A mulher e a literatura

289 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A mulher e a literatura

  1. 1. A Mulher e a Literatura na I República. Tradição e Modernidade Esc. Secundária Amadora, 4 de Novembro de 2010
  2. 2. A Mulher e a Literatura • Como Agente/Autora • Como Tema/Objecto • Como Destinatário/Público
  3. 3. Antecedentes • Baixa Alfabetização Feminina • Temáticas Restritas • Literatura como Diversão, Ocupação de Tempo e não como Profissão • Intelectuais como Excepção
  4. 4. A I República • Esperanças Feministas Frustradas • Aposta na Educação •A Mulher de Letras como Excepção •Visibilidade Gradual • Participação na Imprensa e Revistas
  5. 5. A Mulher Autora • O Cânone: •Maria Amália Vaz de Carvalho • Carolina Michaelis de Vasconcelos •Alice Pestana/Caiel • O Activismo •Ana de Castro Osório •Maria Velleda • Adelaide Cabete • As Modernas • Maria O’Neill • Fernanda de Castro •Virgínia Vitorino • Branca de Gonta Colaço • Veva de Lima
  6. 6. Os Temas • Poesia (mais autoras) • Pedagogia, Educação, Infância (mais obras) •Ficção, novelas, contos exemplares • Feminismo, questões sociais •Memórias, crónicas • Teses académicas Onde? • Revistas Femininas •Jornais • Imprensa “social”
  7. 7. A Modernidade? • Como autora vai-se impondo • Como tema vai-se diversificando •Como público vai-se alargando • 4,5% das obras registadas • Autonomia e modo de vida alternativo para algumas (celibato, divórcio)
  8. 8. O Estado Novo e o Retorno da Tradição • Nos temas (família, infância) • No recuo das teses feministas Virgínia de Castro e Almeida Emília de Sousa Costa Elina Guimarães Irene Lisboa

×