Por que sempre buscamos, em nosso dia a
dia, identificar exemplos que nos inspirem a
seguir buscando a excelência em nós
m...
Quem se dá o luxo de desperdiçar um dia de trabalho?
Afinal de contas é um dia de arrecadação, um dia de
receitas: um dia ...
Em um movimentado cruzamento da cidade, em plena
manhã de domingo, nos momentos em que o sinal fica
vermelho, alguém estab...
Com o seu simplório instrumento de malabarismos,
rudimentar indumentária e muita alegria, ele vai em
busca de seu objetivo...
O seu Produto: apenas entretenimento, que ele vende
com aquela simpatia somente vista nos espetáculos
circenses convencion...
O seu público alvo é muito bem definido:
São os motoristas de veículos particulares que
possuem empatia com o seu trabalho.
Mas ele sorri para todos os motoristas. Mesmo para
aqueles que fecham o vidro ao se aproximarem dele e
para aqueles que co...
Mal humorados motoristas de caminhões e ônibus
também recebem cordiais saudações do orgulhoso
representante da “arte milen...
Mercados potenciais, como ciclistas e pedestres param
para olhar seu show. São pessoas que apreciam o seu
trabalho, mas el...
Para o seu público, o preço do seu produto é uma
verdadeira promoção: paga-se o quanto desejar: 10, 20,
50 centavos... ou ...
Quando a apresentação é um sucesso, e tudo vai
conforme o planejado as gorjetas são generosas e os
sorrisos mais abertos.
Outras vezes, o instrumento cai ou o fio se parte e as
pessoas ficam menos satisfeitas...
Mas seu verdadeiro público alvo não parece estar ali
apenas para ver a perfeição:
Nestas ocasiões a imperícia momentânea p...
Realmente, o público alvo precisa identificar-se com o
artista. Nestes momentos de aparente fracasso, mais do
que em qualq...
Se o artista inspira seu público mesmo quando fracassa,
é por que o espetáculo atingiu a sua plenitude e a
comunicação ati...
O vendedor, o artista, os 4 ps de Marketing e o Sucesso
O vendedor, o artista, os 4 ps de Marketing e o Sucesso
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O vendedor, o artista, os 4 ps de Marketing e o Sucesso

51 visualizações

Publicada em

Um reflexão sobre o que é o sucesso...

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
51
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O vendedor, o artista, os 4 ps de Marketing e o Sucesso

  1. 1. Por que sempre buscamos, em nosso dia a dia, identificar exemplos que nos inspirem a seguir buscando a excelência em nós mesmos...
  2. 2. Quem se dá o luxo de desperdiçar um dia de trabalho? Afinal de contas é um dia de arrecadação, um dia de receitas: um dia de domingo!
  3. 3. Em um movimentado cruzamento da cidade, em plena manhã de domingo, nos momentos em que o sinal fica vermelho, alguém estabelece um empreendimento, um Ponto.
  4. 4. Com o seu simplório instrumento de malabarismos, rudimentar indumentária e muita alegria, ele vai em busca de seu objetivo: moedas.
  5. 5. O seu Produto: apenas entretenimento, que ele vende com aquela simpatia somente vista nos espetáculos circenses convencionais.
  6. 6. O seu público alvo é muito bem definido: São os motoristas de veículos particulares que possuem empatia com o seu trabalho.
  7. 7. Mas ele sorri para todos os motoristas. Mesmo para aqueles que fecham o vidro ao se aproximarem dele e para aqueles que começam a acelerar mesmo antes de o sinal abrir. Cumprimenta aqueles que fingem que ele não está ali, e aqueles que fazem cara de pouco caso ou repulsa, como quem diz: “vai trabalhar, vagabundo!”
  8. 8. Mal humorados motoristas de caminhões e ônibus também recebem cordiais saudações do orgulhoso representante da “arte milenar”, conforme ele mesmo se apresenta!
  9. 9. Mercados potenciais, como ciclistas e pedestres param para olhar seu show. São pessoas que apreciam o seu trabalho, mas eles não são o seu público alvo.
  10. 10. Para o seu público, o preço do seu produto é uma verdadeira promoção: paga-se o quanto desejar: 10, 20, 50 centavos... ou talvez apenas um sorriso, uma “buzinada”. Tudo que não tem valor em dinheiro vale como incentivo para continuar tentando ganhar mais algumas moedas!
  11. 11. Quando a apresentação é um sucesso, e tudo vai conforme o planejado as gorjetas são generosas e os sorrisos mais abertos.
  12. 12. Outras vezes, o instrumento cai ou o fio se parte e as pessoas ficam menos satisfeitas...
  13. 13. Mas seu verdadeiro público alvo não parece estar ali apenas para ver a perfeição: Nestas ocasiões a imperícia momentânea parece ser compensada pela empatia criada entre o artista e o público, assim como pela satisfação de ver alguém ali arriscando-se na tentativa de fazer o seu melhor!
  14. 14. Realmente, o público alvo precisa identificar-se com o artista. Nestes momentos de aparente fracasso, mais do que em qualquer outro, as pessoas precisam “se ver” nele. Ver nas atitudes dele, nos seus objetivos e sonhos, os seus próprios.
  15. 15. Se o artista inspira seu público mesmo quando fracassa, é por que o espetáculo atingiu a sua plenitude e a comunicação atingiu o grau de profundidade desejado. Sem isso nada valeu, pois significaria que as moedas não representavam realmente o sucesso, mas um mero procedimento convencional e repetitivo de um público que não era verdadeiramente o seu.

×