquer usuário a se decidir pela compra, e assim inGluenciar 5 o funil de vendas.
  22. 22. A missão de uma marca na web EDUCAR (inGluenciar as pessoas) ESCOLHER (ajudarem as pessoas a tomarem decisões) JUSTIFICAR (fornecer justiGicativa para a decisão)
  23. 23. Passo #1 saiba como o usuário consome conteúdo online
  24. 24. Passo #2 seja encontrado quando as pessoas procurarem pelo que você faz
  25. 25. En.con.tra.bi.li.da.de É a facilidade de localização de informações, serviços na web. Tanto para os usuários que estão dentro do website quanto para quem está buscando informações em buscadores.
  26. 26. grupos de palavras chave 1 2 3 navegacionais informativas transacionais
  27. 27. navegacionais Indicam que o usuário deseja encontrar um site específico. É quando o usuário busca pelo nome ou marca do produto: Apple, Coca-Cola, Nike, etc.
  28. 28. informativas Consultas informativas indicam que o usuário está procurando por informações específicas. Exemplos: dicas de jardinagem, cuidados com orquídeas, etc.
  29. 29. transacionais Uma pesquisa transacional indica que o usuário deseja realizar uma atividade na web, como “comprar flores online”, “enviar mensagens online”, dentre outras.
  30. 30. Passo #3 identifique e compreenda seu público
  31. 31. Quem: seu alvo são donas de casa, estudantes universitários, casais, aposentados, adolescentes, engenheiros, músicos ou cientistas? 1
  32. 32. O que: do que o seu público-alvo precisa? Crie algo que irá 2 ajudá-los.
  33. 33. Quando: quando o seu público-alvo está online? Publique seu conteúdo tendo 3 esse tempo em mente.
  34. 34. Onde: onde eles vivem, trabalham 4 e se divertem?
  35. 35. Porquê: porque seu público fica online? Eles estão procurando por informações específicas, entretenimento 5 ou validação?
  36. 36. Como: como é a experiência na internet 6 de seu público-alvo
  37. 37. como o conteúdo influencia no marketing digital
  38. 38. SEO (1 otimização de sites)
  39. 39. 1 Densidade da palavra-chave O Google interpreta texto. Logo, ao redigir conteúdo é importante que a palavra-­‐chave trabalhada na página seja entendida pelo Google como a mais relevante daquela página. Uma das formas de se conseguir isso é aumentando a densidade da palavra-­‐ chave no texto da página. É sensato repetir a palavra-­‐chave em até 4% do total de palavras do texto, deixando a densidade da palavra-­‐chave mais alta possível sem ser interpretada como spam.
  40. 40. 2 Negritos e itálicos O Google procura exibir em seus resultados as páginas mais relevantes para as palavras-­‐chave buscadas. Uma das formas deo google identiGicar a relevância de uma página é a ocorrência de negritos e, até certo ponto, itálicos. Como esses textos aparecem em destaque na página, são um forte indício de que o assunto da página está relacionado ao seu conteúdo.
  41. 41. 3 Sinônimos e variações Um bom conteúdo não deve ser repetitivo, e repetir uma palavra-­‐chave diversas vezes pode ser parecer não natural, "feio de ler". Procure utilizar sinônimos, variações, e palavra-­‐chave complementares em seu texto. Por exemplo, em um artigo sobre carros, alterne a palavra-­‐chave carro com auto, automóvel, caranga.
  42. 42. Quantidade 4 de palavras por texto O Google recomenda que os textos tenham, no mínimo 350 palavras para não serem considerados spam. É recomendado, por outro lado, para ajudar na otimização textos entre 500 e 1 mil palavras. Faça uma busca no Google e veja a quantidade de palavras dos primeiros resultados para ter uma ideia da quantidade de palavras ideal para incluir em seu texto. Lembre-­‐se da concorrência da palavra-­‐chave antes de produzir conteúdo.
  43. 43. 1 Links patrocinados (PPC)
  44. 44. 1 Landing page A página de destino (landing page) em que o anúncio irá apontar para o seu site, precisa estar dentro do contexto das palavras-­‐chaves que você comprou. A única maneira de criar contexto é através do conteúdo multimídia (texto + imagens + vídeos) relacionado às palavras-­‐chaves do anúncio. Essa é a melhor maneira de fazer a sua página de destino Gicar mais forte e, dessa maneira, seu anúncio mais barato. A sua landing page deve, de preferência, ter o mesmo nome da palavra-­‐chave anunciada.
  45. 45. Relevância 2 das palavras-chave Quanto mais relevante a palavra-­‐chave, mais relevante o seu anúncio. E qual a melhor maneira de tornar a sua plavra-­‐chave relevante se não através de uma página com conteúdo bem escrito? Utilize a densidade de 4% de repetição da palavra-­‐chave para aumentar a relevância de sua palavra-­‐chave na página de destino.
  46. 46. o conteúdo ajuda a aumentar o índice de qualidade de seu anúncio
  47. 47. 3 Mídias sociais
  48. 48. Educar 1 a sua comunidade online As mídias sociais são um canal de relacionamento. É justamente nela que você educa, interage, e compartilha conteúdo com sua comunidade. Sem conteúdo a estratégia de mídias sociais não existe. Seja conteúdo proprietário, feito pela sua marca, que redireciona para o seu blog e seu site, ou curadoria de conteúdo, em que você publica conteúdo de terceiros, é justamente nas mídias sociais que você mostra o que sabe, e atrai pessoas que pensam como você.
  49. 49. 2 Sinais sociais Sempre que alguém publica, compartilha, comenta, curte, retuíta ou faz qualquer outra ação com o seu conteúdo, ele deixa sinais. Apesar de não conseguir ler profundamente as mídias sociais, os buscadores conseguem seguir os sinais sociais que os conteúdos deixam. Sendo assim, quanto mais as pessoas participam de seu conteúdo, melhor. Primeiro, para poder levar a sua palavra aos amigos dos amigos. Segundo, para que o seu conteúdo postado nas mídias sociais ajudem no seu posicionamento no Google.
  50. 50. implementando todos os benefícios do conteúdo na prática
  51. 51. 1 Título e subtítulo
  52. 52. 2 Conteúdo
  53. 53. 3 Legibilidade
  54. 54. 4 Fontes
  55. 55. 5 Imagens
  56. 56. 6 Vídeo
  57. 57. Compartilhamento 7 social
  58. 58. 8 Links internos e externos
  59. 59. o conteúdo é a primeira relação de consumo entre a sua marca e o usuário...
  60. 60. Muito Obrigado! Enrico Cardoso falecom@enricocardoso.com.br www.twitter.com/enricocardozo www.instagram.com/enricocardozo www.facebook.com/enrico.cardoso br.linkedin.com/in/enricocardoso/ pt.slideshare.net/cardoso.enrico

×